História Friends or more? - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amigosoumais?, Kylie, Romance
Visualizações 0
Palavras 983
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 9 - Capítulo 9


O ano está acabando e eu vou começar o ultimo ano do ensino médio. Tudo passou tão rápido.
Sou tirada dos meus pensamentos pela notificação do celular. Era kyle!

Quer ir na starbucks comigo?

Que horas?

Passo na sua casa em dez minutos.

Okay.

Eu subo as escadas correndo e troco de roupa. Visto uma jeans e um croped com um tênis. Faço uma make rápida, acho que a mais rápida de toda a minha vida.
Desço com meu celular e as chaves de casa e quando chego na sala Kyle está conversando com meu pai. Me sento na escada para poder ouvir sem que eles vejam.

-Mas você gosta dela de verdade?

-Gosto

-Então por que não pede ela em namoro. Torna a coisa mais séria?

-Eu vou embora do país. Não acredito que relacionamentos a distância dêem certo.

-Ata, para onde você vai?

-Alemanha

-É muito longe mesmo.

Eu sinto um frio na barriga e de repente eu começo a chorar. Nem eu consigo entender o porque direito. Seco as lágrima e vou até eles.

-Oi Kyle vamos?

Ele pega na minha mão e se despede do meu pai. Nós entramos no carro e ele se vira para mim e começa a me observar.

-Você estava chorando?

-Eu ouvi sua conversa com meu pai. Eu não quero que você vá embora.

Eu não consigo terminar de falar e começo a chorar. Ele acaricia o meu rosto e me dá um selinho.

-Eu vou voltar Jolie prometo. É só um ano ñ quero te prender. Ficaremos juntos quando eu voltar.

-E se você parar de gostar de mim. E se encontrar alguém melhor.

-Eu ñ pretendo te esquecer.

Ele sai da minha rua e nós vamos ao starbucks. É legal estar aqui com ele. Ele torna tudo mais leve e alegre. Seu sorriso é maravilhoso. Eu amo estar com ele aqui perto de mim.

Eu fotográfo esse momento na minha mente. Mesmo que eu o supere, quero lembrar disso com carinho.

Ele pediu um milkshake de morango e eu um de chocolate. Comemos alguns pães de queijos e ficamos conversando coisas super aleatórias.

-Eu acho a Rihanna uma deusa. Posso beber um pouco do seu.

-Também, já te falaram que você é bem aleatório? ( falo entregando o copo na mão dele)

Ele pega o copo e inclina a cabeça de lado tomando um gole do meu milkshake.

-Minha irmã já disse isso.

Eu pego o copo dele.

-É a mais pura verdade Kyle.

-Eu te amo Jolie.

Ele diz baixinho mas alto o suficiente para eu ouvir. Sua voz sai serena e seu sorriso me traz calma.
Eu me inclino ficando por cima da mesa e junto nossos lábios.

-Eu também (digo pegando meu milkshake)

Nós fomos para a casa dele e ficamos assistindo filme a tarde inteira. Não que a gente prestasse atenção no filme. Ele ficava roubando pipoca minha e me beijando, fazendo cosquinha no meu pé com seus dedos gelados.

-Vou sentir falta disso. (Digo em seu ouvido e em seguida mordo sua bochecha)

-Aii Jolie!

Ele me puxa para seu colo e me beija. Um beijo calmo mas com vontade, com urgência. Eu me deito com as pernas em cima dele e com a cabeça em seu peitoral, e ele me envolve com os braços.

***


Nós acabamos dormindo na cama dele e eu perdi a noção do tempo. Acordo com o meu pai me ligando.


-Alô (digo sonolenta)


-Filha estamos planejando ir á um restaurante japonês, já que você está com Kyle por quê não vem os dois?


-Vou ver com ele. Depois te ligo.


Eu me levanto e calço meu tênis. Kyle acorda e se senta na cama me envolvendo.


-Já vai (diz ele baixinho em meu ouvido)


-Nós vamos. Meu pai vai em um restaurante japones com Kate e mamãe. Ele te chamou também.


-Tá bom.


Eu desço para a sala e tia Kitty está em frente a televisão.


-Jolie! Eu não quis acordar vocês. Kyle já acordou?


-Sim tia Kitty. Ele tá se arrumando nós vamos sair.


-Ah sim. Vocês voltam tarde?


-Não, só vamos jantar com minha família. Meu pai quis chamar ele.


-Aah okay (ela diz hesitante)


***


Chego na escola e vou até ao armário pegar meus livros.
Vejo também o mural da escola para ver se eu estou em recuperação mais eu passei de ano.
Estamos na aula de física e eu estou sentada ao lado de Kyle. Estamos fazendo dupla em um trabalho quando ele pega o celular e olha para a tela apreensivo. De repente ele pula e grita como uma criança.


-O que foi?


- Eu fui aceito para fazer intercâmbio. Minha mãe disse que vou para lá no verão.


Eu sinto um aperto no peito, e uma confusão na mente. Como se não fosse real. Ela vai embora semana que vem.


Eu me levanto e saio da sala de aula sem dar satisfação para o professror. Vou até o banheiro e entro em uma cabine.


Não consigo ficar feliz por ele, eu queria mas isso me dói. Ele age com tanta felicidade, como se nào doesse nele ficar longe de mim. Na verdade é o sonho dele.
Ouço a porta do banheiro se abrindo e alguém bate nacabine onde estou. Eu não quero abrir. Não quero que me vejam chorando.


-Jolie.


No mesmo momento reconheço a voz. É Kyle, eu abro a cabine e ele me abraça. Sua cabeça fica apoiada em meu pecoço e sinto sua respiração. Eu dou um salto e o mesmo me segura. Não quero sair dali. Quero ficar com ele para sempre.


-Me desculpa por não ter ficado feliz com você. Sei que deveria.


-Tudo bem (diz ele me soltando).


Nós entramos na sala de novo e começamos o trabalho da onde paramos. Depois vou  para casa tomo um banho e deito. Fico pensando em como vai ser o verão sem Kyle. Parece que ele sempre esteve comigo, sua presença me faz bem.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...