História Forced Marriage - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Naruto Uzumaki, Rock Lee, Sasuke Uchiha
Tags Leenaru, Narusasu, Naruto, Sasunaru
Visualizações 214
Palavras 1.235
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, LGBT, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Demorei?! Espero que não ;-;

Capítulo 4 - Sobre o mesmo teto


"A melhor maneira de curar um coração ferido, é deixar que outra pessoa ocupe ele novamente".

Rock Lee tentou de todas as formas esquecer seu ex namorado, que no momento provavelmente estaria curtindo sua lua de mel com o seu atual marido.

Foi em boates e até mesmo se cadastrou em um site de namoro. Mas nada era capaz de preencher o vazio que sentia no peito.

Em seu pescoço era possível ver uma marca recente, causada à dois dias atrás, quando tentou se enforcar e quase conseguiu, se não fosse pela sua amiga Tenten que chegou na hora e lhe impediu.

Estava destruído.

Como Lee poderia sorrir e viver feliz se seu coração estava partido, quebrado, sem concerto? Era uma pergunta que ninguém e muito menos ele era capaz de responder.

 

***

 

"Ele me odeia". Pensou Sasuke enquanto observava o ômega dormir calmamente, como se não estivesse guardando um ódio imenso no coração.

Suspirou, anos atrás faria de tudo para ter Naruto dormindo ao seu lado da cama. Mas agora tudo parecia diferente, não era como imaginava que iria ser.

Poderia se fazer de forte e que não se importava com o que o menor pensava de si, mas a realidade era outra.

Estava tudo dando errado e provavelmente as coisas só iriam piorar.

-Bom dia! -Disse ao ver o loiro acordar e em seguida virar de costas para si, ignorando sua presença completamente.

Levantou-se da cama e caminhou em direção ao banheiro.

"Ele vai se apaixonar por mim, é questão de tempo". Tentava convencer a si mesmo enquanto se olhava no espelho, era a esperança de que no final tudo ficaria bem.

Deixou-se chorar, soltando todas as lágrimas que estavam presas meses atrás.

Era humilhante sua condição atual, suplicar por migralhas de amor que provavelmente nunca teria.

"Naruto sempre amou Rock Lee e sempre amará".

 

***

 

-Provavelmente o senhor só terá mais um ano de vida, me desculpe. -Disse o médico com um olhar de pena para o homem.

-Tudo bem! -Disse Fugaku se levantando da cama com dificuldade. -É o suficiente para o meu neto nascer.

-Oh, soube que seu filho se casou. -Sorriu o beta. -Parabens!

-É, finalmente uma coisa boa esse menino fez. -Suspirou. -Só espero que ele tenha escolhido certo.

-Mas, eles se amam certo?!

-É digamos que sim. -Disse ao se lembrar do casamento, era evidente que Naruto não queria estar lá.

Se perguntava quando o ômega iria engravidar, já estava ficando sem tempo.

 

***

 

Resmungou um xingamento ao ouvir a campainha tocar, provavelmente era a vizinha do lado tentando novamente ser sua amiga.

Fazia dois dias que estava morando sobre o mesmo que Sasuke e poderia dizer que não era tão ruim assim, aliás a casa era enorme e bonita tanto por dentro quanto por fora.

Não tinha do que reclamar.

Abriu a porta e não deixou de arregalar os olhos ao ver quem era.

-Lee?! -Encarou surpreso o beta, pois não esperava encontrar o mesmo ali, principalmente depois de tudo que aconteceu. -O que você tá fazendo aqui?

-Me desculpa, eu precisava te ver meu amor. -Puxou o menor para um abraço.

Necessitava mais do que tudo daquele contato físico.

Naruto não sabia o que fazer ou como agir, apenas suspirou e retribuiu o abraço do maior, sentindo um leve cheiro de álcool.

-O que aconteceu com você? -Perguntou ao ver uma marca vermelha de corda no pescoço do beta, nunca tinha visto uma igual.

Antes que o Lee pudesse ao menos abrir a porta para responder, uma forte presença de alfa se fez presente.

-O que diabos é isso? -Sasuke rugiu, deixando a sacola de compras cair, tinha ido ao supermercado comprar lamen para o ômega, tentando agradar o mesmo, mas pelo jeito deveria ter é ficado em casa.

Rock Lee virou-se para trás, encarando nos olhos o homem que tirou de si tudo que tinha de mais valioso.

O alfa caminhou até ambos e em um movimento violento segurou o beta pela gola da camisa.

-Ele é o meu ômega agora, somos casados e você não pode fazer nada. -Cuspiu tais palavras na cara do menor. -Então que tal você sair daqui antes que eu quebre essa sua carinha feia?!

-Parem! -Naruto entrou no meio antes que algo sério acontecesse, se sentia como se fosse um objeto, não gostava daquela sensação, nunca gostou. -Lee me desculpa mas vou ter que pedir para sair, depois eu ligo para você.

-Mas... -Tentou protestar o beta, não poderia ir embora daquele jeito.

-Saía! -Interrompeu sério, deixando claro que naquele momento não desejava a presença do ex namorado.

Rock Lee respirou fundo e disse; "eu voltarei".

 

***

 

Fechou a porta da casa com força, seu lobo interior tentava ao máximo se controlar, mas estava sendo uma tarefa cada vez mais difícil.

Encarou com os olhos cheios de raiva o ômega a sua frente, que por sua vez mantinha uma expressão calma, como se nada tivesse acontecido.

-O que foi aquilo? -Segurou o braço do menor em um movimento agressivo, estava visivelmente com ciúmes, com muito ciúmes e aquele sentimento, era como uma tortura. -Não estamos casados faz nem uma semana e você já trás aquele beta idiota para a minha casa?!

-Em primeiro lugar, ele não é idiota. -Revirou os olhos, era por esse motivo que não se relacionava com alfas, sempre tão possessivos e se achando os reis do mundo. -E em segundo, eu não trouxe ele para cá.

-Você acha que isso é uma brincadeira, não é?! -Era possível ver suas veias saltarem de tanta raiva que estava sentindo. -Os vizinhos poderiam ter ouvido a nossa briga e vão deduzir que aquele sambrancelhudo de merda é o seu amante, eu não vou ser conhecido como corno.

-Deveria ter pensando nisso quando me forçou a me casar com você. -Riu debochado. -Está pagando pelo que fez.

-Você está casado comigo agora, é o meu ômega e me deve fidelidade. -Disse em um tom sério. -E além disso, suponho que você não queira ser conhecido por toda Konoha como uma puta que fica de quatro para qualquer um, certo?!

-Está me ameaçando? -Encarou indignado o maior, não acreditando em tais palavras.

-Estou apenas dizendo a realidade. -Continuou. -Caso alguém imagine que você está me traindo com aquele beta idiota, vão automaticamente inventar histórias sobre você, uma pior do que a outra, sem mencionar que a honra da sua família vai ser destruída.

Naruto abaixou a cabeça, pois sabia que o alfa tinha razão. Sempre que um ômega traía seu cônjuge, ele ficava mal falado por toda cidade, como se tivesse cometido o pior dos pecados já feitos.

Não queria de forma alguma que aquilo acontecesse com sigo, seria como estar no inferno.

-Merda, não chora... -Suspirou ao ver uma lágrima grossa deslizar pela bochecha esquerda do menor. -Me desculpe!

-Por que você tá fazendo isso comigo? -Perguntou enquanto limpava o rosto molhado com a manga da camisa. -Você destruiu a minha vida.

E novamente o sentimento de culpa preenchia o coração do alfa.

Admitia que foi sim egoísta e insensível em sua escolha, mas naquela hora não estava pensando direito e nem nas consequências que depois receberia.

No final, só queria provar para si mesmo que poderia ficar com qualquer pessoa.

Mas apesar de todos os seus erros, não iria desistir, iria sim fazer Naruto se apaixonar por si, mesmo que fosse algo completamente impossível de se acontecer.


Notas Finais


Eu resolvi mostrar um pouquinho da versão do Sasuke nessa história, mostrando que ele se arrependeu e que o fato do Naru meio que odiar ele incomodava muito.

Aliás, algumas pessoas pediram para o Lee arranjar outra pessoa e tal, só que acontece que isso não está nos meus planos.

Mas vou tentar fazer um final feliz para todos 🤗

E para quem estava lendo "Unfortunate", eu sinto muito, sei que não é legal quando um autor exclui uma fanfic assim do nada.

Bem, para recompensar eu fiz outra fanfic também Sasunaru, é sobre lobisomens com uma pegada meio ABO.

https://www.spiritfanfiction.com/historia/wolf-pack-12990184

Vou tentar não excluir 😅


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...