História Frerard - Lie To Me - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias My Chemical Romance
Personagens Bob Bryar, Frank Iero, Gerard Way, Matt Pelissier, Mikey Way, Personagens Originais, Ray Toro
Visualizações 18
Palavras 1.255
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olaaaaaáaaa 😁

Sei que querem que isso aqui continue e MUITO OBRIGADA! Sério! Fico feliz pelos comentários e espero que realmente curtam essa fic..

O kaaay

Fiquem com o cap.

Capítulo 2 - Salvation?


Fanfic / Fanfiction Frerard - Lie To Me - Capítulo 2 - Salvation?

Ao chegar em casa  simplesmente se deita em sua cama e começa a pensar alto.

-Ja tinha beijado-o tantas vezes.. O problema foi a minha intenção com esse beijo, ele viu que eu estou apaixonado e não quer nada comigo.. E agora.. Ele deve estar muito cheteado...- (diz arrependido, mas depois de uns segundos muda de idéia)

-Quer saber? Não há nada de errado em amá-lo, se ele também me ama nós temos que dar um jeito de tudo isso dar certo! O problema é fazer ele entender...-

(Escondeu o rosto no travesseiro voltando a chorar)

-E.. e-se ele realmente ama a Lyn-z eu...não tenho nada, nada que eu possa fazer. (Da algumas soluçadas ao acabar a frase)

*Celular começa a vibrar*

Frank não hesita em atender, secando as lágrimas rápidamente, claro que ele esperava que fosse Gerard, mas não era, era Jamia...

-Frank?-

-Oi.- (Diz desanimado)

-Está tudo bem??- (Estranha a voz de Frank)

-Tá, claro..- (da uma risadinha tentando convencê-la)

-Okay, uhm.. Vou trabalhar longe hoje então.. só posso voltar daqui três dias..-

-Okay.. Eu precisava falar com você.- (adimite, mas Jamia parecia estar sem tempo)

-Acho melhor conversármos quando eu voltar, preciso ir..- (ela apressa as falas)

-Ta bom.. Tchau.-

-Tchau, se cuida.-

Agora Frank se sentia magoado pois estava enganando-a, estando com ela estava enganando-a, e como reverter isso? Gerard não estava nem um pouco afim de tentar ao que era visível.

Então Frank ficou lá, olhando seus contatos, percebeu que não falava com Bob há um tempo, por conta de sua saída da banda eles começaram a se afastar.. Mas talvez Frank precisasse conversar, Então ligou.

Demorou mas por incrível que pareça, Bob atendeu.

-FRANK???- (claro que Bob estava surpreso)

-Oi Bob.- (formou-se um gracioso sorrisinho em Frank, como de quem não fala com um amigo à um bom tempo)

-Frank, o que te fez ligar pra mim? Achei que nunca mais ligaria.-

-Oh, Bob eu realmente precisava conversar e ninguém melhor que você para me ouvir.-

-ownti- Bob diz fazendo Frank rir.

-Então, sabe o Gerard?- Frank volta a ficar sério ao começar.

-Não conheço não, por que?- (Brinca Bob)

-Para! É sério!- (novamente não segura o riso mas tenta prosseguir)

-Eu gosto dele Bob.-

-É claro, eu pelomenos não iria aguentar estar em uma banda na qual não gosto do 'principal'-

-Não é isso... Eu gosto muito dele, eu.. o amo..- (a parte do 'amo' Frank acabou por sussurrar pois estava com vergonha)

-VOCÊ O QUÊ?-

-EU O AMO E ELE NÃO QUER NADA COMIGO, PORQUE SOMOS DOIS CARAS COMPROMETIDOS!!- (Diz de uma vez fazendo Bob tar um pulo)

-Frank.. O que você fez?- (Bob ja lhe conhecia)

-Nada que eu já não tivesse feito.- (Não era mentira)

-Talvez ele só esteja confuso.., MAS FRANK, então.. Por que está com Jamia?-

-Ela sempre soube me ajudar nas minhas piores horas, estamos juntos há bastante tempo, quer mais?-

-E pode ser que ela signifique mais como uma amiga Frank, você e Gerard nem tentaram direito...- (Bob fala baixo, não queria se meter tanto assim na vida de Frank)

-Bob, você tem razão.. Eu teria que falar com ela mas não sei se vou ter uma chance de "tentar" em relação ao Gerard. Eu estou muito bem com Jamia, e a amo. Mas não.. é a mesma coisa.. ahhh. Gostaria que tudo que sentisse por Gerard sumisse.-

-Calma Frank.. Você quer que eu fale com o Gerard e tente fazer algo?-

-NAAAO, sabe como ele é, não vai dar certo, você vai acabar piorando tudo..Afinal ele não iria querer falar com você...-

-Tudo bem... Mas me conta essa história direito-

-Vem para a minha casa que eu te conto tudo!- (Frank falou confiante, finalmente estava mais calmo e procurava raciocinar)

-Okay.-

                        ^ * 🕛 *^

Frank estava dormindo e acordou em um pulo quando tocaram em sua campainha.
Frank se levantou e logo correu até a porta e olhou no olho mágico, claro que era Bob, Frank abriu com um grande sorriso no rosto.

-BOB!!- (abraçou-o mas Bob permanecia imóvel, maldito..)

-OKAY AGORA CONTA!-

Frank puxou Bob pelo braço começando a falar enquando fechava a porta.

-Eu chamei Gerard para ir na starbucks e falar toda a verdade. Então eu não parava de vidrá-lo, foi quando eu chamei ele de Gee e... DEPOIS EU ACABEI BEIJANDO ELE.-

-IIIIIIh eu lembro disso.. Foi quando vocês se beijaram depois da turnê e quase começaram a se pegar no meio de nós- (Bob começou a rir)

-É uma pena eu ter levado isso tão a sério..- (sentou-se em sua cama lamentando-se)

-Ah, qual é..- (senta ao seu lado)

-Ele ficou te olhando também?- (sorriu malicioso)

-Sim.. Mas não acho que isso signifique alguma coisa, ja que quando tomei atitude ele simplesmente fugiu..-

-Oh..-

-Ele tinha falado que aquilo estava errado mas eu insisti e acabei atacando ele..-

-Ah, Frank, não é ataque quando ambos gostam.- (apesar de ainda estar sendo um tanto brincalhão ele estava falando bem sério)

-Então com certeza foi um ataque.-

           (Silêncio)

-ATÉ PARECE!-

-QUE??- (Frank leva um susto)

-UMA VEZ GERARD DISSE PRA MIM ALGO QUE EU NUNCA ESQUECI.. ELE DISSE QUE SEMPRE ESTARIA DISPONÍVEL PARA VOCÊ!-

-Bob.. você sabe que ele tava brincando.-

-ESSA VERSÃO ELE INVENTOU PARA VOCÊ NÃO SABER QUE ELE ESTAVA INTERESSADO, ISSO É LÓGICO.-

-Deixa de bobagem..-

-Você me chamou para te ajudar, né?-

-Sim..-

-Pois então..-

-LIGA PRA ELE!-

-Não acho que seja uma boa idéia..-

-ENTÃO VA NA CASA DELE!-

-TA LOUCO???-

-Poxa Frank, eu já não te conheço..- (Bob estava apelando)

Frank olha para Bob quase mudando de idéia.

-Cadê aquele Frank espontâneo e sentimental?? Se você o ama AGARRE-O! Não fique aí se lamentando por algo que você pode mudar!!- 

-TA! eu vou..-

Bob simplesmente concordou com a cabeça ao ver Frank sair  e logo depois dirigiu-se para acompanhar o mesmo.

Frank saiu juntamente com Bob e eles entraram no carro, Frank no volante. Não queria causar briga mas realmente precisava tomar uma atitude..

-Bob! Você fica no carro.-

Apenas concordou com a cabeça novamente. Frank  fechou a porta do carro se sentindo trêmulo ao subir as escadinhas baixas que levavam até a porta de Gerard.

Então, com as mãos trêmulas, ele aperta a campainha. A figura 'ruiva' abre a porta com os olhos arregalados e seu rosto estava vermelho, seus olhos estavam vermelhos! Frank sabia o que era isso e ao ver o rosto do amigo daquela forma, mudou seu foco completamente.

-Eu só passei.. pra te pedir perdão.-

Frank desviou o olhar para o chão, então foi surpreendido por um abraço apertado do 'amigo' que denunciou-se do que ja estava claro (começou a chorar), Frank quase chorava junto.

Ao que parecia ser um simples abraço, Gerard separou seus corpos e direcionou uma de suas mãos para o rosto de Frank que fechara os olhos com a carícia, Gerard segurou seu queixo e foi como um tiro, Frank não fazia idéia de que era essa a intenção até Gerard juntar seu queixo com o dele selando seus lábios. Depois do beijo Gerard nem mesmo olhou para Frank, virou as costas e saiu. Simples assim.
Pode se dizer que Frank não ganhou praticamente nada, mas aquilo para ele soava finalmente como um 'também te amo'. Agora eram exatas 19hs, Gerard ainda estaria chorando? Afinal tudo acontecera horas antes.. (Apesar que para Frank foi praticamente assim)

*ele me beijou* (sussurrou sorrindo para Bob pela janelinha do carro)

-sabia que ele não iria resistir aos seus encantos!- (Frank riu baixinho)

Estava realmente feliz mas sabia que ainda tinha muito pela frente, se Gerard não falou nada, significa que ele ainda está com medo, com medo de falar a verdade. Abriu a porta do carro e abraçou o loiro.

-Obrigado-

-De nada Frank, você sempre vai ser como um irmão para mim..- (deu tapinhas nas costas do amigo e deixou-o novamente assumir o volante.)

Frank por fim levou o amigo até sua casa e enfim tomou partida para a própria, se largando em sua cama novamente.


Notas Finais


Yeeeaaaaaa

O que acharam? XD

Bob mesmo tendo sido chutado continua um amigo fiel.. Bob ainda vai aparecer mais algumas vezes nessa fic, só para constar :D

E é isso...

Até!^^^^^^^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...