História Forbidden - Capítulo 19


Escrita por:

Postado
Categorias A Rainha Vermelha, A Seleção, Once Upon a Time
Personagens Albert Spencer (Rei George), Capitão Killian "Gancho" Jones, Cora (Mills), David Nolan (Príncipe Encantado), Elara Merandus, Emma Swan, Evangeline Samos, Gavril Fadaye, Ingrid / Rainha da Neve / Sarah Fisher, Liam Jones, Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Neal Cassidy (Baelfire), Personagens Originais, Regina Mills (Rainha Malvada), Robin Hood, Ruby (Chapeuzinho Vermelho)
Tags Ação, Aventura, Captain Swan, Captainswan, Once Upon A Time, Onceuponatime, Ouat, Rainha Vermelha, Romance
Visualizações 26
Palavras 1.317
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 19 - Dezenove


Emma

 

Acordei na manhã seguinte ainda nos braços de Killian e respirei fundo, vendo a luz passar pela janela do quarto que em um dia será oficialmente nosso. Ele é tão lindo quando dorme.. Aliás, ele é lindo em qualquer situação, mas dormindo ele se parece ainda mais com um anjo.

Uma luzinha azul passa pela janela e aumenta até se tornar Lysa.

- Bom dia, futura Princesa – ela disse.

- Shhh! – quase a fuzilei com o olhar e fuzilaria de verdade se ela tivesse acordado Killian.

- Ah, me desculpe – ela sussurrou.

- Tudo bem. O que foi? – perguntei.

- Conseguiu tirar algo do chão?

- Consegui... – lembrei-me dos beijos de ontem e da maneira que Killian sussurrou ao meu ouvido, das mãos dele me tocando suavemente e de nossas línguas dançando em nossas bocas.

- Que sorrisinho bobo apaixonado é esse? – ela perguntou me olhando com malícia – Pelo visto a noite foi boa.

- Oh, não. Nós não... Ainda não fizemos...

- Sexo? Não transaram ainda?! Como assim? Vai descobrir se ele vale a pena só depois do casório?

- Foi um pedido da minha mãe.

- Ah! Então tudo bem.

- Não foi por falta de vontade da minha parte – confessei – Mas Killian tem sido muito compreensivo.

- Claro que sim. Ele te ama, sabe... Ele realmente te ama. Você sozinha vale mais pra ele do que tudo. Todas as pessoas e todas as coisas. Você está acima de tudo pra ele e... isso é raro de achar.

- É, eu sei...

- Mas então... Quais os planos para hoje? Treinar mais um pouco?

- Não... Hoje não. Hoje meu foco é em Killian e, ao fim da tarde, eu vou estar com as minhas madrinhas.

- Sério? Oh, que legal.

- Sim, nós vamos para meus antigos aposentos e faremos coisas de mulher.

- Isso soa divertido – Lysa disse – Sabe, quando uma fada vai se juntar com outra, todas fazemos um círculo em volta do lugar onde nossa rainha foi enterrada e voamos ali cantando e dançando pedindo para que ela aprove a união.

- Isso parece ser legal.

- É, é muito legal.

- Você já foi em uma dessas, não foi?

- Infelizmente ainda não tive a oportunidade. Sou uma fada “nova”, por assim dizer. Eu fui criada há apenas 30 anos.

- Como assim? Você tem uns quinze anos no máximo!

- Pois é, nós aparentamos ter metade da idade que temos realmente e nossa verdadeira aparência só é revelada na hora da nossa morte, então enterramos os corpos para que ninguém precise encarar a imagem da velhice no rosto de uma fada.

- Agora já ficou macabro.

- Pois é... É estranho mesmo – ela suspirou – Ele vai acordar em cinco minutos, é melhor eu ir. Adeusinho.

E foi exatamente como ela disse: cinco minutos depois Killian estava acordado e me encarava com aqueles olhos azuis maravilhosos.

- Bom dia, futura esposa.

- Bom dia, futuro marido.

Nos cumprimentamos com um selinho e depois eu saí da cama.

- O que quer fazer hoje?

- Pensei que você ia ficar com suas madrinhas.

- Eu vou. No fim da tarde. Até lá eu sou todinha sua.

- Todinha minha? – ele se levantou e veio caminhando até mim e depois passou um dos braços pela minha cintura, envolvendo-me e me puxando para mais perto dele. Coloquei a mão sobre o peito dele e levantei a cabeça um pouco para encará-lo.

- Todinha sua.

- Humm... – a mão dele que estava na minha cintura subiu até minhas costas e depois até o meu pescoço, parando em minha bochecha e acariciando-a com o polegar enquanto a outra mão tomou o lugar da primeira em minha cintura – Que tal irmos cavalgar até o lago, podemos fazer um piquenique lá e voltar só no fim da tarde.

- Isso soa maravilhoso.

- Como você.

Sorri e abaixei um pouco a cabeça sentindo minhas bochechas esquentarem. Eu devo estar parecendo uma pimenta.

- Você fica ainda mais linda quando está corada... – ele levantou minha cabeça e se inclinou um pouco para me beijar.

- Killian! Emma! – foi quando Liam abriu a porta do nada.

- O que foi? – Killian perguntou. Acho que, se ele pudesse, jogaria Liam pela janela.

- Tenho uma surpresa para vocês.

Coloquei um robe de cetim rosa claro e fui com Killian enquanto seguíamos Liam incessantemente.

- Elaine e eu conversamos muito desde que a mamãe foi expulsa do castelo – ele começou – e decidimos que vocês merecem ser tratados como devem ser.

- O que isso quer dizer? – perguntei.

- Quer dizer – Elaine disse abrindo as portas da Sala do Trono – que vamos coroar vocês.

- Como assim? Isso é possível? – Killian parecia nervoso enquanto perguntava.

- Sim, claro que é – Elaine respondeu.

- Mandamos fazerem as coroas de vocês com urgência, pretendemos coroá-los amanhã mesmo – Liam disse.

- Mas, Liam... – comecei, porém fui interrompida por Killian.

- Liam, esse é o nosso casamento. Talvez a Emma não queira ser coroada amanhã. Talvez eu não queira.

- Tudo bem, tudo bem. Manteremos as coroas seguras então. Quando vocês voltarem da lua de mel nós poderemos fazer a cerimônia de coroação – Elaine estava segurando a mão de Liam, já que ele parecia estar irritado por ser contrariado.

- Ótimo. Desse jeito está perfeito – falei sorrindo e tentando diminuir a tensão no ar.

✦ ❃ ✦

Depois que saímos de lá, Killian e eu voltamos para o quarto e trocamos de roupa. Eu coloquei um vestido rosa claro com enfeites de flores vermelhas, uma sapatilha da cor do vestido e deixei o cabelo solto. Killian colocou uma camiseta branca mais solta e suas costumeiras calças de couro.

- Vai cavalgar de vestido, Swan? – ele perguntou.

- Eu não tinha pensado nisso, mas agora que você mencionou...

Entrei de volta no guarda-roupa e não saí até estar com o cabelo preso num rabo, usando um par de calças de couro preto, um cropped preto e vermelho, um sobretudo parecido com o cropped e botas de cano alto pretas e de couro.

- Pronto – falei saindo e olhando para ele, que me encarava boquiaberto.

- Wow... Eu não imaginava que você poderia ficar ainda mais linda, mas... wow!

- O que achou?

- Acho que se você quer que eu resista até amanhã tem que parar de ser tão linda e sexy.

- Minha ideia é te deixar tentado até o limite.

- Bom, você está conseguindo. E como!

Do quarto, fomos direto para os estábulos, onde Killian aprontou os cavalos e nós saímos.

Apostamos corrida até o lago e, obviamente, ele ganhou. Estendemos a toalha de piquenique e sentamos. Tirei tudo o que tinha dentro da cesta e coloquei sobre a toalha.

Comemos enquanto conversávamos e falávamos sobre coisas normais, engraçadas, sobre nós, sobre o casamento, sobre os filhos que planejávamos ter, sobre a lua de mel... Brincamos muito também. Tirei as botas e comecei a correr atrás dele como louca. Ele quase me jogou no lago, mas eu consegui fazer meu corpo levitar antes do impacto com a água.

- Muito bom, Swan. Estou orgulhoso de você.

- Sério? Você não pareceu um grande fã da minha magia ontem.

- Por que você diz isso, Swan? Você sabe que eu sou o fã número 1 de todas as suas partes.

Revirei os olhos e depois passei meus braços pelo pescoço dele.

- Amanhã a essa hora estaremos oficialmente casados – eu disse.

- É – ele passou os braços pela minha cintura – Está pronta pra viver comigo e me aguentar pelo resto das nossas vidas?

- Mais do que pronta.

- Ótimo. Eu também.

Faltam menos de 24 horas para eu estar oficialmente casada com Killian. Menos de 24 horas para eu começar a viver com ele o resto de nossas vidas.

E que o resto de nossas vidas seja a melhor parte de nossas vidas.


Notas Finais


"May the rest of our lives be the best of our lives" - Mamma Mia (Here we go Again)
Genteeeee eu tô mto feliz hj!!!!
Eu fui convidada pra uma coisa no próximo domingo e eu achei que ia demorar pelo menos um ano pra eu ser convidada pra esse tipo de coisa (festa de família do namorado).
Eu espero que vocês tenham gostado. Um beijo pra todos e até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...