História Forever - Capítulo 68


Escrita por: ~

Postado
Categorias 2NE1, Bangtan Boys (BTS), EXO, HyunA
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, Cl, D.O, HyunA, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Park Bom, Personagens Originais, Rap Monster, Sehun, Suga, Suho, Tao, V, Xiumin
Tags Bts, Exo
Visualizações 10
Palavras 1.823
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


<3

Boa Leitura!! *^* !!

Capítulo 68 - Meu presente adiantado..


Fanfic / Fanfiction Forever - Capítulo 68 - Meu presente adiantado..


- Oi Erick!  -Hannie sorriu e piscou para o mesmo, que riu-
- Oi Hannie..  -Ele disse e Kristy desviou o olhar- Vejo que vocês duas voltaram de não sei aonde..  -Ele disse e olhou para Kristy- 
- Pois é, o brilho nunca some né querido.  -Eu disse e ele suspirou- Mas, enfim, viemos falar de outra coisa. 
- Do que?  -Ele perguntou enquanto olhava para Kristy dos pés a cabeça- Aliás.. Bom dia Kristy.  -Ele disse sorrindo-
- Bom dia.  -Ela disse ainda olhando para o lado-
- O que aconteceu?  -Ele perguntou e Hannie me cutucou-
- É melhor não falar.. Ela está envergonhada..  -Ela sussurrou olhando para Kristy, que estava de cabeça abaixada-
- Quero meu presente de natal querido.  -Eu disse e ele riu-
- Não comprei presente pra ninguém ainda..  -Ele disse e arquei uma sobrancelha-
- Também não vou te dar o que eu comprei, ingrato.  -Eu disse e ele assentiu-
- Okay. Estou desejando algo maior do que qualquer presente de natal.  -Ele disse olhando para Kristy, que abaixou a cabeça, colocando suas mãos juntas-
- O que seria isso?  -Hannie perguntou desconfiada-
- Hannie, vamos logo para o armário da Kiara pra pichar tudo..  -Eu disse a puxando para o "corredor dos armários"-
Na verdade, a gente ia ver tudo. Ficamos atrás da outra parede, escondidas. 
- É amiga delas..?  -Ele perguntou e ela se sentou do seu lado, no banco-
- So.. Sou.  -Ela disse gaguejando-
- Nunca havia te visto com essa roupa.. Ficou bonita.  -Ele disse corando-
- Sou bonita apenas de saia, Erick Jong-In?  -Ela perguntou rindo, ele fez o mesmo-
- A roupa apenas valorizou mais a sua beleza..  -Ele disse e ela colocou uma mecha de cabelo atrás da orelha-
- Arrasa com o macho mona..!  -Eu disse baixo, Hannie riu-
- Eu.. Eu posso te fazer uma pergunta?  -Ele perguntou e Hannie engoliu seco-
- Pode.  -Kristy disse e vi Renan indo na direção do banco aonde estavam os dois, com as mãos nos bolsos da calça-
- Linda..  -Renan disse e Kristy o olhou, assustada- 
- A.. Annyeong..  -Ela disse gaguejando-
- Vi como suas amigas enfrentaram Hyuna. Me desculpe por tudo que fiz antes, Kristy?  -Ele perguntou olhando para os lados-
- O.. Okay..  -Ela gaguejou, Erick se levantou e o olhou-
- Está brincando?  -Erick perguntou encarando Renan, que riu-
- Como?  -Ele perguntou e Erick cruzou os braços-
- É surdo? A chamou de puta, brincou com os sentimentos dela.. Agora quer a fazer de boba?  -Ele perguntou e Hannie engoliu seco-
- Erick está a protegendo, que fofo..  -Hannie disse e ri-
- Isso se ele não apanhar de Renan, não é?  -Eu disse e ela suspirou-
- Realmente.. Não merece um pingo de respeito.  -Erick cuspiu no sapato do mesmo, que arregalou os olhos e foi pra cima dele, Kristy o segurou-
- Parem.. Parem com isso.  -Ela disse e Renan riu-
- Está com esse crianção agora?  -Renan perguntou e Erick arqueou as sobrancelhas-
- É melhor ser crianção do que ser um marmanjo drogado!  -Ele disse e Renan empurrou Kristy, que caiu no chão-
Ele deu um soco no rosto de Erick, o menor retribuiu o soco e começou a o encher de chutes e tapas. 
- Vamos lá fazer algo!  -Hannie disse e balancei a cabeça-
- Vamos pichar o armário deles, isso sim.  -Eu disse a puxando para o corredor dos armários, ela engoliu seco-
- Mas e se Renan bater na Kristy..!  -Ela disse e a olhei-
- Erick não iria deixar algo destes acontecer.  -Eu disse e ela suspirou-

*June  OFF

*Kristy  ON

[ Quebra de Tempo ]


Estava em casa e ouvi a campainha tocar. Minha irmã foi para a porta e a abriu, um carteiro estava lá, com uma caixa imensa em sua frente. 
- Annyeonghaseyo!  -Ele sorriu, minha irmã me olhou, sorrindo- Senhorita.. Kristy Young?  -Ele perguntou me encarando, assenti- Tem uma entrega para você.  -Ele disse e fui para perto, ele me entregou uma prancheta e assinei tudo que tinha que assinar. 
- Obrigado..  -Eu disse e ele assentiu-
- Tenham um bom dia!!  -Ele disse voltando á sua moto, eu puxei a caixa e vi que ela nem era tão pesada-
Peguei a caixa e me sentei no sofá, Min se sentou do meu lado, curiosa.
- Unnie!! O que deve ser?  -Ela perguntou e abri a caixa-
Certo, uma cartinha. 
                      
      "  Como você me disse que seu animal preferido era o gato, eu resolvi te dar algo especial como presente de natal. Por favor, aceite meu presente, ficaria feliz se apenas o aceitasse.    
De:  Erick Jong-In "


Eu soltei um sorriso bobo enquanto lia aquilo. Coloquei a mão dentro da caixa e puxei um enorme gato de pelúcia. Sua cabeça era enorme, ele tinha a cor "creme", e marrom, com um lacinho preto, era tão fofinho.. 
- Unnie!! Que bonito!!  -Min disse o cutucando, o puxei e ela cruzou os braços-
- Vou o guardar.  -Eu disse me levantando com a cartinha na outra mão- 
- Filha, quem era?  -Meu pai perguntou e quando viu o gato de pelúcia em minha mão arqueou as sobrancelhas-
- Ganhei isso de natal..  -Eu disse e ele riu-
- De quem? Daquele garoto?  -Ele perguntou e assenti-
- É fofinho..  -Eu disse abraçando a pelúcia, enquanto entrava no quarto-
Me deitei e fiquei abraçada com o gato de pelúcia, nos cobri com a coberta e logo adormeci. 

*Kristy  OFF

*Kai  ON


- Aish..  -Erick estava roendo as unhas, eu ri- 
- Que isso?  -Perguntei e ele engoliu seco-
- Quero saber se ela já recebeu meu presente..  -Ele disse e arregalei os olhos-
- Presente?  -Agatha perguntou e ele assentiu-
- Não se preocupem.. Foi com o meu.. Meu dinheiro.  -Ele disse e Agatha sorriu-
- Filho, ela gosta de você?  -Perguntei e ele suspirou-
- Não sei..  -Ele disse e suspirei-
- Nosso filho é como você..  -Agatha disse me encarando, eu a dei um selinho-
- Na beleza puxou pra nós dois. Na inteligência puxou pra você, na força também.. No romantismo, na teimosia e na safadeza puxou pra mim.  -Eu disse e ela riu-  
- Ai meu Deus..  -Erick disse e ri-
- Amor, fica quieto..  -Agatha disse e a beijei-
- Eu vou pro meu quarto.. Tchau.  -Ele disse se levantando, eu acenei e Agatha fez o mesmo-

*Kai  OFF

*Erick  ON

*Mensagens  ON


- Porra Peter.. Mas e se ela não tiver recebido o presente ainda??  

- Amigo, confia em mim. Ela já deve estar com o gato de pelúcia e isso se ela não estiver feliz. 


- Espero mesmo..

- Você não tem o número dela, jumento?

- Tenho.. Eu acho..

- E por que não a ligou ainda?

- Eu.. 

- Liga logo Erick!

- Aish.. 

- Vai logo! 

- Mas eu vou falar o que?

- Pergunta se ela recebeu seu presente, se ela gostou, se ela ficou feliz, como ela está, se aconteceu alguma coisa.. Você gosta de garotas e nem sabe fazer nada!

- Aish.. Vou ligar então. 

- Isso! Vai logo!

- O.. Okay.  

*Mensagens  OFF

*Erick  OFF

*Kristy  ON


Eu estava em um sono tão profundo.. E do nada ouvi meu celular tocar, acordei e dei um bocejo. "Erick Jong-In" Ah, mas o que esse garoto queria agora?

*Ligação  ON

- Erick? 

- O.. Oi.  

- O que aconteceu?

- Só queria saber se recebeu meu presente.

- Se era um gato de pelúcia fofo e gigante, sim, eu recebi.  -Ouvi ele dar risada

- E gostou? 

- Gostei.. Poxa, ele é tão gigante, quanto pagou nisso?

- Não se preocupe. Apenas queria saber se tinha gostado..

- Por que me deu um presente?

- Gosto de você. É minha amiga, e o natal está próximo..

- Hum.. Também gosto de você.

- Sé.. Sério?

- Como.. Amigo. É um bom amigo, muito bom. 

- Huh.. Entendi. Bom saber! Aliás, está fazendo algo importante?

- Só abraçando o gato gigante mesmo..  -Eu disse e ele riu novamente-  Por que?

- Poderíamos ir á algum lugar.. Talvez seja coincidência mas também estou no tédio. 

- Ou poderíamos ficar conversando pelo telefone. 

- Também..

- Okay, quer ir aonde?

- Cinema?

- Não..

- Praça?

- Não.

- Porra, quer ir pro puteiro?  -Eu ri

- Okay, é melhor a gente assistir filme. 

- Ir no cinema?

- Não idiota, você vem na minha casa. 

- HUUM, na sua casa.  -Ele disse com uma voz maliciosa

- Larga de ser burro, a gente vai assistir filme. E não vamos ter que ficar gastando dinheiro pra pipoca, minha omma faz. 

- Boa ideia..  

- Claro, você não pensa né..  

- Aish.. Tô indo aí. 

- Okay. 


*Ligação  OFF

Desci as escadas e vi meu pai saindo de casa. 
- Appa.. Aonde vai?  -Perguntei e ele riu-
- Preciso ir pra cafeteria..  -Ele disse e assenti- Sua mãe está lá no quarto, tome conta da sua irmãzinha por favor.  -Ele disse e suspirei- Por favor, ela é menor que você, precisa de alguém a ajudando.. 
- Unnie!  -Min veio para minha perna, eu revirei os olhos- Quero marshmallows!  -Ela disse sorrindo-
- Okay..  -Eu disse e meu pai fechou a porta, ouvi a porta do quarto de meus pais abrindo- Omma!  -Eu disse e ela me olhou- Meu amigo.. Vai vir aqui em casa. 
- Fazer o que?  -Ela perguntou e suspirei-
- Vamos assistir filme.  -Eu disse e ela riu-
- Vou fazer pipoca e depois vou voltar pro meu quarto.  -Ela disse e Min foi correndo para perto dela-

[ Quebra de Tempo ]

Estávamos andando pelo parque, já estava tarde, logo o lugar estaria completamente vazio. 
- É melhor eu te acompanhar até sua casa..  -Ele disse e assenti-
Começamos a andar, batendo papo, fazendo brincadeiras, rindo.. 
- Chegamos!  -Eu disse e ele riu-
Fui para a frente da porta e ele suspirou-
- Então.. Até amanhã.  -Ele disse e engoli seco-
- Bom.. Se não se importar.. Vou demorar um pouco para te dar um presente.  -Eu disse e ele riu-
- Não precisa me dar presente.. Sua companhia já foi uma coisa muito boa, vale mais do que qualquer coisa.  -Ele disse e corei-
Ele colocou sua mão em meu queixo, e olhou dentro dos meus olhos, eu engoli seco. 
- Gosto muito de você.  -Ele disse antes de soltar meu queixo, com um sorriso fino nos lábios-
EU TAMBÉM GOSTO DE VOCÊ! Calma, calma Kristy. 
- Então.. Nos vemos de manhã?  -Ele perguntou e suspirei-
- Sim.. Boa noite.  -Eu disse e ele assentiu-
- O mesmo pra você, linda.  -Ele disse e arregalei os olhos-
Ele começou a andar, eu fiquei ali igual uma estátua com os olhos arregalados.
- Kristy! Entre, vai pegar um resfriado.  -Meu pai disse e entrei em casa, em seguida fechei a porta-


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...