História Forced love - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 6
Palavras 1.109
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Hentai, LGBT, Lírica, Literatura Feminina, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 6 - O baile


Heloísa

Começo o dia limpando a casa e cozinhando pois a minha mãe pediu para que eu fizesse as obrigações da casa, enquanto ela fazia as compras e a Jennifer deixava o Patrick na escola.

Finalmente eu havia terminado de limpar a casa, que por sorte não é tão grande... e terminei de preparar o macarrão, mais senti um cheirinho de queimado vindo do arroz...

-- Que cheiro de queimado Heloísa !.-disse a minha irmã entrando em casa

-- Você já chegou?.-pergunto admirada pela sua rapidez

-- Pelo menos você não queimou o macarrão e nem o frango...-disse rindo

-- Pare de rir e trate de me ajudar!

-- Tá bom, não precisa ficar nervosa assim... pelo menos um dia você vai ser princesa e não vai precisar mais cozinhar...

Fico irritada por ela está falando essas coisas e continuo revirando os olhos.

-- Eu já disse que não vou me casar!

-- Que revolta é essa irmãzinha? É tpm?

-- Eu não estou com tpm!

Alguém toca a campainha e a Jennifer vai atender.

-- Bom dia, a senhorita Heloísa mora aqui?.-pergunta o carteiro

-- Sim!.-diz a minha irmã afirmando e pega a carta e fecha a porta

Tomo a carta das mãos dela e leio a carta.

-- O que está dizendo aí?

-- Hoje a noite vai ter um baile de máscaras no palácio...

A Jennifer dá um grito de empolgação mais eu apenas coloco a carta em um lugar qualquer da casa e pego o lixo para jogar fora e vejo o Harry com a mesma garota de antes viro as costas mais os dois se aproximam.

-- Heloísa, essa aqui é a minha prima Emma.- falou nos apresentando e a prima dele me dá um abraço

Então quer dizer...que é prima dele!

A Emma se despediu de nós dois e ficamos conversando na frente da minha casa.

-- Ela é sua prima?

-- Sim, e o que você estava pensando?.- perguntou como se já soubesse da resposta

-- Eu não pensei em nada...

-- Não adianta mentir, eu te conheço!

-- Eu já disse que não pensei em nada.-falei quase abrindo a porta pra entrar na minha casa

-- Você ficou com ciúmes não foi?.-disse tocando levemente no meu rosto

Eu virei o meu rosto e neguei com a cabeça.

-- Você tá me evitando, né?.-perguntou com uma expressão decepcionada

-- Não é isso!.-falei

-- Você não me quer mais? Só porque vai ficar noiva!

-- Eu tenho que ir.-digo, dessa vez eu abro a porta e entro em casa

A Jennifer cantarolava nos meus ouvidos que eu ia para o baile de máscaras e que um dia eu iria ficar noiva... eu a ignoro e subo as escadas e entro no meu quarto e fico um bom tempo deitada na cama e fico refletindo pelo o que eu sinto pelo Harry e percebo que o meu sentimento por ele está diminuindo...

Por volta das 11 horas a minha mãe havia chegado em casa e o Patrick também e todos nós almoçamos mais só faltava o papai que ainda não havia chegado.

-- Que maravilha filha!.-disse mamãe que leu a carta por diversas vezes...-..."Nós convidamos a senhorita Heloisa para o baile de máscaras que acontecerá durante esta noite, mais precisamos que ela venha um pouco mais cedo".-leu pela última vez! Ufa!

-- Eu também tenho uma novidade!.-disse o papai

-- Conta! Conta!.-disse Jennifer animada

-- Eu não vou precisar mais trabalhar no palácio já que a Heloísa vai se casar com o príncipe Erik!

Eu quase vomitei toda a comida do almoço depois daquelas palavras e subi as escadas para ir no banheiro mais não saia nada...além de lágrimas, e de fato percebi que as responsabilidades caíram sobre mim.

(...)

-- Você vai se atrasar filha!.-disse a minha mãe

-- Eu não me importo em chegar atrasada.- falo resmungando

-- Você um dia vai nós agradecer...-disse mamãe pegando a minha mão como se eu fosse uma criança.-... Se estou concordando com isso é porque eu sei que você vai ser feliz, eu só quero o seu bem!

-- Até parece que se importam comigo!

-- Um dia você ainda vai nós agradecer!

Saio de casa com a mesma roupa que eu estava, mesmo com a insistência da minha irmã para eu colocar um vestido não me importei e fui assim mesmo. Chegando no palácio a mesma empregada de antes me levou para o belo quarto e me deu um vestido azul, e uma máscara dá mesma cor com detalhes pretos e um salto preto e por fim entrou uma moça e fez o coque alto no meu cabelo e por fim a maquiagem . Saio do quarto e o salão do palácio está cheio de pessoas, sorrindo, conversando, dançando ou fotografando.

-- É um prazer em te ver...-disse o príncipe Erik dando um beijo na minha mão

Dou um leve sorriso forçado e ele retribui.

-- Quer dançar comigo?.-perguntou o príncipe erguendo o seu braço

Antes de eu responder alguma coisa o príncipe me leva para o meio do salão e está tocando uma música lenta e ele coloca a mão na minha cintura e coloco a mão em seus ombros.

-- Está é a noiva do príncipe Erik.-disse uma mulher cochichando para um homem que aparentava ser seu marido

-- Posso perguntar uma coisa alteza?

-- Pode me perguntar o que quiser!.-respondeu

-- O rei despediu o meu pai? Ou alguma coisa assim?

-- Não, eu mesmo tomei essa decisão! Seu pai não irá precisar trabalhar se a senhorita se casar comigo

Respirei um pouco aliviada, pois eu havia lembrado da ameaça do rei. Depois de um tempo dançando a música parou e todos do salão olharam para o rei e a rainha.

-- Temos um comunicado pra todos vocês.-disse a rainha.-...Essa bela moça que está ao lado do príncipe Erik será a sua esposa!

O príncipe me levou até o trono do rei e da rainha e tive que disfarçar a minha insatisfação com esse noivado. Depois disso tudo todos dançaram novamente e a maioria ia me cumprimentar.

-- Vamos celebrar!.-disse o rei chamando um dos rapazes que estavam servindo champanhe

Observei o rapaz que estava nos oferecendo cada taça e mesmo atrás daquela máscara dele ele parecia alguém que eu conheço... o Harry! Ele também me observava e deixou uma taça cair no chão.

-- Seu incompetente!.-gritou o rei

-- Calma pai!.-disse o príncipe

Ele saiu envergonhado e tudo que fiz foi dá um gole na champanhe, mesmo não gostando muito de bebida alcóolica. E mais pessoas enchiam minha taça o tempo todo, quando eu menos esperei já estava vendo tudo girando...

(...)

Me acordei em um quarto enorme, que não era o meu! E eu estava com o mesmo vestido, me olho no espelho e minha maquiagem está toda borrada.

O que será que aconteceu?.-pensei

~~~~~~~~~~~~~~~



Notas Finais


Hiii, meu nome é nanda e escrevo os capítulos da Heloísa.

Espero que tenham gostado! ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...