1. Spirit Fanfics >
  2. Frères ( jimin centric) >
  3. Cap2

História Frères ( jimin centric) - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


📌 perdão, aos erros ortográficos

Capítulo 2 - Cap2


Fanfic / Fanfiction Frères ( jimin centric) - Capítulo 2 - Cap2

          {Park jimin}



Eu estava desenhando, na pequena mesinha do meu quarto perto da janela que me dava a vista do jardim de casa. Minha concentração acabou quando escutei uma voz chorosa me chamado, respirei fundo parando de desenhar e me virando vendo de novo que você tinha se ralado. "Seu desastrado" é incrível o jeito que você tira minha paciência tão rápida, eu te odeio. Você é muito sensível e chora fácil, isso me irrita, às vezes eu queria que você não existisse e que Deus tirasse essa idéia da sua cabeça de ser isso, você não é Gay.


Tente gostar de garotas, seja normal pare de tentar ser um anormal, é nojento e todos vão sentir nojo de você…….


 Me desculpa, eu fiz você chorar de novo



               {Dias atuais}

   


 Suspirei, eu tinha conseguido entregar a pesquisa a tempo, devo graças a tudo a professora de língua portuguesa que pediu um favor para o professor de filosofia e assim dando o tempinho que eu precisava para finalizar



Após, eu sair da sala senti alguém me abraçando de lado, sorri ao ouvir a voz imitar o personagem Luffy


__ sinceramente, você não cansa de ficar imitando ele todos os dias? 


Kim taehyung __ Park, imitar o Luffy é nescessário, igual ao oxigênio que eu respiro __ deu um sorriso, me fazendo revirar os olhos. Ele é estranho __ eu sei que você gosta das minhas imitações.


__  você é estranho.


Kim taehyung __ e esse estranho é seu amigo e você gosta dele do jeitinho que ele é. __ tá isso é verdade __ vamos pra uma lanchonete? Eu estou faminto.


__ não estou com fome.


Kim taehyung __ você não, mas, eu estou e seja um bom amigo me fazendo companhia. 


__ okay, tudo bem. __ eu sabia que ele iria insistir se eu dissesse não.



Estávamos andando na rua, o castanho parou por um momento, tirando o celular do bolso e colocando um fone e me dando o outro lado para escutar, estava tudo bem, a playlist do taehyung se resume em músicas de abertura de anime e j rock. Eu começei com um tempo a me acustumar com o gosto musical dele e o jeito otaku.


__ essa é diferente __ murmurei, ouvindo a melodia do piano…….. interessante.


Kim Taehyung __ Jimin! Você tá bem? __ olhei em volta e vi que eu estava em uma sala, na casa do mais novo


__ como que eu vim parar aqui? __ vi o seblante confuso do outro, que acabou rindoe deixando ainda mais frustrado.


Kim Taehyung __ com às sua pernas? __ brincou __ você não falou nada o caminho todo e depois da lanchonete, eu te convidei pra vim pra cá e você aceitou. Eu tô preocupado está acontecendo alguma coisa você? __ falou se sentando ao me lado e se aproximando.


__ não, não aconteceu. __ suspirei, tentando me afastar um pouquinho já que ele estava um pouco perto de mais __ eu tô bem.


Taehyung __ okay, mas você sabe que pode confiar em mim, né? 


__  acho que sim __ acabei rindo com a cara de ofendido do outro __ tá, eu confio em você.


Kim Taehyung __  acho bom.


 

            

                [ ஜ۩۞۩ஜஜ۩۞۩ஜ]




um menino de cabelos negros uma vez perguntou para um outro menino, este que tinha os cabelos castanhos "se Deus existe, porque ele deixa pessoas morrerem todos os dias?" 


O menino ficou pensantivo com a pergunta deo outro e lembrou das palavras da mãe. "Pecadores, merecem morrer" soltou sem querer para o menino que ficou calado por alguns minutos olhando para o amigo, sem saber o que dizer, apenas, foi embora deixando o outro sozinho


Estava claro que a amizade dos dois nunca iria dá certo e foi isso que aconteceu.

um deles já não aguentava uma vida que lhe prendia de ser quem realmente era.


Um se libertou e o outro ainda continuava preso na caixinha de portas jóias e ainda ninguém consiguiu o tirar de lá



               [ ஜ۩۞۩ஜஜ۩۞۩ஜ]




Taehyung __ eu vou te deixar em casa __ rapidamente, dei um tapinha em seu braço, eu sabia o que ele iria fazer  __ seu agressivo! __ estreitou os olhos formando um bico nos lábios


__ você ia me dá um beijo na bochecha? __ o outro revirou os olhos e isso foi uma confirmação pra mim. na verdade, eu odeio qualquer ser humano tocando no meu rosto __ eu não gosto dessas coisas, taehyung.


Taehyung __ você é muito chato jimin! __ cruzou os braços __ é só demonstração de carinho e não têm ninguém nos olhando se o senhor quer saber.


Teve um dia que eu e o taehyung, estávamos no parque conversando, do nada o sem noção me deu um beijo no meu rosto, quando isso aconteceu eu dei um soco na barriga dele, eu queria o matar. Provavelmente, alguém da minha igreja viria aquilo e começaria um falatório e ei estava certo e aconteceu


Eu prometi que eu nunca iria falar com esse otaku de novo na minha vida, só que com tantos pedidos de desculpas e pedrinhas jogadas na janela da minha casa sempre pedindo perdão, acabei cedendo e aceitei a voltar a falar com ele.


__ eu não quero esse tipo de demostração de carinho, entenda. 


Taehyung __ tudo bem, jimin __ me olhou e abriu um sorrisinho __ eu não vou mais te contaminar 


__ para de ser dramático, taehyung!


Taehyung __ é sério. Perdão, eu vou tentar parar de tocar em você


Suspirei, me levantando e indo embora. Eu não sou obrigado a ficar ouvindo o drama dele, eu já disse várias vezes que não fico confortável com esses "atos de carinho" e ele sempre faz errado.



Cheguei e vi que jin estava no sofá assistindo alguma série na tv como de costume. O loiro me olhou com um olhar julgador e antes de eu me virar de costas e subir para o quarto o escutei dizendo "brigou com o seu amigo de novo" o ignorei, entrando no meu quarto e me jogando na cama  


__ eu estou errado, Deus? __ eu sempre me pergunto isso.




          {06:00 horas da manhã}



Não precisei hoje de nenhum despertador e nem de um jin me chamando. Simplesmente, eu não consegui dormir, eu continuei pensando na minha briga com taehyung e principalmente com aquela melodia que não sai da minha cabeça, eu queria me lembrar de onde eu havia escutado aquela música antes.



Ao terminar de cozinhar arrumei a mesa, me virei vendo o loiro com os olhos pequenos por ter acabado de acordar 


Kim seokjin __ se alguém me dissesse eu não acreditaria __ falou me olhando de cima a baixo __ acordou cedo, Park jimin.


__ Bom dia pra você também, seokjin. Eu fiz seu café


Kim seokjin __ não lhe pedi nada __ respondeu seco. Ele sempre fica de mal humor de manhã __ desculpa, eu não consegui dormir direito.


__ você também? Insônia?


Kim seokjin __ não, eu fiquei a noite inteira vendo um série  e isso me deixou puto. Eu deveria ter dormido e não ter visto aquela merda  __ acabei rindo pelo o palavreado do outro. 


__ por qual motivo? 


Kim seokjin __ a série era boa na primeira temporada, só que na terceira ficou uma merda e ainda continuei assistindo pra vê se melhorava.


__ e melhorou?


Kim seokjin __ não, a cada episódio só piora. __ disse pegando pegando um garfo e pegando um pouco do bacon.


__ que foi?  __ perguntei vendo o outro fazer um careta e logo arregalar os olhos e rindo 


Kim seokjin __ eu pensava que iria sair queimado, mas, por incrível que pareça está bom, park jimin


__ me elogiando, nossa que honra e ……..



            "me perdoa, por favor"



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...