História Fora dos Cálculos - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Soul Eater
Personagens Black Star, Crona, Death the Kid, Liz Thompson, Maka Albarn, Patty Thompson, Soul Eater Evans, Tsubaki Nakatsukasa
Tags Adolescentes, Bullying, Colegial, Maka, Mika-chanmills, Romance, Soma, Soul
Visualizações 106
Palavras 3.872
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá pessoas!
aqui um novo capítulo!
Desculpe a demora, era para eu ter postado antes, mas minha net estava horrível!

Bem... Boa Leitura (tretas os esperam)!

Capítulo 14 - Apaixonados


Fanfic / Fanfiction Fora dos Cálculos - Capítulo 14 - Apaixonados

 

 

Pelo resto da semana e dos dias que vieram, Soul e Maka agiram como um verdadeiro casal de apaixonados. Como se realmente fossem namorados e mesmo os dois dizendo e repetindo que era apenas uma “experiência” ou uma aposta, seus corações sabiam que era algo mais.

 

(...)

 

Passavam momentos fofos juntos. Com Maka indo mais frequentemente na casa dele e o ouvindo tocar piano. Tanto que chegaram a cantarem a música “Just a Dream” de Nelly, juntos.

 

I was thinkin about her, thinkin about me

Thinkin about us, what we gonna be?

Open my eyes, yeah; it was only just a dream

So I travel back, down that road

Will she come back? No one knows

I realize, yeah, it was only just a dream

 

I was at the top and I was like I'm at the basement

Number one spot and now she found her a replacement

I swear now I can't take it

Knowing somebody's got my baby

And now you ain't around, baby I can't think

Shoulda put it down, shoulda got that ring

Cuz I can still feel it in the air

See her pretty face run my fingers through her hair

 

My lover, my life, my shorty, my wife

She left me, I'm tied

Cuz I knew that it just ain't right

 

(Tradução:

 

Eu estava pensando nela, pensando em mim

Pensando em nós, o que vai ser?

Abro os olhos, sim, era só um sonho

Então eu viajo de volta por esse mesmo caminho

Ela vai voltar? Ninguém sabe

Eu percebo, sim, que era apenas um sonho

 

Eu estava no alto e parecia que estava no porão

Número um e agora ela encontrou o seu substituto

Eu juro que agora eu não aguento

Sabendo que alguém está com o meu amor

E agora que você não está por perto, não posso pensar

Devia ter pedido, devia ter comprado aliança

Pois eu ainda consigo sentir no ar

Vejo seu rosto lindo, passo a mão no seu cabelo

 

Meu amor, minha vida, minha pequena, minha esposa

Ela me deixou, estou amarrado

Pois eu sabia que não estava certo)

 

(...)

 

Passavam minutos, até mesmo horas, escondidos, se beijando no colégio. Maka chegava até a faltar algumas aulas, mesmo sem querer.

 

- S-Soul... – o afasta – Estamos perdendo uma aula muito importante de Matemática!

 

- Matemática?! – Soul faz uma careta – Eu tenho uma questão para você: eu + você = a beijo sem interrupções! – comenta a fazendo rir e voltando a beija-la.

 

- Eu tenho uma pra você... – se separa de novo e ele revira os olhos, mas sorrir curioso – Eu + você – aula de matemática = problema na prova! – comenta e ele bufa – Agora vamos para a aula! – o puxa.

 

- Argh! Mas eu não quero ir! – retruca emburrado.

 

- Se você for agora, eu prometo: Eu + você + 2h de pegação! – comenta revirando os olhos e Soul abre um grande sorriso.

 

- Então vamos logo! – ele a puxou correndo.

 

- Aah! Mais devagar! – pede com medo de cair no chão

 

(...)

 

Sem contar os momentos em que Soul era gentil e fofo com ela. Mesmo sem ela saber!

 

- Ei! Olha! – apontou Hero – É a nerd! – comentou. Maka estava em um banco, lendo. – Vamos aprontar com ela? – chamou animado – Tem uma lata de lixo bem ali e...

 

- Não, valeu! – negou dando de ombros.

 

- O que? Por que não? – perguntou.

 

- Estou com preguiça para isso, talvez amanhã! – comenta e Hero bufa.

 

- Você anda muito chato, Soul! – comenta – Tá bom que ela anda gata e tal... – Soul se incomodou com o comentário – Mas mesmo assim ainda continua uma nerd, e continua divertido zuala!

 

- Vem cá, Hero! – Soul força um sorriso – Por que não vai dar em cima das garotas do terceiro em? Ouvi dizer que elas amam garotos reprovados!

 

- Sério? – pergunta com os olhos brilhando.

 

- Claro! Foi o que ouvir dizer! – responde dando de ombros.

 

- Opa! Vou agora! – grita e sai correndo.

 

- Tsc. – Soul revira os olhos – Idiota! – comenta se aproximando de Maka – Oi loira! – a cumprimenta sorrindo e a assustando.

 

- Ah, oi Soul! – ela sorrir de volta. Ele olha envolta e ao ver que não tinha ninguém, lhe roubou um beijo.

 

- Estou com saudades de fazer isso! – comenta a fazendo sorrir.

 

- A gente estava fazendo isso há uma hora! – comenta e ele pula o banco, se sentando ao seu lado.

 

- Mas quero mais agora! – comenta se aproximando mais dela. – Bora para outro lugar? – sugeriu em seu ouvido.

 

- Se está com tanta vontade assim, por que não me beija aqui? – pergunta e ele olha para os lados.

 

- Pode aparecer alguém e não quero que ninguém nos veja! – responde.

 

- Por que não? – pergunta um pouco triste. Soul revira os olhos.

 

- Já disse que ninguém pode saber sobre a gente!

 

- Por que não?

 

- Tsc. Olha, não começa, loira! – diz irritado e o sinal bate, avisando que o intervalo tinha acabado – Argh! Droga! Viu só, acabou nosso tempo e tudo porque você é enrolada!

 

- Eu? – diz indignada – Só íamos ter 4min, Soul! – se levanta, fechando o livro.

 

- Eu faço muita coisa em 4min, sabia?! – comenta sorrindo malicioso e ela cora.

 

- V-Você e seus comentários! – desvia o olhar e ele rir.

 

- Já disse que você fica fofa envergonhada?! – comenta e ela fica mais vermelha.

 

- N-Não começa! – pede e ao tentar ir embora, ele segura sua mão.

 

- Espera! – pede – Desculpe pelo comentário malicioso!

 

- T-Tudo bem! – ela sorrir – Eu já devia estar acostumada com esse seu jeito! – comenta e ele sorrir, se aproxima dela, segurando sua nuca e a beija lentamente.

 

- Anda... – se separa do beijo – Vamos para a aula! – a puxa pela mão.

 

- Não vai me soltar? – pergunta confusa – Alguém pode nos ver! – comenta.

 

- Relaxa... – ele suspira – Qualquer coisa eu te solto... Mesmo não querendo... – murmura e Maka sorrir ao ouvir isso.

 

(...)

 

E na semana de provas, sempre que eles acabavam, se escondiam no laboratório para se beijarem ou se encontrarem para conversa.

 

- Como foi na prova? – perguntou Maka, encostada na parede com Soul ao seu lado. Os dois estavam sentados no laboratório.

 

- Fui... – ele se deitou no colo dela, a fazendo sorrir – Bem... Eu acho! – concluiu fechando os olhos.

 

- Você é inteligente, tenho certeza que tirou uma ótima nota! – comenta passando sua mão pelo cabelo dele, o fazendo sorrir de lado.

 

- Se eu tirei ou não uma nota boa, eu não sei. Mas que eu gosto do seu cafune eu sei que sim! – comenta e ele abre os olhos ao sentir os lábios da loira contra os seus – O que foi isso? – pergunta quando ela se separa.

 

- Não sei! – responde – Você estava muito fofo! – comenta.

 

- Tsc. Eu não sou fofo, eu sou sexy! – retruca a fazendo rir.

 

(...)

Maka on

 

Esses dias têm sido tão... Mágicos! Soul tem sido tão romântico e atencioso. Malicioso é claro, mas isso faz parte dele então já estou acostumada.

Meu coração acelera ao estar perto dele e é algo quase impossível me afastar, mesmo quando é preciso. Ele está tão diferente de como me tratava e ao invés de me fazer chorar como antes, agora ele só me faz rir. E eu tenho quase certeza que é por beneficio próprio já que um dia desses comentou que amava meu sorriso.

Tá bom que não tenho passado muito tempo com meus amigos e tenho faltado algumas aulas para ficar com ele, mas eu já estou começando a fazer ele pensar diferente. E ao invés de me chamar para faltar aula, nós dois nos encontrarmos fora da escola em outro lugar, tipo na sua casa.

Falando na casa dele, ouvir ele tocar piano é a melhor coisa do mundo. É um lado bom dele, e isso mostra o quão ele é diferente do que eu realmente achava.

Antes, para mim, ele era somente um garoto bonito sem alma e sem sentimentos. E agora vejo que ele realmente tem alma e pode sentir coisas como... Qualquer humano, por assim dizer! Sem contar o fato que ele ainda continua bonito e sexy!

Mas... Isso é estranho! Essas coisas que estou sentindo pelo Soul, depois de tudo o que ele fez... Será que estou... Apaixonada?

 

(...)

 

- Gente, eu chamei vocês aqui para conversarmos seriamente! – comentei aos meus amigos. Estávamos na sala da minha casa.

 

- Aahh... Então se lembra que a gente existe?! – comenta Kid e eu reviro os olhos.

 

- Não começa, Kid! – pede Ox – Estou feliz que Maka tenha passado mais tempo com o Evans e esteja avançando na aposta! – comenta sorridente. – E então Maka, o que tem a nos dizer? Tudo ocorrendo de acordo com o plano?

 

- Bem... – hesitei – Nem tudo Ox! – comento e eles se olham.

 

- Como assim? – pergunta Ox já preocupado. Suspiro.

 

- Você não calculou tudo, Ox! – comento.

 

- Como assim não calculei? – pergunta – O que eu fiz de errado? É mentira! Eu calculei tudo sim! Tudo foi calculado até nos mínimos detalhes! – comenta convencido.

 

- Bem, nem tudo!

 

- Como assim, Maka? Você está me assustando! O que aconteceu? – suspirei novamente.

 

- E-Eu acho que... – hesitei novamente – Estou apaixonada pelo Soul! – comento já esperando o ataque.

 

- VOCÊ O QUE? – grita Kid nervoso. Ox parecia surpreso e assustado e Crona parecia... Feliz por mim! Pelo menos ela! – Como assim está apaixonada por aquele idiota?

 

- Eu. Não. Acredito! – comenta Ox pausadamente. – Isto está definitivamente fora dos cálculos! – coloca as mãos na cabeça, surpreso e assustado.

 

- Maka isso é... – Crona é interrompida.

 

- Horrível! Inaceitável! – grita Kid.

 

- Também não precisa exagerar, Kid! – peço.

 

- É claro que precisa exagerar! Como pode gostar de um cara como o Evans? – pergunta indignado – Um cara que sempre te humilhou e te fez chorar várias vezes!

 

- Eu sei, mas...

 

- Não, Maka! Você não sabe! – grita me assustando – Você está maluca se pensa que ele sente o mesmo por você ou que esse sentimento por ele é bom e vai dar coisas boas para sua vida, PORQUE NÃO VAI!

 

- Para de falar essas coisas! Está me magoando! – grito de volta. – Por que está dizendo isso?

 

- Porque é a verdade! Você não pode amar o Soul assim como ele nunca vai amar você!

 

- Mas ele pode mudar!

 

- Mudar?! Mudar?! – riu nervosamente – Acha mesmo que um sem alma como ele pode mudar?!

 

- Não fala dele assim!

 

- Pare de defende-lo! Ele não merece você!

 

- Por que está agindo assim? Para de surtar Kid!

 

- Estou agindo assim porque quero o melhor para você e esse melhor não é o Evans e nunca vai ser!

 

- Mas...

 

- Para de dizer, “mas”! Evans nunca vai mudar e se ele parece mostrar interesse em você é porque só quer transar com você! – sinto meus olhos encheram de lágrimas. Será que Kid estava certo? E por que ele está agindo assim?

 

- P-Por q-que está dizendo essas coisas? Você está me magoando! – digo tentando conter o choro.

 

- Já disse que quero o melhor para você!

 

- ENTÃO ME DIZ POR QUE ESTÁ DIZENDO ESSAS COISAS! – peço impaciente.

 

- É PORQUE ELE TE AMA, MAKA! – Crona grita se levantando. Ela parecia nervosa e ao mesmo tempo cansada da briga.

 

- O-O que? – pergunto a olhando e depois olho para Kid – V-Você me ama? – eu estava surpresa e minha cabeça estava começando a doer. Ele olhou para Crona e ela abaixou a cabeça, como se pedisse desculpas. Kid suspirou e me olhou noS olhos.

 

- S-Sim... – admitiu – Eu sou apaixonado por você! – disse triste, abaixando o olhar. – Eu gosto de você desde que entrou na escola e... Estava com medo de admitir. Desculpe! – pediu e saiu apressado da minha casa.

 

- Kid! Espera! – Crona gritou e saiu atrás dele.

 

- Eu... Não acredito! – me jogo no sofá – O Kid... Gosta de mim?! – comento surpresa. Ox suspira se sentando do meu lado.

 

- Vou explicar tudo para você! – diz sério.

 

Maka off

 

Enquanto isso, Crona correu atrás de Kid para conversar com ele.

 

- Kid! Espera! – gritou, fazendo ele parar. – Desculpa! Eu não queria dizer aquilo para a Maka, eu só...

 

- Tem razão! Não deveria ter falado aquilo! – grita a assustando. – Não deveria se meter no que não é da sua conta!

 

- É que eu não estava mais aguentando esconder! – comenta deixando Kid confuso – E-Eu... – Crona sentiu lágrimas descerem pelo seu rosto – E-Eu gosto de você Kid... Eu sempre gostei! – confessa, o deixando surpreso – Antes mesmo da Maka entrar para a escola, eu já gostava de você! – sorri tristemente – Era eu que mandava os cartões anônimos para você, no dia dos namorados!

 

- V-Você? – pergunta surpreso.

 

- Sim! – enxuga um pouco as lágrimas de seu rosto – E quando descobri que gostava da Maka... Bem... – sentiu seu coração apertar – Eu só queria que você fosse feliz e... A Maka é uma pessoa muito legal e minha amiga e... Ela era perfeita para você... Ao contrário de mim! – abaixa a cabeça.

 

- C-Crona...

 

- Mesmo te amando, eu ficaria feliz se você ficasse com a Maka, mas... – hesitou – Ela ama o Soul agora, e não você! – Kid aperta sua mão em punho – Desculpa, Kid! – pede levantando a cabeça – Desculpa por dizer a verdade para Maka e desculpa por te amar! – sentiu que desabaria em choro e saiu correndo. Pedir desculpas por amar alguém era muito doloroso para ela!

 

- Crona! Espera! – chamou, mas a mesma continuou a correr. Ele ia atrás dela, mas sua cabeça estava cheia. Ele estava confuso, surpreso, irritado e precisava pensar!

 

Maka on

 

- Nossa! – comento triste – Não sabia que o Kid gostava tanto assim de mim!

 

- Pois é! Ele sempre mandou aqueles cartões sem assinatura para você! – comenta Ox.

 

- Então era ele... – sorri minimamente – Mas... – meu sorriso sumiu – Eu nunca gostei do Kid desse jeito! – comento – Ele sempre foi como um irmão para mim e... Acho que provavelmente amo o Soul agora!

 

- Maka, não se deixe enganar! – comenta Ox – É perigoso amar Soul, isso estragaria a aposta!

 

- Mas Soul nem faz mais bullying com a gente! – comento – Ele está ocupado demais comigo para mexer com vocês!

 

- Mas se ele descobrir sobre a aposta vai dá muito ruim para a gente! – comenta medroso e eu reviro os olhos.

 

- Ele nunca vai descobrir!

 

- Mas ele sente o mesmo por você? – pergunta.

 

- Bem... Acho que sim! – respondo receosa.

 

- Você tem que ter certeza, Maka! – comenta – Não pode arriscar desse jeito! Talvez Kid até esteja certo e Soul só queira...

 

- Não! Não! – nego – Soul não quer só isso comigo!

 

- Tem certeza? – pergunta me fazendo pensar.

 

- Eu vou perguntar a ele! – comento – Só para ter absoluta certeza!

 

- Okay! – concorda Ox. Suspiro.

 

Espero estar certa sobre Soul. Espero que realmente ele queira um relacionamento sério comigo e esteja só escondendo e não queira só... Me levar para a cama!

 

(...)

 

No dia seguinte, na escola. Kid não estava andando conosco e Crona tinha faltado. Tentei falar com ela, mas a mesma não respondeu minhas mensagens. E quando fui falar com Kid, ele me ignorou, não de maneira irritada ou esnobe, mas de maneira vergonhosa.

Eu andava pelos corredores a procura de Soul, para confirmar o que eu tinha dito ao Ox, mas acabei encontrando Black no caminho.

 

- Ah, oi ner... Digo, Maka! – cumprimenta, me deixando um pouco confusa.

 

- Oi Star! – cumprimento de volta.

 

- Então... Eu... – coçou a nuca – Eu queria... – tossiu forçado – Eu queria agradecer pela dica que me deu naquele dia!

 

- Dica?

 

- Sim, com... A Tsu! – comenta.

 

- Ah, sim! – sorri – Tudo bem! – digo. – Fico feliz que tudo tenha dado certo entre vocês!

 

- É, também fico! – sorriu – E eu também queria... – voltou a coçar a nuca – Pedir desculpas por tudo que eu fiz com você e com seus amigos! – suspira – Eu estou tentando mudar pela Tsu, começando pedindo desculpas para aqueles que eu machuquei!

 

- Isso é lindo Star! – comento sorrindo – Mas precisa pedir desculpas para meus amigos pessoalmente!

 

- Ah, eu farei isso! Não se preocupe! – comenta – Mas então... Aceita minhas desculpas?

 

- Bem... – hesitei – Você não merece! – comento e ele desvia o olhar – Mas vamos tentar, com o tempo, mudar isso! – digo sorrindo e ele sorrir de volta.

 

- Obrigado ner... Digo, Maka!

 

- Tudo bem! Eu tenho que ir agora!

 

- Okay! Tchau! – despediu-se, seguindo em frente.

 

Fico contente que Black está tentando mudar pela pessoa que ele ama... Queria que o Soul fizesse isso por mim...!

Falando em Soul, continuei a procura-lo pelos corredores, e quando o vi de longe, sorri! Ainda não o tinha visto hoje e admito que estava com um pouco de saudades.

Aproximei-me mais dele e acabei... Me arrependendo! Meu sorriso rapidamente sumiu ao ver aquela cena. Soul estava aos beijos com Kim!

Senti meu coração apertar, minha cabeça doer e meus olhos se marejarem. Até que comecei a sentir algo molhado em meu rosto e notei que estava chorando.

Saí correndo para bem longe daquela cena. E novamente, Soul tinha me feito chorar, assim como antes, mas dessa vez tinha machucado mais do que quando ele me humilhava.

 

Maka off

 

- Cara, não pode ignorar a Maka para sempre! – comenta Ox á Kid.

 

- É eu sei... – concorda pensativo.

 

- E a Crona? Conseguiu falar com ela? – pergunta e ele suspira.

 

- Não! – responde – Ela não atende minhas ligações e nem responde minhas mensagens!... Não depois que se confessou para mim!

 

- É... Eu já desconfiava dos sentimentos dela por você! – comenta. Nesse momento chega Black, assustando os dois. – Aaahh! Star! Eu não fiz nada, juro! – Ox se esconde atrás de Kid

 

- Tsc. Calma quatro o... Digo, Ox! – Black suspira – Eu não vim aqui para brigar, mas sim para... Pedir desculpas!

 

- Desculpas? – os dois se olharam – Tá brincando né?! – perguntaram juntos, fazendo Black rir.

 

- Não! Estou falando sério! – comenta – Eu... – suspirou novamente – Eu vim pedir desculpas por tudo que fiz a vocês! – repete.

 

- Por que? – pergunta Kid confuso.

 

- Eu estou mudando pela Tsu e prometi a ela não fazer mais bullying! – comenta.

 

- Se me permite perguntar, Star... – Ox se pronunciou – Por que faz bullying?

 

- Ox!! – repreende Kid.

 

- O que? Estou curioso! – comenta.

 

- Tudo bem! – comenta Black – Eu faço, ou fazia no caso, por medo!

 

- Medo?! – os dois perguntam.

 

- É, mais ou menos! – comenta – Antes da Tsu, eu fazia por inveja porque meu pai sempre me chama de burro e diz para eu ser mais parecido com você Ox!

 

- Comigo?

 

- Sim! – ele fica cabisbaixo – Nas reuniões de pais, ele sempre fala mal de mim para o diretor e os professores e diz que nada irá me concertar já que sou burro feito uma porta! Ele não aprova nada do que eu faço e quando eu comecei a namorar a Tsubaki, ele até perguntou quanto eu estava pagando para ela...

 

- Nossa! Pesado! – comenta Ox.

 

- É... – concorda Black – Bem, eu machucava vocês, pois achava que vocês eram os culpados do meu pai me chamar de burro, mas eu sei que o culpado sou eu!

 

- E de onde vem o medo? – pergunta Kid.

 

- Depois que comecei a namorar a Tsu! – sorriu – Admito que até eu fiquei surpreso por uma garota linda e inteligente gostar tanto assim de mim!

 

- Verdade! – concorda Ox.

 

- Ox!! – Kid repreende novamente e Ox dá de ombros.

 

- Bem... – Black voltou a falar – O medo veio quando percebi a aproximação dela e de vocês. O fato de vocês serem da mesma sala me deixava furioso e eu tinha medo de perde-la para um de vocês... Já que faziam mais o tipo dela!

 

- Entendo! – comenta Kid, se lembrando de Maka estar na mesma sala de Soul. Seus sentimentos ainda estavam confusos entre ela e Crona e precisava arrumar isso, senão ia acabar perdendo duas amigas importantes.

 

- Eu sei que isso tudo não é desculpa ou resposta para tudo que fiz vocês passarem, mas... – Black suspirou – Vocês podem me perdoar? – Kid e Ox se olham.

 

- A gente não devia te perdoar! – comenta Kid sério e Ox concorda.

 

- Eu entendo! – comenta Black se afastando para ir embora.

 

- É Black, a gente não devia! – Ox repete – Entretanto... – Black para de andar e se vira para eles – Ficar guardando rancor é muito chato!

 

- É! Dá muito trabalho! – concorda Kid.

 

- Então... Está tudo bem? – pergunta Black esperançoso.

 

- Não! – respondem juntos – Mas pode ficar com o tempo! – comenta Kid.

 

- É! Por tanto que fiquemos em paz! – completa Ox.

 

- Okay! Concordo! – Black sorrir – Prometo os deixar em paz!

 

Maka on

 

- Ah, você está aí! – ouço a voz de Soul e eu levanto a cabeça, assustada – Estava te procurando! – comenta se sentando ao meu lado, no terraço – O que houve? – pergunta curioso.

 

- Não foi nada! – seco as lágrimas, que ainda caiam, do meu rosto – Eu só me iludi com uma coisa! – comento.

 

- Fala logo o que é, loira! – insiste.

 

- Eu não quero conversar sobre isso! – comento tentando manter a calma.

 

- Tsc. Fala logo, loira! – insiste mais e eu suspiro, desviando o olhar. – Vai me ignorar mesmo? Sério? – pergunta – Argh! Fala logo, que coisa chata! – diz impaciente.

 

- Chato é você! – digo irritada – Para de me amolar! Que coisa! – me levanto pra ir embora, mas ele segura meu pulso com força, se levantando em seguida – Está me machucando!

 

- Você não sai daqui, até me dizer o que está havendo! – diz sério.

 

- Me. Solta! – mando contendo o choro e mantendo minha raiva.

 

- Não, até me contar por que estava chorando!

 

- Quer saber por que eu estava chorando?! – comento – Tudo bem! Eu estava chorando porque eu vi VOCÊ... – o empurro com o dedo indicador – Beijando a Kim!

 

- Tsc. Ah, isso! – revira os olhos – Foi ela que me beijou! – comenta – Mas não há motivo para você ter ciúmes de mim porque...

 

- Não temos nada, eu sei! – completo triste.

 

- Você é muito bobinha para ter ciúmes de alguém que não é seu! – comenta me puxando para mais perto. Eu me seguro para não bater nele e me afastar a força.

 

- É... – concordo triste de cabeça baixa. Ele segura meu queixo, levantando meu rosto e me beija. Eu correspondo, mas não como sempre. Dessa vez eu estava sem vontade até mesmo para seus beijos e estava muito angustiada para isso.

 

(...)

 

- Oi Ox! – o encontro.

 

- Oi! Iae, falou com ele? – pergunta e eu suspiro.

 

- Sim, e você e o Kid tem razão! – comento – Se apaixonar por ele foi idiota e perigoso e vou continuar com a aposta! Vou faze-lo me beijar na frente de todos e depois terminar tudo no dia seguinte, ou no PROM mesmo!

 

- Isso é o melhor a se fazer! – comenta Ox.

 

- É... O melhor! – concordo triste.

 

Maka off

 

Enquanto isso, Kid relia os cartões de Crona e acaba se lembrando das vezes que ela foi tão legal e amorosa com ele, mesmo sabendo que ele gostava de Maka.

Ele pensa nela e sorrir pensando que foi um idiota esse tempo todo e já tinha uma decisão tomada.

 

Continua...

 

 


Notas Finais


Manooo,

Momentos fofos entre Soul e Maka
Maka se perguntando se está realmente apaixonada pelo albino
Ox surpreso por não ter calculado isso (Agora sacaram o nome da Fanfic?)
Kid bancando o ciumento
Crona mandando a real pra geral (FINALMENTE)
Kid brigando com Crona por ter falado a real
E a Crona confessando seu amor (Quase chorei quando ela pediu desculpas por ama-lo! Pesado, né?!)
E o Black agradeceu a Maka EEBAAAA
E está confirmado, Maka vai continuar com a aposta! Não importa o que haja!

Iae? Gostaram? Espero que sim!

Obrigada por lerem e desculpe os erros! Até o próximo capítulo!

Minha nova Fanfic (SoMa): https://www.spiritfanfiction.com/historia/em-busca-de-uma-arma-13811651

Música que Soul e Maka contaram juntos: https://www.youtube.com/watch?v=a2RA0vsZXf8
Essa música, nessa versão, é muito boa, sério! Se tiverem tempo, ouçam! Acho que vão gostar se curtirem música com piano! ♥♥♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...