História Fragmento perdido. - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Carla Tsukinami, Kanato Sakamaki, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Shin Tsukinami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz"
Tags Ação, Diabolik Lovers, Drama, Terror
Visualizações 14
Palavras 557
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Harem, Hentai, Literatura Feminina, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Poesias, Policial, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - Região mórbida.


"Got a secret
Can you keep it?
Swear this one you'll save
Better lock it in your pocket
Taking this one to the grave."

— Secret -The Pierces                                         


  Passos de uma trajetória silenciosa. E, com muita atenção, distinguia cada fragmento de seu campo de visão. As ruas mórbidas e peculiares eram tonalizadas por terrenos baldios... a constante ventania entre as árvores tornara o clima intenso.
 Estava de frente ao local X, denominado: Laboratório Saito. Originado há cerca de 500 anos atrás, pelo segundo progenitor — vampiro nobre — à existir. O misterioso local destinado, fez parte da história terrestre, mesmo que não fosse muito popular.

Adentrando no laboratório, ela observa toda a extensão do mesmo. De primeira vista, qualquer ser que ali estivesse concluiria que o local é abandonado, entretanto, o laboratório contém trogloditas em alguns de seus corredores. A fragmentada conhecia perfeitamente cada espaço do ambiente, já esteve presente no mesmo... há muito tempo atrás.

Flashback on:

— Os resultados foram de acordo com o esperado, senhor Sakamaki!  Com as porcentagens atingidas, temos chances suficientes para finalizar o projeto X. — um dos cientistas falara ao seu superior, KarlHeinz, no qual não demonstrava nenhuma reação em sua face. — O senhor não está contente? Passaram-se dez anos desde o início do projeto, e finalmente teremos a oportunidade de concluí-lo. De acordo com todas as pesquisas realizadas, é almejado conclusão positiva.

 — Necessitamos de mais provas, tudo deverá ser aprovado. Temos experimentos o suficiente para ser testados nas vítimas que estão protegidas no térreo do subsolo. — conclui sua frase num tom rude, ainda sem demonstrar reações. — Ordeno que progressem neste teste, caso contrário, consequências serão providenciadas.
  

— Compreendido senhor. — o cientista afirma, sem demonstrar insegurança.

 

Enquanto debatiam suas opiniões sobre o projeto em progresso, um ser não muito distante observava a cena diante do cômodo. Perspicaz e traíra, de olhos atentos e ferozes, instinto de predador. O mesmo distinguia cada informação dita pelos homens que habitavam o local, memorizando atentamente cada frase, cada palavra, cada informação relevante. 
 Feito isto, partiu pleno em direção a floresta, desaparecendo entre a imensidão dos arredores do nevoeiro da mesma.

 

Fim do flashback, retorno a realidade...

 

Pisando com indiferença em um dos pisos envelhecidos dentre os corredores, uma passagem para uma das trogloditas é aberta, dando acesso a sua entrada. O mesmo local da lembrança, o iniciante cômodo dos experimentos humanos e inumanos. A elemental — fragmentada, incógnita — tinha total noção do que continha neste novo ambiente, os projetos progressados no passado estavam concluídos. E, com eles, ela agora continha em suas mãos um de seus triunfos, o projeto X

 

Conseguindo o que almejava, sai do local e vai de encontro à estação de Shinjuku, em Tóquio, no Japão. Adquirindo um telefone, disca o número de um hospital próximo de seu posto atual.

 

Hospital Nakano Kyoritsu, escritório do Doutor Tougo Sakamaki, no que podemos ajudar? — a recepcionista atendente do telefone fala monótona o bordão do escritório.

 

Gostaria de falar com o Doutor Tougo Sakamaki, por favor. — a fragmentada fala, esperando pacientemente o retorno da chamada.

 

Doutor Tougo Sakamaki, no que posso ajudar? — com a pronúncia destas palavras, um sorriso vitorioso se forma no rosto da desconhecida.

 

Há quanto tempo, KarlHeinz. — quando a mesma proclama o verdadeiro nome do vampiro, um riso de constrição é emitido do outro lado da linha telefônica. 

 

Eu quem o digo, Misthy.

 

 

Fim do segundo capítulo... continua?


Notas Finais


Olha quem voltou, eu mesma.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...