História Forçados à se casar - Capítulo 24


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Casamento-forcado, Drama, Romance
Visualizações 17
Palavras 1.557
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Hentai, Luta, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Self Inserction, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa leitura 📚📖

Capítulo 24 - Shipp's se tornando reais (tava sem idéia para título )



Itália dia 01 de março , 7:30 da manhã


Rafaela Marcony ON 

 Acordo sentindo um peso sobre a  minha cintura  , olho para baixo vendo o braço do matheus na mesma . Me levanto lentamente para não acorda o mesmo , vou para o banheiro escovo os meus dentes ... Logo pintiei os meus cabelos,  saio do banheiro e olho para cama vendo ele dormindo profundamente. 

- vendo você assim até parece que presta - Penso 


Logo saio do quanto e vou para o andar de baixo , me dirijo direto para a cozinha .


- Tá vamos ver o que fazer - Penso em voz alta .

XX: Fazer o que ? 


Escuto a voz grossa do Matheus devido ao  sono , sinto que ele esta bem atrás de mim .

- Fazer o café da manhã - Digo curta e grossa. 

- Não precisa, agente tomar café na cafeteira perto da empresa - ele diz me dando um beijo na testa ... devo assumir que isso me surpreendeu. 

- Na cafeteira perto da empresa? , por que iríamos para a empresa?  - Pergunto dando um selinho nele , se é para jogar então vamos jogar. 

- Meu pai me ligou ontem , e pediu para irmos conhecer a empresa . Mas claro só se você quiser - ele diz abrindo a geladeira, e pegando uma jarra de suco de uva. 

- Certo , então eu vou ir me arrumar - Digo indo endireção a escada ... Mas antes que eu pode-se subir a mesma , escuto a voz do matheus me chamando - O que foi ? - Pergunto ficando na frente do mesmo .

- Você não está esquecendo nada ? - Ele pergunta. 

- Não que eu saiba .

- Você está esquecendo disso - Ele diz me agarrando , e logo selando os meus lábios. O beijo estava completo de carinho , necessidade ... E o que nunca faltou ,desejo , mas logo a falta de ar vem , e temos que nos separar .

- Pronto ,agora você pode ir se arrumar - Ele diz sorrindo .

- Safado - Digo e subo a escada correndo 


Matheus Marcony ON 

Eu acordei com o som da porta se fechando,  abro lentamente os meus olhos vendo que Rafaela  já não está ,mas ao meu lado.  Levanto da cama e vou até o banheiro, só escovo os meus dentes e desso , me dirijo até a cozinha vendo a mesma .

- Tá,  vamos ver o que fazer - Ela fala 

- Fazer o que ? - Pergunto, bem atrás dela .

- Fazer o café da manhã - Ela fala , percebo um certo tom de frieza.

 - Não precisa, agente tomar café na cafeteira perto da empresa - Digo , dando um beijo  na testa da mesma , e como eu pensei ela ficou surpresa. 

- Na cafeteira perto da empresa? , por que iríamos para a empresa? - Ela perguntou me dando um selinho,  devo assumir que não esperava por isso ... tenho quase certeza que ela acha que é um jogo , mas se ela soubesse que eu realmente amo ela ... bem pelo menos eu acho .

- Meu pai me ligou ontem, e pediu para irmos conhecer a empresa. Mas claro só se você quiser - Digo , indo para a geladeira , e pegando uma jarra de suco de uva, logo pego um copo, e logo  depositando o suco no mesmo .

- Certo, então eu vou ir me arrumar - Ela diz indo para a escada, mas antes da mesma cumprir completamente o trajeto ,eu a chamo .

- O que foi ? - Ela me pergunta ficando bem próxima a mim .

- Você não está esquecendo nada? - Pergunto me aproximando um pouco mais .

- Não que eu saiba - Ela diz confusa 

 - Você está esquecendo disso - Digo dando um beijo na mesma ; como os nossos outros beijos sempre tem o desejo corporal , mas nesse teve novas sensações, como carinho , e o que mais me surpreendeu , teve necessidade de ambas as partes .

- Pronto agora você pode ir se arrumar - Falo dando o meu típico sorriso sapeca. 

- Safado - Ela diz , e logo saiu correndo para o quarto. 


~~~~ Quebra de tempo , Casa dos Melo ~~~~


Andressa Melo ON 

Acordo sentindo um cheiro forte de panquecas , vindo do andar de baixo . Me levanto da cama , e me dirijo até o banheiro, tomo um banho de 10 minutos .

Logo vou andando até o closet, escolhendo um dos milhares de vestidos que o Felipe comprou nesse utimo mês. Chega ser engraçado o modo como ele vem agindo , sempre me protegendo . O incrível é que ele abriu uma ala na empresa , só para eu trabalhar por conta própria . Todos os dias ele diz " você se formou em moda , e tem uma ala para você lá, então não tem a necessidade de você trabalhar como empregada de ninguém '' , sim pode soar esnobe , porém não é .

Me visto e desso as escadas lenta mente , minha barriga não está muito grande , claro só se passou um mês, não teria como a minha barriga está enorme, mas mesmo assim prefiro tomar cuidado extra . Logo vou para a cozinha encontrando o Felipe. 


- O que o senhor está fazendo? - Pergunto beijando a sua escosta .

- Preparado um café da manhã reforçado para a minha esposa, e para o nosso ou nossa filha  (o) - ele responde , fofo como sempre .

- Estou vendo  ... E você vai para a empresa hoje ? - Pergunto pegando uma banana. 

- Vou , e se você quiser ir trabalhar pode ir - Ele diz me dando um selinho , e indo bota as panquecas na mesa .


- Certo ... Eu irem , porém chegarei mais tarde , acredito que você não tenha esquecido que hoje é a minha primeira ultra-som. 


- Claro que eu não esqueci, já tinha marcado a data ,para eu poder ir na sua segunda ultra-som do pré-natal - ele diz me sentando delicadamente na cadeira , logo me servindo .


- Cinto que você será um pai coruja - Digo rindo - Estou certa ou errada ? .


- Está certa , ainda mais se for menina, não deixarei ninguém magoo - alá.


- Acho melhor ela se magooa , e  aprender com isso , do que ela achar que no mundo não existe desilusões amorosas .


- Você está certa  ... a! e a propósito, você está maguinifica nesse vestido , realmente o azul é a sua cor - ele diz se levantando e me dando um beijo , logo subindo as escadas .


Felipe Melo ON 


Eu terminei rapidamente o meu café, pos estou com muitos trabalhos pendentes, então chegarei mais cedo . Como eu já tinha tomado banho eu só peguei um terno preto , e me troquei .


- Amor quer ajuda ? - escuto a voz da Andressa no quarto  (já que eu estava no closet ) .


- Só com a gravata - Digo indo até ela .


- Como sempre , certo ? - Acabo rindo .


- Se eu fala que você fica cada vez mais linda ,você acreditaria ? - Pergunto roubando um selinho dela  .


- Sempre - Ela diz tomando os meus lábios para si própria. 

- Por que o seu beijo é tão viciante ? - Pergunto .


- Por que você o tornou assim .


Rafaela Marcony ON 


- Matheus vamos nos atrasar - Digo pela centésima vez .

- Já vamos , mas eu não tô achando a chave do carro - ele diz .

- Amor acabei de me lembrar ,que vou ir com a Andressa ver como o bebê tá - Digo chamando a atenção dele .

- Por que você me chamou assim ? 

- Assim como ?

- " Amor '' , não brinque com os meus sentimentos Rafaela,  não se esqueça que eu tenho coração. 

- Como assim Matheus?  , eu não estou brincando com os seus sentimentos, é só uma maneira carinhosa de te chamar  ... Mas se você não gostou , eu posso parar .

- Desculpa , otimamente estou carente - ele diz rindo .

- Certo ... matheus isso aí na sua calça não é a chave do seu carro ? 

- Kkkkk, pior que é  ... vamos vou te deixar lá na casa da Andressa, mas agente ia tomar café juntos .


- Fico devendo kkkk , juro que compenso - Digo dando um beijo estalado nele .

- Irei cobrar .


Autora ON 

Ambos saem de casa , logo entram dentro do carro . Matheus não demora muito a ligar o carro , e logo começa a dirigir. 

O caminho inteiro foi em silêncio, porém com olhares cheios de desejos, vindos de ambos .


~~~~ Quebra de tempo ~~~~

 Matheus estaciona em frente à casa da sua prima .

- Pronto , se cuida e toma cuidado , e assim que você sair dela vai para a empresa. 

- Tá bom, e pode deixar vou tomar cuidado - Quando Rafaela ia sair do carro , é puxada pelo mais velho, que a cala com um selar de lábios. 

- Te amo - Matheus diz (tô falando que esse homem é bipolar ) 


- Também te amo -  Rafaela responde ( to falando que ela é trouxa ) 


Continua....


Notas Finais


Final sem sentido ? Sim , mas terá sentido no próximo kkkkk , foi mal ae a demora .


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...