História Forbiden Love - Imagine Kim Taehyung - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jinyoung, Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé, Youngjae, Yugyeom
Visualizações 22
Palavras 793
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Uhul! Não sei como mas vcs estão gostando desse pedaço de lixo. Então vamos continuar a saga de S/N

Capítulo 4 - Chapter three


Fanfic / Fanfiction Forbiden Love - Imagine Kim Taehyung - Capítulo 4 - Chapter three

Kim Taehyung P.O.Vs on

Tinha voltado da festinha na casa da Lisa, sim, a gente se pegou no quarto dela, pode ser que eu esteja com algumas marcas de chupão no meu pescoço. 

Chego em casa, abro a porta e quando entro vejo a pior cena da minha vida, minha irmã e a maconheira, cabelo de cenoura se beijando no sofá. Não é nem por ser duas mulheres se beijando. É a minha irmã e uma desnaturada. 

Expulsei a cabelo de cenoura da minha casa e S/N subiu correndo pro seu quarto, se trancando lá dentro. Eu estava com raiva? Nojo? Ciúme? Não sei. 

Me joguei no sofá e fiquei olhando para a TV que estava desligada.

Taehyung off // S/N On

Me joguei na minha cama e em seguida recebi uma mensagem da Cat, ela disse que haveria uma festa na casa do Jungkook e ele estava me convidando, o problema era meu irmão. Será que ele vai deixar eu ir? Vou tentar convencer ele.

.

.

.

não. — mal falei e ele disse-me isso. O mesmo nem tirou os olhos da TV, ainda sentado nesse sofá marrom. 

— E por que não? — Pergunto colocando minhas mãos em minha cintura arrancando uma risada do mais velho na minha frente.

— Você não vai sair de casa. — ele finalmente me olhou. Dessa vez com um sorriso no rosto. — Até porque aquela maconheira vai também. E eu não quero você perto dela, não mais. 

— Só por causa daquilo? Sério mesmo?

— Vocês se beijaram. Vai que você pegou alguma doença dessa maluca.

— E daí? Você também me beijou. — ele se calou

Depois disso ele acabou deixando, mas com uma condição, ele vai ficar grudado em mim a festa toda. Isso é um pouco chato mas eu quero muito ir a essa festa. Fui correndo até meu quarto pois faltavam poucos minutos para a festa. 

Tomei um banho rápido, colocando um vestido preto muito bonito. Coloco um salto alto da mesma cor do vestido, passo maquiagem, mas não muito forte e arrumo o cabelo.

Desci as escadas vendo meu irmão sentado no sofá, ele estava muito bonito, na verdade, quando ele não é bonito? 

Assim que ele me olhou, abriu um sorriso enorme e se levantou, se aproximando de mim.

— Está linda, maninha. — ele me puxa até a garagem, entrando dentro do carro, esperando eu entrar também. Abro a porta do carro e entro vendo ele ligar o carro em seguida.

~ Quebra de tempo ~

Paramos na frente da casa do Jungkook, saio do carro, quando olhei a mansão de Jeon Jungkook, minha boca se abriu em um perfeito "O". Olhava os detalhes da casa enquanto escutava a música " Pillowtalk " Tocando de fundo. Sinto a mão grande de Taehyung segurando meu braço e me puxando pra dentro daquela casa enorme. Assim que Jungkook nos vê, ele vem em nossa direção e cumprimenta nós dois.

Fomos até um cantinho, onde todos os amigos do meu irmão estavam, até a Cat tava lá. Taehyung ficou ao meu lado praticamente o tempo todo.

— Taehyungie Oppa! — Escutei a voz fina e irritante de Lalisa, tudo que eu menos queria. — Vem dançar comigo...

Como eu conheço meu irmão, ele não vai me deixar aqui pra ir dançar com ela. 

— Hm, ok. Jungkook, fica de olho na minha irmã e não deixa ela fazer merda. — Ele saiu e perto. Eu escutei isso mesmo? QUE ÓDIO!!!

Derrepente eu me senti traída, uma enorme vontade de socar a cara dessa cachorra. Me sentei ao lado do Jungkook e cruzei os braços, fazendo um bico.

— Que foi S/N? — O moreno pergunta me olhando.

— Ignora isso Jeon. Ela ta com ciúmes. — Escuto a voz da Cat. — É por que a Loira Oxigenada mais conhecida como Lalisa, chamou o Tae pra dançar. 

Ela riu. Olhei pra ela como se fosse metralhar ela. A mesma parou de rir na hora. Jungkook do nada levanta e pega em minha mão, me puxando até a "pista de dança" Que antes era a sala dele. 

Nós começamos a dançar, quando ele ja estava suado e ofegante por causa da dança, encostou a cabeça em meu ombro e ficou ali por uns 2 minutos, depois me olhou e aproximou seu rosto do meu. Quando estávamos quase nos beijando, sinto minha mão ser puxada e apertada com certa força. 

— Vamos pra casa Agora!! — era o Taehyung, com aquela voz grossa, me puxando até o carro.

Quando chegamos em casa, olho meu pulso já vermelho, minha vontade era de chorar e ao mesmo tempo gritar, gastar toda minha voz, jogando algumas verdades na cara do Taehyung. Mas não fiz, simplesmente subi até meu quarto e tomei um banho rápido, colocando um pijama e me deitando na minha cama. Quase dormindo.

Continua...?


Notas Finais


https://youtu.be/cEVjBzlEhy4

Presentinho 😏
❤amo vcs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...