História Forbiden Love - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias The Seven Deadly Sins (Nanatsu no Taizai)
Personagens Elizabeth Liones, Meliodas, Merlin
Visualizações 14
Palavras 912
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi pessoas estou aqui de novo com o novo capítulo desta linda e maravilhosa fanfic(sqn), então, eu estava pensando em postar o capítulo ontem,porém acabei ficando sem inspiração( mais conhecida como preguiça) mas bora parar de enrolação e bora pro capítulo!

Boa leitura:)

Capítulo 3 - Capítulo lll


Finalmente amanheceu, mas isso não era tão empolgante para a Deusa Elizabeth, afinal hoje era a tão esperada luta contra o clã dos demônios, muitos no lugar dela estariam super animados, porém ela não, por mais que seja uma ótima guerreira sendo até mesmo superior aos Quatro Arcanjos a princesa do clã das deusas odiava qualquer tipo de conflito.


A Deusa levantou de sua cama sem nenhuma vontade e  foi logo para o banheiro, tirou seu pijama e ligou o chuveiro. Depois de fazer suas higienes colocou sua roupa íntima, logo depois pegou sua roupa habitual que se consistia em um vestido branco com uma fita vermelho vinho no meio, um par de meia calça preta e botas brancas até o tornozelo.


Depois de estar totalmente pronta, Elizabeth saiu de seu quarto indo tomar café da manhã, no cominho da cozinha a Deusa acabou esbarrando em Mael um dos mais poderosos se não o mais poderoso dos Quatro Arcanjos, o mesmo tinha um amor secreto desde a infância pela filha da Divindade, porém nunca se declarou para ela por timidez.


– Oi Mael, bom dia – falou Elizabeth escondendo seu desânimo de acorda hoje.

– Olá Elizabeth- Sama, bom dia – respondeu Mael a princesa – Estava indo acorda-lá agora mesmo para tomar o café da manhã.


– Bom, eu estava indo fazer isso agora mesmo, poderíamos ir juntos. – disse a Deusa com um sorriso no rosto.


– Tá. – falou o arcanjo com o rosto um pouco avermelhado. Então começaram a andar em direção a cozinha.

O caminho estava tranquilo e a conversa estava boa entre os dois, até o arcanjo tocar no assunto que Elizabeth não queria chegar.


– Soube pelo meu irmão que irá batalhar hoje conosco Elizabeth- Sama. – logo no momento a princesa não quis falar mais nada, porém para não se grosseira com Mael ela resolveu continuar a conversa.


– Sim Mael, mas sinceramente eu não queria lutar, na verdade não queria que essa guerra tivesse acontecido. – A platinada falou com um pouco de tristeza na sua voz.


– Hum. Bom eu acho que não podemos fazer nada, mas está certa, seria melhor essa que essa guerra nunca tivesse acontecido.–respondeu Mael, porém ele não falou com sinceridade, afinal ele estava gostando de lutar contra o clã dos demônios, afinal era uma ótima maneira de mostrar sua força.


Quando ambos chegaram na cozinha tomaram e comerem seu café da manhã e seguiram um rumo diferente para descansar, Elizabeth voou até um ganho de uma árvore bem grande que tinha ali perto para se acalmar antes da batalha, enquanto  Mael foi conversar com seu irmão mais velho Ryudoshel. 



























Bem longe dali, no Reino Demoníaco, estava o príncipe do inferno se preparando ansioso para a luta, afinal alguma coisa de interessante tinha que acontecer nessa guerra, e lutar com a filha da Suprema Divindade seria uma luta e tanto, porém Meliodas tinha 100% de certeza que iria ganhar, afinal ninguém o derrotou ate agora.

O demônio estava no momento polindo a sua espada antes da batalha, até seu irmão mais novo chegar  no local onde ele estava.


– Olá irmão, vejo que a luta de hoje vai ser boa para você, já que está limpando sua espada. – Zeldris como um grande fã de seu irmão ele reparava bem nos costumes do mais velho e limpar a espada era muito raro.


– Sim Zeldris, finalmente alguém interessante vai lutar nessa merda de guerra. – disse Meliodas em um tom de voz frio com um sorriso divertido e maldoso nos lábios.


– Quem será a próxima vítima? – Zeldris não ligava quem o seu irmão matava, mas o jeito que o mais velho falou o deixou curioso. 

– A Deusa Elizabeth. – O mais novo ficou surpreso com o tom de voz de seu irmão, afinal essa deusa não era como as outras, ela era  A Deusa, ela já derrotou muitos demônios somente pelo seu olhar, pelo menos era o que os boatos diziam.

Mas sabendo da força de seu irmão ele tinha certeza que a Deusa não teria a menor chance.

– Bom acho que já vou. – quando o mais novo se levantou se surpreendeu com a pergunta de Meliodas.


– Vai se encontrar com sua vampira Zeldris?

Com toda a certeza o moreno deveria estar bem assustado e surpreso.

– O que foi irmão? O gato comeu sua língua? – falou o loiro em um tom brincalhão pela cara que seu irmão fez.

– Co-como você sabe da Gelda? – perguntou o moreno com medo de Meliodas contar sobre seu relacionamento com Gelda.

– É segredo. Então esse é nome daquela vampira, não se preocupe, não vou contar pra ninguém.

Isso com certeza alivou o mais novo, afinal ninguém poderia saber que o segundo filho do Rei Demônio estava tendo uma relação com a princesa do clã dos vampiros.

– Só toma cuidado com o nosso pai, sabe o que vai acontecer se ele descobrir isso.– o moreno assenou com a cabeça e saiu daquele local para se encontrar com sua amada.


" amor, né" , pensou o loiro " será que algum dia eu vou sentir isso?". Depois desses pessamentos o príncipe foi para um outro lugar se preparar





     Três horas depois


Ambos os lados já estavam prontos, o clã das deusas estavam em posição de combate tendo como linha de frente Elizabeth e os Quatro Arcanjos. E do outro lado o clã dos demônios com a mesma posição que as deusas tendo como linha de frente os Dez Mandamentos.

O céu naquele momento estava escuro tendo somente alguns raios de sol.

A batalha iria começar.



Notas Finais


Bom gente esse foi o capítulo, não ficou muito mas da pro gasto,se tiver algum erro me desculpem meus dedos estão doendo agora. Até o próximo capítulo:)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...