História Frases de uma depressiva - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Visualizações 9
Palavras 248
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Poesias, Romance e Novela
Avisos: Estupro, Incesto, Mutilação, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 4 - Marcados.


Fanfic / Fanfiction Frases de uma depressiva - Capítulo 4 - Marcados.

Mas um dia na escola. Niguem fala com migo, me acham estranha, porque? Em casa, meus tios brigam toda hora, e eu interfiro, mando calar a boca pois, meu tio sempre culpa minha tia, e ela não fez nada pra ser culpada. Nima noite de sábado a família toda se reuniu, primos que eu ne, sabia que tinha veio, mas eu vi um menino diferente, ele era isolado e queto, eu me aproximei e vi marcas eu seu braço, "então você também sofreu" essa frase ficou passando em minha cabeça toda hora, ele era um tipo de , menino que não se importava com nada, passamos a tarde toda conversando, mas a festa acabou e todos foram dormir.

De manhã, tados saíram, eu fiquei trancada no quarto não queria sair, o menino também, perguntei o nome dele e era Gabriel, perguntei oque ele passou, a gemte passou o tempo todo conversando, eu me senti bem, ninguém nunca conversou com migo daquele jeito, a família voltou e... a mãe de Gabriel tava bêbada, ela ja chegou batendo em Gabriel, e ninguém impediu, todos ficaram olhando eu fiquei com raiva e entrei na freste dela, enfrentei ela, sabe oque ela fez? Ela me bateu, fiquei com mais raiva ainda, puxei Gabriel e sai correndo com ele, fomos para um lugar aonde niguem ia, Gabriel estava chorando, so deu pra eu dar colo a ele. Foi ai que descubrir que nós eramos marcados.

Sabe não podemos mentir.

Não podemos abusar.

So temos que aceitar.

Ass. Naomi_Fox



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...