1. Spirit Fanfics >
  2. Forever The First (Jenlisa) >
  3. Deixe-me cuidar de você.

História Forever The First (Jenlisa) - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Deu um trabalho enorme escrever esse capítulo, espero que gostem.

Capítulo 2 - Deixe-me cuidar de você.


[Lalisa Manoban Pensamentos ON]

Confia em mim...

Você pode...

Espero que você consiga me ver, e que você me deixe estar do seu lado.

Espero que pare de ficar triste.

[Lalisa Manoban Pensamentos OFF]

[Narradora Pensamentos ON]

[...]

Lalisa e Jennie ainda estavam se beijando, mas logo elas separam o beijo e sobem para a superfície.

Ambas limpam a água dos olhos e, ainda na piscina, olham uma para a outra.

- Qual o seu problema? Você quer morrer?

Lalisa pergunta olhando para Jennie que fica irritada.

- Você que tem problemas! - Jennie responde muito irritada. - Por que você me beijou?

Lalisa suspira.

- Porque você não subiu.

Ambas estavam com a respiração ofegante mas logo estavam voltando ao comúm.

- Não é assunto seu. Por que se importa? 

- Você gosta tanto assim da Kim Jisoo? Você viu ela namorando a Rosé, e quer acabar com sua vida, não é?

Lalisa pergunta para Jennie. Lisa também estava começando a ficar irritada, por isso a respondeu de forma séria.

- Droga! - Jennie diz. - Como você sabe que eu gosto dela? VOCÊ ESTÁ ME OBSERVANDO??

Lalisa suspira novamente.

- Eu sempre estive te observando... 

Lalisa fica quieta e Jennie também, mas após alguns segundos Jennie volta a se pronunciar.

- Você está olhando para mim e pensando como continuar me derrotando e me pressionando para baixo e rindo de mim, não é?? - Lalisa fica quieta, olhando para Jennie como se não acreditasse naquilo que a mesma acabava de dizer. - Eu sabia que você não era legal! Está satisfeita agora? Vá embora se estiver satisfeita!!

Lalisa suspira novamente.

- Não precisa fingir ser forte quando você está triste. 

- Eu não estou triste, estou feliz. Muito feliz.  

Jennie responde rindo de forma sarcástica e Lisa á encara.

- Você não vê? Estou muito feliz.

Jennie havia sido muito má com Lalisa, e Lalisa não esperava que fosse assim que ela a trataria.

Ela imaginava que assim que ambas se beijassem, Jennie começasse a gostar de Lalisa também. Pelo visto, ela estava errada.

- Jennie...

Lalisa coloca a mão no ombro de Jennie mas Jennie bate na mão dela.

- Quer que eu bata em você!?! VÁ EMBORA!

Jennie responde gritando de forma irritada.

Lalisa olha para Jennie por alguns segundos e logo Lisa saí da grande piscina da escola, deixando Jennie sozinha e para trás.

[Narradora Pensamentos OFF]

[Jennie Pensamentos ON]

Algumas pessoas dizem que o amor é segredo e que o verdadeiro amor nunca falha.

Isso é um absurdo!

Quando alguém que você gosta namora outra pessoa e essa pessoa é sua amiga desde a infância isso é mais doloroso do que ser abandonada.

Você vai sentir muita dor,  e vai querer destruir todos ao seu redor.

Dói tanto que o céu claro, para você é um céu muito nublado e escuro

E com o vento vem a chuva.

A parte mais dolorosa disso acontecer não é a parte que a pessoa que você gosta deixa você, a pior parte é você começar a duvidar de si mesma, se você não é bom o suficiente, ou que não merece que as pessoas gostem de você, e pensar na a razão pela qual ela escolheu outra pessoa e não você...

Para te ver quebrar.

Só você pode dizer para si mesma que ela não é a pessoa certa. e que você tem que se esforçar para deixar ela ir.

Você acha que com certeza alguém gosta de você nesse grande mundo, então você deve se animar, para encontrar outra pessoa.

Nesse momento, estou na praça da escola, sentada com Rosé ao meu lado.

- O que você anda fazendo ultimamente? Já faz um tempo que não te vejo por ai...

Rosé me pergunta e eu não olho para ela.

- Jennie. - Rosé me chama. - Eu tenho que falar algo com você... - Jennie olha para Rosé. - Importa muito que você--

Alguém interrompe a Rosé.

- SInto muito. Sinto muito. - Jisoo começa dizer, ela estava correndo até nossa direção. - Estou atrasada. A Professora não tinha me deixado sair. - Ela segura a minha mão e segura a mão da Rosé. - Vamos! Eu convido você, Jennie para almoçar com a gente!

Nos levantamos e eu olho para Jisoo, soltando minha mão da dela.

- Vocês vão, não quero ficar de vela.

- Você sabe como é a Rosé. - Jisoo me diz e olha para a Rosé. - Não sei se ela é idiota ou está sendo arrogante, mas ela ainda não me deu uma resposta. Mas está tudo bem, eu estou esperando a um certo tempo mesmo. Mas... - Jisoo aponta para a Rosé. - Se você não me responder, tenha cuidado comigo!

Às vezes, uma coisa dessa acontecer é realmente muito cruel.

Quem gosta de quem?

Quando você começou a amá-la?

Jisoo segura na minha mão e na da Rosé.

- Vamos! Hoje vamos comer comida picante, certo?

Quando ela começou a ser amada?

- Vocês duas não costumam comer, então hoje vão comer.

Jisoo começa a levar eu e Rosé até o lugar de comida picante.

Essa é uma realidade muito cruel.

- Jennie!

Escuto alguém me chamar. Rosé e Jisoo param de andar e eu também, quando olho para o lado vejo a Lalisa chegando até nós.

Merda, o que ela faz aqui?

- Finalmente te achei.

Lalisa diz e coloca a mão no meu ombro e eu a encaro um pouco confusa.

- Você esqueceu do nosso almoço? 

Rosé e Jisoo olham para mim, confusas.

- Você marcou um encontro com ela para almoçar?

Rosé me pergunta quase não acreditando.

Nem eu mesma estou acreditando.

Olho para Lalisa que discretamente pisca para mim.

Eu sorrio fraco e faço sim com a cabeça.

- Vamos. Eu ainda tenho aula de tarde.

Lalisa me diz e segura na minha mão me puxando para outro lugar enquanto da tchau para meus amigos.

- Desde quando elas se dão tão bem? 

Escuto de longe Jisoo se perguntar e Rosé apenas responder:

- Não faço ideia.

Quando já estavamos longe eu me solto da Lalisa.

- Me solta! Por que está pegando na minha mão?

Digo e Lalisa solta minha mão.

- Se eu te soltar, você vai comigo? Você sabe como estava seu rosto há pouco? Você quer que elas descubram que você é apaixonada pela Kim Jisoo?

- Não importa se eles descobrirem.

- Certo. - Lalisa diz não acreditando no que eu disse. - Então por que você se escondeu e chorou? 

Lalisa perguntou enquanto andávamos em direção à algum lugar. 

- Do que você está falando? 

Pergunto me fazendo de desentendida. 

Ela para de andar e logo eu paro também, ela pega seu celular e me mostra um vídeo.

Era um vídeo que mostrava o meu surto de mais cedo.

- Por que a Rosé!?! Por que ela e não eu!?! - Mais lágrimas escorrem. - A Rosé é uma idiota! A Jisoo é uma idiota! - Suspiro. - As duas são duas idiotas!

Mais lágrimas haviam começado a cair dos meus olhos, mais eu nem ao menos percebia.

- Eu me esforço tanto... Por que isso só acontece comigo!?!

Abaixo minha cabeça e logo retiro o meu colar da sorte que Jisoo havia me dado. 

Pego o colar e seguro na minha mão, olho para ele chorando mais um pouco.

- Você disse que era um colar da sorte... Mas que sorte é essa?

Fico alguns segundos chorando e logo me levanto ficando de frente com a piscina.

Olho para a piscina e alguns segundos depois eu me jogo dentro da água.

Era até esse momento que o vídeo durava, provavelmente porque depois a Lalisa foi me ajudar.

- O que você quer com isso? Quer mostrar para elas!?! Babaca.

Eu digo para Lalisa que da de ombros.

- Se eu quisesse mostrar, eu teria feito isso há muito tempo.

- O que você quer exatamente? Por que fica me observando? Você não tem outras coisas para fazer?

- O que eu quero? - Lalisa me pergunta e logo diz. - Eu recentemente... Estou sem parceira na literatura. Vamos fazer o seguinte: Você é a única. Você tem que estar do meu lado quando eu te chamar, e me obedecer.

Olho para Lalisa desacreditada.

- E por que eu faria isso?

- Você quer que eu mostre esse vídeo para elas?

- Acha que estou com medo!?! 

Pergunto olhando para Lalisa que me olha e me diz:

- Muito linda.

Ela começa a andar indo para outro lugar e eu sem ter opções a sigo.

- Por quanto tempo? Não diga que é para toda vida.

Pergunto para Lalisa que continuava andando e logo ela olha para mim.

- Até o tempo da formatura.

- Existem exceções? - Lalisa me olha confusa e eu logo digo: - Até a prisão tem liberdade condicional. Quais as suas condições de liberdade condicional?

- Certo. - Lalisa diz e sorri. - Se você me vencer uma vez vou te dar liberdade condicional.

- Em qualquer coisa?

Eu pergunto para Lalisa que responde:

- Em qualquer coisa.

Eu sorri e paro de andar e aponto para a Lalisa.

- Me espere! Eu vou te derrotar, você vai ver! Você vai ver que é inferior a mim! 

Começo a andar rapidamente para outro lugar e escuto Lalisa gritar para mim:

- Vou te dar a programação e os endereços! Te vejo as 8 da manhã na minha casa! Se você chegar tarde--

Eu a interrompo e grito para ela:

- Já sei!

[Jennie Kim Pensamentos OFF]

[Lalisa Manoban Pensamentos ON]

[...]

Estava esperando a Jennie em frente a minha casa.

Olho para o relógio, ela está quase atrasada.

Vejo um carro chique se aproximar e parar na minha frente.

Vejo o vidro se abaixar e é revelado a Jennie dentro do carro no banco de trás.

- Sente-se na frente.

Jennie me diz e eu sorri.

- Estou acostumada a pegar o metrô.

Eu digo e Jennie me olha sem acreditar.

Ela dispensa o motorista, desce do carro e começamos a andar até o metrô.

[...]

- Bons companheiros, hoje vamos falar sobre as coisas que você pode usar, em tecnologia da informação, para toda a circulação do mercado. Na verdade, fornecendo informações, podemos oferecer aos clientes, um módulo de comunicação eficaz e direto.

A Professora explicava a matéria mas sou interrompida quando sinto alguém encostar no meu ombro.

Quando olho para o lado vejo Jennie dormindo com a cabeça encostada no meu ombro.

Ela pegou no sono, como ela pode ser tão fofa até dormindo?

Bambam me olha parecendo irritado.

- Ei. - Bambam me chama sussurrando e eu olho para ele. - Acorde ela. Eu vou ficar constrangido se a professora ver.

- Não vai acontecer nada. 

- Não imagina! Por que uma aluna do AF quer assistir á nossa aula de ICT? E ainda ela está sentada do seu lado, dormindo apoiada à você--

Interrompo Bambam.

- Shiii! - Coloco o meu dedo indicador na frente da minha mão, fazendo sinal de silêncio para ele ficar quieto. - Se concentra na aula.

Encosto minha cabeça devagar na Jennie, logo estamos muito próximas uma da outra.

Gostaria que esse momento durasse para sempre...

[...]

Já estávamos no pátio da escola.

- Vamos comer alguma coisa, depois de devolver os livros.

- Eu sei.

Jennie me responde e continua andando atrás de mim.

- Existem duas aulas à tarde depois da refeição. Tem um tempo livre entre as duas aulas--

- Lalisa.

Jennie me chama.

Quando olho para trás vejo ela parada um pouco atrás de mim.

- Estou com muita fome. Vamos comer primeiro, certo?

Jennie diz começando a andar para trás.

- Vem rápido. - Jennie me diz e começo a seguir ela. - Estou com fome.

- Ei! - A chamo, ela para de andar e olha para mim. - Por que você está decidindo? 

Jennie para atrás de um muro e espia um pouco.

Logo olho para a direção que ela está olhando e vejo Rosé e Jisoo caminhando, ela estava observando as duas.

- O que está fazendo?

Pergunto para Jennie que pareceu ter ficado um pouco triste.

- Eu... estou com dor nas pernas, é isso.

Ela se esconde atrás do muro.

Eu sei o que está acontecendo, Jennie. Não minta para mim.

Vou para trás da Jennie que estava encostada de frente para o muro.

- Por quanto tempo vai se esconder?

Eu pergunto para Jennie que suspira.

- Eu não sei... Eu não consigo olhar para as duas juntas. Eu me sinto uma perdedora, quer dizer... Eu sempre... Eu sempre fui uma perdedora...

- Você não é uma perdedora, Jennie. Se a Jisoo não gosta de você da mesma forma, ela que está perdendo.

Faço a Jennie olhar para mim e coloco minhas mãos no ombro dela.

Frente a frente com ela começo a dizer:

- Se continuar se escondendo eles irão descobrir uma hora ou outra.

- Eu sei... - Jennie diz e suspira. - Mas agora quando a vejo... 

Ela segura no colar dela.

Pelo que eu entendi, a Jisoo deu esse colar à ela.

- É meu problema estar triste. Se ela souber, como poderemos ser boas amigas novamente? 

- Idiota...

Eu digo olhando para Jennie.

- Você que é uma idiota...

Jennie me responde e eu sorrio fraco, ela já estava ficando melhor.

- Por que eu estou falando tanto com você? 

Jennie me pergunta e eu aproximo nossos rostos um do outro.

- Para isso acabar, você tem que enfrentar isso.

- Ah, Lalisa... O amor não é uma mercadoria que, você pode pegar ela para dar uma olhada e você pode deixá-la quando não gosta.  Só pessoas inexperientes acham que é tão simples assim.

Solto minhas mãos dos ombros da Jennie.

- Quem disse que não tenho experiência? 

- Você tem? - Jennie me pergunta surpresa. - Quem é?

- Idiota.

Digo sussurrando e começo a andar para outro lugar e Jennie vem atrás de mim.

- O Que? - Jennie me pergunta enquanto andamos, ela estava rindo. - Você está me repreendendo, Lalisa?

[Na biblioteca]

Pego alguns livros e dou para Jennie segurar.

Jennie estava parada atrás de mim com uma cara emburrada, céus como amo essa garota.

[Lalisa Manoban Pensamentos OFF]

[Bambam Pensamentos ON]

Estava andando na biblioteca quando vejo pelas prateleiras a Lalisa e a Jennie juntas.

Não

Não

Não!

Isso não pode estar acontecendo.

Como elas ficaram tão próximas em tão pouco tempo?

A Lalisa... gosta dela?

Ah, isso é impossível, elas são duas garotas não faria sentido.

Ri baixo.

Provavelmente Lalisa está tentando saber mais sobre ela, é, deve ser isso.

Mas isso não vai me impedir de observar mais as duas juntas, tenho que saber o que está acontecendo.

[Bambam Pensamentos OFF]

[Jennie Pensamentos ON]

Estavamos na quadra de basquete.

Lalisa havia acabado de terminar de jogar uma partida.

Ela se senta no banco e eu ofereço uma garrafa de água para ela.

Ela pega a garrafa mas me devolve para eu abrir.

Eu abro a garrafa enquanto bufo.

Lalisa pega a garrafa achando engraçado a forma como estou me comportando, ela logo começa a beber a água olhando para mim.

Vejo o meu treinador nos olhando confuso, eu apenas dou de ombros. Eu não iria explicar isso para ele.

[No refeitório]

Lalisa e eu pegamos nosso almoço na faculdade.​

Ela se senta em uma mesa e eu me sento em outra um pouco distante da dela.

Eu não vou sentar com ela. Não temos esse nível de intimidade. Mesmo que eu não queira almoçar sozinha, com ela eu não sento!

Logo meu treinador vem até mim e senta em uma cadeira do meu lado.

- Você é muito inteligente! 

Ele diz sussurrando para mim.

Olho para ele confusa.

- Você tem uma cabeça muito boa! 

Ah?

Fico confusa olhando para meu treinador, do que ele está falando?

- Você se infiltrou na parte inimiga para descobrir mais sobre o território! Que demais. Você vai encontrar a fraqueza dela e vai poder vencer ela!

- Do que você está falando? 

Eu pergunto para meu treinador que começa a falar mais sobre isso.

[Jennie Pensamentos OFF]

[Lalisa Manoban Pensamentos ON]

[Com Lalisa]

Bambam havia se sentado do meu lado naquela mesa que parecia vazia.

- Por que você está andando com a Jennie Kim ultimamente? O que está acontecendo com você? Você por um acaso está gostando dessa garota?

Ele me pergunta e eu olho para ele irritada.

- Sim.

Eu respondo e ele me olha confuso.

- "Sim" o quê?

Eu saio daquela mesa e sento ao lado da Jennie na mesa em que ela estava, levando junto comigo minha mochila e meu almoço.

Sento na cadeira ao lado da Jennie e vejo o treinador da Jennie alí, o nome dele é Jin.

Tiro as carnes do meu prato com o hachi e coloco no prato da Jennie.

Ela me olha confusa.

- O que você está fazendo?

- Não quero comer tanta carne.

Eu responde de forma simples.

Escuto alguém sentar do meu lado e falar.

- Também quero.

Eu olho para essa pessoa e vejo que era o Bambam.

- Por que quer comer tanta carne?

Bambam pergunta irritado.

- Você só sabe comer e dormir, Jennie Kim. Se você quiser vir ver a nossa aula de novo você não pode dormir no meio dela! É melhor você ficar para frente, vai que assim você não dorme de novo! Assim você não atrapalha nem a mim e nem a Lalisa.

- A Jennie aprende mesmo dormindo!

Jin a defende e Bambam parece se irritar mais.

- Estou falando com ela, não com você!

- Por que?

Jin pergunta, agora também irritado.

- Analise com base do julgamento lógico. De acordo com o tempo de compras e preferências dos clientes, e atributos dos produtos para determinar seu status civil e sua identidade, e para encontrar produtos relacionados que os clientes gostem. - Suspiro olhando sorrindo sapeca para Bambam. - Tem pessoas que aprendem dormindo, eu sou uma delas.

Jin estrala os dedos na frente de Bambam.

- Viu? Eu falei que a Jennie é muito esperta.

- Você sempre perde para a Lalisa de qualquer jeito.

Bambam diz e Jin responde:

- A Jennie não perde, ela apenas deixa a Lalisa ganhar.

- Ei. - Jennie diz chamando a atenção do Jin. - É melhor não dizer isso. Perder é perder, não tenho nada a dizer.

Bambam ri de forma sarcástica.

- Não sabia que você era tão franca.

Todos ficamos em silêncio, logo Jennie começa a encarar um lugar, ou melhor, duas pessoas.

Olho para o mesmo lugar que ela estava olhando e vejo Jisoo e Rosé juntas.

- Não tem mais lugar para sentar?

Escuto Jisoo perguntando para Rosé.

Rosé aponta para um lugar e ambas vão até esse lugar que estava vazio e ambas vão juntas até lá.

- Eu vou indo. Te espero lá fora.

Jennie diz para mim se levantando e saindo.

- Eu ainda não terminei de comer.

Bambam diz e eu olho para ele.

- Ela não se referia a você.

Eu digo e vou atrás de Jennie.

[Lalisa Manoban Pensamentos OFF]

[Jennie Kim Pensamentos ON]

Eu e Jin estavamos em uma maquina de pegar ursos.

Eu estava em uma maquina e ele em outra do meu lado.

- Você decidiu não trair a Lalisa, então vocês se tornaram amigas?

- Não somos amigas. - Eu respondo de forma fria. - Eu simplesmente só não tenho escolha.

Jin me olha confuso.

- Como assim?

- De todas as formas, isso é assim. Não vamos mais falar sobre isso.

- Não. - Jin diz e olha para mim. - Por que você está tão perto dela? Você a odiava tanto e agora parecem até um casal.

Eu fico corada e olho para ele indignada.

- Que casal!?! Está doido? Eu nunca namoraria com ela. Eu não gosto de garotas e nunca gostaria da Lalisa. Para mim a Lalisa é só uma garota normal. E como te falei, não quero falar sobre isso.

- Você quem sabe...

Consigo pegar um urso na maquina e Jin me olha desacreditado.

- Nossa! Você é muito boa nisso! Você parece ser a rainha das maquinas desse parque.

Isso me deu uma ideia.

- Ah! É isso! Muito obrigada, Jin!

[Jennie Pensamentos OFF] 

[Narradora Pensamentos ON]

[...]

Lalisa havia chegado e estava ela e Jennie em frente a um jogo de tiro ao alvo.

- É com isso que quer competir comigo?

Lalisa pergunta e Jennie faz um sim com a cabeça.

- Certo então.

Lalisa responde e logo Jennie confiantemente diz:

- Eu vou ganhar dessa vez, Lalisa. E finalmente poderei me livrar de você.

As vezes palavras podem machucar. Lalisa pensa mais sorri, ela tem que aproveitar esse tempo que terá com Jennie.

Elas jogaram mais de 10 jogos e em todos Lalisa ganhou de Jennie.

Poderia ser uma pontuação com diferença de meio ponto, mesmo assim, Lalisa sempre ganhava de Jennie.

Elas jogaram tiro-ao-alvo, corrida de bate-bate, fliperamas, e até a maquina de ursos, mesmo assim, Lalisa foi a campeã.

Na maquina de ursos elas decidiram jogar mais uma vez.

Lalisa consegue pegar um urso em poucos segundos, logo duas garotas aparecem e Lalisa da o pequeno urso para elas.

As garotas sorriram apaixonadas.

- Obrigada.

Elas dizem suspirando de amores pela Lalisa e saindo dali.

Jennie havia se sentido mal com a forma que as garotas estavam perto da Lalisa.

Estou sentindo ciúmes? Ah! É claro que não! Eu apenas estou mal porque perdi. Não é ciúmes. Nunca vou sentir ciúmes dela. Jennie pensa e logo começa a ir embora.

- Jennie?

Lalisa a chama.

- Para onde você vai?

- Amanhã você tem aula cedo, esqueceu Lalisa? Você não pode ir dormir tarde. Dessa vez eu perdi, mas na próxima você não terá chances contra mim!

Jenine vai embora e Lalisa fica sozinha em seus próprios pensamentos, todos voltados para Jennie.

[...]

Jennie e Lalisa estavam estudando na biblioteca e ambas estavam muito próximas.

Jennie vê que Lalisa adormeceu e acha que seria uma boa ideia pegar o celular do bolso da calça jeans de Lalisa.

Jennie se abaixa e quando iria pegar o celular ela escuta pessoas surpresas.

Ela olha para trás e vê Jisoo e Rosé olhando para ela confusa.

Merda! Parece que é outra coisa que eu estou fazendo!!

Jennie pensa e logo Lalisa se acorda, logo entendendo o que estava acontecendo.

[...]

Rosé e Jisoo decidiram conversar com Jennie na praça da escola.

As três estavam sentadas em um banco com Jennie na ponta, Rosé no meio e Jisoo na ponta ao lado de Rosé.

- Sinto muito, Jennie. Não fique brava. - Jisoo dizia quase implorando para Jennie não ficar brava, mas Jisoo falava sussurrando. - Eu achei que você estava namorando a Lalisa Manoban. 

- Como ela estaria namorando ela, Jisoo? - Rosé pergunta para Jisoo. - Ambas se odeiam.

- Eu já disse que não quero falar sobre isso.

Jennie diz mais uma vez mas parecia que Jisoo e Rosé não a escutavam.

- Mas naquele dia eu vi vocês duas muito juntas.

Logo Lalisa que estava ouvindo a conversa um pouco de longe lembra desse dia:

Pelo que eu entendi, a Jisoo deu esse colar à ela.

- É meu problema estar triste. Se ela souber, como poderemos ser boas amigas novamente? 

- Idiota...

Eu digo olhando para Jennie.

- Você que é uma idiota...

Jennie me responde e eu sorrio fraco, ela já estava ficando melhor.

- Por que eu estou falando tanto com você? 

Jennie me pergunta e eu aproximo nossos rostos um do outro.

- Eu achei que vocês duas estivessem namorando! Mesmo que tenha algo entre vocês não importa, estamos no século 21! Isso já não é mais tabu e--

Ela é interrompida por Lalisa, que segura na mão de Jennie e a puxa á levantando.

- Sinto muito mais precisamos ir. Temos um compromisso, lembra Jennie?

Jennie olha para Lalisa e faz sim com a cabeça e sorri fraco.

- Sim. 

Lalisa pega na mão de Jennie e a puxa para longe dali.

Deixando Rosé e Jisoo confusas para trás.

Acho que posso me acostumar com isso. Jennie pensa e sorri enquanto era puxada por Lalisa.

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


O que acharam do capítulo? Comentem e deem sugestões!
Obrigada por lerem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...