1. Spirit Fanfics >
  2. Forever >
  3. Apenas o Começo

História Forever - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem :3

Capítulo 1 - Apenas o Começo


~Jazz POV~

Meu nome é Jazzlyn Summer, tenho 16 anos, sou humana e hoje vai ser meu primeiro dia em uma escola nova. Não é tão assustador porque essa é a mesma escola de dois grandes amigos, vim para cá principalmente por causa deles. Essa noite eu fiquei tão nervosa que mal consegui dormir, to muito animada pra essa nova escola... isso pode não ser uma coisa muito boa pra falar a verdade... enfim, já tomei meu banho e fiz o café da manhã, estou praticamente pronta pra isso.

(Alguns minutos depois, em frente a escola)

A escola é tão grande que só de olhar pra ela eu congelo. Enquanto estava encarando a imensa escola sinto um leve pescotapa.

- Chegou cedo Jazz. - quem diz é um jovem com a pele rosada e pequenos chifres.

- Eae Phil, já faz um bom tempo, o que aconteceu com a sua cauda? - digo a ele.

- O de sempre, mas então, já saiu do armário? - diz Phil com um tom provocativo, estendendo sua mão direita fazendo um soquinho.

- Tá complicado, mas to tentando. - retribuo seu soquinho. Logo depois sou abraçada por ele, e retribuo esse abraço. Realmente faz muito tempo que eu e Phil não nos vemos, quase dois anos, é claro que mantivemos o contato através de ligações diárias e partidas de LoL, mas não é a mesma coisa.

- Mãe ou pai? - pergunta Phil meio sem graça.

- Os dois... e também o fato de eu não conhecer nenhuma garota, eu ACHO que isso contribui. - respondo. Sim, eu sou gay, e as únicas pessoas que sabem são Phil e o Manny. São meus melhores amigos, pessoas incríveis e eu sei que sempre posso contar com esses dois.

- Aproveitando que ainda tá meio cedo, vou te mostrar o colégio, vem cá. - diz Phil me puxando e me levando pelos corredores. Foram alguns minutos e ele fez questão de me mostrar cada parte desse enorme colégio, foi divertido de certa forma. Quando estávamos quase terminando essa mini "excursão" meus olhos se depararam com uma garota distante no corredor indo pra uma sala, o que me chamou a atenção foram suas orelhas felinas e sua cauda, minha mente se perdeu por alguns instantes.

- O besta! - diz Phil enquanto me dá um peteleco na testa. - Vai dar a hora da aula, sua sala é a 2B. - Phil aponta pra uma sala próxima a nos...

É a mesma sala que essa garota acabou de entrar, meu deus meu coração.

- A-a gente se vê no intervalo? - digo nervosa.

- Claro, eu venho te infernizar, até. - diz Phil se afastando e indo em direção a outra sala. Eu vou em direção a minha e quando entro vejo que não tem muita gente, vou e me sento em uma carteira vazia ao lado da garota que havia visto antes. Ela está com um fone ligado a algo em seu bolso, provavelmente seu celular. Ela está usando uma camiseta de Star Wars, uma calça justa e um par de coturnos negros como a noite e...

- Por que caralhos você tá olhando pra mim? - diz a gata com uma voz irritada, virando sua cabeça pra minha direção.

- A-ah é que... bom eu sou nova aqui e tava pensando se deveria ou não puxar assunto. - boa Jazz, bom argumento.

- A resposta é "não", agora para de ficar me olhando! - diz a gata. Por que ela foi tão grossa? Eu só queria puxar conversa...
O som do sinal ecoa pelos corredores, indicando que as aulas estão prestes a começar. Alguns segundos depois um homem entra na sala com sua mochila e um notebook, se senta na mesa do professor deixando suas coisas lá.

- Bom dia pessoal, hoje eu tenho uma surpresinha pra aula. Bom, duas na verdade. A primeira é uma aluna nova. - diz o professor olhando pra mim. - Se apresente minha querida.

- O-oi, meu nome é Jazzlyn, mas eu prefiro que me chamem só de Jazz. - digo com uma enorme vergonha, por que apresentações são sempre assim?

- Jazz, eu sou o professor Hugo e estarei dando aulas de química. Seja muito bem vinda. - diz o professor sorrindo - Agora vamos a segunda surpresa... vocês todos farão duplas para as aulas, e essas serão as duplas até o final do ano. E as duplas serão sorteadas agora. - o professor pega uma caixinha com pedaços de papel e passa fila sim fila não, entregando um papel por aluno, que falam o nome escrito no papel e montam as duplas.

Pego o meu papel e o abro como todos os outros alunos fizeram.

- Evelyn. - digo nervosa pra conhecer minha nova colega.

- Puta que pariu... - diz uma voz familiar vinda do meu lado. Minha dupla é essa gata irritada...


Notas Finais


Obrigada se você leu até aqui.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...