1. Spirit Fanfics >
  2. Four Face - Sarry >
  3. O passarinho

História Four Face - Sarry - Capítulo 9


Escrita por:


Capítulo 9 - O passarinho


Fanfic / Fanfiction Four Face - Sarry - Capítulo 9 - O passarinho

Sal- O que é essa vala?


X- E um buraco bem grande com cães que não comem a bastante tempo, esse buraco é cercado com arame infarpado.


Sal- Caralho* isso deve ter doido muito!


X- Nem tanto, eu matei 5/10 deles e depois fugi com a merda* do arame na perna.


Sal- Dá para perceber, haha.


X- Sal, eu vou hoje a noite, mas....se acontecer algo eu vou sair de lá o mais rápido possível.


Sal- Eu prometo X que você vai se divertir hoje.


X- Hey baixinho!


Sal- Oi?


X- Você gosta do Larry não é?


Sal- N-não é-é isso! N-nós somos só amigos.


X-  Você mente mal...sem zoeira isso foi horrível.


Sal- Hehe - Mas o que eu podia fazer? Aquela pergunta veio do meio do nada - tá óbvio né?


X- Muito, mas diz ai , o que você viu nele que o atraiu?


Sal- A-ah! Veja as horas, como está tarde! Devíamos entrar não é mesmo!?


X- É tem razão, mas nossa conversa fica para depois.


Sal- Tenho que escolher uma roupa para hoje a noite, além do mais vai ser extremamente impactante.


X- Tenho que escolher uma roupa que esconda tudo isso - Ela colocou sua calça por cima do short e o moletom do Larry.


Sal- Quando você vai contar ao Larry?


X- Não vai demorar muito, preciso de um momento em que não esteja só eu, assim segurariamos ele.


Sal- Que tal hoje também?


X- Acho melhor não haha.


Ela me deu um abraço e foi para seu apartamento, o mesmo fiz eu, pois tinha uma roupa para escolher para hoje.


Quarto do Sal - 19:26


Pronto, não estava indo a um lugar muito chique e também iríamos enxer a cara no bar do Neil, com certeza uma roupa ficaria com vômito, tomara que não seja a minha.
Estava com uma saia vermelha, uma camiseta branca, meia-calça e all star azul, dessa vez com dois coques para diversificar.
Meu pai abre a porta do quarto


Henry-Filho?


Sal- Sim Pai?


Henry- Não volte tão tarde, estarei com Lisa vendo um filme no cinema, quero você em casa antes de nós, ouviu?


Sal- Okay pai vou tentar.


Henry- Tentar não você "deve estar em casa antes de mim" Sim?


Sal- Sim pai.


Henry- Está roupa está muito aberta coloque algo para tampar.


Sal- Pai eu tenho 17 anos, sei me cuidar, além do mais vou estar com a galera.


Henry- Sabe que eu me importo com você né? Bom, já é tarde - disse olhando para o relógio - vou indo, tenha uma boa noite Filho.


Sal- Pra vocês também.


Depois de me trocar desci no elevador e dei de cara com Larry e X.


Larry- Ah, Eai cara!


Sal- Oi Larry, eai X!


X- Fala ê* baixinho.


Sal- Vocês estão incríveis, e pela primeira vez Larry está sem sua camisa do Sanity's Fall.


Larry- Na verdade todas elas estão para lavar, por que um certo alguém as usou e sujou.


X- Foi mal, ketchup sai fácil - será que ela sujou de sangue? Não, assim Larry teria percebido - e então ? Vamos?


Sal- Vamos! Agora finalmente você vai reve-los.


Larry- O que você disse para eles Sal?


Sal- Que precisávamos conversar e enxer a cara falando do próximo show.


X- Mas o que eu vou fazer ? Não posso simplesmente ficar sentada enquanto chegam, vai ser constrangedor!


Larry- Já sei! Você pode ir se redimir com Neil na balcão, e depois que eles chegarem você vem até a mesa.


X- Acho que isso não vai dar certo.


Sal- Para de ser mulher de pouca fé e improvisa.


X-Ah cara....beleza vamos.


Bar do Neil - 19:35


Quando chegamos eles não haviam chegado, esse seria um ótimo plano em que sairimos vitoriosos.
X foi até o balcão e começou a falar com Neil, Seu rosto que estava totalmente fechado para a garota se transformou em um sorriso e um copo de whisky.
Mal percebemos e Todd e Ash chegaram juntos.


Ash- Oi meus amores!


Larry- Fala Ash,tudo beleza?


Ash- Claro, acabei de ganhar minha mesada e hoje vamos gastar.


Todd- Me dão um minuto para eu falar com meu amorzinho.


Sal- Espera!


Todd- O que ? Por que?


Sal- É que...ele tá ocupado, Vamos esperar ele aqui.


Todd- Putz, verdade...ah queria tanto falar com ele.


Larry- Sussega o facho Todd, além disso temos muito para conversar.


Ash- Exatamente, então? O que vocês têm a dizer?


Sal- Ah...bem eu vou pegar uma bebida- ela não olhava para trás, talvez estivesse falando algo importante com Neil- temos que conversar bebendo.


Todd- Gente vocês dois estão estranhos, fala logo o que aconteceu.


Larry-  Nada de extravagante.


Eu saí da mesa e fui até X e cochichei


Sal- X, eles chegaram !


X- Eu sei, mas estou tentando me levantar sem cair, minhas pernas estão tremendo  mais do que o do que um velho com artrite.


Sal- Neil me passa a garrafa de champanhe para eles não desconfiarem, e quanto a você, levanta logo que você já passou por pior.


Voltei a mesa sorrindo e coloquei o champanhe nela, eles olharam para mim felizes, como se acabaremos de dizer que ganhamos na loteria.


Ash- Não me diga que vocês....


Larry- Sim, temos uma surpresa para vocês.


X se levanta e tira o capuz se dirigindo a nossa mesa onde olha para Todd e Ash


X-....ah....Oi


Ash-.....


Todd- Santo padre de Melo...


X- Eu voltei.


Ash- X!!!


Ash começou a chorar e pulou abraçando e derrubando X no chão, X estava sem reação e a abraçou de volta.


Ash- Eu tava com tanta saudade....sua idiota!


X- Eu também pequena.


Todd- Gente...tô chocado, de onde tu apareceu.


Larry- Ela voltou ontem, e resolvemos nos juntar hoje.


Ssl- Vocês gostaram da surpresa?- as garotas se levantaram e Ash secava as lágrimas que não paravam de sair.


Ash- Você é demais Sal, obrigado - X a abraça e passa a mão em sua cabeça acaraciando-a.


X- Ei Todd!


Todd- Fala.


X- Me desculpa naquele dia....eu me descontrolei, sei que desculpas não são o bastant- Todd corre e a abraça, a mesma sorri e da um "joinha" para eu e Larry.


Sal- Okay,okay vamos acabar com o clima triste e vamos festejar!


Larry- É assim que se fala.


Todos nós bebemos e exemos a cara, Menos Larry e X que bebiam e ficaram de boa.


Sal- Vocês dois não vi am bêbados não?!?


Ash- Nem se tentassem!


23:08


Ficamos bastante tempo lá, até Neil fechar já estávamos caindo de tanto que gritamos e dançamos.


Neil- X, Vamos.


X- Beleza só vou beber esse copo.


Larry- O que vocês vão fazer ?


Sal-X, Acho melhor contar agora.


X- Verdade.


Larry- Contar o que?


Ash/Todd- O que tá acontecendo?


X- Eu...ah merda* Eu nem sei o que falar...- ela ficou um pouco em silêncio pensando - olha não é fácil de explicar....é que, lembram desse tempo que eu fiquei fora?


Larry- Sim, pessoal ela tava investigando os G.N sozinha e conseguiu umas informações.


Ash-você o que?!?!?


Todd- Fala sério X, se tava tentando se matar?!?!


Sal- Calma Gente!


X- Tá, vou ser direta...eu me machuquei um pouco e meio que desloquei o ombro e já que o Neil já estudou Quiropraxia, ele vai colocar meu ombro de volta.


Larry- Quem fez isso com você X?!!!


X- Calma Larry, eu desloquei sozinha.


Ash- E os outros machucados?!!!


Sal- Se acalma Ash e você também Larry! Ela precisa do Neil,depois conversamos todos juntos.


Neil- esperem nós lá em casa - Ele mora em cima de seu bar, mas não só o var quanto sua casa são luxuosos, ele uma vez me disse que só não queria ter que acordar cedo e pegar ônibus ou dirigir até o trabalho - não vamos demorar.


Nós quatro subimos, e esperamos, mas escutamos gritos de dor da X vindo lá de baixo.


X- AHHH!!!!! PUTA MERDA*!!! ISSO DÓI PRA CARALHO!!!


Despois de um tempo parou, ficamos em silêncio até eles chegarem.


Neil- Pronto, eu quase não consegui mas tá aí.


X- Me lembrem de nunca mais deslocar a Porra* do ombro.


Larry- Ainda tá doendo ?


X- Menos que antes, já fazia cinco dias que tava assim.


Todd- Só você mesmo para ser louca assim.


Ash- Agora eu quero ver, mostra logo X, eu tô ficando com cada vez mais vontade de causar uma guerra com eles.


X- Relaxa, nem foi nada sério.


Sal- COF,COF!! É nada de demais.


X- Você não tá ajudando Sally.


Larry- Vai X!!


X- Calma pessoal não é só em um lugar.


Todd- Vai me dizer que é no corpo todo?


X-.....ehhh...


Larry- A NÃO EU VOU BOTAR FOGO NELES!!!


Sal- Gente chega! X se sentir desconfortável eu te ajudo.


X- Obrigado baixinho,eu consigo.


Ela virou de costas e tirou o casaco e a  camiseta de frio e a de calor, ficando apenas com um tipo de topp de ginástica.
Suas costas estavam repletas de mordidas de cachorro e cortes que pareciam de facas.
Seus braços arranhados,cortados,mordidos e com roxos até o pescoço.
Ela tirou a calça que estava com um short por baixo.
Suas pernas não estavam diferentes dos braços e as costas mas tinham furos de arame.
Suas feridas estavam inflamadas, algumas vermelhas ou roxas e outras ainda sangrando enquanto tirava as faixas.
Todos olhavam assustados,indignados e Larry estava com um olhar diferente.


Ash- N-não pode ser...como isso aconteceu?


X- Me jogaram na Vala dos cães demônios e fizeram outras coisas- Ela segurava seu braço onde estava seu ombro que voltou ao lugar e sorrindo - Mas eu estou bem, nada disso dói, eu estou bem.


Larry- MAS QUE CARALHOS* É ÓBVIO QUE VOCÊ NÃO TÁ BEM.


Sal- Larry calma por favor.


Larry - Não Sal! Eles mexeram com a minha irmã.


X- Gente eu não queria nada disso hoje,eu só queria ver vocês e voltar a nos falar, Vamos continuar a beber.


Larry- O que ?! Claro que- Neil tocou no ombro de Larry e disse.


Neil- Sim, é verdade que ela não está bem, fisicamente nem psicológicamente, Vamos pelo menos fazer ela aproveitar esse dia.


Larry assentiu, e todos voltamos a beber menos Larry, ele ficou por perto fumando com X.
Naquela noite, conheci uma x totalmente diferente, o passarinho que estava preso em uma gaiola de ferro, finalmente....conseguiu fugir.....




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...