História Fox's Anatomy - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Grey's Anatomy
Personagens Addison Montgomery-Shepherd, Alexander "Alex" Karev, Alexandra "Lexie" Grey, Amelia Shepherd, Andrew DeLuca, April Kepner, Arizona Robbins, Bailey Grey Shepherd, Benjamin "Ben" Warren, Calliope "Callie" Torres, Cristina Yang, Derek Shepherd, Eliss Grey Shepherd, Erica Hahn, George O'Malley, Isobel "Izzie" Stevens, Jackson Avery, Jo Wilson, Margaret "Maggie" Pierce, Mark Sloan, Meredith Grey, Miranda Bailey, Nathan Riggs, Owen Hunt, Personagens Originais, Preston Burke, Richard Webber, Shane Ross, Sophia Robin Sloan Torres, Stephanie Edwards, Theodora "Teddy" Altman, Zola Grey Shepherd
Tags Eric Dane, Grey's Anatomy, Jessica Chastain, Mark Sloan, Mercy West, Romance, Seattle Grace, Station 19
Visualizações 14
Palavras 1.351
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eu estive reassistindo GA, e isso anda me dando umas ideias, o difícil mesmo é colocar na escrita essas ideias, mas tô ansiosa...

Boa leitura

Capítulo 2 - The Surgery


Fanfic / Fanfiction Fox's Anatomy - Capítulo 2 - The Surgery

Após ler e reler pelo menos duas vezes o prontuário da paciente, fechei o mesmo e voltei minha atenção para Herman.

—Quem é o residente no caso? – questionei encarando a doutora.

—Não temos, não achei um residente que tivesse talento para a minha especialidade. – ela proferiu me fazendo rir.

—Então rouba um da pediatria ou da obstetrícia, já volto. – falei me afastando dela.

—Onde você vai? – Nicole questionou curiosa.

—Roubar um residente da plástica. – falei dando de ombros e vendo a mulher sorrir.

Resolvi descer pelas escadas, o pior era que eu não fazia ideia onde ficava o andar da plástica, parei no meio da escada ao ver um casal no maior amasso, fiz um leve barulho de tosse, para que me notassem ali e ambos saltaram de susto se afastando.

O ambiente ficou em um silêncio total por longos segundos, até que eu mesma resolvi me pronunciar.

—Ah... você serve. – falei olhando a garota.

Antes que ela respondesse, entreguei o prontuário em suas mãos e acenei com a cabeça para que ela me seguisse escadaria cima.

—Desculpe... quem é você? – ela questionou enquanto me seguia.

—Terceira pessoa que me pergunta isso hoje, escuta essa pergunta é frequente aqui? – questionei curiosa.

—É que eu nunca a vi aqui antes... – ela proferiu. —Sou April, April Kepner.

—Dinah Fox. – me apresentei voltando a entrar na ala da obstetrícia.

Ao notar o silêncio, virei o rosto e Kepner me encarava um tanto que assustada, arqueei a sobrancelha como se esperasse que ela dissesse algo, mas quando não o fez...

—Ouviu falar de mim... pelo visto você não fica só nos beijos com paramédicos... – proferi fazendo a garota corar de imediato. —Relaxa, é nosso segredo, agora trate de ler o prontuário.

A garota apenas concordou e abriu o prontuário, lendo o mesmo com bastante atenção, me aproximei de Herman que balançou a cabeça negativamente.

—Falei que arrumava um residente pra mim, não falei? – proferi levemente vitoriosa.

—Nada a declarar, só não quero o Stark dando a louca porque você roubou a residente dele. – a cirurgiã proferiu me fazendo dar de ombros.

—O problema não é meu. – respondi piscando pra ela. —Kepner, vamos.

A ruiva me seguiu até o quarto da paciente, ao entrar no mesmo, pude analisar a paciente, era morena, com leves sardas no rosto, ela parecia bem nova.

—Olá Makenna! – Nicole proferiu.

—Olá doutora Herman. – a paciente respondeu.

—Doutora Kepner, apresente o paciente por favor. – pedi a residente que logo se pôs a frente.

—Makenna Foster, 23 anos, está na vigésima sétima semana de uma gestação gemelar, um dos fetos foi diagnosticado com um teratoma congênito de orofaringe e está aqui para uma cirurgia de remoção do teratoma do feto. – Kepner falou, parece que a garota realmente havia memorizado.

—Quanto mais eu escuto isso, mais assustador parece... – a paciente proferiu dando um sorriso fraco.

—Makenna, essa é a doutora Dinah Fox, ela é a melhor cirurgiã plástica que conheço. – Herman me apresentou.

—É um prazer conhecê-la, Makenna. – falei dando um leve aceno de cabeça para a paciente. —Com a ajuda da doutora Herman, eu pretendo remover o teratoma do seu bebê e devolve-lo ao seu útero, para que ele possa se desenvolver até o nono mês completo, mas você sabe, existem os riscos e principalmente na sua situação que é uma gestação gemelar...

—Eu sei dos riscos, doutora, mas a doutora Herman explicou que a taxa de sobrevivência é alta e que as chances dela conseguir me ajudar a seguir até o final da gestação após a cirurgia, são mais de 50%. – a paciente proferiu e eu apenas assenti em concordância.

—Doutora Kepner, prepare a paciente para a cirurgia, a sala 3 está a nossa espera. – Herman proferiu.

—Sim, doutora. – ela concordou e eu me retirei ao lado de Nicole.

—Vai ser uma longa cirurgia... – comentei com ela.

—Vai sim, longa e delicada. – ela concordou.

—Você acha que a gente consegue evitar o parto prematuro? – questionei.

—Precisamos tentar, ou ela perderá os bebês por causa desse teratoma. – Herman explicou.

—As coisas nunca são fáceis né? – questionei suspirando.

—Bem-vinda a cirurgia fetal, doutora Fox. – Herman proferiu me fazendo balançar a cabeça negativamente.

•••

A cirurgia havia começado há um tempinho, a galeria estava repleta de médicos observando o que fazíamos. As incisões pareciam boas e Herman me ajudava a retirar o feto do útero, para que eu pudesse fazer meu trabalho.

—Assim que eu começar, não tem mais volta, doutora Kepner, preciso que ajude a doutora Herman a manter o bebê firme. – pedi e a mesma concordou ajudando-a.

—Bisturi. – pedi estendendo a mão para a instrumentadora que prontamente me entregou.

Eu considerava cirurgia fetal a mais complexa e perigosa de todas as áreas, pois ela não envolvia só a vida de um mais sim de dois ou mais pacientes, coisas poderiam dar errado em todas as áreas e o risco naquela triplicava ainda mais. E apesar de eu ter optado por outra especialização, o destino acabava me empurrando para cirurgia fetal, coisa que deixava meu avô orgulhoso já que era uma blasfêmia ter um cirurgião plástico em uma família onde se tinha cirurgiões gerais, urologistas, entre outras áreas que não se preocupavam em maior parte com estética...

Eu tomava o maior cuidado e atenção com cada movimento minúsculo que fazia, um movimento fora do programado e tudo poderia dar errado. Eu tomava cuidado até mesmo com minha respiração, e assim horas se passaram, até que finalmente terminei de seccionar as veias do tumor e retirar o mesmo. E após terminar minha sutura, com a ajuda da Herman, colocamos o bebê de volta no útero e ela fechou a bolsa e a barriga.

—Acabamos, doutora Kepner, não sei se é seu plantão, mas ficará responsável por verificar a mãe e os fetos durante a noite, quero que nos avise sobre qualquer mudança e nos bipe na hora, não antes e nem depois que resolver o problema, na hora. Entendidas? – Questionei em tom calmo, porém firme.

—Sim senhora, doutora Fox. – a garota concordou prontamente.

—O principal agora é ver a recuperação e evitar um parto prematuro, precisamos ficar de olho também no histórico cardíaco da mãe, isso pode influenciar no parto. – foi a vez de Herman proferir e enquanto tirávamos as luvas e aventais cirúrgicos.

—Pode deixar, doutora Herman. – a garota concordou novamente.

Ao sair da sala de cirurgia, eu tirei minha touca e me dirigi para o elevador.

—Onde você está indo? – ouço Nicole questionar.

—Sala da Staff, preciso de um café. – respondi dando de ombros.

Assim que as portas do elevador se abriram, apertei o andar que correspondia ao andar da sala e aguardei cerca de um minuto até que as portas reabriram no andar desejado, muito provável que era o único andar que havia decorado naquele hospital, respirei fundo e segui corredores até chegar na sala, onde a porta se encontrava entreaberta, quando empurrei a mesma, vi duas mulheres aos beijos, uma delas já estava sem a camiseta até, mas elas pararam assim que notaram a porta aberta e me encararam assustadas.

—Ah... os médicos daqui sempre costumam se pegar? – questionei arqueando a sobrancelha.

—Como? – a loira questionou confusa.

—Vocês são o segundo casal que eu acabo vendo nesse estado hoje... – expliquei.

A morena então terminou de vestir sua camiseta e arrumou os cabelos.

—Você é nova aqui? – a morena questionou já vestida.

—A doutora Herman me solicitou para uma cirurgia fetal, sou Dinah Fox! – me apresentei e as duas me encararam boquiabertas.

—Eu sou Arizona Robbins, definitivamente é um prazer te conhecer. – a loira falou estendendo sua mão, ao retribuir o gesto, a garota aperta minha mão.

—Callie Torres, também é um prazer conhecê-la. – a morena proferiu com um sorriso nos lábios.

—O prazer é meu! – respondi dando um leve sorriso.

Após me servir um café, Callie e Arizona começaram a me encher de perguntas, sobre minha carreira, como eu consegui ter mais de uma especialização com a idade que tinha e até comentaram sobre meu feito de mais cedo, o que deixou a cardiologista completamente maluca. Elas também me contaram sobre elas, tanto individualmente quanto suas vidas juntas já que eram namoradas.


Notas Finais


Tadinha da Dinah, dois flagras em um dia? Mais um e ela foge do hospital achando que é contagioso, socorrinho...

Espero que tenham gostado, por favor não deixem de comentar, adoro suas opiniões... Eu fico por aqui, até a próxima.

Beijos de Luz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...