História Frases - Capítulo 26


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 56
Palavras 361
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Poesias, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


⚠Atenção⚠
Esse "texto" foi retirado da música: Manual do Suicidio Parte 2.-K a m a i t a c h i

Capítulo 26 - Suicido


Já cortei o rosto e nem sequer senti receio Já tentei me matar e o que impediu foi esse medo 

O medo de deixar meu pai e minha mãe nesse tormento 

Eu sei que eu sou um fracasso, mas eu juro que eu tento 

Já pensei em voltar a fumar E encher a porra do meu copo de cachaça 

Já pensei em rasgar minha garanta só gritando "Mano só faço coisa errada" 

Será porque já sofri com a mesma coisa 

E me auto defendo pra não acontecer de novo 

Ou talvez não tomo vergonha na cara 

E sem pensar arrasto todo mundo para o mesmo poço 

Então eu levanto uma garrafa de tequila 

E falo um brinde Por essa desgraça de vida 

Reconheça os seus erros sempre mude e uma dica 

Não espere intervenção divina 

Porque se você esperar uma intervenção divina 

O tempo vai passar e você não fez mais nada 

Vai ta com o nariz cheio de cocaína 

Todo branco e pensando em se jogar de uma sacada 


Tu vai dizer: Tudo bem? 

Eu vou dizer: To ótimo 

Tu vai dizer: Tu ta mentindo? 

Mas isso é obvio 

Por isso não faço sadsong não é porque nem quero 

O meu grande problema é 

Que eu levo isso a sério 

Eu canto eu choro 

Eu me corto 

Com cacos de vidros 

Tu dança e se diverte 

Mesmo se sentindo um lixo Tento, desisto, e penso: Por que eu vivo nessa merda?

Eu tenho sons melhores nem perde tempo com essa 

Eu tô me segurando pra não cometer loucura 

To segurando o choro desde o começo da música 

Mas já to estragando e levando ela pro poço 

Desculpa já me perdi quantas vezes gravei de novo 

Eu to jogando essas merdas no ventilador Sou o protagonista do meu próprio filme de terror 

O assassino não é jason e mesmo assim eu me escondo 

Freddy vai ter pesadelo se ele invadir meu sonho 

Porque lá vai ta escrito manual do suicídio 

E assim que ele ter ele terá um grande delírio 

Essa é a realidade pra quem vive o que eu vivo 

Qualquer dia eu pego uma câmera e me mato ao vivo



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...