História Forbiden love incesto (bwoo) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias K.A.R.D
Visualizações 45
Palavras 802
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Annyeong ♡!

Tenham uma boa leitura.

Capítulo 2 - Brothers? I think not


Fanfic / Fanfiction Forbiden love incesto (bwoo) - Capítulo 2 - Brothers? I think not

BM on 

 * quando o funcionário abriu a porta da bela casa bm deu de cara com uma menina linda, que usava um short preto e uma blusa curta escrito "ranço" na parte superior, ela carregava duas malas, no começo fiquei sem entender, mas depois entendi tudo. *

  ─ Quem é você? - eu disse. 

  ─ Sou a filha do Lee Kim, e você? Quem é? - falou a loira.   

─ Sou o filho da esposa dele. Qual é seu nome ? - eu disse.   

─ Me chame de Jiwoo, e você? Qual seu nome?  - falou jiwoo. 

  ─ Me chame de BM. - eu disse. 

  ─ Prazer em conhece-lo - falou jiwoo.  

  ─ O prazer é todo meu - eu disse com um tom um pouco malicioso. A menina era linda. ─ Sinta-se em casa, qualquer coisa pode me chamar.

─ Obrigada - falou jiwoo.


Jiwoo on

Tive um pequeno diálogo com bm, ele parecia ser legal mas também parecia ser aqueles playboyzinhos que saem por ai pegando qualquer menina bonita que aparecer, não vou mentir, se ele tentasse me beijar eu não iria recusar rs. 

Subi para o meu suposto "quarto", ele era bem bonito, as paredes eram brancas, o piso era de madeira clara, o teto era cheio de estrelas e parecia uma galáxia, os móveis eram minuciosamente combináveis, tinha uma cama de casal, um guarda roupa, uma penteadeira e dois criados mudos do lado da cama, todos eles eram brancos com detalhes em azul claro e lilás, tinha também um banheiro meio grande com coisas simples, vaso sanitário, pia e um box com um chuveiro, o banheiro era todo branco com detalhes pretos, era tudo realmente muito bonito.

Depois de tanto observar o "meu quarto" eu resolvi chamar o bm para passearmos, aliás, eu não conhecia nada na cidade. 

* Voltei ao primeiro andar e encontrei bm do mesmo jeito que antes.

─ BM ? - eu disse.

─ Oi ? - ele falou.

─ Ta afim de dar umas voltas comigo pela cidade ? - eu disse.

─ Ah sim, que horas ? - ele falou

─ Pode ser daqui uma hora ? - eu disse.

─ Beleza - ele falou

Depois do diálogo eu subi para o "meu quarto" e fui tomar um banho pra tinhar esse cheiro de viagem. Quando terminei, vesti minhas roupas íntimas, um vestido branco soltinho ciganinha e uma sandália preta, sequei meu cabelo com um secador e no rosto eu apenas passei um brilho lábios e um rímel, apesar de simples, eu estava bem arrumada.

As horas se passaram e eu resolvi ir chamar bm, quando cheguei lá ele estava com uma calça preta, uma blusa sem manga branca e um tênis Preto da vans, ele estava lindo e até parecia que tínhamos combinado as roupas.

─ Vamos ? - eu disse.

─ Sim - ele disse pegando o celular que estava em cima da mesinha de centro.

Saímos sem dizer uma palavra um com o outro e quando chegamos na rua ele resolveu quebrar o silêncio - glória.

─ Mas então, onde você quer ir ? - ele disse.

─ Não sei, a última vez que vim aqui foi dez anos atrás, muita coisa deve ter mudado - eu falei.

─ É... Vou te levar em uma sorveteria que eu e meu pai costumávamos ir quando ele ainda estava vivo - ele disse

─ Sinto muito - eu falei.

─ Tá tudo bem, ja faz faz tempo - ele disse tentando me convencer.

─ Onde fica essa sorveteria ? - eu perguntei com curiosidade.

─ Você vai ver quando chegarmos lá - ele falou.

Fomos andando o resto do caminho sem conversarmos, até que entramos em um beco.

─ Onde estamos BM ? - eu perguntei com um pouco de medo.

─ Estamos quase chegando - ela falou.

Derrepente eu parei de andar e resolvi voltar, em um empulso bm puxou o meu braço e me escorou na parede, ele foi se aproximando e tudo que eu conseguia pensar era em "me beija logooo, me possuaaaa", mas tudo que eu disse foi.

─ O que você ta fazendo ?

Ele não respondeu nada e foi chegando cada vez mais perto de mim, eu conseguia ouvir sua respiração ofegante e nossos lábios cada vez mais próximos, quando eu menos esperava ele me beijou, e eu, como não sou besta, retribui, era um beijo doce, molhado e carinhoso, nossas línguas dançavam em perfeita harmonia, uma mão dele estava na minha cintura e a outra no meu rosto, enquanto as minhas estavam no pescoço dele, estávamos tão grudados que eu conseguia sentir o seu membro um pouco duro - homens realmente se sentem excitados rapidamente - derrepente a mão que estava em minha cintura foi descendo para minha bunda e aquele beijo foi ficando cada vez mais quente, para as coisas não esquentaram ainda mais eu resolvi parar, não que ele fosse me comer, mas eu tinha medo, ainda era virgem.




Notas Finais


Não se esqueçam de comentar e favoritar a fic se você tiver gostado.

Tenham um bom dia/tarde/noite!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...