1. Spirit Fanfics >
  2. For all the Girls I loved - Imagine IZONE >
  3. Capítulo treze - Castigo

História For all the Girls I loved - Imagine IZONE - Capítulo 13


Escrita por:


Notas do Autor


Surpresaaa, olhem quem voltou rápido, nem parece que sou eu :O
Quis compensar vocês por toda a minha demora, então aqui está mais um capítulo está semana hehe

Boa Leitura :3

Capítulo 13 - Capítulo treze - Castigo


Fanfic / Fanfiction For all the Girls I loved - Imagine IZONE - Capítulo 13 - Capítulo treze - Castigo

Jo (S/N) POV

Andava, ou melhor, corria igual uma doida pelas ruas, eu havia perdido meu ônibus e não queria pegar mais uma detenção, por mais que não tivesse sido tão ruim até por que conheci a Miyawaki. Mas os gritos e broncas da Haseul nunca me deram tanto medo e também, a Yuri dizendo que eu poderia ir com ela e Yena, apenas dei uma desculpa dizendo que não queria ser a vela das duas, o que de certa forma era verdade também, em partes.
Cheguei na frente da escola acabada, o suor escorria em minha testa, me abaixei um pouco apoiando as mãos nos joelhos enquanto tentava recuperar o ar e não morrer, nunca corri tanto em toda minha vida, eu sou sedentária poxa...

- Meu Deus o que rolou contigo? - escuto uma voz perto e após isso um toque em meu ombro, levanto um pouco minha cabeça para encarar o ser e vejo a Miyawaki.

- Eu...corri...até...a escola - disse pausadamente ainda ofegando.

- Hm...alguém estava com medo de mais uma detenção - a garota ri negando com a cabeça, e após isso, tira uma garrafinha de água de sua mochila me entregando.

- Obrigada... - pego a garrafinha tomando quase todo o líquido que havia nela.

- Tu tava quase morrendo mesmo - disse chocada olhando para mim.

- Tenta correr da minha casa até aqui - digo assim que consigo regular minha respiração e entrego a garrafinha para ela.

- Sou sedentária, prefiro perder aula ou chegar atrasada do que correr até aqui - após sua fala, escutamos o sinal que indicava o início das aulas. - Vamos lá Jo, não quer se atrasar depois de quase ter morrido pra chegar aqui né? - a garota e ri e segura minha mão me puxando pra dentro da escola.


(...)


As aulas nunca haviam sido tão chatas como no dia de hoje, pareciam não passar nunca, ainda era o intervalo o que significa que ainda teriam mais aulas. Eu não aguento mais, não era uma pessoa que reclamava das aulas, até gostava de algumas, mas agora...
Neste exato momento estava nos fundos da escola, em um lugar que tinha apenas eu. Desde que comecei a evitar as garotas, passo meu intervalo em lugares escondidos da escola, desta forma não tinha como eu esbarrar com nenhuma delas.

Me sentei na grama, peguei meu livro que era Romeu e Julieta, não me julguem amo livros de romance, mesmo que o final não seja tão feliz como esse que é trágico, joguei minha mochila atrás de mim e me deitei usando a mesma como travesseiro.
Conforme lia, meus olhos começavam a ficar pesados, quando menos percebi, havia caído no sono ali mesmo. Não devia ter ficado acordada até tarde vendo série...

Sonho on

Olhei em volta e vejo que estava em um campo com muitas e muitas margaridas, um pouco distante havia uma grande árvore com um balanço na mesma, conseguia ver a silhueta de alguém se balançando no mesmo.
Sem pensar muito, começo a correr em direção a pessoas, porém sou parada assim que alguém segura meu braço. O rosto da pessoa estava embaçado, mas logo seus traços ficaram bem visíveis.

- Hyewon... - minha voz saiu quase que inaudível.

- Você não pode me deixar, não pode me trocar por ela - me solto bruscamente da garota e olho em direção ao balanço, não havia mais ninguém lá, assim que volto a olhar a garota, não era mais ela e sim...


- Minju? - a garota segurou minhas duas mãos com delicadeza
.

- Eu te amo muito, por favor não me deixe... - a garota começou a se aproximar, fecho meus olhos e fico imóvel.

- (S/n)! - abro meus olhos novamente e percebo que a garota havia desaparecido
.

- Mas que... - olho em volta e meus olhos param na garota que estava mais distante de mim - Chaeyeon... - Conforme me aproximava dela sua imagem ia sumindo.


- Eu amo você, mesmo estando longe - disse com seu doce sorriso de sempre.

- Chaeyeon!! - mais uma vez sou parada ao sentir uma mão segurando a minha, olho rapidamente para trás e vejo a pequena
.

- Sabe que sempre irei te amar certo? - sorri mostrando suas covinhas, oque me fez derreter com sua fofura.

- Nako - me curvo um pouco por conta de sua altura e a abraço fortemente. - Eu...



Sonho off

Acordo assustada, olho em volta e vejo ainda estar nos fundos da escola, pego meu celular e vejo que havia perdido uma aula e estava atrasada para essa, levanto rapidamente, pego minhas coisas e corro em direção a minha sala, em um momento tropecei e quase cai de cara no chão, mas isso não me impediu de continuar a correr.
Assim que chego na sala, congelo ao ver aquele ser, a velha bruxa, era só o que me faltava, por que essas coisas aconteciam comigo? PORQUE DEUS???

- Senhorita Jo, está quase 30 minutos atrasada para a aula - disse seriamente me fazendo engolir em seco.

- Eu-

- Não quero ouvir nada, uma semana de detenção, agora vá já para seu lugar - arregalo meus olhos, eu tava muito ferrada, a Haseul iria me matar, eu sou muito jovem pra morrer, nem joguei the last of us 2 ainda.


(...)


Novamente, aqui estava eu indo até a sala de detenção, havia mandado mensagem pra Haseul e ela surtou, não quero ir pra casa, será que eu durmo no banco da praça ou em baixo da ponte?
Entro no local e vejo que Sakura estava ali novamente, me sento ao seu lado e a mesma me olha surpresa.

- Novamente aqui Jo? - perguntou sorrindo de lado.

- Pois é...aquela velha me odeia - bufo irritada, pego um livro e abro o mesmo escondendo meu celular em sua frente assim como a garota ao meu lado fazia com seu Nintendo.

- Se quiser faço ela te deixar em paz - diz com um sorriso "maléfico" e me seguro para não rir.

- Não precisa - sorrio e olho para meu celular, mas logo desvio meu olhar para ela novamente - o que fez para estar aqui novamente?

- Na verdade, peguei um mês de detenção - fez bico me fazendo rir.

- Nossa...você é uma grande má influência - a garota acaba rindo com minha fala.

- Sou mesmo, logo logo te coloco no mal caminho - Rio e nego com a cabeça.

Até que ela era uma garota bem legal, uma amiga era tudo que eu mais precisava nesse momento, talvez assim eu tirasse aquelas garotas de minha cabeça.
Aquele sonho...tinha como ser mais esquisito??


(...)


Ultimamente tá tudo uma droga, o que eu fiz para merecer isso?
Sabem o que rolou? Não? Simplesmente minha amada irmã Jo Haseul me colocou de castigo...POR UM MÊS
Se bem que, eu não saio de casa então esse castigo não muda muita coisa. Mas só o fato de estar de castigo me deixa irritada.
Talvez eu seja muito dramática, mas bem digamos apenas que eu não reagi de um jeito muito calmo ao castigo.

Minutos atrás...

- JÁ CHEGA...você tá de castigo por um mês Jo (S/n) - disse em tom sério, uma parte de mim estáva com medo da morte mas outra...

- Que?? NÃO - Eu simplesmente me joguei no chão e comecei a fazer birra igual uma criança mimada


Atrás de nós duas nosso pai e Yuri nos olhavam sem entender nada do que estava acontecendo. Enquanto eu fazia birra, Haseul continuava me dando bronca e blá blá blá.

Atualmente...

Foi isso, depois da minha birra, eu subi correndo pro quarto e me tranquei aqui até agora. Se eu não tivesse puta naquele momento eu com certeza teria rido da cara que meu pai e Yuri faziam, acho que até agora eles não fazem ideia do que aconteceu.

Eu olhava pro teto contando as manchas que haviam nele, eu estava no tédio não me julguem. Até que, meu celular começou a tocar, peguei o mesmo e vi que quem ligava era ela, sem demora eu atendi a garota.

- Oque foi Sakura? - pergunto sem ânimo

- Nossa, quanta animação pra falar comigo - podia jurar que a mesma estava fazendo bico do outro lado da linha, o que me fez rir anasalado.

- Desculpa...não tô com um humor muito bom - suspirei após minha fala.

- Percebi...oque rolou? - escutei um barulho alto do outro lado - Aí droga

- Tô de castigo por conta da detenção - me sento na cama - O que quebrou aí?

- Sinto muito por isso, mas bom é o preço que se paga por entrar no mal caminho - Rio fraco - derrubei meu Nintendo, felizmente tá vivo

- Meu Deus Miyawaki como que tu deixa o Nintendo cair? - pergunto em um tom indignado

- Foi sem querer poxa - fez uma voz chorosa - Mas bom, te liguei por um motivo

- Não vou assaltar um banco com você

- Não é isso...se bem que não é uma má ideia - Reviro meus olhos

- Vai direto ao ponto Miyawaki

- Aí grossa...tô tentando ser legal aqui - fez uma pausa dramática - Okay okay, bom como eu sou um anjo de pessoa e vi que você quase morreu hoje, estou me oferecendo para te dar uma carona até a escola, de carro

- Espera, você dirige? - pergunto automaticamente.

- por que a surpresa?

- Nada não... - Rio de forma debochada

- Vai querer ou não? - seu tom era pra ser "irritado", mas sendo a Sakura óbvio que não foi.

- Quero sim, não tô afim de morrer de novo

- Ótimo, me passa seu endereço por mensagem, até amanhã - desligou a chamada após isso

- Tchau né...

Sorrio e me jogo pra trás, não vou precisar correr até a escola, acho que as coisas estão começando a dar certo para mim. Obrigada senhor.


(...)


Nunca levantei tão feliz em um dia de aula, me arrumei toda sorridente, primeira vez em dias que eu não precisaria andar até a escola, preciso agradecer a Miyawaki.
Desço até a cozinha, onde minhas irmãs e surpreendentemente meu pai estavam tomando café, mais uma coisa boa no dia, meu pai estava em casa. Me aproximei deles, sentando ao lado de Yuri de frente para Haseul.

- Bom dia família - digo animada e todos me encaram.

- Tá tão animada...voltou com a Hyewon? - disse Yuri e a encarei com um olhar mortal

- Favor não tocar no nome dela - digo e ela ri baixo murmurando um desculpa, começo a comer em silêncio.

Após um tempo, tomando café e conversando, na verdade, ouvindo a conversa deles, recebo uma mensagem de Sakura dizendo que já estava ali, me levanto e vou até a sala pegando minha mochila.

- Tô indo, tchau - digo indo até a porta

- Vai com alguém? - perguntou Haseul um pouco alto

- Uma amiga, Sakura - digo e saio de casa

- OQUE? - consegui escutar o grito de Yuri, fiquei confusa mas não liguei para aquilo. Me aproximo do carro entrando no mesmo.

- Bom dia flor do dia - disse a garota assim que entrei no carro me fazendo rir.

- Bom dia senhorita mal caminho, vamos logo - coloco o sinto e olho para ela que estava a me encarar.

- Okay, vamos lá - logo a mesma saiu dali indo em direção a escola.


(...)



Jo Yuri POV


Assim que cheguei na escola com Yena, disse a ela que iria resolver umas coisas e a encontraria na sala, andava por todos os cantos a procura daquela garota.
Após um bom tempo, finalmente a encontro junto a outras meninas, a medida que as garotas iam percebendo minha presença, todas olhavam para mim.

- Precisamos conversar - disse de forma séria, fazendo a garota me olhar confusa.

- É...Okay? - segurei sua mão e a puxei para longe de seu grupinho. - Aconteceu algo? - me perguntou assim que paramos de andar.


- Olha eu sei que você e minha irmã terminaram...Mas eu preciso de sua ajuda - respiro fundo, (s/n) iria me matar se soubesse daquilo.

- Aconteceu algo com ela? - Seu tom de preocupação era bem claro.

- Sim e não...Eu tô preocupada com ela Hyewon, ela virou amiguinha daquela japonesa...a Miyawaki - a garota fica chocada após o término de minha fala.

- Tem certeza? A S/n não é alguém que se meteria com a Sakura - cruzou seus braços e olhou ao redor.

- Tenho certeza...a garota foi até buscar minha irmã hoje - bufei e passei uma de minhas mãos em meus cabelos - Só...fica de olho nelas...por favor, vejo que ainda se importa com a S/n.

- Farei isso Yuri...não se preocupe - sorri fraco e logo o sinal toca e nos afastamos, indo até a sala.



Continua...


Notas Finais


Espero que tenham gostado dessa minha volta rápida kssksk
Sakura e a próxima personagem que vai aparecer (dica: aniversariante do dia) serão muito importantes hehe

Até logo <3
irei tentar postar ao menos um cap por semana e não a cada dois meses kkkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...