História Freedom or dead - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Original
Visualizações 6
Palavras 665
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sci-Fi, Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Hoje veremos Katherine em: seu primeiro amor

Capítulo 8 - Primeira falha


Katherine

Lenam havia acabado de me chamar para "conversar", sabia que ele iria fazer algo, é a cara dele. Andavamos um do lado do outro em um corredor eu ficava prestando atenção, mas, em um descuidado meu ele rapidamente me  empurrou contra a parede, no susto eu voltei a aparencia normal e vi ele com um olhar de vitoria, e tristesa, logo depois ele me levantou um pouco, pois eu era muito menor.

-Katherrine!!! oque você estava fazendo !?!?- ele perguntou para min, conserteza com raiva 

-Em primeiro lugar é Katherine, com um r. E em segundo... e-eu... eu não tinha nada para fazer!

-Enventa uma desculpa melhor -ele me soltou no chão

-Achei que nunca iria perceber que era eu...

-não tente se livrar mudando de assunto, agora me responda: você está junto com aquele tal de Ryan

-Não....

-Não minta parra min Katherrine- ele olhou fundo nos meus olhos- você ainda mente mal desde que fugiu com o tal de Dick e os outros....me deichando sozinho...você erra a minha única amiga, agorra vai me larga denovo? 

não acretitava que ele disse isso, estava pronto para brigar com ele mas quando vi que seus olhos estavam lacrimejando, mesmo assim ele continuava com a feiçã nula, não sabia se estava triste ou com medo mas quando retomei meus sentidos ele já tinha ido embora. Depois disso o treino de hoje foi canselado, decidi que acharia Lenam para me desculpar, porque se ele falasse sobre min para alguém eu estaria ferrada. Eu ia saindo mas Ryan e Isa não deicharam, fazendo varias perguntas para min, como oque tinha acontecido, mas claro que eu não respondia essa. 

!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!

depois de tudo isso, Ryan desidiu nos reunir na casa da Isa. Enquanto ele ia chamar Ana, eu e a Isa ficavamos conversando 

-posso te fazer uma pergunta, ou melhor, duas ?- ela perguntou para min.

-sim 

-eh....quantos anos você tem ?

-vinte e três, Lenam é dois anos mais velho- sussurrei a ultima parte 

-a sim..... você já conhecia esse tal professor de "historria" ?-ela falou tentando, eu acho, que imitar ele, oque que fez eu dar uma risada.

-sim, ele era meu amigo, uns dos melhores. Como ele era "filho" da diretora consiguia sempre me tirar de todas as encrencas.....como no dia que tentamos roubar a cantina- depois que falei isso dei uma risada ao relembrar daquela época- mas hoje, hoje ele estava diferente.....

senti quase uma lagrima sair quando Ryan e Ana chegaram todo alegres conversando, olhei para Isa, e no olhar dela tinha um pouco de ciúmes, dei outra risada

Lenam

já era meia noite quando meu relógio tocou, eu dormia tarde e acordava cedo. Estava assistindo pela décima vez "alien: convenant" (sim, isso será relevante, principalmente para o "final" ), me levantei, desligando a televisão, e logo depois arrumando um pouco de minha gravata. Era a hora de visitar a diretora ou melhor a "mamãe"

¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡!¡

abri a porta e o quarto estava escuro como sempre, só por causa da luz da lua que invadia pelas janelas que era visivel algumas coisas. me sentei na cama do lado dos pés da mulher, que agora , precisa de um homem de vinte e cinco para lhe trazer suas refeições, como café da manhã e até o jantar.

-Como foi hoje?- ela me perguntou, se sentando melhor na cama

-Foi.... produtivo.- respondi, enquanto colocava minha mão em cima dos lençois que cobria suas pernas

-Você achou algo de deferente?

-Sim, uma "co-autorra"- quase não consegui falar isso, segurei um pouco forte os lençois

-Quem ?

nessa mesma hora eu apertei mais os lençois que segurava, não podia entregar Katherine assim.  Era para ser facil, falava o nome dela, pegavam ela, terminaria tudo isso, mas logo depois a.... matariam, não podia deichar isso acontecer. Me levantei pronto para ir embora, mas não consegui dar um passo sequer, quando "mamãe" me chamou.

-Lenam? oque foi?- depois que ela falou isso me virei, meus olhos lacrimejaram- oque, lagrimas? não achei que seria ingênuo a esse ponto.

virei as costas para ela

-sem falhas- sussurrei, enquanto andava para sair daquele lugar quase completamente escuro

Primeira falha 


Notas Finais


Quem ganha
França ou Croácia ?
Não ira aparecer nenhum alien no final, se acalme
Desculpa pelos erros


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...