1. Spirit Fanfics >
  2. Friends or Lovers >
  3. Caos

História Friends or Lovers - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oláaa a todos... eu sou totalmente nova no fandom mas extremamente encantada já com esses dois. Espero de coração que vocês gostem da minha história e da minha escrita.



AVISO: sexo CONSENSUAL com um toque mais puxado.

Capítulo 1 - Caos


Amigos ou Amantes?

 

Era uma noite como outra qualquer. Regada de luxúria, gemidos e decepção. Lá estava ele e seu “amado” bruxo na cama, aos beijos. Geralt passava suas mãos afoitas pelo corpo do menor. Marcava-o sem piedade alguma com algumas mordidas e chupões que posteriormente virariam roxos enormes. Mas ele não se importava, pois afinal de contas era a pessoa a quem ele amava... por mais que fosse unilateral. Ele realmente o amava. O bruxo de seus contos e canções acabou também por tomar seu coração. E por isso sua sanidade estava chegando ao fim. Prometeu a si mesmo que aquela seria a ultima noite de sexo. Se Geralt não correspondesse aos seus sentimentos, então eles estariam acabados por ali mesmo. Voltariam a ser apenas amigos ou talvez nem isso. Doía muito, demais pensar em que talvez nem isso Geralt o considerasse. Talvez ele fosse apenas mais um corpo em sua cama como muitos já passaram, porém nenhum deles conseguira ficar ao lado do carrancudo bruxo.

-O que foi bardo? Algo errado?

-Nada. Estava apenas imaginando uma musica pensando em todos os nossos momentos de amor.... – O bardo sabia que era arriscado, mas precisa tentar, precisava saber o que aquilo tudo significava para o mais velho. Precisava parar de fantasiar.

-Bardo. Bardo. Bardo. Em que momento eu disse que isso era amor? Isso é unicamente uma boa foda para ambos os lados. Eu fico satisfeito e você fica satisfeito e QUIETO o que é mais vantagem ainda para mim...

Aquilo doeu. Nossa aquilo realmente doeu, o bardo não sabia nem o que responder. Apenas engasgou com a bola que veio a sua garganta e as lagrimas que escorreram sem permissão de seus olhos.

-OH. Espero não ter magoado quaisquer sentimentos seus. Porém não vou mentir sobre algo que eu não sinto. Se quiser terminamos por aqui, e eu vou me aliviar com alguma mulher por aí.

-Você já está aí dentro mesmo. Termina logo com essa merda. E fique ciente é a última vez.

Um arrepio correu pelo corpo de Geralt, ele não sabia explicar, mas quando o outro definiu aquela como a última vez deles, algo dentro dele pareceu gritar. Ele ignorou solenemente e se forçou a um ritmo muito mais forte ao qual o bardo estava acostumado.

-Tudo bem bardo, será a nossa última vez então, mas saiba que você vai ficar tão marcado e tão viciado que vai me implorar por sexo todas as noites... E quando isso acontecer você vai se arrepender de não me querer mais em seus lençóis...

Are we friends?
Are we lovers?
lets not look back on the things
that dont sit well inside
can we struggle some more
my life doesnt quire a resembled award
on the other hand it might be destroying me inside

 

-Vá por mim Geralt, eu já me arrependi de muitas coisas nessa vida. E esta não será uma delas.

Força e brutalidade definiram a estocada que ele sentiu em seu interior. Aquilo doeu a um ponto acima do que ele esperava. Porém não daria gosto ao bruxo. Ele não veria um pingo de dor e sofrimento em seu rosto. Por pura pirraça ou ódio do bruxo que o fodia sem qualquer piedade ele ainda ressaltou “é o melhor que você pode fazer bruxo? Achei que bruxos fodiam melhor que isso, mas um macho humano dá mais prazer que um bruxo que piada”

Ódio. Era totalmente esse sentimento que dominava o bruxo, que rapidamente levantou sua espada para o bardo e a postou em seu pescoço abrindo um leve corte.

-O que foi? Além de ser um fudido na vida, vai me matar? Mate - vá em frente nem todo ser humano se importa com a vida Geralt. Nem todo ser humano tem medo da morte. Sinto lhe informar babaca, eu nunca tive medo de morrer, pois se eu tivesse não tava aqui nessa cama sendo fodido por um bruxo desgraçado como você. Quer ajuda pra abrir um retalho no meu pescoço?

Geralt fez uma cara a qual Jaskier nunca tinha visto. Ele jogou sua espada longe virou o bardo de costas e saiu de dentro dele, voltando com uma estocada funda. Tão funda que o bardo achou que o bruxo tivesse perfurado algum órgão de seu interior. E aquilo doeu, doeu tanto que acabou sem querer soltando um gemido quase gritado.

-AHH doeu bardo? Se prepara... se prepara bastante, pois você vai desejar nunca ter me comparado a outro cara....

E a noite foi regada a sexo, não era o sexo que o bardo estava acostumado, era quase que maldade. Geralt fazia tudo pare que o bardo sentisse dor. E a cada minuto ele sentiu mais e mais dor. Até que tudo escureceu e ele não sentiu mais nada.

Quando gozou pela quinta vez aquela noite sentiu o corpo do bardo mais mole que o de costume. Estranhando acendeu uma vela e se espantou com o estrago. Jaskier tinha uma boa quantidade de sangue entre suas pernas, estava pálido e apagado. E aquilo caiu como arrependimento na hora na consciência de Geralt. Ele havia se deixado dominar pela raiva e ódio que ele não sabia da onde vinha, e exagerou machucando quem ele jamais quis machucar.

Desesperado, Geralt chamou por Yeenefer que abriu um portal do lado de fora do quarto da velha hospedagem. Rapidamente se trocou e pediu que ela entrasse. Como ela entendia de remédios e ervas, saberia cuidar de Jaskier.

O olhar acusatório de Yeen me deixou sem ação. Eu não sabia o que fazer, não sabia explicar o porque eu fiz isso ao bardo eu só corri. Corri da hospedagem corri dos olhares corri de Jaskier corri Yeen corri da culpa e da vergonha e adentrei a floresta escura me deparando com uma criatura tipo morcego gigante. Ela estava se alimentando de uma pobre humano que por ali passava e resolveu descontar sua raiva naquela mutação estranha.

Enquanto isso no quarto, Yeen havia levado Jaskier até a banheira já que ele era muito menos pesado do que ela havia imaginado. Na água que já estava quente continham ervas cicatrizantes e um pouco de feitiço para que o humano não sentisse dor. E apesar de não se darem muito bem naquele momento ela o entendia melhor que ninguém e o abraçou. E mesmo estranhando essa atitude da maga, ele retribui e chorou como nunca, e não foi pelos ferimentos físicos e sim pelos ferimentos emocionais. Seu coração estava em pedaços ele sabia que Geralt seria um ser difícil de se lidar, mas não imaginou que ele seria IMPOSSÍVEL de se lidar.

E ele adormeceu nos braços de Yeenefer que mais parecia sua irmã mais velha. Logo pela manhã ele conseguiu recobrar a consciência.

-Yenn, posso te chamar de Yenn né?

-Claro que pode, Julian.

Ele corou como nunca, não pensou que ela havia dado alguma atenção a si quando em um surto disse seu nome completo a ela, totalmente pomposo.

-Eu sei que você tem muito a fazer, e eu preciso ter uma conversa a sós com esse bruxo desgraçado. Será que eu posso- foi cortado-

-Você deve. Se precisar de mim, aperte esse colar em suas mãos e ele abrirá um portal diretamente para minha localização.

Nunca em toda sua vida pensou que a maga seria a pessoa quem mais lhe entenderia, e ele a abraçou. Ela corada retribuiu, se despediu, deixando alguns fracos do remédio que ele deveria tomar por 7 dias inteiros. Não sabia o tamanho do estrago, mas deve ter sido feio pra maga precisar fazer tanto remédio para si. Porém ele não foi todo sincero com ela. Ele não conversaria nada com Geralt. Ele ia apenas deixar uma carta e umas moedas para ajudar na estadia e iria embora.

Geralt

Não sei o que se passou em sua cabeça quando eu lhe disse o desaforo.

Não sei o que te deu, para tamanho ódio com a minha pessoa. Mas eu cansei. Eu apenas cansei. Cansei de ser culpado de tudo, de ser maltratado, de ser pisoteado e de ser humilhado. Eu venho te amando em segredo há tempos e você NUNCA deu uma foda por isso. Há tempos venho tentado esquecer de tudo o que sinto por você e claro você na sua fudida ignorância e bizarra fome de sexo não ajudou muito. Nas primeiras vezes você foi gentil e carinhoso e isso me deu o mínimo de esperança. Esperança que eu significasse algo para você.

Não sei se comentei, mas saiba que você foi o ÚNICO homem que tocou em mim. Foi também o único por quem eu realmente me apaixonei, que engano.

Eu jamais deveria ter deixado meu coração estúpido e burro ter se encantado por você. Nas minhas falácias e canções você parece um ser alcançável, mas na dura realidade você é inatingível e eu não posso mais lidar com isso.

Eu não consigo mais lidar com a dor de amar alguém que JAMAIS vai me amar de volta. Eu não consigo mais lidar com essa dor e esse sofrimento. Eu não entendi o porquê de tanto ódio na hora do sexo não sei se o que eu te falei mexeu em algo aí dentro. Mas para mim chega. Eu não vou mais seguir o mesmo caminho que você. Eu não vou mais seguir você eu não vou ter mais contato com você eu não quero mais nada de você. Apenas distância.

 

Eu gostaria muito de ter seguido você até o fim Geralt, mas eu não consigo mais lidar com esse amor despedaçado. Minha saúde tem se deteriorado por conta disso. Toda vez que você passa a noite fora comendo alguém eu passo mal. Eu choro, vomito tudo o que como e me sinto mais merda do que eu já sou. E eu realmente não preciso mais disso, eu não consigo mais, eu sinto muito.

Não que para você vá fazer quaisquer diferença já que meu canto é como uma torta sem recheio, minha voz é horrível e eu sou o humano mais chato e desagradável que você teve o desprazer de conhecer.

Porém antes de partir quero que saiba Geralt, eu te amo ... eu realmente te amei. E é por ter te amado tanto que para mim chegou ao fim nossas aventuras. Siga seu caminho, seja feliz e eu desejo vida longa a você.

Com amor, Jaskier.

 

Após terminar a carta, cambaleante saiu porta afora. Deixou pra trás uma carta, algumas moedas e seu amor ferido. Aproveitou que naquela cidade haviam carroças baratas e pediu para ser levado para Runor, a conhecida cidade do esquecimento. Talvez lá conseguisse de uma vez por todas tirar Geralt do seu sangue, da sua alma e da sua vida. De uma vez por todas.

 


Notas Finais


Não me matem. eu espero realmente não demorar com os próximos capítulos.
reviews são bem vindas assim como a opinião é totalmente necessária para saber se meu trampo está bem feito <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...