1. Spirit Fanfics >
  2. For sale this farm >
  3. Fairy Tale

História For sale this farm - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


42 fav, 51 comentários e caminhando para as 200 visualizações com quatro capítulos, tô feliz demais que tenha tanta gente acompanhando!! Espero que eu consiga atingir a espectativa de casa um de vocês com os próximos capítulos, agora podem ficar com o quinto capítulo!
Boa leitura Xx

× A capa perfeita e o banner coringa foi feita pela @anesthesie
× A betagem foi feita pela @MissDiaz, através do blog @wonderfuldesigns

Capítulo 5 - Fairy Tale


Fanfic / Fanfiction For sale this farm - Capítulo 5 - Fairy Tale

— Eu vou tentar ligar para alguém — Harry falou tirando o celular do bolso.

— Boa sorte, aqui não tem sinal — Rose respondeu voltando a passar as mãos na longa crina Thor. 

Mesmo depois que Rose avisou sobre a falta de sinal no local, Harry foi conferir se o fato era mesmo verídico. Assim que percebeu que não tinha saída, o jovem de olhos verdes bufou e se sentou em cima de um fardo de feno. 

— Relaxa, os meninos sabem que aqui não tem sinal, se ficar muito tarde eles vão vir procurar — Rose falou despreocupada. 

— Estão todos na cidade, só vão voltar pela tarde — Harry disse olhando para Rose. 

— Então pelo menos melhore seu humor, os cavalos são seres muito sensíveis. 

— Eu sou um ser sensível que, nesse momento, tem muito sono — Harry respondeu Rose, que finalmente se virou para o rapaz. 

— Eu adoraria oferecer uma cama, mas claramente aqui não tem, a única opção é dormir em cima dos fenos — Rose falou com sinceridade. 

Harry não respondeu, mas seguiu o conselho da morena e se deitou nos fardos. 

...

Mesmo que Harry estivesse deitado e de olhos fechados, Rose podia ver a inquietação do rapaz, por mais que estivesse com muito sono, ele nunca dormiria. 

— Você quer falar o que tá te incomodando, ou vai ficar aqui se mexendo como se estivesse tendo espasmos musculares? — Rose perguntou se afastando dos cavalos e indo para mais perto de Harry. 

— Você não pode fazer nada para mudar, então não quero falar — Harry respondeu com os olhos fechados. 

— Realmente não vou, mas falar pode te ajudar. — Rose insistiu mais uma vez, mesmo que parecesse que o rapaz não fosse ceder. 

— Sabe como eu vim parar nesse trabalho? — Harry questionou abrindo os olhos. 

— Sei que você bateu em alguém que fez alguma coisa com sua irmã — Rose disse se aproximando mais. Sinceramente, ela queria se sentar também. 

— Ele estava espalhando mentiras sobre a minha irmã — Harry falou se sentando. — Ontem quando cheguei, vi ele levando minha irmã para casa. 

— Tá, acho que entendi seu ponto — Rose disse se sentando do lado de Harry. — Ele é um babaca, realmente, mas você não pode controlar o que sua irmã sente, no máximo pode dar conselhos pra ela e ficar desse jeito, ou proibir ela de ver esse idiota só vai fazê-la querer mais ainda. 

— Por qual motivo vocês na adolescência têm a tendencia de gostar de gente idiota assim? —Harry indagou se virando para Rose. 

— Não sei, gente babaca nunca foi muito meu tipo — Rose replicou dando de ombros. 

— Vai me falar que a sua paixão com Zayn foi igual a de um conto de fadas? — Harry perguntou erguendo a sobrancelha. 

O Zayn que Harry conhecia não era o mesmo que Rose tinha se apaixonado na adolescência, isso era bastante óbvio, nos últimos anos Zayn havia criado uma reputação de ser um tanto desapegando das relações com outras pessoas, era extremamente difícil para Harry imaginar o amigo sendo um príncipe. 

— Meio que sim — Rose disse sincera. — Mas é totalmente diferente, nós crescemos juntos, era um sentimento muito mais puro e inocente, eu demorei séculos pra se quer dar um selinho nele, éramos duas crianças. 

— Até onde eu sei, ele nunca teve nada relevante depois que você foi embora — Harry falou soltando a informação no ar. 

— Ele não deve ter achado alguém — Rose disse dando de ombros. 

— E você já achou? 

— Nos últimos anos meu foco tem sido a minha família e a faculdade, não tenho tempo pra isso. 

— Não foi você que disse a uns 5 minutos atrás que não se controla esse tipo de coisa? 

— Disse, mas se você não procurar essa coisa, ela não aparece. 

— Interessante, você é a pessoa mais crente e descrente que eu já conheci. — Harry dando um leve sorriso. — Fala do amor como se fosse uma doença. 

— Eu não sou descrente, só não acredito mais nesse sonho de amor eterno, almas gêmeas e bla bla bla. 

— Descrente — Harry falou mais uma vez, e Rose revirou os olhos. 

— São que horas, hein? — Rose perguntou mudando de assunto.

— Já vai dar uma hora da tarde, acho que estamos aqui há mais de quatro horas — Harry falou depois de ver as horas no seu celular. 

— Estou ficando com fome. — Rose reclamou ouvindo sua barriga roncar. 

— Não é só você — Harry respondeu fazendo careta. 

— Será que vão demorar muito para achar a gente? — Rose questionou, tombando a cabeça para trás, ela já estava cansada, entediada e com muita fome.  

— Não tenho a mínima ideia, só se o príncipe sentir falta da princesinha da cidade dele. 

— Você não perde uma oportunidade de me provocar, né? — Rose perguntou voltando seu olhar para Harry. 

— Você se estressa com muita facilidade, é mais forte que eu — Harry falou de modo relaxado dando de ombros. 

— Em um paralelo da sua imaginação, se o Zayn é um príncipe você é um perfeito sapo. 

— Bem, um sapo pode virar príncipe depois de beijar uma princesa — Harry falou dando um sorriso mais largo que os outros, só agora Rose havia visto suas covinhas. 

— Que tal você acordar desse mundo de conto de fadas? — Rose retrucou rápido. 

— Opa, não precisava ser tão rápida para me cortar, nunca ficaria com a namoradinha de um amigo meu — Harry gargalhou, ele não conseguia se conter. 

— Eu não sou a namoradinha do Zayn. 

— Eu não citei o nome dele — Harry falou como se estivesse vencendo uma discussão. 

— Você é bem chato — Rose respondeu revirando os olhos. 

— Olha só, acho que seu príncipe veio te salvar— Harry disse assim que ouviu o som de um motor. 

Rose voltou seu olhar para o lado de fora da baia e avistou Zayn chegando em outro quadriciclo, a chuva já tinha acabado há um pequeno tempo, mas a estrada ainda estava cheia de lama, prova disse era o quadriciclo todo sujo. 

— Se o Louis não fosse tão de boa para comprar roupas, vocês iriam morrer de fome aqui — Zayn falou assim que chegou perto o suficiente de Rose e Harry. 

— É só botar um conjunto da Adidas perto dele e tá feito — Rose disse se levantando. 

— Malik, você está me devendo uma — Harry falou se levantando também. 

— Subam aí e vamos ir comer logo — Zayn falou se ajeitando no banco. — Você não dá sorte, hein, Joaninha? — disse rindo a cara de emburrada de Rose. 

— Tudo culpa sua — Rose resmungou se sentando no quadriciclo. 

Zayn apenas riu negando com a cabeça, logo depois Harry se sentou também.  

— Prontos? — Zayn perguntou. 

— Pode ir — Harry respondeu pelos dois que estavam na garupa, e Zayn deu partida no veículo. 

Naquela tarde, Rose Payne ficou sentada entre Zayn Malik e Harry Styles, se a jovem soubesse quantas vezes ainda iria ficar entre esses dois ela teria repensado bastante essa decisão.


Notas Finais


Quem vai querer dar um beijinho no Harry sapo para fazer ele se transformar em um príncipe? 🗣️
Os próximos capítulos guardam fortes emoções...
Vejo vocês logo Xx


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...