História Friends - Now United - Noart - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


Pessoal, do primeiro capítulo até aqui, eu estou escrevendo a infância da Sina, tipo um flashback, ok? Quando o Flashback acabar eu vou avisar vcs!
E só pra lembrar :
- O foco da Fanfic é Noart, mas vai ter Beauany, Maliwal e outros...
E talvez eu mude o título da Fanfic!
Muito obrigada pelas 700 visualizações!!!!! :)

Boa Leitura! 😙

Capítulo 7 - Infelizmente... - O.D.


Por Sina Deinert : 

- Acordei às 8h da manhã, Demorei pegar no sono, fiquei pensando no que que a Mi iria falar comigo, será que alguma coisa da minha mãe? Alguma coisa do meu pai? Fiquei nessa dúvida por um tempo e só depois eu consegui dormir. 

Vou para o banheiro, faço minhas higienes, troco de roupa ( hoje era sábado, e não tinha aula), coloco uma meia, porque eu gosto de ficar de meia em casa ( autora : isso é muito, muito, muito, mais muito, muito confortável ), e vou até a cozinha para tomar o café da manhã, até que ouço a campainha tocar 

Eu : quer que eu atenda? 

Mi : Não precisa. Heyoon, sobe pro quarto e fica lá, e Sina, essa visita é pra você - Ela fala isso é vai até a porta para atender a pessoa

Eu : Pai! - vou correndo até ele para lhe dar um abraço, que saudade Eu tava dele! 

Eu : O que aconteceu com a mamãe? 

Pai : Era exatamente isso que eu queria falar com você! - ele fala quase chorando 

Eu : pode falar pai! 

Pai : A sua mãe infelizmente.... 

- eu começo a chorar e volto a abraçar o meu pai, fiquei ali por muito tempo, a Mi pegou uma água com açúcar pra mim, me acalmei um pouco mas não me conformei ainda, como pode, eu apenas tenho 9 anos. 

- Meu pai me explicou tudo, ele disse que ela  estava com depressão, e sabe aquele ataque que ela teve, então, ela já estava no auge da depressão, e ela nunca demonstrou pra gente essa depressão. Depois daquele ataque que ela teve, ela foi levada para o hospital, só que nesse meio tempo que eu fui na recepção, expliquei o que estava acontecendo, e tals, ela já tinha se matado... 

Pai : eu sei que não é hora de falar disso mas, eu infelizmente não tenho muito tempo para cuidar da Sininho, então Mi, Meio que se você quisesse, eu te pagaria muito dinheiro pra cuidar da Sina! 

Mi : Dinheiro pra mim é o que menos importa. O que importa mesmo é a menina. Eu poderia aceitar, mas eu tenho o outro emprego, como eu faria? 

Pai : Se você quiser você pode largar o outro emprego, eu te pagaria 3 vezes mais! 

Mi : Eu vou pensar um pouco sobre isso, te dou a resposta antes de você ir embora! - Ela fala deixando eu e meu pai sozinhos na sala

Pai : Filha, eu acho melhor você não ir no enterro! 

Eu : Apesar de querer ver minha mãe pela última vez, eu não quero ver ela nesse estado! 

Pai : Que bom que você compreende - Ele fala pegando alguma coisa de sua maleta - Filha, isso aqui é um diário, uma pequena lembrancinha pra você escrever o que você quiser, eu sei que esse não é o melhor momento da sua vida pra te dar presentes, mas eu quis te fazer um agrado, e tem esse outro diário é para a filha da Mi! - Ela fala com um sorriso simples

Eu : Obrigada Pai! Eu te amo muito! 

Pai : Eu também te amo filha, E a partir de agora a gente vai se ver todo final de semana! 

- E solto um sorriso simples, porque não dá pra soltar um sorriso de orelha a orelha nessa situação 

Pai : Filha, eu tenho que ir agora, mas semana que vem a gente se vê de novo ok? 

Eu : Ok! Tchau pai! 

Pai : Tchau filha! - Ele fala fechando a porta e indo embora

- Subo para o quarto e fico lá conversando sobre isso com a Heyoon


 Por Kyung Mi : 


- O pai da Sina me fez uma proposta muito Boa, eu acho que devo aceitar, quer saber, não custa nada arriscar! 

- Avisto o pai da Sina saindo ( Eu estava no quintal)

Eu : Otto! - vou até ele

Otto : Pensou no que eu te disse? 

Eu : Sim, eu aceito! 

Otto : Que bom, Na sexta vou vim aqui buscar a Sina, para um passeio, ai eu trago o contrato pra você! Ok? 

Eu : Ok, tchau! 

Otto : Tchau! 

- Entro para dentro de casa e vou ligar para o meu antigo trabalho... 

Por Sina Deinert : 

 - Subo para o quarto, Heyoon estava sentada na cama lendo um livro. 

Vou correndo até minha cama e começo a chorar novamente, A Heyoon vem até a mim, me abraça, eu explico pra ela tudo o que aconteceu. Depois de mais ou menos, 1h eu paro de chorar ( Sim, ela chorou até não querer mais), mas ainda estou muito abalada com toda essa situação, não é fácil pra mim. Resolvi tomar um banho pra ver se eu me acalmava um pouco, até que acalmou, eu deixei o diário da Heyoon em cima da cama dela porque eu tinha esquecido de dar antes. Eu resolvi escrever algumas coisas no meu diário... 





Continua?                    


Notas Finais


Espero que tenham gostado! 💛


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...