História For You - Capítulo 24


Escrita por: e Meg_Naiury

Postado
Categorias Arrow, Camila Cabello, Liam Payne, Pretty Little Liars, Zayn Malik
Personagens Camila Cabello, Emily Fields, Liam Payne, Oliver Queen (Arqueiro Verde), Zayn Malik
Tags Romance - Drama
Visualizações 48
Palavras 1.314
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 24 - Distração


Fanfic / Fanfiction For You - Capítulo 24 - Distração

Pov’s Liam

Às quatro da tarde me é trago o que pedi aos meus homens para comprar, evito sair daqui. Afinal ainda estou em Córdoba e posso ser reconhecido indesejavelmente por alguém.

Pego a sacola com a roupa e vou ao quarto dela, abro a porta sem ter a decência de bater, ela está na cama descalça com vestido bem acentuado na bunda, lê o livro deitada e o cabelo em coque com alguns fios soltos caindo sobre o rosto, a pele morena iluminada pela luz, os olhos castanhos escuros que brilham de raiva de mim, aquilo me faz sorrir safadamente, quero essa mulher, preciso ter ela de novo.

-Você não bate?

-Não, a casa é minha e sua estadia aqui é temporária. Isso é para você, vista e desça para o pátio do fundo, tem cinco minutos.

Ela pega a sacola olha dentro e se senta na cama depressa é nervosa.

-Não vou vestir isso!

-Vai sim! Não queria uma atividade para fazer, achei uma. Agora seja rápida antes que eu mude de ideia.

Saio do quarto, com um sorriso no rosto. Acho algo legal para fazer e ela é contra, mas escuto a porta ser trancada por dentro e penso que ela ponderou minha oferta. Vou ao meu quarto, troco de roupa, visto apenas um calção de banho azul, vou atrás de Marieta para saber onde está a chave para a piscina no fundo da casa.

-Marieta a piscina no fundo do pátio de traz, ainda está limpa?

-Sim senhor, o garoto veio limpar ontem mesmo. Vai usar?

-Victoria e eu vamos dar um mergulho!

-Aqui está a chave senhor!

-Onde vamos? Por que eu não vou sair só com isso.

Victoria diz atrás de mim, entrando na cozinha. Ela realmente vestiu apenas o biquíni, pequeno, azul. Deixa todo seu corpo a mostra e faz minha garganta fica seca de novo.

-Vamos nadar! É o que se faz com roupa de banho, certo?

-Onde? Até onde sei Córdoba não tem mar?

-Piscina! Te lembra algo?

-Tem uma?

-Vem Victoria!

Passo por ela, caminho até o pátio sinto ela me seguir ela me olha da porta da sala de estar ali atrás dela, caminho até a porta onde a piscina fica.

-Quem me garante que aí tem uma piscina? Que não vai me matar e essa porta leva a um lugar onde vai deixar meu corpo?

-Meu Deus!

Entro na porta e um espaço tampado com uma piscina grande e aquecida, a luz do lugar é pouca e só uma sala com uma piscina. Pulo na água deixando que o barulho ecoe e grito para ela que ainda está lá fora.

-Ouviu? Ou quer que eu vá aí te arrastar. Não demore ou eu te tranco no quarto de novo.

Ela aparece na porta do lugar caminha para dentro cautelosa me vendo boiando na água.

-Ainda é perigoso, é fácil matar alguém na água. Principalmente eu que não sei nadar.

-Espera, bateu e xingou metade dos meus homens, socou o Harry e não sabe nadar? Onde está a menina mimada e brava que eu conheci.

-Ela é uma menina! Disse bem, não me ensinaram a nadar quando me ensinaram a matar pessoas.

-Sei...pode ficar tranquila não é funda e se por algum motivo se afogar eu faço respiração boca a boca em você.

-Você é um idiota!

Ela deixa o chinelo num canto, caminha até a borda no meio da piscina e se senta com pés dentro da água, parece com medo ou receio, nado até ela segurando seus pés, ela se assusta e segura meus ombros.

-Não me puxa por favor!

-Tem tanto medo assim?

-Muito! Victor, meu irmão uma vez me afogou na piscina eu tenho trauma de água.

-Entendo! Vem eu te ajudo, não tem que ter medo.

Ela joga o corpo para frente, cai na água e seguro ela nos meus braços, ela por um lado se equilibra segurando nós meus bíceps.

-Relaxe! Olha vou te ensinar o básico, tudo bem.

-Não sei se quero.

-Disse que estava entendida, arrumei algo para fazermos. Vamos Victoria não pode ser tão ruim assim.

-Tudo bem, qualquer coisa, menos aquele livro horrível que peguei para ler.

Sorrio, ela se equilibra em mim e flutuamos na água, mostro o que fazer e ela não está completamente coberta pelo nível da água, por último flutuar, ela ri quando digo para se deitar nos meus braços.

-E agora seu golpe final, vai me matar de vez.

-Relaxe, deita nos meus braços e deixa corpo flutuar, sente a água.

Ela faz o que digo, deita nos meus braços e logo está flutuando na água, balança os braços e os pés flutua sozinha agora, ela sorri parece um anjo ali tão calma na água.

-Liam isso é maravilhoso e como se estivesse no céu. Algo tão calmo que esvazia minha mente, meus pensamentos.

-Eu sei, experimenta fechar os olhos, deixa a mente vazia como se tudo sumisse.

-É ótimo!

-Eu sei, faço isso quando estou cheio de tudo.

Ela fica ali boiando, mergulho me afastando me escoro na beira da piscina, logo ela vem até mim nadando.

-Você conseguiu.

-Tive um bom professor! Obrigado.

-Não tem de que.

-Então por que uma piscina tão bem escondida.

-Eu não faço ideia, mas aqui é um lugar tranquilo, a luz é ótima e água é térmica.

-Eu gosto.

-Agora que conhece pode vir sempre.

-Obrigado Liam! Mas podíamos fazermos juntos, às tardes quando não trabalha mais. Estou mesmo me sentindo sozinha.

-Victoria baixando a guarda? Quem diria?

-Babaca!

-Vem cá, eu vou te mostrar quem é o babaca.

Puxo ela para mim, prendo sobre a borda da piscina e avanço em seus lábios estão molhados e com sabor de menta, ela se debate um pouco mais depois permite, quando nossas línguas estão travando uma batalha por controle, ela puxa minha nuca nossos corpos se tocam e aquecem num piscar de olhos, aperto o corpo dela mais, quero mais disso preciso. Ela envolve as pernas no meu quadril, paro o beijo e ela geme quando meus lábios tocam seu colo, afasto o biquíni devoro seus seios e ela geme ainda mais alto meu nome com dificuldade.

-Lia...Liam por favor, quero você!

Ela diz tentando firmar a voz, busco seus olhos não há dúvidas neles por isso me permito ceder finalmente aos meus desejos. As pernas dela ainda no meu quadril abro os laços do biquíni ela respira devagar, abaixo meu calção e penetro nela.

-Há...

Ela geme e afunda a cabeça no meu pescoço, beijando a área me deixando ainda mais cheio de vontade e tesão, movo meu quadril contra o dela a medida que isso fica intenso ela aperta mais as pernas ao redor de mim, deixando ela mais apertada, mais molhada e mais gostosa.

-Victoria, eu não posso gozar em você!

Digo com pouco de controle que ainda me resta.

-Na água, goza na água.

Ela diz com muita dificuldade, meto sem pensar nela levando ela comigo, sinto ela se contrair e ela joga a cabeça para trás gemendo alto. Me leva com aquilo e só penso que tenho que sair dela e goza fora.

A sensação toda e desperdiçada eu odeio interromper isso, mas queria gozar nela. Mas já tivemos problemas de mais com isso, ela beija meus lábios num ritmo lento e gostoso, se solta de mim de vagar se recuperando.

-Eu e você sempre acabamos fazendo isso, antes eu entendia, queria me usar, mas agora. Liam por que?

-Por que transei com você? Serio? Você é linda, gostosa e eu quero isso. Desejo muito você.

-Somos inimigos.

-Não mais, desde que você seja minha!

-Quero ser sua!

A beijo, com carinho, afeto, desejo tanto essa mulher que paro de lutar contra isso pois sei que é maior, Victoria tem vida e sopra isso em mim quando estamos juntos desejo isso, desejo ela, estou perdidamente apaixonado. 


Notas Finais


Olá meus amores? Liam confessou, ele está apaixonado? Mais é ela Victoria, sente o mesmo?
Comentários?
Beijos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...