História Franticshipping - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Ruby e Sapphire (oneshot)


Caminhando por uma floresta em Littleroot Town, o conhecido coordenador Pokemon de olhos vermelhos, Brendan, logo avista um imenso chão de madeira suspenso sobre diversas árvores, sorrindo ao saber que finalmente chegou ao seu destino. Ao subir nele por uma escada presa em uma das árvores, o estilista se depara com os diversos móveis trazidos por ele mesmo até aquele local, tendo dito para a namorada que daria um toque mais civilizado àquele lugar, não demorando muito para a mesma sair de uma pequena cabana presente ali em cima, sendo um local na qual ela praticamente vivia por passar a maior parte do tempo ali.

 

Sapphire: finalmente chegou, senhor coordenador? - perguntou num tom provocativo a garota de olhos azuis, cabelos castanhos longos e caninos visíveis de sua boca, tendo chamado o namorado para ir até ali pois disse que queria fazer algo com ele.

 

Brendan: só porque você me chamou, garota selvagem. - devolveu a provocação, fazendo a Conquistadora franzir o semblante, enquanto ele mantivera um sorriso provocante e sensual.  - então, por que me chamou pra vir até aqui? - perguntou não demonstrando muita paciência para o que ela estava querendo fazer por tê-lo chamado para vir até a “casa" dela e por não dizer nada quando ligou para ele pelo PokéNav, algo que ensinou para a namorada. 

 

Sapphire: ora, será não posso querer passar um tempo com o meu amado coordenador? - perguntou de forma retórica, andando até o rapaz, abraçando-o e logo o beijando, sem sofrer qualquer resistência e tendo o gesto retribuído. 

 

Ruby: o que está... planejando... desta vez... Sapphire? - perguntou entre os intervalos dos beijos, enquanto ambos aproximavam mais seus corpos um do outro e se abraçavam, já percebendo o que Sapphire queria, jogando fora a irritação por esconder aquilo e deixar a excitação lhe preencher. 

 

Sapphire: nada demais... só algo um pouco mais selvagem... e avançado no... nosso relacionamento. - respondeu entre intervalos também, passando a perna esquerda em volta da direita do rapaz, causando uma excitação em ambos. 

 

Ruby: se queria fazer isso, podia ter me falado quando ligou pra mim e a gente poderia ir para um lugar mais civilizado. - disse não querendo que o que estava prestes a acontecer ocorresse no ar livre, quase no meio da natureza. 

 

Sapphire: então, pra que serve todas essas coisa que você trouxe? - apontou para os móveis ao redor e depois para a cabana. - além disso, podemos fazer ali dentro, onde inclusive, tem uma cama.

 

Ruby: você construiu aquilo só pra isso? - perguntou meio surpreso pela namorada ter feito algo daquele tipo somente pra essa ocasião. 

 

Sapphire: te fiz vir até aqui, então isso era o mínimo que podia fazer. - responde dando de ombros, antes de pegar a mão de Brendan e levá-lo até a pequena cabana, fechando a porta depois do casal entrar nela.

 

Após um pequena troca de carícias e beijos, o casal começa a tirar a roupa, com Ruby deixando a sua dobrada e organizada num canto e se surpreendendo ao ver que Sapphire não estava usando nenhuma roupa íntima por baixo da normal, pensando que ela esteve assim por toda Hoenn durante todo esse tempo. Logo ele deixa isso de lado ao ver que, apesar de passar a maior parte do tempo na floresta, o corpo de sua namorada parecia está bem mais cuidado e limpo agora, embora achasse que seria bom se ela depilasse todos os pelos da área íntima, mesmo que fosse uma pequena camada de quase um centímetro.

 

Ruby: bem que você podia ter aproveitado as produtos de higiene que eu trouxe pra você e ter se depilada por completa. - comentou com certo incômodo, imaginando como seria ainda mais difícil entrar naquele lugar aparentemente apertado e todo coberto, mesmo que tivesse uma clara visão de limpeza. 

 

Sapphire: é trabalhoso e complicado fazer isso, além de que eu não tenho frescura com esse tipo de coisa. - explicou, vendo que o corpo de Ruby quase não tinha nenhum pelo. - então, vai ficar aí só me admirando meu corpo ou vamos logo transar?

 

Ruby: tá bom, não precisa usar esse linguajar. - falou antes de se aproximar de Sapphire e começar um longo beijo nos lábios dela, tentando ignorar os caninos que lhe furavam de vez em quando, pensando em como sua namorada tinha adquirido ou o que ela teria feito para adquirir essas características de vampiro.

 

Após terminarem o contato labial, o casal se deitou numa pequena cama improvisada dentro da cabana de Sapphire, tendo um pequeno colchão trazido por Ruby anteriormente, mas que seria o suficiente para os dois. O Charmoso acaba por ficar em cima da namorada, trocando toques entre si em diversas partes de seus corpos, como as mãos deles nos peitos médios da Conquistadora e as dela em suas nádegas, o puxando para mais perto de si, principalmente o pênis ereto para uma buceta selvagem e peluda, claramente faminta por algo dele. Não querendo prolongar mais, Ruby começa a penetrar tentando ignorar a sensação incomoda dos pelos e da buceta apertada de Sapphire, que dificultava uma penetração mais rápida. 

 

Sapphire: mais rápido seu marica. - sem paciência, a morena empurrou com as pernas o quadril de Ruby contra o seu, gemendo ao se sentir totalmente preenchida e causando mais desconforto no parceiro. - ah, isso... agora me mostre que você realmente é um homem. 

 

Ruby: e eu sou. - disse antes de começar a se mover dentro de Sapphire, tentando ignorar a sensação ruim que aquilo lhe causava, se adaptando conforme fazia as estocadas e em pouco tempo, estava gemendo de prazer assim como a garota selvagem, que já estava nisso desde o começo. 

 

A pressão das paredes sexuais internas de Sapphire, junto da camada de pelos que lhe espetavam o saco, fazia Ruby ter dificuldade e um pouco de dor no início do sexo, mas logo tudo se transformou em prazer quando acostumou com as estocadas e ignorava o incômodo, indo com mais força e rapidez, até se abraçando fortemente com a namorada para tentar ir mais fundo com seu pênis dentro dela. Não demorou muito e ambos chegaram a um orgasmo prazeroso, com os seus gozos sendo quase absorvidos pela vagina peluda de Sapphire.

 

Sapphire: não foi difícil, foi? – perguntou de forma irônica, com o namorado deitando ao seu lado esquerdo. 

 

Ruby: no início foi. – admite. – então caso queira que façamos isso de novo, terá que se depilar pelo menos um pouco. 

 

Sapphire: tá bom, mas você me ajudará a fazer isso. – concordou antes de encerrar com um beijo nos lábios do rapaz e os dois caírem no sono.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...