História Friends - L3ddy - Capítulo 38


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lucas "Luba" Feuerschütte, Lucas "T3ddy" Olioti
Personagens Lucas "LubaTV", Lucas Olioti
Visualizações 332
Palavras 1.140
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Queria só deixar explicado que o meu sumiço foi porque estava viajando com algumas amigas e não tive tempo de deixar nenhum capítulo pronto antes disso. Mas voltei na sexta e escrevi alguns capítulos que serão utilizados só mais tarde, hehehe. Enfim, sinto muito pela demora - como sempre - e boa leitura 💕 PS: Muito, muito, muito obrigada por mais de 7.000 leituras!!! Isso me deixa tão feeelliiiizzz e orgulhosa neoemodkeoekeoek Amo vcs ❤❤❤❤❤❤❤❤

Capítulo 38 - De novo...


T3ddy On

As malas finalmente foram desfeitas. Ok que algumas coisas do Luba continuaram na mala porque não tinha espaço suficiente no meu guarda roupa, mas mesmo assim...

Alex apenas arqueou uma das sobrancelhas e soltou uma risada baixa assim que viu eu e Luba entrando pela porta do apartamento. (Sim, o Lucas vai continuar morando com o Alex na fic)

Enquanto Luba tomava banho eu fiquei na sala assistindo um filme qualquer que passava na televisão.

"E aí?" - Alex pergunta se sentando ao meu lado.

Tiro os olhos da tv e observo Alex ao meu lado.

"E ai o que?" - Pergunto meio que me fazendo de desentendido, porque já tinha alguma ideia do que ele iria falar.

"Não tem nada pra me falar?" - Ele arqueia uma sobrancelha.

"Obrigado..." - Digo baixo. - "Saben por ter me feito correr atrás dele... Valeu a pena" - mordo o lábio.

"Por nada" - Alex sorri. - "Nada mais?"

Fico um tempo pensando.

O Alex meio que já sabe que eu gosto do Luba e não é só no sentido de "amizade", ou seja, não faz muito sentido ficar escondendo isso dele.

"Conto tudo que aconteceu mais tarde... Depois da festa, ok?" - Sorrio e Alex concorda com a cabeça. - "Inclusive, você vem para a festa com a gente?" 

"Hummm, não. Eu meio que ja tinha combinado de ir para a casa de uma outra pessoa..." - Arqueio uma sobrancelha e ele sorri

"Ok então. Boa sorte lá"

...

"JÁ FAZEM OITENTA E QUATRO ANOS" - Luba grita da sala enquanto eu ainda estou me arrumandk no quarto.

"Nossa, cade a sua paciência?" - Pergunto entre risos quando saio do quarto e vou para a sala, encontrando Luba jogado no sofá enquanto mexe no celular.

"Ah, acho que ela sumiu durante essa uma hora e quinze minutos que eu fiquei esperando você terminar de se arrumar." - Ele diz largando o celular e vindo até mim. - "Pelo menos a demora valeu a pena, você tá mais lindo do que o normal." - Ele sorri e eu faço o mesmo.

"Você também" - O puxo para mais perto de mim e dou um selinho nele.

"Eu sei. Eu sou maravilhoso. Eu estou sempre maravilhoso." - Luba fala assim que corta o selinho.

"Muito modesto você" - Rio baixo. Desço minhas mãos para a cintura dele e aperto o local de leve.

"Sempre" - Ele ri junto comigo e volta a juntar nossos lábios, porém dessa vez em um beijo calmo e demorado que eu correspondo.

Nos separamos por falta de ar e ficamos nos observando por mais um tempo enquanto sorrimos como dois idiotas.

"Vamos?" - Pergunto e Luba concorda lentamente com a cabeça. 

Caminho em direção à porta do apartamento enquanto seguro a mão de Luba e saímos do mesmo logo depois...


...

Assim que saio do carro abro a porta do passageiro para Luba. 

Vou andando ao lado dele enquanto falamos sobre alguma coisa qualquer. Sinto Luba pegando minha mão e olho para ele. Vejo um pequeno sorriso em seus lábios que correspondo. Entrelaço nossos dedos e beijo a bochecha dele.

Continuamos caminhando normalmente até chegarmos perto da entrada do local onde aconteceria a festa.

Paro antes de entrar no salão de festas ou o seja lá o que for aqui e fico pensando por um tempo.

"Muita gente conhecida... Pode ser que eles nem liguem, mas e se alguem desconfiar? E se eu tentar mentir sobre mas ninguém acreditar... Não quero ter que revelar que estou namorando com o Luba agora..." Penso comigo mesmo.

Acabo por soltar a mão de Luba bruscamente antes de entrar no salão de festas e ir andando rápido sem olhar para trás e dar alguma explicação sobre.

Me arrependo assim que lembro da nossa conversa e do que tinha acontecido no aeroporto anteontem...


Flashback On

"Você vai primeiro e eu vou atrás de você em vinte minutos, ok?"

"Sabe que a gente pode andar um do lado do outro normalmente, né? A gente pode estar se agarrando, um chamando o outro de amor e dizer que é brincadeira que eles não vão acreditar e vão continuar shippando a gente como um casal..."

"Acho melhor cada um entrar por uma porta..."

"Entrando juntos ou separados eles não vão parar de achar que temos alguma coisa..."

"Mas..."

"Olha só, pode parar com isso, T3ddy. Você já sabe como eu me sinto quando você fica com essas coisas..."

Flashback Off 

Sim, eu sei que o Luba fica chateado. Sim, eu sei como ele se sente. E sim, eu sei que já falamos sobre isso e mesmo assim eu continuo agindo do mesmo jeito...

Eu deveria escutar mais ele. Eu deveria ter contado para ele o que me icomoda e me deixa com tanto medo no dia que tivemos aquela conversa.

Eu deveria parar de agir como um idiota que não liga para os sentimentos dele...




Luba On

Ele estava segurando a minha mão. Isso não significava quase nada para as pessoas ou até quem sabe para ele mesml, mas para mim sim

Para mim significava que ele não tinha medo de mostrar que estava comigo, que me amava. Também significava que ele não se importava com o que achavam de nós dois.

Por mais que nossos amigos provavelmente não fossem desconfiar de nada, já que brincamos de ser um casal até mesmo quando estamos com eles.

Eu estava feliz. Por mais que fosse uma coisa totalmente idiota eu fiquei extremamente feliz por causa do que significou oara mim.

Mas ai ele soltou minha mão. Ele entrou sem mim rapidamente. Não olhou na minha cara. De novo.

Isso vai continuar até quando? Já é a segunda vez. Já disse para não fazer isso. Já te disso o quanto isso machuca.

Você não se importa mesmo? Não liga para o que eu sinto? Sei que combinamos de manter o nosso amor em segredo, mas você fica me dando algumas esperanças falsas. Eu me engano achando que mudou de ideia e não tem medo de mostrar para nossos amigos que estamos namorando quando pega em minha mão...Eu vejo significado demais nas coisas quando na verdade eles não existem?

Eu quero dizer para todos que eu te amo, mas aparentemente você quer esconder isso para o resto de nossos dias...

Por que parece que você age de um jeito quando está só comigo mas se torna outra pessoa na frente dos outros?

Você não deveria se importar um pouco mais com os meus sentimentos?

Você quer mesmo me machucar?

Você tem mesmo vergonha de mim?

Eu estou cansado de fingir que coisas como essas vindas de você não me machucam... Estou xansado de fingir que não me importo e que está tudo bem para mim...

E eu já estou começando a me cansar de dizer que somos apenas amigos para todos...

Amigos dormem em camas separadas

Amigos não me tratam como você me trata

E eu sei que existe um limite para tudo 

Mas meus amigos não me amam como você...


Notas Finais


Se não for pra fazer merda nas minhas fanfics o T3ddy nem tá nelas, brincadeira. Enfim, até onde acham que o egoísmo do T3ddy vai? Opiniões sobre o capítulo?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...