História Friends from childhood to youth - Sasodei - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Tags Amor Platonico, Drama, Hentai, Itadei, Lemon, Magoas, Mentiras, Naruto, Revelaçoes, Romance, Sasodei, Verdades, Yaoi
Visualizações 63
Palavras 1.172
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Lemon, Luta, Romance e Novela, Terror e Horror, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpem pela demora, mas é que minha prima (Deymei-Akasuna) veio me visitar, e ela fico hospedada aqui por uma semana, mesmo que ela também poste algo como Sasodei e lemons, eu não gosto de escrever quando meus primos estão aqui. Me sinto envergonhada, então nem encostei no PC. Mas agora tentarei atualizar as duas fic ok?

Capítulo 4 - Capítulo 3 - Acampamento (Pt2)


Fanfic / Fanfiction Friends from childhood to youth - Sasodei - Capítulo 4 - Capítulo 3 - Acampamento (Pt2)

Acampamento 2

No ônibus 

- Deidara, Deidara, aqui! -- gritou o ruivo para que o louro se sentasse ao seu lado.

- Desculpe...não posso... -- ele falou sem nenhuma expressão, mais o tom em sua voz era reconhecido como o tom de tristeza. Sasori se assustou com a atitude do amigo, ontem mesmo estava tão juntos...

Apôs o ato ter acontecido a fila para a turma deles entrarem no ônibus foi acabando, e depois de acabar estranhou o diretor e a professora subirem no ônibus e ficarem em pé observando todos.

- Alunos, hoje vocês terão alguém especial. Um aluno bônus para acompanhar todos até o acampamento acabar. -- disse o diretor com um sorriso falso de quem estava pensando é em grana.

O diretor e a professora foram para o lado dando passagem para um moreno de longos cabelos passar com cabeça abaixada. Sasori reconheceu, e não pode deixar de rosnar. O garoto levanta a cabeça, era Itachi, ele ouve lá no fundo alguém também a rosnar.

- Esse é Itachi Uchiha, e ele será o nosso garoto bônus. -- disse o diretor empurrando Itachi mas para perto de todos deixando Sasori mais irritado ainda. - Sakura, nada de celulares! -- o diretor confiscou o celular de Sakura que estava a tirar fotos do moreno. O diretor por fim saiu e a professora se sentou perto do motorista.

Itachi pediu para uma das meninas para que saíssem do lado de Deidara, e é claro que a menina saiu com boa vontade.

- Eu te odeio...! -- Sasori olhou para o dono da voz que reconhecia e viu o loiro emburrado com o moreno, ficou chocado com tudo, e irritado, muito, muito irritado.

Mais ao lado, viu Sakura choramingar e Karin a consolar a amiga.

- Meu celular....a-as fotos....não eu as perdi.... -- Sakura chorava, e chorava, Karin colocou uma mão no ombro da amiga.

- Calma amiga, eu tenho tudo sobre controle, hehe -- diz Karin confiante.

- E como vai botar seu plano em prática? Atacaria o diretor enquanto eu buscava meu celular? -- Sakura fez uma cara de Gato-de-botas, um olhar grande,fofo e com um universo estrelado em seus olhos.

- Não bobinha, eu te empresto o meu hehe. -- a ruiva sorriu tirando o eletrônico de dentro do sutiã.

A  rosada roubou o celular da mão da ruiva e se virou para trás,começou a tirar fotos do moreno, mais parou ao ver o moreno abraçando o loiro, isso a deixou irritada. Ela se virou e voltou a se sentar com uma cara emburrada.

- Que foi Saky? -- Karin chamou Sakura por seu apelido.

- Nada não Karin. -- mas Sakura não retribuiu o carinho, então Karin podia ter certeza que algo a irritava.

- A para de mentir. -- a ruiva disse e percebeu que a rosada ia desabafar, então tratou de ouvir bem o que a rosada ia dizer.

- Aff, aquele loiro! Ele acha que pode abraçar o MEU Itachi-sempai! -- disse ela com uma expressão raivosa.

 Karin olhou para trás, e o que viu foi uma realidade totalmente diferente, o moreno era quem abraçava o loiro que continha uma expressão irritada e emburrada, apesar de eles terem intimidade o suficiente por serem irmãos. As vezes a Sakura não enxergava  a realidade e criava suas fantasias, e assim jogava mentiras na cara dos outros.

Karin, mesmo que nunca pareceu, estava irritadiça com a rosada, como ela pode ser tão tola? Será que a rosada nunca tinha percebido que a ruiva gostada dela? Não era só isso que a  irritava, também as fantasias que a rosada criava e os relacionamentos fantasiosos que a rosada tinha.

Quando Karin saiu de seus devaneios já era tarde demais, Sakura não estava mais ali sentada e emburrada. Olhou acima da poltrona e viu a rosada indo até o fundo pisando duro.

- Ei você! -- gritou a rosada para o loiro que olhou sem aquela expressão emburrada e sim confusa. O moreno observou a rosada.

- E-eu? -- o loiro perguntou.

- Sim, você mesmo! O que acha que está fazendo agarrado ao meu Itachi sempai? -- diz a rosada soltando fogo pelas narinas.

- Olha eu não estava e também, somos irmãos e -- a rosada o interrompeu.

- Não tem esse direito nem essa intimidade! Sua loira oxigenada, tá pensando que é quem? Aposto que deve ser Gay! -- gritou a rosada fazendo todos olharem, para os três do fundo.

- E se eu foi idai? É da sua conta sua piranha intrometida! -- o loiro gritou rosnando em seguido. Todos estavam espantados com a briga verbalmente de ambos, e dentre eles se incluíam Sasori e Itachi.

- HA! não consegue pegar mulher e vai pegar homem, coitadinho -- Sakura debochou do loiro, fazendo com que ele ficasse de pé com uma expressão de um tigre que logo, logo atacaria.

- Eu deveria saber, eu achava você legal, achava você uma garota popular, mais agora, vixê. -- o loiro fez uma pausa rápida. - Mas, agora vejo que não passa de um escrota despeitada e entrometida. Aposto que eu sou melhor do que gente igual você! -- gritou o loiro fazendo a rosada ficar com o sangue fervendo.

- Eu vou te esquartejar todinho seu Gay! -- gritou a rosada partindo pra cima do loiro.

-Então vem sua homofóbica escrota! -- provocou o loiro vendo a rosada se irritar mais.

- BRIGA! BRIGA! BRIGA! BRIGA! -- gritaram os outros alunos, menos Itachi e Sasori que estavam paralisados.

Os dois foram se esmurrarem, mais foram impedidos. Karin e Itachi tinham impedido a briga, sabiam que aquilo só daria merda, e não seria uma briguinha comum.

A rosada viu Itachi segurando o loiro que se debatia muito, e isso a deixou brava.

- Itachi sempai como pode o proteger! Ele não passa de um Gay escroto que não é da sua laia! -- disse a rosada

- Olha aqui, ele é meu irmão, mesmo que seja adotado é um Uchiha, se ele é gay deixa ele qual é o problema? -- perguntou o moreno 

- Eu odeio Gays! -- grita a rosada

- Bom então você me odeia -- o moreno sorri e a rosada se assusta. - Isso mesmo eu sou Gay e dai, não vejo problema algum. 

- M-mas v-você não p-pode! -- diz Sakura, dando gaguejadas - Você é m-meu príncipe encantado! -- diz Sakura mais uma vez gaguejando.

- Ouça querida. -- Itachi chegou perto do ouvido da rosada e sussurrou. - Isso são contos de fadas, e eles não existem. -- ele da um risadinha curta, e a rosada permanece ali com uma dor no coração. 

Todos voltaram ao seus lugares ao ouvir um xingo do motorista e da professora. Sakura estava confusa e se sentiu mal compreendida como um pedaço de lixo, Deidara não estava mais emburrado com Itachi, mais ainda estava com raiva de Sakura, Sasori e Karin estavam pensando no que aconteceria depois...

E pra má sorte deles, não seria nada legal...


Notas Finais


Demorei mais cheguei, Amor Proibido pode demorar um pouco pois essa fic é um pouco mais séria entende?
OBRIGADA A TODOS <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...