História Forever my - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias (G)I-DLE
Tags 2jae, Chanback, Jinhyun, Markson, Yaoi Gay, Yugbam
Visualizações 11
Palavras 1.429
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi genti, turu bom? Espero que sim, então essa é minha primeira fic e espero que gostem, pois fiz com muita carinho e tentei ao máximo demonstrar minha criatividade que por maioria não é uma das melhores rsrs

Capítulo 1 - Começo


>>>Mark on<<<

Era outra madrugada qualquer onde estava a olhar o teto do meu quarto, que novamente era uma das obras mais vistas por mim em todas as manhãs..ou melhor, madrugadas ao desapegar do meu precioso Gamyboy

Não se tinha nada a fazer já que não tenho culpa de ser um viciado em games, até pq aposto como vc viciaria no jogo que estou jogando no momento, e não falo isso por genética e sim pq tenho essa experiência

Era transparente o tédio estampado em minha cara, até pq...não se tinha nada a fazer as 5:55 da manhã a não ser esperar o horário de se levantar e ir a escola..aahh..aquele lindo lugar disfrutado de muitos não é atoa que é o melhor lugar e mais frequentado do mundo (sintam minha ironia) pq ninguem merece!

Até o despertador tocar fiquei esse tempinho olhando para a obra do meu teto  desfeixo branco pensando um pouco sobre minha maravilhosa vida

Não é atoa que sou um pouco mimado, até pq sou filho de um dos melhores empresários da América e Coréia ainda por cima bem rico. Alguns tiram até proveito, mas eu? Bom..eu So queria mesmo era está jogando e desfrutando dos milhares de seguidores que tenho em toda forma de rede social. A que eu mais uso para poder espalhar minha fama de playboy rico e tumbler

Não que eu ligue, até pq não sou como muitos que se gabam por ai esfregando na cara dos demais que sou rico, tenho dinheiro, o melhor de tudo que eu quero, quando eu quero e como eu quero! Deixando assim, as pessoas com sensações de se acharem inferiores aos ditos

Finalmente pude desapegar meu olhar do teto sendo assim me levantando. Era incrível a foram de eu ainda estar com sono, sendo que esbravejei mentalmente para a hora passar e eu finalmente poder ir aos releixos onde só vou não somente por obrigação e também 'pra os retardados dos meus amigos

Me levantei espreguiçando-me e bocejando. Olhei ao redor ainda um pouco esbravejado a vista embaraçada e dolorosa por ter passado tanto tempo olhando a cor viva do quarto!

Me direcionei ao banheiro pisando a chão frio, pois é costume andar descalço pela casa, recebendo várias reclamações de meus pais do quanto eu posso pegar uma doença, resfriado, pneumonia e ai vai

Mas teimoso como sou, apenas impino o nariz ignorando o fato de está sendo repreendido e prossigo meu caminho parando em frente ao espelho

As vezes me pego sem querer imaginando em como seria minha vida se ainda estivesse em Los Angelis, talvez extravagosa, luxuosa, e tendo de suportar os vários comentários positivos do americano rico filho de um empresário bem sucedido e tals

Esse mundo, é cheio de interesses e luxúria pelos demais. Inclusive os mais velhos que querem desfrutar de riquezas concedida por muitos de seu parceiro

Balanço a cabeça em negação e pego minha escova colocando a cremosa pasta entre os fios dentários o levando até a minha boca. 

Após escovar meus dentes, tomo um banho de aproximadamente meia hora e saio do banheiro com uma toalha enrolada sobre a cintura indo rumo ao meu guarda-roupa, me agachando e revirando de leve as roupas a procura de uma que me agradace.

Depois de alguns minutos procurando palpitei por escolher uma calça preta jeans rasgada, uma camisa também preta, meu all star vermelho, e meu casaco branco com detalhes de prata! Realmente um estilo de um perfeito playboy! Sem contar os anéis e pulseiras que usava para dar aqueles acessórios chamativos todos de prata. E claro meu cordão que ganhei do meu avô antes dele falecer

E para um toque final uma bagunçada no cabelo para dar aquele charme que ninguém resiste diante do meu loiro/platinado que caia perfeitamente em mim

Desço ja encontrando meu pai na cozinha com sua chicara de café e seu celular em mãos, com certeza com hábitos do seu trabalho

-Bom dia -Falo assim que entro no local já pegando um copo me servindo do suco sobre a mesa-

- Bom dia - Ouvi sua voz tediosa, me fazendo o olhar com as sombrancelhas arqueadas mas logo desvio o olhar 

E assim sem falar mais nada tomo o suco seguido depois por uma maçã. Depois do meu maneira do café da manhã me levanto da mesa indo até o lixeiro colocando os resto da fruta dentro

Lavo minhas mãos e me retiro dali pegando minha mochila em cima do sofá e meu skate escorado na parede logo a frente

- Pai, já estou indo!! -Falo em um tom mais alto para que o mais velho pudesse ouvir logo me confirmando a saída após ouvir sua fala mansa ecoando da cozinha-

- Tchau, boa aula!

Sem esbravejar, abro a porta logo saindo  seguida jogando meu skate no chão subindo em cima dele começando a ir rumo a escola em uma velocidade razoável.

Hj talvez BamBam tenha ido mais cedo a escola, pois ontem a noite ele me avisou por mensagem que tinha um trabalho atrasado para entregar a professora de inglês, e que  talvez se atrasado.

-Mark!! -ouvi um voz atrás de mim e logo me viro para trás tendo a visão de YoungJae ofegante. Parecia que ele tinha feito uma corridinha até aqui.-

- Oi, hyung -Falei com um sorriso em meu rosto ao vê-lo-

- Ai, como...uffa...espera...deixa eu..recuperar o...fôlego..! -ele falou assim pausadamente com sua respiração elevada que aos poucos ia voltando ao normal-

Rio começando a caminha sendo seguido pelo mesmo, que deu um longo suspiro de cansaço

-ah, estou realmente enferrujado! -ele diz fazendo uma careta muito fofa por sinal e se escorou em seu armário assim que chegamos ao corredor sendo assim me escorar ao seu lado já que nossos armários são um do lado do outros

- Seu gordo!! -Comentei vendo ele me lançar um olhar indignado e bravo ao mesmo tempo -

- ah seu...- antes que o mesmo pudesse terminar, BamBam chegou sorridente como sempre fazendo um escândalo e chamando atenção. Coisa que ele gosta já que faz  de tudo para ser percebido-

- Hey, Hyung's!! - Ele gritou fazendo YoungJae esconder o rosto com tamanha vergonha que sentira como semore BamBam faz nos passar -

- Bambam!! Fale baixo. Não somos surdo! -Esbravejei vendo ele sorrir provocador dando uma tossida alta em deboche-

- Mas enfim, fiquei sabendo que vão chegar alunos novos! -O tailandês falou todo animado como se fosse G-dragon que pisaria seu mesmo solo-

- Sério? Uau, que interessante! -Jae como sempre agindo de forma irônica fazendo BamBam revirar os olhos e prosseguir-

- Ouvi dizer, que um deles é estrangeiro. Parece que é chinês!

-Konpimook seu fofoqueiro, deveria parar de ser uma bicha bocuda! -Young comentou fazendo BamBam o olhar indignado lhe lançando uma careta onde ambas deram língua um para o outro-

- Que ridículo! -Comentei rindo- Vcs parecem duas crianças! -Afirmei negando com a cabeca começando a andar pelo corredor em direção a sala-

-Vc sabe quem começa! -Bam comenta-

- Vc sabe que tenho razões! - YoungJas retrucou onde ouvi os dois bufarem tirando mais uma vez risadas de mim-

Depois de mais um tempo conversando aleatoriamente, ouvimos o sinal tocar. Entramos na sala junto de outros alunos e a professora e noa sentamos ma carteira

- Bom dia alunos, hj teremos a honra se receber dois amigos novos. Por favor entrem! - Ela falou gentilmente de uma forma que deixaram os demais ali curiosos com os novos alunos que adentraram a sala no mesmo instante-

- Se apresentem! -A professora falou e fez gestos de irem bem a frente da classe onde os mesmos obedeceram e fizeram tal ato-

- Oi, meu nome e I'm JaeBum. Mas podem me chamar de JB ou como preferirem - O de cabelos pretos se pronunciou com sia feição séria e desinteressada! Diria até que ele era meio gótico pela a forma de se vestir e atos cometidos pelo último citado-

- Oi, meu nome é Jackson Wang. Mas podem me chamar de Jackson ou como quiserem! É um prazer conhecê-los e espero que sejamos amigos! - Os últimos falados fazem uma pequena referência que por tendência apenas o loiro sorria....lindamente!-

- Ok, obrigado podem se sentar onde quiserem! - A professora sorri e começa a abrir alguns livros e seus matérias talvez sejam usados na aula-

Os garotos sorriem, claro que o tal JaeBum não tinha um dos melhores sorrisos quanto o outros mas ok.

Eles caminham perante a classe e se sentam bem atrás de nós, onde JaeBum se senta atrás de YoungJae que não deu a mínima e o loiro se sentou atrás de mim onde também não liguei e dali em diante prestei atenção a aula.


Notas Finais


Oi meus babys espero que tenham gostado. Beijinhos e até o outro capítulo que não demorarei para postar!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...