História Free to Fly (JuGui) - Capítulo 3


Escrita por: ~ e ~Julia_Lzn

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Crush, Drama, Lionel Ferro, Michael Ronda, Realidade, Romance
Visualizações 26
Palavras 1.169
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - Treta em dose dupla


  Sobre o que será que ele quer falar comigo? Será que eu fiz algo de errado? Ou será que....

-Júlia vem comigo - falou, olhei de relance para Geovanna que estava vidrada em seu celular, então eu não faria falta.

Me levantei e ele soltou meu braço, ele foi na frente e eu o segui,  na onde esse ser vai me levar será que é pra cam.... eu tenho uma mente poluída, Santo Chanyeol livraime dos pensamentos impuros, amém? Amém.

  Paramos em frente a ex biblioteca, que agora estava vazia e abandonada, aquela sala foi batizada pelos alunos por Sala da pregação, pois o nome já diz, o povo ia pra lá para se pegar e fazer coisinhas inadequadas. Mas por que ele estava me levando para lá? Nós vamos fazer coisinhas inadequadas também? 

- Entra- ele falou sério,  érealmente eu fizalgo de errado, mas o que eu fiz?

"Nada de mais apenas quebrou o nariz daquela vadia- minha consciência fazia o favor de jogar meus erros na minha cara"

  Nessas horas queria enfiar minha cara em baixo da terra, tipo um avestruz.

  Entrei na sala, e fui seguida por ele, o mesmo trancou a porta atrás de si, HO LORD, eu estou começando a ficar com muito medo, de verdade, estou começando a me arrepender, pera eu ainda não sei por que ele me chamou aqui....

- Fala- disse e ele me olhou como se quisesse me ver nua, acho que vou começar a gritar, e se ele me agarra....

- Posso saber por que a vossa senhoria está me evitando ultimamente?

- Não, não pode era só isso já posso ir?- Juliana, eu só posso estar querendo morrer , só pode

- Acho que você está muito respondona ultimamente, alguém precisa te ensinar que é muito feio responder os mais velhos- falou se aproximando

- Acho que você está muito preocupado comigo, só acho que você devia cuidar mais da própria vida- pronto pode reservar meu caixão, por que eu estou mortinha

- Acho que vou ter de te ensinar a não ser tão atrevida assim....- mas de que diabos ele falando

  No segundo seguinte eu me encontrava presa na parede, esse ser só pode ter um parafuso a menos, nossos rostos estavam muito próximos, conseguia sentir seu alito.... Eu só posso estar maluca

- Doce Júlia - sussurrou en meu ouvido fazendo eu me arrepiar por inteira - está vendo o poder que eu tenho sobre o vosso corpo

   A cena seguinte foi eu perdendo meu bv com meu crush, seus lábios tinham um gosto doce, o beijo era calmo, chegava a ser torturante, sua língua adentrou minha boca com certa delicadeza, sua língua fazia movimentos circulares explorando cada centímetro da minha boca, se afastou devagar dando uma leve puxada no lábio inferior,  só quando ele se afastou percebi que estava com falta de ar.

~Geovanna on~

  Estava mô tédio na sala, Juliana havia saído não sei para onde, estava sozinha na sala, pelo que eu fique sabendo o professor Adalberto de geografia havia faltado, ou seja uma aula para fazer o que quiser, mas ninguém estava na sala a não ser eu a troxa aqui.

  Estava atualizando minhas redes sociais, vendo o que o povo anda publicando ultimamente,  mas não vi nada de interessante, a não ser uma foto que Mike acabara de postar ao lado da putiane, há mais esse raparigo já está de papinho com essa daí , Bon saber, muito bom saber, vou devolver na mesma moeda....

Me levantei e foi em direção ao vestiário masculino,  ninguém me vil entrar a não ser os garotos que estavam se trocando ali.... avistei Lionel com uma toalha amarrada na cintura,  foi em direção ao mesmo o abraçando pela cintura.

- Oi pequena, o que você está fazendo aqui?

- Nada só estava sem nada pra fazer e resolvi andar- falei dando de ombros, soltei sua cintura e né sentei no Banco

- Você sabe que aqui a entrada de garotas é proibida né?- falou

- É eu sei- falei observando os garotos se trocarem, ai que paraíso, mas quem eu queria ver não iria se trocarem na minha frente

- O que acontece se disserem que tem uma garota no vestiário?

- Ai eu estrangulo essa garota, quem ela pensa que é pra ficar olhando meus macho?- falei

- É Giih eu estava falando de você -falou

- A se me denunciarem no máximo eu levo uma advertência ou suspensão - falei sem interesse

  Fixei meu olhar em um certo ponto no vestiário, lá se encontrava meu irmão e a putiane, acho que nem tenho ciúmes do meu irmão, mas ele sabe como eu odeio essa daí agora quero saber de nada, chumbo trocado não doi......

~Júlia on~

  Trocamos vários beijos, mas eu ainda estava com uma pulguinha atrás da orelha, por ele só veio tomar atitude agora? Essa história está muito mal contada, e esse papo de que eu estou muito respondona?  Eu sempre fui a mesma.

- Júlia por que você queria me atingir?

Ham? Como assim?

- Oi??

- Não fuja do assunto Júlia, por que você queria me atingir? E coitada da Luana que entrou na frente?

- Primeiros que nós estavamos jogando queimada a culpa não é minha se você é frangote e aquela puta....

- Puta não, mais respeito com a Luana que ela é moça de família....

- Não me importo com o que você pensa dela, pra mim ela é puta sim é foda-se o que você pensa dela ....

- Garota olha o respeito, veja lá como você fala comigo eu não sou seu....

- Cala a porra da sua boca, eu falo com você do jeito que eu quero, e outra não ouse falar dos meu coreanos....

- Você já está merecendo umas belas de palmadas para parar de falar assim com os outros, e outra você não passa de uma va....-  não deixei ele completar essa frase, minha mão foi com certo impacto em sua face

- Você não tem moral para falar de mim, o garoto que come todas querendo respeito, me poupe não? Eu tenho mais o que fazer.... - falei passando por ele mas o mesmo agarrou meu braço

- Quem você pensa que é pra usar esse tom comigo, ninguém me resiste garota e com você não foi diferente,  quem você pensa que é....-  falou seus olhos estavam vermelhos de raiva

- Sou a "Vadia" que você não comeu e nunca vai comer, sou a garota que você vai se humilhar para pedir desculpas, a garota que você nunca vai ter, e sabe por que? Por você ser o babaca que é,  Eu realmente achava que você era diferente mas agora vejo que não, eu me enganei, e você não ouse tocar em mim outra vez, se não eu juro que eu não respondo por mim- falei soltando meu braço e tomando a chave da porta e abrindo a mesma

  Eu preciso urgentementeir em bora, não quero mas ficar nessa escola nem por mais uma hora, agora eh preciso apenas da minha cama Chanyeol e sorvete de creme para afundar as mágoas.....


Notas Finais


Desculpa Juliana ;3

Façam a Giih feliz comentem

Xau até o próximo

😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...