História FransTale: Meu novo amor (Frisk X Sans) (Minha AU) - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Burgerpants, Chara, Doggo, Flowey, Frisk, Gerson, Greater Dog, Grillby, Mettaton, Muffet, Napstablook, Papyrus, Personagens Originais, Sans, Toriel, Undyne, Vulkin, W. D. Gaster
Visualizações 30
Palavras 3.573
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Harem, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem ❣️

1-Demorei.
2-Postei tarde.
3-Mas tá aqui :3

❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃

Capítulo 6 - A cidade de Nevada.


Fanfic / Fanfiction FransTale: Meu novo amor (Frisk X Sans) (Minha AU) - Capítulo 6 - A cidade de Nevada.

FRISK P.O.V

Zzz...ZZzz...Zzz...ZZzz...Zzz...ZZzz...Zzz...ZZzz...

(Nos Sonhos Da Frisk...)

~~Musiquinha de brilhos de pó de fada.~~

~Lembranças Antigas~

*....................

*....................

*....................

*Você só está curiosa?

*Isso é serio?

*....................

*.................

*.................

~~~~~~~~~~~~~~~~~~

...Hã-ã...Zzz...ZZzz...Zzz...ZZzz...Na-Nao...Zzz...ZZzz...Zzz...ZZzz..._Virando na cama._

~~~~~~~~~~~~~~~~~~

~Mais lembranças~

*...............

*....................

*Eu tenho que saber,Você se sente assim?

*..............

*....................

*Sim,Me sinto mas eu estava com medo do que você poderia dizer...

*.............

*....................

~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Zzz...ZzZzz....Zz..z...No Cais de Santa Mônica...ZZzzz..._Quase acordando._

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

~Lembranças Recentes~

*.................
*Â~...Por que você gosta de me ver irritada...?
*..............
*Porque você fica fofa...

*..............

~~~~~~~~~~~~~~~~~~

~~Musiquinha de brilhos de pó de fada.~~

...Seu bobo..._Eu lentamente abro os olhos. Finalmente acordando. Eu sinceramente não sabia quanto tempo eu dormi,Nem sabia que horas eram quando eu fui dormir,Nem que horas são agora que acordei. "Sabe quando você vai dormir muito cedo e acaba acordando de noite sem saber a hora,O Dia e o ano que você está? Então,Eu tô assim." Eu estava com um pouco de dor de cabeça,Provavelmente pelo mal sono._

_Eu tiro os cobertores de cima de mim e lentamente eu sento na cama. Como eu praticamente ainda estava dormindo,Eu só fiquei sentada olhando para a luz do corredor que dava pra ver de baixo da fresta da porta. Uns segundos se passam e eu esfrego os olhos e me espreguiço,Esperando acordar de vez._

_Eu me levanto e ligo o abajur do lado da cama,Fazendo todo o quarto se iluminar novamente. Pego minha mochila e a abro,Procuro por uma roupa melhor para por na neve. "Bem,Não são as melhores roupas mas...É o que temos pra hoje." Eu pego um suéter roxo com listras rosas,Uma calça jeans escura e um par de botas marrons. "Acho que assim eu não vou congelar..." ... "Hum....É melhor eu não deixar tudo desarrumado assim."  Por isso,Eu arrumo a cama da melhor maneira possível.  Mesmo eu não tendo o costume de fazer isso. Assim que vejo que esta tudo no lugar,Eu saio do quarto,Já com a minha mochila e com as roupas que escolhi. Eu desço as escadas e vou falar com a recepcionista._

Olá! Bom dia!_Ela diz assim que me vê._

-Oh,Bom dia...Hã,Já é de dia...?_Eu falo um pouco sem graça._Não tinha nem um relógio lá em cima...

-Sim,Na verdade,Quando você subiu já era bem tarde. Então deve parecer que o tempo passou rápido._Ela diz me acompanhando enquanto eu vou para o outro lado do balcão._ 

-Ah,Obrigada...Foi muito bom,Descansei bastante._Eu digo sorrindo._

-Que bom que gostou de sua estadia. Volte sempre!_Com isso,Eu saio da pousada._

_Assim que saio da posada eu vejo que tem um iglu do lado dela,Com uma placa dizendo: "Não quer andar até o outro lado da cidade? Experimente os túneis subnevânios! (Distribuídos eficientemente)"  "Hmm...Talvez eu possa usar isso depois. Mas agora,Vou ver a cidade. Ela não parece ser tão grande,Não acho que vou me perder." ~Eu sai andando pela cidade,Onde acabo ouvindo um coelho falando que uma moça dali perto o perturbava._

_Estranhamente,Em seguida um moça que estava ali perto também fala,Ela fala sobre o coelhinho de estimação dela. Que ela achava coelhinhos adoráveis. "Certo,Isso é um pouco estranho."  Mais a frente eu vejo o que parecia ser uma arvore de natal,Com um urso falando algo para um monstrinho amarelo e sem braços logo na frente dela. Eu chego mais perto para ver melhor a arvore,Logo urso me percebe._

Ei você,Menina com camisa listrada._Ele chama a minha atenção._Sim,Você mesma,Vem cá pra eu te explicar também como essa tradição funciona. _Eu vou até ele,Já que eu estava lá perto mesmo._ A historia é assim: "Jovens terríveis atormentaram um monstro local decorando seus chifres que parecem árvores. Então começaram a dar presentes para esse monstro para fazê-lo se sentir melhor. Agora é uma tradição colocar presentes debaixo de uma arvore decorada." _Assim que ele diz tudo,Eu olho para a arvore cuidadosamente decorada e vejo que uns presentes estão endereçados de "Papai noel" para os locais da cidade. "É fofo..."_

_Assim que eu ia saindo de lá de perto da arvore,O monstrinho de antes me chama._ Ei! Você é uma criança também,Não é? Eu sei disso porque você tá vestindo uma camisa listrada! _"Eu não diria que eu sou uma criança mas...Pelo jeito,Nem adianta falar..."_

_Ignorando um pouco esse monstrinho,Eu continuo a andar. Conforme eu andava,Eu vou ouvindo os monstros falarem sobre coisas da cidade. Como o fato dela não ter prefeito e ter uns problemas sobre o povoamento,Mas mesmo assim os monstros sorriem do mesmo jeito. Mais pra frente tinha uma encruzilhada,Um caminho pra cima e outro continuava pra frente. Eu vou para o de cima,Já que parecia que o outro caminho era maior._

_Eu vou para cima e vejo mais umas casas,Umas pedras com umas peças de roupas,Um lobo jogando quadrados enormes de gelo na água e um lugar que dava para o mar. Sem muita coisa. Não tendo mais o que ver ali,Eu vou para o outro caminho. Onde tinha uma "bliblioteca" e uma casa enorme com duas caixas de correio,Uma cheia e uma vazia. Logo ao lado,Um iglu que provavelmente era o final dos "túneis subnevânios". Uma dispensa trancada por dentro,E o final da cidade,Que era um enorme caminho de neve._

_De onde eu estava,Dava pra ver que estava nevando MUITO mais pra frente. "Ficar aqui não é uma opção,Não é?"  Mesmo intimidada pela quantidade de neve que estava caiando do céu na quele momento,Eu decido continuar o caminho. Eu queria muito voltar pra baixos das cobertas da Pousada,Mas como eu nem tinha o dinheiro necessário,Nem adiantava voltar agora. Eu vou andando,Andando e andando,Quanto mais eu andava mais ficava difícil de enxergar. A neve estava ficando mais e mais densa a cada passo que eu dava,Até eu não conseguir ver nem meus pés na neve._

_Junto a neve que ficava mais densa,O frio também ficava mais intenso. Quando eu menos percebi eu já estava batendo os dentes sem controle e me apertando com meus braços para tentar me aquecer. "Merda...Eu deveria fechar o zíper desse casaco...Mas...Eu sinto que não vou conseguir tirar meus braços dessa posição..." Em meio a toda aquela neve que eu estava,Eu comecei a ouvir uma voz familiar me chamando._

HUMANA. ME PERMITA FALAR COM VOCÊ SOBRE ALGUNS SENTIMENTOS COMPLEXOS. SENTIMENTOS COMO..._Era a voz do Papyrus. Mesmo que difícil,Dava pra ver a silhueta dele na neve._ A ALEGRIA DE ENCONTRAR UM OUTRO AMANTE DE ESPAGUETE. A ADMIRAÇÃO PELA HABILIDADE DE RESOLVER CHARADAS UM DO OUTRO. O DESEJO DE TER ALGUÉM LEGAL E INTELIGENTE QUE TE ACHA LEGAL. ESSE SENTIMENTOS...DEVEM SER O QUE VOCÊ ESTÁ SENTINDO AGORA!!!! _"Na verdade eu estou só com frio mesmo."_ EU NEM CONSIGO IMAGINAR COMO DEVE SER SE SENTIR DESSA MANEIRA. AFINAL,EU SOU MUITO GRANDIOSO. EU NUNCA IMAGINO COMO TER MUITOS AMIGOS DEVE SER.

EU TENHO PENA DE VOCÊ...HUMANA SOLITÁRIA...NÃO SE PREOCUPE!!!  VOCÊ NÃO SERA MAIS SOLITÁRIA!!!  EU,O GRANDE PAPYRUS,SEREI SEU..............NÃO.....NÃO,ISTO ESTA ERRADO!!!  EU NÃO POSSO SER SEU AMIGO!!!  VOCÊ É UMA HUMANA!!!  EU DEVO CAPTURÁ-LÁ!!!  ENTÃO,EU PODEREI REALIZAR O SONHO DA MINHA VIDA!!!  PODEROSO!  POPULAR!!  PRESTIGIOSO!!!  ESSE É PAPYRUS!!!!  O MAIS NOVO MEMBRO DA GUARDA REAL!!!!!!

Luta começa!

Papyrus bloqueia o caminho!

*Papyrus + *Flertar= _"Vai ter que ser isso mesmo,Não vou insulta-lo..."

O QUE?!  FL-FLERTANDO!?  ENTÃO VOCÊ FINALMENTE REVELA SEUS VERDADEIROS SENTIMENTOS! B-BEM!! EU SOU UM ESQUELETO COM PADRÕES MUITO ALTOS!_Ele diz um tanto assustado._

_"O que que eu faço?? Eu...Eu não sei!!"_Hã...Eu...Eu sei fazer espaguete!!_Sem saber o que fazer eu acabo gritando a primeira coisa que veio em mente._

-OH NÃO!!!  VOCÊ ESTA ALCANÇANDO TODOS OS MEUS PADRÕES!!!  EU ACHO QUE ISSO SIGNIFICA QUE EU VOU TER QUE TER UM ENCONTRO COM VOCÊ...?_Ele parece muito perdido._VAMOS SAIR M-MAIS TARDE...

_Ele me ataca com uns ossos. Nem preciso me mexer para desviar. "Ué,Não vamos lutar como ele disse?"_

*Poupar= ENTÃO VOCÊ NÃO VAI LUTAR. ENTÃO VEJAMOS SE PODE LIDAR COM MEU LENDÁRIO "ATAQUE AZUL."

_Ele me ataca com ossos azuis. Eu fico parada. Do nada minha alma fica azul e ganha uma gravidade diferente. Ele acerta um osso em mim._

VOCÊ ESTÁ AZUL AGORA. ESSE É O MEU ATAQUE!!!  NYHEH HEH HEH HEH HEH!!!

*Papyrus + *Flertar= Papyrus parece muito ocupado LUTAndo para flertar de volta. "Isso parece deixar ele abalado,De alguma forma."

V-VAMOS SAIR OUTRA HORA! _Ele me ataca com ossos. Eu pulo por cima deles com dificuldade._

*Papyrus + *Flertar= Papyrus parece muito ocupado LUTAndo para flertar de volta. "Até guando eu vou ter que fazer isso?"_

O QUE!? EU NÃO ESTOU PENSANDO NO ENCONTRO!! _Ele me ataca com ossos maiores que os últimos. Eu pulo por cima deles com mais dificuldade ainda._

*Poupar= HUMANA!! NÃO ME FAÇA USAR O MEU ATAQUE ESPECIAL!!!

_Ele me ataca com ossos grandes e pequenos. Deu pra desviar._

*Papyrus + *Flertar= Papyrus parece muito ocupado LUTAndo para flertar de volta.

JÁ POSSO SENTIR MINHA FUTURA POPULARIDADE!_Ele me ataca com ossos brancos e azuis. Ao tentar pular sobre eles eu acabo caindo,E me ferindo na queda._

*Papyrus + *Flertar= Papyrus parece muito ocupado LUTAndo para flertar de volta.

_Ele me ataca com fileiras de ossos. Eu tento pular por cima mas acabo caindo._

*Papyrus + *Flertar= Papyrus parece muito ocupado LUTAndo para flertar de volta.

_Depois de muita luta,Flertadas e itens usados,Estava ficando difícil ficar na quela luta por mais tempo. Com frio,Ferimentos e sem itens,Eu já não sabia o que fazer._

VOCÊ É FRACA DEMAIS!!!  EU FUI CAPAS DE TE CAPTURAR MUITO FÁCIL!!!  EU AGORA TE MANDAREI PARA NOSSA ZONA DE CAPTURA!!!  OU,COMO SANS A CHAM~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~_Perdia minha consciência aos poucos,Não conseguia mais entender o que ele estava falando. Mas,Com o tempo,Eu acabo apagando._
..................................................................................................................................................

SANS P.O.V

_Eu estava dormindo tranquilamente no sofá da minha casa,Quando eu sou acordado pelo Papyrus,Que estava gritando._

SANS!!!!  ACORDE!!! ACONTECEU A MELHOR COISA DE TODOS OS TEMPOS!!!_Ele diz batendo a porta da sala._

_Eu me sento de forma desajeitada,Pelo susto que eu tomei._Uh...O que aconteceu,Mano?_Eu digo ainda com voz de sono._

-A HUMANA!!!  EU CONSEGUI!!!  EU FINALMENTE CONSEGUI!!  EU CAPTUREI ELA!!! _Ele fala com a maior animação do mundo._

-Parabéns aí mano. Eu sabia que você ia conseguir._ Eu digo sorrindo pra ele,Que estava feliz como nunca._É bom ver que você está feliz por isso..._"...Pensei que ela seria mais difícil de ser derrotada..."_

-MUITO OBRIGADO IRMÃO!!!  AGORA É SÓ LEVAR ELA PARA A UNDYNE E EU SEREI CONHECIDO POR TODO O SUB-SOLO!!! EU ESTOU TÃO FELIZ,SANS!!!  HOJE É O DIA MAIS FELIZ!!! E SABE DE MAIS UMA COISA SANS??!!!  PARA COMEMORAR A MINHA ENTRADA PARA A GUARDA REAL EU,MESTRE CUCA PAPYRUS,IREI FAZER MEU ESPAGUETE EXTRA ESPECIAL HOJE!!!  SÓ PRECISO DOS INGREDIENTES. EU JÁ VOLTO!!! ESPERE ANSIOSO POR MIM!!! _Com isso,Ele sai correndo de casa._

_"Odeio estragar sua felicidade Papys,Mas eu tenho que tirar ela de lá." Eu me levanto,Coloco minhas pantufas e meu casaco. Com isso eu saio de casa e vou para a dispensa. Assim que entro eu vejo a Frisk,Deitada no chão completamente apagada. Do lado dela tinha um papel que provavelmente era um recado do Papyrus. "Você está realmente machucada hein garota..." Ela estava com vários arranhões e outros tipo de macucados espalhados pelo corpo. Eu me aproximo dela e a seguro no colo. Assim que a pego,Ela encosta a cabeça em mim. "Ela está muito fria..." Com isso,Eu nos teletransporto de volta para casa._

_Assim que chegamos,Eu a coloco deitada no sofá. Eu a encaro por uns segundos até eu decidir o que eu iria fazer. "É melhor eu cuidar um pouco dela..." Eu vou pra cozinha,Pegar um pequeno "kit médico" que a Dra.Alphys tinha nos dado. Assim que voltei,Eu conseguia ouvir ruídos vindo da Frisk,Que ainda estava dormindo. Não parecia gostar do que estava sonhando. "O que será que ela tá sonhando?" Não parecia mas inconsciente,Apenas dormindo._

{N/A: Ela está basicamente sonhando com mais daquelas lembranças de antes,E com mais algumas coisas desagradáveis que vai ser mostrado mais tarde :3}

Ahn..._Ela estava muito inquieta. "Eu acordo ela?...Deixo ela dormir?...Não sei se seria uma boa ideia acordar ela..."_*Sniff* *Sniff* _Pra minha surpresa,Lagrimas começaram a sair dos olhos dela._

Frisk? Frisk?_Eu começo a cutucar ela,Tentando acordar ela._Frisk! Frisk o que aconteceu?

_Uns instantes depois,Ela finalmente acorda._*Snif-* H-Hã...?_Ela olha assustada pra todos os lados._S-Sans?...A-Aonde eu estou? Que lugar é esse? _Ela rapidamente senta no sofá. Esfrega os olhos e olha em volta._

Essa é a minha casa,E você esta nela...Mas,O que aconteceu com você?_Ela me olha confusa._

Eu...Eu estava lutando contra o Papyrus e..._Ela ainda olhava curiosamente pra toda a casa._...Eu perdi,Não foi?_Ela abaixa a cabeça,Decepcionada._

-Sim..._Eu queria dar um tempo pra ela acordar,Mas queria muito mais perguntar porque ela estava chorando._

-Quanto tempo eu apaguei?_Ela diz olhando pra mim._

-Faz um tempo na verdade..._Ela volta a abaixar a cabeça,Com isso eu acho a minha brecha._Frisk,Por que você estava chorando?

-Hã? Como assim?_Novamente ela me olha muito confusa. Em seguida,Ela passas as mãos pelo rosto. Percebendo que ainda tinha lagrimas nos olhos._

-Pode me explicar?_Eu digo enquanto ela terminava de limpar as lagrimas dos olhos._

-Ah...Não deve ser nada...Afinal,Eu só estava dormindo._Ela diz dando um sorriso fraco pra mim._M-Mas Sans...Por que eu tô na sua casa...?_Meio sem jeito,Ela puxa o assunto que até já tinha esquecido._

-Papyrus te levou pra nossa despensa quando você apagou...E eu meio que te livrei de lá...Aproposito,Você deveria sair daqui rápido. Meu irmão vai voltar logo e se ele ver você aqui...Ele vai querer lutar com você aqui mesmo,E você não parece bem._Eu digo me sento do lado dela._

-Entendi...*Espirro*..Ah..Desculpa._Ela diz cobrindo o nariz._

-Fique aí,Já volto..._Eu me levanto e vou pra cozinha. Como ela ainda estava muito fria,Eu decido fazer algo quente pra ela tomar._

-O que você vai fazer?_Ela quase grita quando viu eu entrando na cozinha. Mas não saiu no lugar._

  -Calma aí dona curiosa. Não vou demorar._Eu digo rindo um pouco. ~Um tempo depois,Eu volto e dou uma caneca de chá pra ela._ Chá de flor dourada. O preferido do Rei-Fofucho._Eu digo entregando a caneca pra ela._

-Obrigado..._Um pouco envergonhada ela segura a caneca._

_Eu pego o "kit médico" e começo a cuidar de uns ferimentos maiores dela,Enquanto ela bebia o chá. Ela estava meio receosa no começo,Mas depois ela aceitou. Durante tudo isso,Nos começamos a conversar. Ela me falou de coisas que ela gostava na superfície. Estrelas,Animais,Bichinhos de pelúcia,Entre outras coisas. Eu contei umas piadas,Ela riu. Ela se faz de irritada umas vezes,Eu ria,Como sempre. Ainda era fofo. É engraçado como ela me faz rir._

Você gosta de conversar hein,Honey..._Eu digo sorrindo,Sabia qual seria a reação dela._

_Ela dá um sorriso de canto de boca._Por que "Honey"? Você tirou isso do nada...

-Combina com você. _Queria irritar ela de novo,Mas ela estava tão de boa,Que não parecia mais se importar tanto._

-Acho que você andou matando umas aulas de inglês aí..._Ela diz estava segurando a caneca de chá,Mas não tinha nada dentro dele. Estávamos tão mergulha na conversa,Que ela tinha até terminado de beber o chá. Mas ninguém foi pegar mais._

_Ela estava tão alegre,Tão descontraída. Nunca como eu já tinha à visto. "Não sei se me sinto assim só por ela ser humana. Mas tem uma coisa que eu quero fazer..."_ Frisk..._Eu me aproximo um pouco dela._Eu...Meio que quero saber como seria uma coisa..._Eu me aproximava devagar. Não sei se ela percebeu minha intenção,Mas ela parece que ficou três vezes mais envergonhada que antes._

*........................................

 

 

 

 

 

 

SANS!!! _De repente eu ouço o Papyrus na porta._SANS ABRA ESSA PORTA!!! ELA ENTERROU DE NOVO!! EU TROUXE OS INGREDIENTES PARA FAZER O ESPAGUETE!!!_Ele estava tentava abrir a porta de qualquer jeito. Eu tomo um pequeno "choque" pelo susto._

Sans! O que eu faço??_Frisk diz um pouco baixo._

Vem comigo._Eu seguro na mão dela e nos teletransporto pro começo da cidade._

...Aonde nós..._Ela demora pra entender onde estávamos._C-Como a gente chegou aqui?_Ela diz um pouco assustada,Soltando minha mão._

_"Merda...Ele tinha que aparecer logo agora..."_-Eu uso uns atalhos._Depois dessa quebra de clima,Eu decidi voltar ao assunto principal._Uuh...Garota,É melhor você terminar de se cuidar...Você vai ter que lutar com o meu irmão novamente e tal...

-Ah,Sim e...O-Obrigado por me ajudar..._Ela diz muito vermelha,Olhando pro lado. "Que fofa...!"_

-Heh De nada Honey. A gente se vê por aí..._Eu a ceno pra ela e me teletransporto de volta pra casa._

FRISK P.O.V

_"...O que acabou de acontecer?...Ele ia me beijar,Não ia?..." ("Qual o problema agora? Você agradeceria se fizesse.") "Sim,Sim...Agradeceria por ter que passar por toda aquela merda de novo..." ... "Bem,Pelo menos aqui os meus pais não vão...Fazer nada..." Eu já sabia que se eu continuasse a pensar nisso,Eu não iria pra lugar nem um. Pensei em dar uma passada na lojinha e no save. Tinha que continuar de qualquer jeito._

_Como nem todos os meus machucados estavam 100% curados,Eu vou e primeiramente e salvo. Depois,Eu entro na lojinha._

Olá,Viajante! Como posso ajuda-la novamente?_Diz a vendedora animadamente,Vendo que eu tinha acabado de entrar._

Eu...Gostaria de comprar mais algumas coisas..._Eu falo indo até o balcão._

 O que gostaria de comprar? Mais coelhos de canela? Mais uma bandana viril?_Ela diz colocando as mercadorias sobre o balcão. Ela parece animada por ter achado uma compradora._

50$-LuvaForte/50$-BandanaViril/15$-Bicolé/25$-CoelhoDeCanela

-Eu gostaria de mais coelhos de canela._Com isso ela me da mais alguns coelhos de canela. Eu os pego e ponho na minha mochila,Em seguida eu pago por eles._Obrigada.

-Obrigada,E volte sempre._Ela diz sem perder a animação._

_Assim eu saio da loja e vou direto para o mesmo lugar de antes que eu lutei com Papyrus. Não sabia se ele estava lá ou não,Mas precisava passar por ali do mesmo jeito. Como lá ainda estava nevando MUITO,Ainda estava difícil de ver até os meus pés. Como antes,Fico andando por um tempo sem saber pra onde eu estava indo,Até eu ouvir a voz de Papyrus novamente._

HUMANA. EU SINCERAMENTE NÃO SEI COMO VOCÊ PASSOU PELOS MEUS PORTÕES,PROVAVELMENTE VOCÊ ACORDOU ENQUANTO MEU IRMÃO PREGUIÇA ESTAVA DORMINDO,MAS!! ISSO NÃO QUER DIZER QUE EU DESISTI DE TE CAPTURAR!!!

A Luta Começa!

Papyrus bloqueia o caminho!!

_"Ah whatever..."_

_Depois de muitos ossos,Flertes,Ataques azuis e minha alma ficar azul muitas vezes. Um bom tempo se passa. E em uma parte da luta ele ficava falando sobre um outro ataque especial,E pra eu desistir de lutar antes que ele usa esse tal ataque. "Qual é,Vamos logo..."_

ESSA É A SUA ÚLTIMA CHANCE ANTES DO MEU ATAQUE ESPECIAL!!_Ele me ataca com mais ossos._

*Item + *Bicolé= Eu como metade de um bicolé.

CONTEMPLE...! MEU ATAQUE ESPECIAL!!! _Aparece um cachorro mordendo um osso,Provavelmente o tal do ataque. "Acho que isso mão deferia acontecer..."_MAS O QUE!!?  ESSE É O MEU ATAQUE ESPECIAL!!!  EI!!!  SEU CÃO FANFARRAM!!!  VOCÊ ESTA ME OUVINDO???  PARA DE MASTIGAR ESSE OSSO!!! _O cão começa a se afastar,Com medo._EI!!!  O QUE ESTA FAZENDO??!  VOLTA AQUI COM MEU ATAQUE ESPECIAL!!! _O cão foi embora._.....ORA,ORA._Ele parece um tanto decepcionado com isso._ENTÃO EU VOU USAR UM ATAQUE NORMAL E MUITO MANEIRO!! 

*Item + *Unicolé= Eu como o resto do bicolé. _"Ok,Ok Lá vamos nós de novo."_

*SUSPIRO* AQUI VAI UM ATAQUE ABSOLUTAMENTE NORMAL._No começo ele me ataca com ossos que mudavam de tamanhos e balançam. Mas depois ele me ataca com ossos estranhamente organizados,Formando as palavras "Cara legal". Um osso com óculos de sol e depois uma fileira enorme de ossos com um gigantesco no final,E por último,Um osso pequeno e insignificante._BEM...*HUFF* ESTA CLARO QUE...VOCÊ NÃO *HUFF* PODE ME DERROTAR..._Ele parece estar muito cansado. Eu não estava tanto,Já que antes quando eu tinha apagado,Tive tempo de descansar._SIM!!!  EU POSSO VER VOCÊ TREMENDO DE MEDO!!!  PORTANTO EU,O GRANDE PAPYRUS,LHE CONCEDO MISERICÓRDIA!!!  EU TE POUPAREI HUMANA!  AGORA É SUA CHANCE DE ACEITAR A MINHA PIEDADE.

*Poupar_Eu olho em volta. Tudo se acalmou,Até parou de nevar._

NYOO HOO HOO...EU NÃO CONSIGO PARA NEM ALGUÉM FRACO COMO VOCÊ...UNDYNE FICARÁ TÃO DESAPONTADA COMIGO...EU NUNCA ME JUNTAREI A GUARDA REAL...E...MINHA QUANTIDADE DE AMIGOS FICARÁ ESTAGNADA!..._Ele fala de costas pra mim. "Aaaah mano...Coitado dele...Ele é tão legal..."_

Ei...Quer ser meu amigo?_Eu falo sorrindo gentilmente._

-SÉRIO!!!  VOCÊ QUER SER AMIGA,DE MIM?!?_Ele se vira pra mim,Com um sorrisão._

-Mas é claro._Eu falo confirmando com a cabeça ainda sorrindo._

-TUDO BEM ENTÃO...EU ACHO...EU ACHO QUE POSSO FAZER UMA EXCEÇÃO PRA VOCÊ!! WOWIE!!!  NÓS NEM TIVEMOS NOSSO PRIMEIRO ENCONTRO E EU JÁ CONSEGUI ENTRAR NA FRIENDZONE!!! _Eu solto um sorriso sem graça._ QUEM DIRIA QUE PARA FAZER AMIGOS EU SÓ PRECISAVA DAR AS PESSOAS ENIGMAS TERRÍVEIS E DEPOIS LUTÁ-LAS??? VOCÊ ME ENSINOU MUITO,HUMANA. AGORA EU CONCEDO MINHA PERMISSÃO PARA PASSAR!!! E EU LHE DIREI O CAMINHO PRA SUPERFÍCIE.

SIGA EM FRENTE ATÉ ACHAR O FIM DA CAVERNA. E ENTÃO QUANDO CHEGAR NA CAPITAL CRUZE A BARREIRA. O SELO MAGICO QUE NOS PRENDE NO SUB-SOLO. TUDO PODE ENTRAR NELE,MAS NADA PODE SAIR,EXCETO ALGUÉM COM UMA ALMA PODEROSA. COMO VOCÊ!!! É POR ISSO QUE O REI QUER CAPTURAR UM HUMANO. ELE QUER ABRIR A BARREIRA COM O PODER DA ALMA. PARA QUE A GENTE POSSA RETORNAR PARA A SUPERFÍCIE!!!  ELE E A DRA.ALPHYS  ATÉ TENTARAM FAZER UNS EXPERIMENTOS PARA TENTAR SAIR DAQUI MAS................

ESPERA...EU NÃO DEVERIA ESTAR FALANDO SOBRE ISSO.........OH,EU QUASE ESQUECI DE FALAR PRA VOCÊ!!  PARA CHEGAR NA SAÍDA,VOCÊ TERÁ QUE PASSAR PELO CASTELO DO REI. O REI DE TODOS OS MONSTROS. ELE É...BEM...ELE É UM CORAÇÃO MOLE,GRANDÃO E PELUDO!!!  TODO MUNDO AMA AQUELE CARA!!!  EU ESTOU CERTO QUE SE VOCÊ APENAS DISSER..."COM LICENÇA,SR.DREEMUR...POSSO IR PRA CASA?" ELE TE GUIARA PESSOALMENTE ATÉ A BARREIRA!!  ENFIM,CHEGA DE CONVERSA!!!  EU ESTAREI LÁ EM CASA SENDO UM AMIGO DESCOLADO!!! SINTA-SE A VONTADE PARA PASSAR E TER AQUELE ENCONTRO!!! NYHEH HEH HEH HEH HEHE!_Ele vai embora voando inexplicavelmente._

Ufa..._"Finalmente...Acho que fiz até mais um amigo...Talvez...Eu até possa ir no "encontro" com ele. Só pra deixar ele feliz..."_


Notas Finais


Espero que gostem ❣️



❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...