História Forever Love (Imagine-Jackson Wang) - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jinyoung, Mark, Youngjae, Yugyeom
Tags Amor Adolescente, Drama, Got7, Inseparáveis, Jackson, Primeiro Amor, Romance
Visualizações 120
Palavras 3.039
Terminada Não
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá!!!! Primeiramente me desculpem por demorar a postar o capítulo. Espero que gostem 😊

Boa leitura mores ♡

Capítulo 15 - Capítulo 15


Fanfic / Fanfiction Forever Love (Imagine-Jackson Wang) - Capítulo 15 - Capítulo 15

Após mais ou menos uma hora só em minhas redes sociais, vejo que ja eram 13hrs20min então decido ir ao banheiro para tomar um banho. Adentrando ali me despi e adentrei o box ja nua. Liguei o chuveiro e pus uma das mãos sobre a água que caia para ter a certeza de que estava morna, e quando a temperatura estava ideal entrei debaixo do chuveiro sentindo a água tocar minha pele, e sério era muito relaxante. Após uns 12 minutos, desliguei o registro e peguei uma toalha da cor vermelha que havia pendurada ali, enrolei-me na toalha e sai do banheiro adentrando o quarto, fui até a roupa que ainda estava sobre a cama e vesti delicadamente o vestido, após isso ponho a blusa xadrez sobre a cintura e me olho através do grande espelho ali. Peguei o tênis e o calsei, em seguida andando em direção a cômoda existente no quarto e peguei uma escova de pentear os cabelos, comecei a pentear os longos cabelos e decidi os deixar soltos mesmo. Após isso, vou ao criado mudo onde meu celular se encontrava e já avisto uma notificação de mensagem do Jackson.

 ~Meu bobo~

Olaaaa!! pequena tudo certo para sairmos?

~S/N~

Tudo sim

Jackson eu não estou aguentando de tanta curiosidade

Onde vamos??

~Meu bobo~

Olha eu não sei se vai gostar

Mas eu gostaria que conhecesse esse lugar ❤

 ~S/N~

Como assim não sabe se vou gostar?

Jackson, Jackson onde vai me levar?? 

Eu ja vou saber então por que não me conta logo? 😑

~Meu bobo~

Por isso mesmo

Por que a senhorita ja vai saber 🌚

~S/N~

Ai tabom desisto Já sei que não vai ser fácil te convenser a falar 😑

~Meu bobo~

Calma amor

Já vamos nos ver e aí sim vai saber 🙂

Então já está pronta?

~S/N~

Já sim

Vamos nos encontrar onde?

~Meu bobo~

Pode ser na frente da lanchonete de hoje mais cedo?

~S/N~

Okay

Quando vai sair?

~Meu bobo~

Eu ja estou aqui 😛

~S/N~

Mais ja? Kakakakakak Okay ja estou a caminho 😘 ~Meu bobo~

Mentira, você ainda está no seu quarto 🌚

~S/N~

Ai que engraçadinho você entendeu muito bem 🌚  

Já estou indo


Após bloquear o celular, vou até uma bolsa pequena da cor preta que está com sua alça pendurada em um pequeno prego na porta e ponho apenas meu celular, um pó, o batom da cor nude que estava a usar e um rímel-tenho quase certeza de que não irei usar esses produtos, mas apenas para caso for usar-dei mais uma pequena olhada no espelho e sai do quarto indo até a cozinha onde supostamente minha mãe estaria, e sim ela estava lá. A mulher estava de costas para a mesa lavando alguns pratos existentes na pia. Apoiei meus dois braços sobre a mesa e fiquei a observa-la, quando decido abrir minha minha boca para falar a mais velha se antecipa.

-Oque quer?-a pequena mulher continua a lavar os pratos.

-Mãe... eu vou sair...-Digo fazendo uma linha reta em meus lábios após falar.

-Para onde, e com quem?-diz ela virando seu rosto para poder me olhar apenas pelo reflexo de seu olhar.

-Bom eu vou sair com o Jack-son.-Ela se vira rapidamente ao ouvir o nome Jackson com uma das mãos em sua cintura.

-Mais ja quer sair novamente com esse garoto?-Diz em um tom alto.

-Mas vamos apenas sair, oque tem demais em sair com uma pessoa que está ficando? E outra eu não sai com ele ontem, apenas nos vimos na festa.-sorrio sem mostrar os dentes ainda com minhas mãos sobre a mesa.

-Mas já se viram ontem, foi isso que eu quis dizer...Vá ao encontro desse garoto já que tem tanta saudades.-diz enquanto revira os olhos.-Mas se fizer algo de errado não venha se lamentar depois.

-Mas mãe nós vamos apenas sair. Por que desconfia tanto de mim?-digo bufando.

-Desconfio pois você é uma garota ingênua e cai muito rápido quando se trata de influências.

-Mãe eu não sou uma pessoa influenciável e muito menos ingênua, você realmente não me conhece.-reviro os olhos.

-Você é apenas uma criança, portanto é sim influenciável e ingênua. Mas não vou discutir com você, vá logo antes que eu a proíbe... ah e volte cedo, por que se não ai sim vou pensar que está fazendo alguma coisa de errado.-diz ela se virando novamente para a pia onde volta a lavar a louça. Apenas bufo e saio pela porta da cor branca e vou andando até o elevador onde mais uma vez direciono meu olhar ao quadro ali existente. Eu estava de frente para o elevador quando estava prestes a apertar o botão as portas se abrem me dando visão a uma silhueta masculina e quando as mesmas se abrem totalmente vejo um rosto conhecido, era JB. Sorrimos um para o outro enquanto o maior saí do elevador ficando ao meu lado.

-Onde vai mocinha?-diz ele sorrindo.

-Vou encontrar uma pessoa...-sorrio e aposto que esse sorriso pareceu bobo.

-Hmm não precisa nem falar com quem.-rimos.-Bom passeio!... ah não faça nada que não deve.-sua voz soou num tom malicioso. Ri baixo dando um leve tapa em seu braço.

-Por que todo mundo está pensando que só por que vou sair com Jackson vou fazer algo errado?... ah e você não pode dizer nada, pois fiquei sabendo que você e a Sun hee quase...-fui interrompida pelo maior que coça a nuca e tosse.

-Bom... não precisa ir? Eu vou para casa, então bom passeio.-diz ele com um sorriso tímido no rosto enquanto ainda está com a mão posicionada sobre a nuca. Assinto não contendo o riso e JB caminha até sua casa. Volto meu olhar para dentro do minúsculo elevador e adentro ali. Após uns 2 minutos o elevador para se abrindo em seguida. Saio dali e dou um sorriso para o simpático senhor que ficava na recepção do prédio, me direciono até a saída e fico a andar em passos meio rápidos pois Jackson ja deveria estar impaciente de tanto esperar. Chego depois de alguns minutos na frente da lanchonete, mas não avisto Jackson, franzo o cenho pois ele havia me mandando que esperaria na frente da lanchonete. Suspiro e vou andando para mais perto do estabelecimento quando avisto Jackson vindo para fora do local com dois copos nas mãos que acredito eu ser café. Ele estava a vestir uma camisa preta e por cima um casaco preto, calças pretas e um boné também preto-nem era visível que ele amava usar essa cor-ele me avista ainda dentro do estabelecimento e um sorriso meigo brota em seus lábios, ele caminha até a porta de vidro e sai pela mesma ficando a minha frente ainda sorrindo.

-Poxa pequena pensei que não viesse mais.-Diz ele com seu olhar ao meu.

-Me desculpe é que minha mãe me fez atrasar...-sorrio.

-Está tudo bem entre vocês?-diz ele me olhando com um olhar preocupado.

-Está sim, ela decidiu nos aceitar.-sorrio.

-Como? Sério?-ele da um grande sorriso.-Mas você contou a ela que nos encontramos na festa?... Mas por que ela aceitou tão repentinamente?-diz ele franzindo o cenho.

-Bom foi oque me perguntei no momento em que ela falou que estava tudo bem eu ficar com você Espero realmente que ela esteja sendo sincera.-sorrio olhando os dois copos que estavam em suas mãos.-Suponho que um desses copos seja para mim, acertei?-o olho.

-Acertou, toma...-o maior me entrega um dos copos e assim começamos a andar pela calçada onde haviam várias pessoas ao redor.-Eu também espero que sua mãe esteja sendo sincera. Pois mesmo que nós decidimos que não iríamos deixar ela nos atrapalhar, vai ser chato se ela não aceitar e ficar um clima estranho.-Ele da um gole em seu café.

-Bom digamos que ela ainda não gosta muito da ideia de o garoto que eu esteja ficando seja você. Mas espero que isso mude com o tempo, mas já é um começo ela ter aceitado nós.-sorrio dando um gole em meu café.

-Sim... Mas não vamos ficar falando de assuntos assim. Hoje quero lhe mostrar um lugar onde amo ir.-ele sorri pegando em minha mão que estava a solta e balançando pra lá e pra cá enquanto andamos.

-Bom... já que estamos aqui poderia falar onde vamos afinal?-Digo dando mais um gole no delicioso café.

-Ainda não... vamos pegar o ônibus não vai demorar muito e já vai saber...-diz ele enquanto andamos até o ponto de ônibus próximo dali.-Acho que vai achar meio estranho eu estar fazendo uma "surpresa" para te levar a esse lugar. Mas ao mesmo tempo acho que vai gostar, pois é um lugar onde amo ir.-ele sorri enquanto paramos perto de algumas pessoas no ponto de ônibus.

-Jackson... fala logo, eu não faço a menor ideia do que pensar.-Digo fazendo um pequeno biquinho enquanto o olho.

-Calma pequena, já vamos chegar...-Ele posiciona um rápido beijo em minha bochecha e volta a olhar pra frente.

-Aish... ta bom.-O ônibus que iríamos pegar para a nossa frente abrindo a porta para que entrassemos. E é oque fazemos, Jackson da espaço para que eu entre primeiro e então logo após, entra. Fomos até dois bancos vazios e sentamos ali, eu perto da janela e ele perto do corredor. Continuo a beber meu café e Jacksono o seu, então o ônibus da partida novamente. Após o ônibus parar mais uma vez para que pessoas saíssem e entrassem, duas garotas entram ali se sentaram nos bancos ao nosso lado e ficaram a sorrir feito bobas enquanto olhavam Jackson e cochichabam coisas baixinho. Suspirei fundo enquanto as olhava, acabei de tomar o líquido que ainda havia no copo e entrelaço meus dedos nos de Jackson enquanto ele parece se assustar, mas logo olha para meu rosto e sorri. As garotas ficaram nos encarando a todo momento enquanto estavamos ali. Eu apenas as ignorei e continuei com minha mão entrelaçada a de Jackson. Após algum tempo o ônibus para perto de um posto de gasolina, Jackson e eu nos levantamos e saímos dali enquanto as garotas ainda estavam com seus olhares sobre nós, pois eu poderia sentir. Franzi o cenho a olhar o posto de gasolina pois para que ele me traria ate aqui?

-Calma, ainda não chegamos.-Ele ri após sua fala.

-Ah... bom vai demorar muito? Estou ansiosa!-digo o olhando.

-Não, o lugar onde vamos está perto.-Após falar ele me puxa até uma lixeira que havia perto do posto e jogamos os copos ali. Após isso, Jackson me puxa mais uma vez e andamos pela calçada assim passando pelo posto de gasolina, atravessamos uma rua e andamos apenas umas duas quadras dali  parando a frente de um estabelecimento que acredito eu ser uma academia, pois tinha um logo estampado acima das portas de vidro ali existentes, onde dizia "academia IPC" e um nome onde era difícil de ler pois não estavamos tão próximos e era muito dificil pra mim enxergar algo ou alguém de longe. Sim eu claramente preciso de um óculos.

-Então pequena, chegamos.-Jackson se pronuncia sorrindo.

-Ah... então quis fazer uma surpresa para me trazer até uma academia!-Falo tentando parecer natural mas acho que soou mais como uma pergunta do que qualquer outra coisa.

-Bom sim... sabia que não iria entender nada, mas lembra quando eu lhe disse que praticava esgrima, então eu lhe trouxe para conhecer o lugar onde costumo praticar!-o garoto dos cabelos platinados cobertos por um boné sorri timidamente, parecendo a pessoa mais feliz ao falar tais palavras. Sorri o olhando.

-Ah...-soltei apenas isso pois eu realmente havia esquecido de que ele me disse isso, me senti mal naquele momento pois Jackson parecia muito feliz em ter me trago aqui e eu não me lembrava que ele havia me dito  isso, mas me lembrei naquele momento.-Lembro sim... mas por que quis me trazer aqui?-Digo franzindo o cenho.

-Bom por que você é uma das pessoas mais especiais da minha vida, e a esgrima é oque eu amo fazer, então queria que conhecesse.-ele sorri enquanto tira seu boné da cabeça e passa as mãos sobre o cabelo o pondo para trás e arrumando o boné ali.

-Ah... que legal querer me mostrar isso, e gostei da parte em que sou uma pessoa especial para você!-sorrio me aproximando dele e depositando um longo selinho em seus lábios, que logo ao separarmos o platinado me olha sorrindo.

-Nunca se esqueça disso!-diz ele apertando meu nariz.-Vamos?-o maior estende uma das mãos e eu a pego entrelaçando meus dedos aos seus.

Prosseguimos até o estabelecimento onde pude ler claramente a palavra escrita em que não conseguia ler de longe. E era exatamente "esgrima" que estava escrito ti ironicamente a olhar a palavra pois eu só não havia lido o mais óbvio. Entramos ali ja nos deparando com vários garotos vestidos todos de branco, luvas e uma máscara sobre o rosto enquanto lutavam uns com os outros, eles estavam com uma espada ou algo do tipo nas mãos e realmente lutavam contra si, e alguns homens os auxiliavam quando faziam algo de errado, eu já estava com minha boca aberta pois estava realmente impressionada por pensar que Jackson praticava esse tipo de esporte, e eu fiquei preocupada por um momento pois mesmo com todos aqueles equipamentos de proteção poderia acontecer algo grave se alguma coisa faltasse na roupa em que usavam para se proteger. Mas Jackson ja praticava a algum tempo e não ocorreu nada ao longo desse tempo, então acho que não aconteceria agora. Um homem de cabelos lisos e grisalhos abre um enorme sorriso ao perceber que entramos pela porta, o homem aparentava ter cerca de 50 anos e usava roupas básicas, como calça jeans e apenas uma camiseta preta. O mais velho vem ao nosso encontro e ao chegar, abraça fortemente Jackson batendo de leve nas costas do garoto. O simpático senhor se afasta sorrindo ao olhar Jackson que também estava com um meigo sorriso nos lábios e então percebe minha presença e se curva ao me olhar.

-Ola bela moça!-diz ele ainda com um sorriso grande no rosto.

-Olá... prazer.-me curvo em sinal de respeito e sorrio.

-O prazer é todo meu...-diz sorrindo enquanto faz um gesto com o corpo como aqueles homens que se curvam em sinal de cavalheirismo.-Garoto você não havia me dito que vinha com uma bela acompanhante.-diz o senhor ao olhar Jackson.

-Bom por que não perguntou!-diz Jackson sorrindo.-Ah e não elogie muito a minha namorada, eu irei ficar bravo.-diz ele enquanto o simpático homem ri alto.

-Não se preocupe filho, essa bela moça não iria querer um velho como eu.-diz ele ao me olhar e soltar uma gargalhada.

-Aposto que tem muitas mulheres que querem namorar o senhor. O senhor é um homem muito atraente!-sorrio piscando para o mais velho, apenas para provocar Jackson.

-Oh muito obrigado! É bom ouvir isso de uma jovem tão bonita.-diz ele piscando de volta, enquanto Jackson esta com uma feição de raiva.

-Bom... já acabaram? Pois o garoto aqui não está gostando nada disso!-diz ele enquanto olha para nós.

-Pare de ser ciumento garoto! Essa garota lhe ama, ela não sabe disfarçar ao te olhar. E como eu ja lhe disse, ela não iria querer um velho como eu.-sorri timidamente ao olha-lo eu realmente acho que não sei disfarçar nenhum sentimento ao olhar para o Jackson, pois eu realmente o amo muito. Jackson me olha e sorri pegando em minha mão assim entrelaçando nossos dedos.

-É eu sei!-diz ele passando a lingua sobre os lábios. Bato de leve em seu braço o olhando.

-Convencido!-sorrimos.

-Filha ainda não sei o seu nome.-rimos das palavras do senhor.

-Ah é mesmo, o senhor ainda não falou o seu também... me chamo S/N.-sorrio.

-Oh que nome bonito, combina com você!-ele abre um sorriso.-Ah me chamo Park Kisung, mas todos me chamam apenas de senhor Park.

-Ah muito obrigada.-sorrio.-Ah o seu nome também conbina com o senhor.

-Obrigado...-ele sorri assentindo.

-Bom já que se apresentaram, hyung poderia mostrar a S/N os equipamentos?-diz Jackson o olhando.

-Claro... vamos?-Diz o senhor Park e prossegue até o meio da academia onde havia umas três pistas onde os garotos estavam a treinar, nós o seguimos andando atrás do mesmo, paramos em frente a uma parede onde havia algumas espadas umas diferentes das outras, o senhor Park explica a função de cada espada ali. Havia três tipos para competir, tinha a espada, florete e sabre. Sabre era a que Jackson usava para suas competições pois é a arma de duelo mais violento e ágil. A sua lâmina é mais flexível de todas as três. O atacante pode usar o sabre como um chicote em que a lâmina é tão flexível que nem o bloqueio do defensor poderá bloquear a parte frontal da lâmina do atacante, que se dobra por cima da lâmina do defensor. Segundo o senhor Park. Fomos após ele explicar qual a função de cada arma e entramos em um local onde me pareceu mais um provador, pois havia algumas roupas em que os garotos usavam, e era um tanto pequeno. Ele mostrou cada peça da roupa que era usada para praticar e após isso saímos dali, avistado os garotos ja mortos de cansados pois estava nítido em seus rostos. Uns estavam a beber água, e outros ofegantes sentados sobre o chão, um garoto de cabelos lisos e loiros se aproxima sorrindo enquanto olha para mim, confesso que fiquei um tanto constragida com seu olhar, pois o garoto estava a me olhar com desejo. Não sei talvez fosse só coisa da minha cabeça.

-E aí Jack!-diz ele sorrindo o Jackson que apenas assente.-Namorada?-diz ele votando seu olhar para mim.

-Sim! Por que?-Diz Jackson o olhando enquanto eu apenas me mantenho calada.

-Está de mal humor cara! Só estou perguntando... ah e parabéns ela é muito linda e provocante.-vi o sangue subir pelos olhos de Jackson quando o garoto fala tal palavra, mas o senhor Park da uma risada alta enquanto olha a situação.

-Cale a boca Jaehyun... volte para onde estava.-diz ele segurando o braço do rapaz para que ele se virasse e voltasse para onde estava. Mas o garoto continua onde está, sem mover sequer um músculo.

-Por que? Só por que o aluno predileto não gostou do que falei da namorada?-diz ele dando uma risada alta em seguida. Jackson apenas ri sarcasticamente enquanto olha para o loiro.

-Olha aqui Jaehyun cale essa sua boca, por que não sabe onde está se metendo. E nunca mais ouse falar palavras comprometedoras relacionadas a minha namorada.-Diz Jackson com ódio nos olhos pois ja era visível. O tal Jaehyun o olha e se solta do senhor Park que ainda estava com sua mão sobre o ante braço braço do garoto e fica a centímetros perto do rosto de Jackson enquanto o olha fixamente nos olhos.

-E oque vai fazer cara?-diz ele desafiando Jackson que fecha as mãos as apertando com força.

...


Notas Finais


Vixi!!! TRETAA

Espero que tenham gostado e até o próximo ❤😙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...