História Forsaken Throne - Camren - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren
Visualizações 21
Palavras 344
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yuri (Lésbica)
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Cheguei!
"Essa garota não se cansa de postar histórias, sumir e exclui-las sem expicações?" HEHEHEHEH, é só o que que se passa na cabeça de vocês. Primeiramente, perdão por todas as vezes que essa mesma situação aconteceu. Eu simplesmente sofro de abstinência quando paro de escrever e aqui estou. Espero que vocês curtam essa história! Boa leitura e let's gooooo :)

Capítulo 1 - Prologue


Fanfic / Fanfiction Forsaken Throne - Camren - Capítulo 1 - Prologue

Sendor, Cália

 

Quinze Anos Antes - Tanque de Guerra.

 

Os homens mantinham o arco e a flecha em posição para qualquer tipo de ataque. O Rei costumava acreditar que a falta de prosperidade nos últimos anos haja algum propósito. O brasão estampado aos farrapos que vestiam da guarda real no peito esquerdo, armas pontiagudas em punho. Podiam ouvir o baque surdo da explosão causadas pela cavalaria, estavam atentos, principalmente assustados.

 

A artilharia descolou o cânion em direção ao castelo avarandado da Lastrilha, as lápides desmoronavam-se de acordo com o disparo. Riram entre si e a fumaça pairou o ar caloroso e ardente, sentiram suas bochechas queimarem e a falta de fôlego logo fez-se presente. Alguns afastaram-se imediatamente.

 

As tropas reuniram-se cercando o muro de defesa enquanto a minoria recuperavam-se pelo vapor que lhe invadiram os pulmões. Tudo aconteceu repentinamente, o grito de socorro aturdido soou como um alarde para os demais. Correram pela busca dos clínicos, ajoelharam-se em prece para seu Deus atender-lhe. Betsabá contraía-se no solo quente, a umidade pelo sangue repassando para o bandalho que lhe cobria o torso. Gemia de dor e frustração, sabia que havia chegado sua hora. Ele havia de partir.

 

Os sentinelas foram desassisados e as providências serão tomadas. Em poucos minutos, Ramsés escrevia uma carta em nome de Betsabá e sua morte cruel. Foi ferido durante a guerra por um obuses, os Atalaias agruparam-se nas masmorras pela noite para dar suas respectivas condolências. A superfície logo tornou-se inclemente e gélida pela manhã, a alvura cobria os hastes de terra. 

 

Betsabá não seria esquecido. Suas boas obras não seriam esquecidas. O bom homem que ele foi para o Reino progredir não seria esquecido. Ele estaria vivo em seus pensamentos. Para todo o sempre

 

Desde então, ponderou ser questão de honra defender seu povo da Lastrilha. O quão trágico poderia ser um combate após tantos anos em confronto?

 

Talvez não fosse o certo romper as memórias dessa história. Porque naquela mesma data, Camila Cabello de Lurton vinha ao mundo. E aquele não era o fim. Era justamente o começo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...