História Friends or more? - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amigosoumais?, Kylie, Romance
Visualizações 0
Palavras 603
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 10 - Capítulo 10


Eu acordei com a claridade da janela na minha vista e dou um pulo da cama. Como assim? Se já está claro eu estou atrasada para escola.

Eu olho no celular e são oito da manhã, a escola começou a meia hora.

Visto qualquer roupa e pego o carro do meu pai mesmo já que ele está viajando. Eu tirei carteira de motorista no início

do ano porém tenho um pouquinho de medo de dirigir sozinha.

Uns dez minutos depois eu chego na escola. Pego meus livros no armário e vou para a sala.

-Jolie! Senta aqui.

Eu caminho até a mesa onde Lydia está sozinha.

-Perdi a explicação?

-Não, a Sra. Willer só passou o texto que está no quadro agora. O que houve?

-Eu acordei atrasada só isso.

-Não. Eu sei disso. Mas por quê você está tão pensativa?

Na verdade estava pensando em Kyle e se ele ia no ínicio ou no fim do verão.

-Quando seu irmão vai para a Alemanha?

Ela me olha com um sorrisinho malícioso estampado eme seu rosto. Já sabia o que viria. Ela sempre faz essa cara quando pergunto do irmão dela.

-Estava pensando nele huuuuum?

-Sim. Você pode me responder?

-Amanhã. Ele não te falou?

Amanhã. Por que ele ñ me disse que seria amanhã. Meu coração começa a bater mais forte. Ouço apenas o som dos meus batimentose mais nada. Parece que o mundo está desmoronando. A única pessoa por quem me apaixonei vai embora do país em menos de 24 horas.

-Ah é me lembrei (digo fingindo um sorriso sendo que eu queria chorar)

As aulas acabaram e vou para casa. Estou entrando em casa e ouco discuções vindo da cozinha. Logo agora que estou cansada.

Espera! Reconheço as vozes.

São meu pai e Kyle. Chego mais perto para ouvir.

-Você poderia muito bem ter impedido da min filha se apegar a você. Sabia que iria embora e a iludiu. -meu pai grita nervoso

-Eu me iludir Sr. Cooper. E eu sabia que ia. Você acha que não estou sofrendo tanto quanto ela?

-A não, eu não acho. Mas sabe que eu realmente acho. Que você usou ela. Se aproveitou.

-Me poupe eu tenho uma irmã. Eu nunca faria isso.

-Sim a mesma irmã a qual você areastou minha filha para a periferia da cidade por que sua irmã tinha sido sequestrada. Ela quase morreu junto com você -meu pai grita pegando na gola da camisa de Kyle-

-Para pai. Ele não me chamou até lá. Eu o chamei. E se ele morresse seria minha culpa.

No mesmo instante meu pai larga ele e o mesmo se desiquilibra caindo no chão.

-Por que está fazendo isso pai? (Digo chorando)

-Quem está fazendo alguma coisa aqui é ele e você é burra demais para perceber que ele só te usou ( meu pai diz se aproximando de mim)

Lágrimas começam a escorrer pelo meu rosto e Kyle vai até a porta de casa e sai.

-Não quero mais saber.

Vou atrás de Kyle que está abrindo a porta do carro e o abraço.

-Me desculpa Jolie pela confusão. Só queria te ver antes de ir.

-Eu sei. Por que não me contou que iria amanhã?

-Por que me chamaram ontem. E... e você não atendeu o telefone. Pensei que queria se afastar.

-É a coisa que menos quero! (Falo chorando)

Ele dá um beijo em minha testa e me abraça. Ficamos parados desse jeito por um tempo. O tempo necessário para gravarmos o abraço e cheiro um do outro e jamais esquecer. Jamais esquecer que nos amamos de verdade, jamais esquecer de que fomos reais.

Para jamais esquecer do nosso último abraço. Nosso último segundo, último minuto.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...