História Forbiden Love - DELENA - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias The Vampire Diaries
Personagens Bonnie Bennett, Caroline Forbes, Damon Salvatore, Elena Gilbert, Enzo, Katherine Pierce, Sheila Bennett, Stefan Salvatore
Tags Caroline Forbes, Damon Salvatore, Delena, Elena Gilbert, Katherine Pierce, Stefan Salvatore, The Vampire Diaries
Visualizações 81
Palavras 780
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura ❤️
Comentem e me incentivem a continuar, porque não está fácil!!!
Beijos lovers 💕

Capítulo 18 - Flagra


Fanfic / Fanfiction Forbiden Love - DELENA - Capítulo 18 - Flagra



POV JENNA


Meu sobrinho voltou, sou a tia mais feliz desse mundo todinho!!! Já se passaram uma semana desde que Damon resolveu não ir para o Texas, eu estava muito feliz mas nem tudo é um mar de flores. Tenho estranhado Damon e Elena, eles andam muitos juntos, claro, eles sempre foram unidos, mas de um tempo pra cá eles parecem mais um casal de namorados do que um casal de irmãos. Minha mente deve estar delirando, deve ser muita coisa do meu trabalho me enchendo a mente, como eles estariam namorando? Poxa, eles são irmãos. Isso é incesto! Não... Na verdade não é, e só eu sei o porquê.


Me livro desses pensamentos que sem nexo, e resolvo me levantar tomar um banho e encarar mais um dia de trabalho.


{...}


Estava na minha hora de almoço e hoje preferir mudar a rotina, vou almoçar casa, nada melhor do que estar na presença de quem eu amo. Vou até o estacionamento, pego meu carro e vou rumo a minha casa. Ao abrir a porta eu estranho como a casa estava, nenhum sinal de meus sobrinhos, vou subindo às escadas e escuros alguns gemidos, devo estar ficando velha e escutando coisas. Sigo rumo aos quartos e os sons só aumentam, sigo o corredor e vejo que o barulho vinha do quarto de Elena, decido abrir a porta, se alguma estiver acontecendo aqui, eu preciso saber, e vou ver agora.


Abro a porta e me deparo com uma cena que não queria ver, fico chocada, estava incrédula com o que estava vendo, Damon estava em cima de Elena, fazendo o tal ato sexual, a relação estava tão intensificada que nem notaram a minha presença.


- O que é isso? - Minha voz mal saia, eu estava sem reação.

- Tia... Não é nada disso que você está pensando. - Damon diz jogando o lençol em Elena, como se quisesse protegê-la.


- Não é "isso que estou pensando"? Vocês estão doidos? Desde quando estão nessa pouca vergonha? O que deu na cabeça de vocês caralho. - Eu já estava aos berros, completamento alterada.


- Tia, nos desculpe. - Elena disse com a voz embargada.


Saio do quarto correndo, não podia ser verdade, o que estava acontecendo com a minha vida? Tudo estava de ponta cabeça, eu não sabia o que fazer, só fui para o meu quarto e me isolei, hoje eu não voltaria ao trabalho, não estava em condições e teria que me preparar para ter uma conversa bem séria com Damon e Elena.



POV ELENA 


Se passou uma semana, Damon estava comigo e jamais iria me deixar, nesses dias nós estávamos só nos carinhos e amassos, Damon era insaciável, sempre ultrapassavamos o beijo e íamos para a cama, estávamos nos explorando sexualmente, quando se ama alguém o sexo é intenso e maravilhoso.


Tínhamos chegado da escola e fui fazer o almoço, tentar né, porque Damon me abraçou por trás e começou a beijar meu pescoço, logo estremeci, ele deixava beijos pelo meu pescoço que formavam uma linha de fogo. Pulei em seu colo e prendi minhas pernas em volta da sua cintura, fazia movimentos que o fazia delirar, e eu adorava provocá-lo, fomos para a cama e Damon tirou a minha roupa, apesar de ser um safado sempre faz tudo com muito carinho, e só faz eu me apaixonar mais a cada dia, não demorou nas preliminares e logo me penetrou seu pênis duro e grosso, isso não era um pênis, era uma varinha, que toda vez que me penetrava me fazia sentir como se estivesse fazendo uma mágica dentro de mim.

Eu me perdia em seus movimentos, ele era perfeito e maravilhoso, até que sinto ele diminuir meus seus movimentos, abro meus olhos e solto um gemido manhoso. Até que entendo o porquê dele parar, eu estava muito atordoada e só escutava os gritos de Jenna em ter nos pegado no flagra. 


Merda, mil vezes merda!


Só consegui pedir desculpas e vi ela sair batendo a porta, entrei em desespero, e agora o que iria acontecer daqui pra frente? Nem percebo, mas comecei a chorar.

Damon se vira, me olha e vem até mim me dando um abraço apertado, só ele conseguia me acalmar.

- Calma meu anjo, vamos dar um jeito, vai dar tudo certo. - Ele disse alisando meus cabelos, deito minha cabeça em seu ombro, deixando as lágrimas rolarem, não consigo dizer nada.

- Ei, confia em mim?- Ele me pergunta, me fazendo olhar na sua imensidão de olhos azuis 

- Claro que eu confio. - Digo e lhe dou um selinho rápido.

- Tudo vai ficar bem. - Nós continuamos abraçados ali por um bom tempo.





Continua?


Notas Finais


Me desculpem qualquer erro ortográfico ❤️
Não tivemos Klaroline, mas no próximo capítulo vai ter muita emoção desse casalzão que é formado pelos nossos amores, vulgo Caroline e Klaus ❤️
O capítulo tá curtinho mesmo, Sorry.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...