História Forgetten (esquecida) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 1
Palavras 1.580
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


oiiiiiiii ^-^ vamos começar povo que eu amo kkkkk

Capítulo 1 - Start (começar)


Fanfic / Fanfiction Forgetten (esquecida) - Capítulo 1 - Start (começar)

Acordo na manhã chuvosa vejo as gostas caírem lentamente e vejo como o mundo e bonito como cada coisa tem o seu lugar aprecio a vista mais um pouco e levanto vejo que são 8:40 e domingo então não tem escola vou pro banheiro faço minha higiene dental arrumo meus cabelos castanhos e olhos  meus olhos cor de mel no espelho e vejo como o tempo passa rápido já tenho 16 anos também vejo como fiquei magra depois das férias eu vejo na porta do meu quarto aqueles que pintura um bonequinho com o nome Aurora o meu nome gosto dele um pouco,   não comi quase nada oque a de se esperar, em fim desço às escadas e só escuto silêncio às vezes e chato viver sozinha, começo a fazer meu café ligo a TV e coloco em qualquer canal e vejo falando que todos esses dias vão ser só de chuva já penso amanhã na escola como vai ser horrível mais fazer oque desligo a TV e vejo que a chuva tá parando pego meu guarda-chuva e saio de casa por que lembrei que preciso ir no mercado vou andando até lá,  não vejo nada de interessante na rua só umas pessoas andando e alguns carros depois de um tempo chego no mercado minha casa e consideravelmente longe então demora um pouco entrando começo a comprar algumas porcarias como bolachas recheadas etc e alguns legumes também e algumas outras coisa vou pro caixa a moça vai passando e fala que deu 80,00 reais eu pago e vou embora no caminho pra casa eu noto um menino andando todo molhado por causa da chuva ele tem cabelos pretos e olhos meio verdes estávamos perto da minha e ele parecia perdido eu sei que não é bom levar estranhos pra sua casa em qualquer hipótese mais tinha algo que me chamava atenção nele eu finalmente falei algo 

Aurora:oi oque você tá fazendo nessa chuva? Vai ficar doente minha casa é aqui perto pode entra se quiser

???? :você  é burra quem convida um estranho pra sua casa? 

Aurora:vamos para com isso

Eu agarro ele pele braço e levo pra minha casa

Aurora:senta aí no sofá 

??? :por que você me levou pra sua casa posso ser um ladrão ou um assassino 

Aurora:eu sei que não é 

???:como tem tanta certeza por acaso me conhece 

Aurora:talvez quem sabe

Agora que olhei mais pro seu rosto eu acho que o vi na minha escola 

???:para de enrolação você quer oque me comer dinheiro 

Aurora:olha eu não vou nem responder a isso só te chamei aqui por que você tava na chuva e parecia estar confuso ok

??? :sei.... 

Aurora:em fim qual o seu nome garoto

Daniel:Daniel

Aurora:então Daniel por que você tava na chuva? 

Daniel:não te devo explicações sobre a minha vida nem te conheço 

Aurora:você podia ser menos rude sabia, então você por acaso estuda numa escola aqui perto

Daniel:sim por que quer me espionar agora

Aurora:olha eu só achei que já tinha te visto na escola falando com um menino lá que chama Samuel ou algo do gênero 

eu falo esse nome e percebo que ele fica um pouco com vergonha 

Aurora:oque foi o gato comeu sua língua? 

Daniel:cala boca eu vou embora não sei nem por que entrei aqui

Ele levanta e sai batendo a porta, em fim vejo no relógio que ainda são 18:00 horas ligo a TV e começo a fazer meu jantar, depois de um tempo o jantar fica pronto sento no sofá e fica vendo televisão até umas 00:00 e depois vou pra cama

................. 

Eu acordo com o despertador tocando eu me arrumo como algo rapidamente e saio de casa e ando até a escola no caminho vejo o Daniel mais a frente eu chego mais perto  e falo com ele

Aurora:é aí

Daniel:oque você quer? 

Aurora:nada não posso falar um oi não 

Daniel:não 

Aurora:me diz ai quem é esse Samuel 

Daniel:n-ninguém 

Aurora:sei vou fingir que acredito

Daniel:por que vai ficar falando comigo por que não vai lá com suas amigas

Aurora:primeiro não são minhas amigas e são tudo putas, agora olha pra mim e vê se eu pareço com elas

Daniel:você é pior

Aurora:na sua mente, pode se acostumar que eu vou ficar te seguindo agora

Não sei por que eu tava tão decidida a virar amiga desse garoto que nem sabia que existia não é amor não por que eu sei que ele gosta de outra como posso dizer tá na cara que é esse Samuel heheheh nunca me dei conta de como eu shippo às vezes nem conheço esse tal de Samuel mais ok, chegamos na escola e vamos pra nossas salas ele tá na sala b e eu na a oque é ruim, sento na minha cadeira e espero o professor chegar eu escuto umas meninas falando algo

Menina:nossa gente sabe aquele Daniel ele tá namorando com o Samuel que nojento né a imagem do Samuel vai cair muito né 

eu fiquei com raiva mais respirei e fiquei preocupada sinto que esse Samuel vai machucar o Daniel não quero que ninguém se machuque sentimentalmente e a pior dor que existe.... deixa eu parar de pensar nisso o professor entra e começa a aula

O tempo passa extremamente  rápido o sinal do lanche toca pego meu celular e meu fone escutando stone cold e vou para a cantina comprar algo pra comer quando chego lá vejo um monte de pessoas e uns gritos eu vou empurrando até que vejo o Daniel no chão quase chorando e um cara na frente dele eu deduzi que era o Samuel tinha cabelos azuis provavelmente pintou o cabelo e olhos pretos ele começou a falar

Samuel:olhem essa aberração na frente de vocês gosta de homem e mulher seu merda 

o Daniel tá praticamente chorando eu preciso fazer algo eu não queria que ele sofresse por conta desse não consigo nem pensar ele ia chutar, mas entrei na frente e ele parou nunca foi de brigar com alguém mais já chegou o meu limite

Aurora:olha quem tá zuando provavelmente foi você que falou que queria ficar com ele se enxerga garoto

Samuel:quem você acha que você é garota

Ele me segurou pelo braço mais eu puxei e falei

Aurora:alguém muito melhor que você por sinal 

Samuel:sua vadia 

 Ele venho pra cima de mim e chutei bem nos meios das pernas dele ele caiu no chão e ficou gemendo de dor

Samuel:desgraçados você vai ver

Eu simplesmente peguei no braço do Daniel que estava no chão e falei

Aurora:não tenho tempo pra perder com gente que nem você 

É sai arrastando o Daniel quando estávamos longe ele falou

Daniel:p-por que caralhos você fez aquilo garota?

Aurora:você pode não me considerar mais eu te considero como meu amigo e mesmo se não fosse não vai deixar alguém fazer aquilo principalmente aquele filhinho de papai

Ele deu um sorriso amarelo 

Aurora:vamos se anima tem muito peixe no mar sabe vem deita no meu colo vai te faço um cafuné 

Eu peguei sua cabeça e fiz ele deitar no meu colo

Daniel:oque você tá fazendo? 

Aurora:fica quietinho ok 

Daniel:não sou seu filho pra ficar falando assim comigo sua idiota

Aurora:tá bom vai fica quieto que eu sei que tu tá gostando ok

Ficamos em silêncio por alguém tempo eu percebi que ele não só aquele arrogância toda tem um lado bem fofo dele quem pescar esse aqui tá com sorte eim 

Daniel:mais você sabe que agora eles não vai te deixar em paz né 

Aurora:olha eu tô pouco me fudendo pro que eles pensam entra pelo ouvido e sai pelo outro e você também não deveria se importar são tudo putos ok

Daniel:você tem razão apesar de ter ser sido idiota oque você fez

Aurora:a fica quieto

Depois de um tempo toca um sinal nos levantarmos e dou um abraço nele e é retribuído fiquei surpreendia em fim subimos juntos notei alguns olhares mais só ignorei fomos cada um para nossas salas quando entrei tinha a menina mais chata da escola na minha frente adivinha a Alice

Aurora:oque tu quer garota tá esperando algum macho

Alice:ai que medo pelo menos não ando com gay 

Aurora:pelo menos não sou puta que nem certa gente

Alice:olha aqu

Aurora:olha não estou com tempo de aturar vadia ok volta pro buraco que tu veio e some de uma vez

Empurrei ela é entrei sentei no meu lugar odeio esse tipo de gente e vi que tinha umas pessoa me olhando

Aurora:tá olhando oque vocês não tem nada pra fazer da vida 

Pararam de olhar e depois o professor chegou

O resto da aula passou normal quando estava saindo vi o Daniel e foi até ele

Aurora:e ai 

Daniel:e ai 

Aurora:vamo pra uma festa que vai ter aqui no bairro

Daniel:vamo não tenho nada a perder 

Aurora:tá combinado vai que se acha um gatinho lá 

Daniel:para com isso, e você não tem nenhum gatinho não 

Aurora:não eu não me interesso por ninguém não nesse momento

Daniel:entendi quem sabe você não acha alguém 

Aurora:duvido muito mais ok te encontro 20:00

Daniel:tchau sua puta 

Aurora:muito engraçado tchau

Daniel

Eu tô andando até a minha casa e não acredito em quanto coisa aconteceu hoje conheci a Aurora confesso que achei que era meio louca no começo mais me protegeu daquele desgraçado naquele momento eu me senti horrível foi a primeira pessoa que achei que me amasse mais eu taça enganado mais vou seguir frente não vou pensar naquele babaca, chegando em casa eu tomei um banho comi algo e depois de um tempo me arrumei estou com uma casa branca e uma calva jeans e um tênis vermelho, eu mandei uma mensagem para a Aurora falando que já estava pronto eu estava até que bem animado pra essa festa








 


 


Notas Finais


Oiiii queria dizer que estou muito feliz em fazer essa fic e que farei o possível pra responder todos os comentários até


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...