História Friends' love (Cellps) - Capítulo 1


Escrita por:

Visualizações 181
Palavras 1.269
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Primeiro capítulo da reescrita de “Amor de amigos” espero que gostem s2

(FAVOR LER AS NOTAS FINAIS!!!)

Boa leitura :3

Capítulo 1 - Internato


Pov.Cellbit


Meu nome é Rafael Lange, me chamem de Cellbit se preferirem, tenho 17 anos de idade, para quem não sabe eu sou loiro dos olhos azuis, moro no Canadá com meus pais e estou prestes a me mudar para um Internato.


Ah quase ia me esquecendo de um pequeno detalhe, eu sou híbrido de raposa e sobre o tal Internato que eu disse antes, bom lá é um Internato de híbridos, vampiros e outros tipos de “seres”, minha mãe achou melhor me matricular nesse Internato para me acostumar com alguém como eu. Não sei se vocês sabem mais minha mãe é humana, isso parece difícil de acreditar mais é verdade, antes da minha mãe engravidar de mim ela era híbrida de raposa assim como eu sou agora, mais quando uma híbrida engravida ela deixa de ser híbrido para sempre, para que o bebê poça nascer. 


~~~~~~


Acordo com meu despertador tocando as 06:15 da manhã, clico no botão desligando-o, levanto da cama e vou até meu banheiro fazer minhas necessidades pessoais, saio do banheiro já arrumado e vou em direção a minha cama pegar meu celular e ver as notificações que avia recebido. Pac tinha mandado um monte de mensagem para mim, entro no WhatsApp e abro a conversa dele.


~WhatsApp on~


Pac *06:20*= Cellbit?


Pac *06:23*= Acorda logo loiro aguado


Pac *06:25*= Cell você vai perder o ônibus!


Eu *06:26*= Calma Pac eu tava tomando banho


Pac *06:28*= Calma nada eu não quero que você se atrase no primeiro dia de aula no Internato


Eu *06:29*= Eu também não quero


Pac *06:30*= Então sai logo de casa e vai no ponto esperar o ônibus!


Eu *06:31*= Ta bom ta bom 


~WhatsApp off~


Desligo meu celular e o guardando no bolso da minha calça jeans, pego minhas malas e saio do quarto, desso as escadas indo até a cozinha onde minha mãe deve estar.


— Mãe? — Digo entrando na cozinha procurando por ela


— Oi meu anjo — Falou minha mãe se virando para mim, ela estava com um pote em uma das mãos e a outra segurava uma colher de madeira, estava preparando um bolo


— A senhora já preparou meu lanche? — Perguntei a ela


— Claro filho, está na mesa pode pegar — Ela disse com um lindo sorriso nos lábios


— Obrigado mãe — Agradeço ela e peguei meu lanche, dei um abraço nela e sai de casa 


Coloquei a toca do moletom que estou usando para tampar minhas orelhas de raposa - já que eu não sabia esconde-las de outra forma - caminhei calmamente até o ponto esperar o ônibus para ir no Internato. Minutos se passam e o ônibus chega, entrei no mesmo avistando vários híbridos, vampiros sentados, olhei para o fundo do ônibus vendo Pac acenando para mim sentar com ele.


— Oi Pac — Dirigi a palavra ao meu amigo


— Oi Cell, ancioso para o primeiro dia de aula? — Perguntou-me 


— Muito! — Digo animado — E você? Também está ancioso?


— Estou mais que ancioso — Pac falou animado assim como eu 


— Será que o Jotinha vai estar lá? — Disse com dúvida


— Eu acho que sim — Deu de ombros e começou a mexer em seu celular


Depois dessa frase do Pac o caminho inteiro foi quieto, não trocamos nenhuma palavra até chegarmos no Internato.


-Quebra do tempo-


Chegando no Internato nossas malas foram levadas para um grande salão para que o diretor diga para todos algumas coisas sobre o Internato.


— Meus queridos alunos! É um grande prazer recebe-los aqui! — O diretor se pronúncia em cima de um mine palco — As aulas irão começar daqui duas semanas, então vocês estarão de férias até lá, algumas regras serão estabelecidas e creio que vocês irão cumpri-las certamente — Disse serio e intimidador — Todas as regras do Internato estão no muro principal do pátio, a regra mais importante do Internato é... Vocês nunca poderão colocar os pés na floresta! Estão entendidos?! 


— Sim! — Todos do salão disseram em coro


— Muito bem, vocês estão avisados! Se alguém ousar de chegar perto daquela floresta estarão expulsos do Internato! — Disse o diretor e saiu do salão sem mais nada a dizer


— Nossa, você viu como o diretor estava serio? — Falo puxando assunto com o Pac


— Sim! Oque será que tem naquela floresta pra deixar o diretor tão preocupado? — Pac falou curioso


— Não sei, mais um dia eu vou descobrir — Digo com um olhar aventureiro


— Mais é claro que você não vai! — Pac disse cruzando os braços


— Por que não? — Falo


— Porque deve ser perigoso! — Exclamou — Não é pra você pensar em ir naquela floresta ouviu?


— Ouvi Pac! Sabe as vezes você parece minha mãe — Digo revirando os olhos


— Se sua mãe não está por perto eu que tenho que cuidar de você — Pac falou serio


— É por isso que você é meu melhor amigo Pac — Disso fazendo Pac corar


— B-bom... E-esse é meu papel de amigo — Pac falou segurando seu braço esquerdo


Do nada uma mulher ruiva subiu no palco e começou a falar.


— Oi meu nome é Sandra, eu sou a coordenadora do Internato — Disse a mulher — Bom só queria avisar que o número de seu dormitórios estão no muro do pátio ao lada das regras em que o direitor avia dito, espero que gostem do Internato, aproveitem suas férias — Falou a mulher e sai do palco


Todos do salão sairam com suas malas e foram em direção ao pátio ver qual era o número dos seus quartos, pelo que eu tinha visto o dormitório feminino é separado do dormitório masculino.


Pac estava no quarto 208 com um garoto chamado Felipe Batista, eu estava no quarto 210 com um garoto chamado Mikhael Linnyker, meu dormitório não estava longe do Pac e isso é algo bom, assim eu Pac podemos nos encontrar facilmente.


— Pena que você não está no mesmo dormitório que eu — Pac disse 


— Pois é — Falo — Vamos para nossos dormitórios?


— Vamos, tenho que guardar minha malas — Pac disse olhando para as malas em mãos


Saímos do pátio e fomos até o dormitório masculino, chegamos no corredor dos nossos quartos, ficamos olhando os números até acharmos nosso devido quarto.


— Bom Cell te vejo depois — Pac falou abrindo a porta do quarto


— Tchau Pac — Falei indo em direção ao meu quarto


Abro a porta e entro no quarto, percebo que não ah ninguém no local, uma das camas já estava meio bagunçada "Acho que meu colega de quarto chegou primeiro que eu" pensei enquanto olhava a cama. Coloquei minha malas em cima da minha cama e guardando minhas coisas no guarda roupa, joguei minhas malas vazias em qualquer canto do quarto, me sento na cama e comecei a mexer em meu celular até que então alguém abre a porta.


— Oi, você deve ser o Rafael Lange não é? — Disse um garoto de cabelos... Verde? Oque né, dava pra ver que ele era híbrido de lobo preto pelas orelhas negras que estão em sua cabeça


— Sim, e você é... Mikhael ou Michael? — Perguntei


— Mikhael — Corrigiu-me 


— Uhn... Prazer em conhece-lo — Falei com um sorriso amigável 


— O prazer é meu — Mikhael retribuiu o sorriso 


— Você estuda aqui a quando tempo? — Perguntei ao garoto


— Um ano e dois meses mais ou menos — Disse com dúvida — Você é híbrido do que?


— Raposa — Digo tirando minha toca mostrando minha orelhas 


— Ata — Mikhael disse se jogando em sua cama


Voltei a mexer no celular, minutos depois Mikhael se levanta da cama e sai do quarto, não liguei para isso e continuei a mexer em meu celular...



Tinua? 



...




Notas Finais


Cap feito por: @Nuih_Nicks
Revisado por: @giuhsz
==============================
Twitter: @NicolliSantos14
==============================

Espero que tenham gostado dessa reescrita de “Amor de amigos”

Mandem sugestões do que pode acontecer no próximo capítulo!

Amu vucês :3
Adiós mis dulces s2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...