1. Spirit Fanfics >
  2. Forever Love >
  3. Capítulo 8 - A Reunião

História Forever Love - Capítulo 8


Escrita por:


Capítulo 8 - Capítulo 8 - A Reunião


Narradora 

Já estava na hora do intervalo e Alistair estava um pouco atrasado para a reunião na biblioteca. Ele apressava seus passos enquanto andava pelo corredor. Quando já estava quase perto de chegar na biblioteca, acidentalmente Bunny esbarra nele. Fazendo assim, ela derrubar os livros que segurava.

- AI! MEU DEUS ALISTAIR! ME DESCULPA... - Disse Bunny se abaixando para pegar seus livros.

- Tudo bem Bunny, na verdade sou eu que devo me desculpar - Disse ele  ajudando a pegar os livros que caíram - Eu fui um idiota ontem Bunny, não devia ter te acusado sem provas. Me desculpe.

- Tudo bem Alistair, você passou por muita coisa e deve está exausto por tudo isso.

- Mesmo assim, não devia ter te tratado daquela maneira.


Bunny

Ficamos nos olhando por um tempo. Me perdi no olhar do Alistair, aqueles olhos azuis me faziam viajar sem mesmo sair do lugar. Ele solta um pequeno sorriso pra mim e eu... bem, fiquei meio envergonhada, então olhei para baixo com um sorriso sem graça. Estávamos por um tempo em silêncio até que decido "quebrar o gelo".
- Bom, acho melhor entrarmos.
- Sim, vamos - Respondeu Alistair abrindo a porta pra mim, achei muito fofo da parte dele.



Narradora



Os dois entravam silenciosamente pois, estavam em uma biblioteca. A biblioteca da escola era muito grande. Eles foram em direção até a última estante de livros onde atrás tinha uma mesa com seis cadeiras. Quando chegaram logo viram as garotas sentadas só esperando eles.

- Até que enfim né! - Falava Kitty impaciente
- Desculpe a gente se atrasou mas agora estamos aqui. - Disse Alistair

Bunny e Alistair sentaram juntos na mesa. Na mesa além de Alistair e Bunny, estava Kitty, Raven, Lizzie e Madeline. A filha do chapeleiro maluco estava lá pois já sabia do acontecido com os cincos então decidiu ajudar na investigação também. Quando já encontravam-se todos sentados, Madeline começou a falar.

- Bom, todos vocês já sabem o porquê de estarmos reunidos aqui. Então, sem mais delongas vamos começar a discutir sobre o tal assunto.

Todos estavam em um profundo silêncio ouvindo a Madeline falar.

- Certo, eu estou aqui para ajudar vocês a desvendar esse mistério, já que eu não sou uma suspeita vou interrogar cada um de vocês e julgá-los se for preciso. Bom, iremos começar com você Raven.
- Mas por que logo eu? - Perguntou Raven
- Por que você é a única aqui que não é do País das Maravilhas. - Respondeu Madeline
- É um argumento aceitável. Então tá bom eu serei a primeira a ser interrogada. Pode começar Madeline.
- Certo, por que você está na lista de suspeitos? Segundo a mãe da Kitty cada um de vocês tinham ligação com a Jane, qual era a sua com ela, Raven?
- Eu tinha conhecido a Jane bem antes dela namorar o Alistair, ela era uma garota muito gentil quando a conheci e assim fomos nos tornando amigas só que, mau eu sabia que ela só estava sendo minha amiga para se aproximar da Apple White. Aquela garota sabia que a Apple era minha colega de quarto e queria ser popular igual a ela. Quando Jane conseguiu conhecer a Apple ela conseguiu ser popular rapidamente e logo me deixando de lado. Eu tentava me reaproximar a ela mas a mesma não ligava pra mim. E desde então não conversamos mais até acontecer sua morte.
- Eu não sabia que você já foi amiga dela - Disse Alistair
- Pois é - Respondeu Raven
- Mas então Raven, aonde você estava na noite em que Jane morreu? - Perguntava Madeline
- Eu não consigo me recordar, já se passou um ano desde o acontecido...
- Tenta se lembrar Raven, precisamos que se lembre para provar sua inocência.
- Tá bom... Só me dá um tempo pra eu tentar lembrar.
- Certo.

Todos estavam em silêncio enquanto Raven tentava se lembrar do que estava fazendo na noite do assassinato.

- Eu acho que eu estou me lembrando... eu... estava indo para o porão da escola. - Respondeu Raven
- Mas o que você estava fazendo lá? - Perguntou Madeline
- Eu... bom... lá no porão da escola tem um espelho. Mas, não é um espelho qualquer, ele é mágico, é possível se comunicar com a minha mãe por ele...
- O quê!? Raven! Sabe que não podemos mais ter contato com vilões! - Protestou Kitty.
- Sim, eu sei! Mas é minha mãe Kitty!
- Você tem como provar que esteve lá Raven? - Perguntou Bunny.
- Não, eu não tenho provas.
- Então como vamos descobrir se o que a Raven disse é verdade? - Perguntou Lizzie.

Todos ficaram sem saber o que dizer sobre a pergunta da Lizzie. Até que segundos depois, Alistair se pronuncia.

- Eu acho que sei como... - Dizia ele.
- Continue... - Respondeu Madeline
- O Hopper me disse que a escola é cheia de câmeras de segurança, só que elas são encantadas.
- O quê? Mas não dá pra ver câmera alguma. - Disse Raven confusa.
- Elas são invisíveis, por causa da magia. Por isso são encantadas.
- Tá, mas o que isso tem a ver? - Questionou Lizzie.
- Talvez, uma dessas câmeras tenham conseguido capturar imagens da Raven entrando no sótão.
- Entendi, mas como planeja obter essas imagens?
- Entramos na sala do diretor, procuramos qualquer evidência da Raven com as fitas de gravação na data do assassinato e enviamos tudo para algum e-mail.
- Mas é muito arriscado Alistair. - Dizia Bunny preocupada.
- É por isso que eu mesmo vou fazer isso sozinha. Eu posso ficar invisível, esqueceu? - Disse Kitty
- Então o plano é o seguinte: Kitty, você usa seus poderes para entrar na sala do diretor sem ser vista, procura a fita e envie para o meu e-mail. Bunny, você vai ficar no corredor para garantir que ninguém entre na sala do diretor enquanto a Kitty estiver lá. - Disse Madeline.
- Mas por que eu? - Perguntou Bunny.
- Porque ninguém vai desconfiar de você, né. - Respondeu Madeline.
- Tá bom - Concordou Bunny.
- Certo, mas como vão tirar o diretor de sua própria sala? - Indagou Lizzie.
- É verdade, ainda tem essa questão. - concluiu Madeline.
- Não se preocupem, podem deixar isso comigo. - Respondeu Alistair.
- Alistair, como vai distrair o diretor? - Perguntou Raven.
- Não se preocupem, eu já sei o que fazer. - Disse Alistair
- Certo! Vamos por nosso plano em prática amanhã. Será na hora do intervalo. Quero que me encontrem no refeitório, sem atrasos!

Todos concordaram e voltaram para a aula antes que o sinal tocasse. Depois desse longo dia, todos voltaram para seus dormitórios. Bunny não parava de pensar no Alistair, ela estava deitada em sua cama e dando sorrisos ao pensar no rapaz. Do outro lado do corretor em um dormitório, estava Alistair, ele também não parava de pensar em Bunny, o mesmo ficou impressionado por ela o ter perdoado. Ele sabia o quanto ela era boa com as pessoas. Mas afinal, por que ele pensava tanto nela?



                                                               Continua...



Notas Finais


Eu vou ficar um tempinho sem postar fanfic, estou sem paciência e sem tempo. Mas é só por um tempo curto. Espero que entendam e tenham paciência❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...