1. Spirit Fanfics >
  2. Fotografia >
  3. Capítulo XXVII

História Fotografia - Capítulo 28


Escrita por:


Notas do Autor


Oii, antes de começar a ler quero falar sobre o que está acontecendo, gente estamos vivendo um momento difícil e eu espero do fundo do meu coração que isso tudo passe logo, o corana vírus não é brincadeira, gente fiquem em casa, lavem as mão, não passem a mão no rosto, evitem sair de casa só em caso de extrema necessidade e usem mascaras, por favor se protejam, eu sei que pode ser chato falar isso, mais é algo necessário. Pode ser entediante ficar em casa mais tem várias coisa que você pode fazer, podem ver filmes, maratona séries, desenhar ou ler. Mais fiquem em casa.
Era só isso mesmo, espero que isso passe logo e que todos nós voltamos as nossas vidas normais.
Sem mais enrolação.
Boa leitura. 😁😘

Capítulo 28 - Capítulo XXVII


Fanfic / Fanfiction Fotografia - Capítulo 28 - Capítulo XXVII

- Hinata, vamos logo!- Hanabi me chama pela terceira vez em dois minutos.

- Espera mais um pouco, já estou indo.- Digo pondo meu brinco e passando um pouco de perfume.

- Aí meu deus, eu tinha esquecido que você demora de mais pra se arrumar. O papai está te esperando Hina!- Fala mais uma vez. Abro a porta do quarto.

- Pronto, já acabei. E eu também não me lembrava que você é bem irritante as vezes.- Digo e Hanabi apenas revira os olhos.

- Vamos logo, não quero ficar ouvindo o papai reclamara da sua demora!

- Já terminei! - Digo pegando minha bolsa.

- Até enfim, vamos logo antes que a gente chegue atrasado pro almoço.

- Tinha me esquecido da sua forma de controlar as coisas.- falo descendo as escadas junto com Hanabi.

- Nossa, minhas cunhadas estão maravilhosas! - Itachi diz.

- Obriga.- Hanabi fala com as bochechas coradas.

- Obrigada Itachi.- Digo.

- Bem, eu não vou poder levar vocês, tenho uma reunião de emergência em Hakaido. Mais o motorista sabe a onde fica e os levará até lá. - Diz amigável.

- Obrigada, sabe onde está o nosso pai?- Hanabi pergunta

- Meu sogro já está no carro esperando vocês. Divirta-se. - Diz saindo logo em seguida.

- Hina, eu não sabia que o Itachi era tão bonito assim, a Mey tem um bom gosto não é!

- Desde quando você está tão solta assim, Hanabi?

- Hinata já tenho 15 anos e não sou sega ok?!

- Ok.

- Vamos logo.

A viajem é bem tranquila, Hanabi e papai conversam sobre algo, não prestei muita atenção na conversa, fiquei a viajem toda olha a paisagem, é tudo tão diferente, acho que me adaptaria bem em um lugar assim, sempre gostei de ligares frios e do mar. Quando dei por mim já tínhamos chegados, nunca tinha visto pessoalmente como era uma casa tradicional japonesa, mais aqui provavelmente é como uma pequena vila. Logo que chegamos somos recebidos por tio Hyzashi, é até engraçado ver como eles são tão iguais e ao mesmo tem não.

— Hinata, como você cresceu, está muito bonita. — Tio Hyzashi fala com um sorriso no rosto, tenho um pensamento meio irônico, pois é como se meu pai estivesse me elogia do o que não acontece com frequência.

— Sim, sou eu tio. — O comprimento e sorrio.

— E você a Hanabi. É muito parecida com sua mãe.— Hanabi sorrir.

— Meu irmão, é bom vê-lo novamente. — Meu pai diz.

— É muito bom vê-lo também.— Tio responde e os dois se abraçam. Sorrio com a sena, é bem fora do comum ver meu pai demostrando seus sentimentos.

— Venham, vamos entrando. Todos estão ansiosos para revelo Hyashi.

Era diferente do que eu estou acostumada, tio Hyzashi usa roupa tradicional e devo dizer que outras pessoa também, pessoas que não conheço, e que podem ser parentes de outro grau também usam kimonos. Ao adentrar na casa olho ao redor, portas de correr por toda parte, a verdade é que não sei muito sobre como me porta tradicionalmente, sei que devo demostrar respeito aos mais velho e ser cortês, mais fora isso não tenho a minima ideia do que fazer.

— Tenho certeza de que você que ir ver Neji, certo? — Tio fala olhando para mim.— Você não estar acostumada a esse tipo de situação, eu entendo. Neji quer muito ver você também, já faz alguns anos então, mais agora ele tem responsabilidades maiores, nem acredito que já sou avó.— Diz sorridente. — Ele está na última casa da vila, está te esperando. — Fala levando seu chá até os lábios. — Pode ir, eu e seu pai temos muito a conversar. — Aceno com a cabeça e me retiro do local. Hanabi está com outras meninas da sua idade.

Caminho vagarosamente pela rua de ladrilhos, e me pego pensado em como minha vida séria se tivesse nascido e crescido aqui, acho que iria gostar muito. Avisto ao longe Neji com seu cabelo grande em um rabo de cavalo baixo segurando uma menina pequena, ele sorria feliz e então eu vi, e entendi o que a felicidade é. Não é só está com a pessoa que você ama, mais sim ter um amor ainda maior com ela, uma coisa que é tão parte sua quanto dela, e nesse momento eu senti inveja. Inveja do Neji e do Meyrumi, inveja pela família que eles construíram, pelo amor maior que eles possuem, uma inveja boa que fez eu pensar em coisas que sim, passaram pela minha cabeça mais no futuro. Suspirei e sorri no momento em que seus olhos me encontram, caminho mais rápido até chegar perto do mesmo e dar um abraço apertado, tomando cuidado pra não machucar o bebê.

— Que saudades de você Neji!— digo com os olhos marejados, a verdade é que eu e Neji, por mais que nos vermos pouco, sempre fomos bem próximos, nas férias de verão Neji sempre ia passar na minha casa.— Você não mandou mais mensagens pra mim e do nada descubro que você está casado e já é pai!— Digo me afastando e olhando para a menininha de cabelos castanhos claros e olhos azuis, os olhos que mostra o sangue Hyuuga. — Ela é linda. — Digo sorridente.

— Eu também estava com saudades de você, desculpa não ter dado notícias, aconteceu algumas coisas e não tinha tempo pra muita coisa.— Diz com um sorriso de lado olhando pra a bebê no seu colo. — Entre elas esse menininha aqui. — Seu sorriso cresce e nos seus olhos vejo amor transbordando.

— Devia ter me contado, eu teria vindo pra seu casamento. — Ele sorrir.

— Foi tudo em cima da hora, por causa da gravidez. — Diz olhando pra mim. — Não sabe o que aconteceu até aqui.

— Você me passou então. Lembro que você sempre que casar não era uma das suas prioridades.

— As coisas mudam, minha vida pode ter dado uma complicada, mais eu não me arrependo de nada. — Diz sorrisondo enquanto a sua filha puxa seu cabelo. — Elas foram as melhores coisas que já me aconteceram.

— Eu estou feliz por você está feliz! — Digo e abraço ele mais uma vez.— Hyori não é?

— Sim, Hyuuga Hyori.

— Lindo nome. Posso pega ela?— Pergunto.

— Claro. — Pego aquela menina que é a cópia fiel de Neji e sorrio ela pega no meu cabelo.

— E cadê a mãe dessa. princesa?— Pergunto.

— A Tenten tá trabalhando, ela é professora.

— E você tá trabalhando?

— Sim, em uma fábrica de produtos alimentícios, sou gerente, mais estou de férias.

— Legal, então tá cuidado da bebê por enquanto.

— Tentando é meio complicado pra mim, não sei muito bem, mais tô me virando.

— Eu te admiro, não só você mais a May também. Vocês finalmente tem uma família, e estão felizes. — Sorrio e devolvo Hyori para Neji.

— Um dia você vai ter isso também. Mais tem que ser um cara bem legal, e eu tenho que aprovar! — Diz sério e sorrio, é bom ver Neji novamente.

— Mais é claro.

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...