História Friends won't love me like you - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias The Flash
Personagens Barry Allen (Flash), Cisco Ramon (Vibro), Detetive Joe West, Dr. Harrison Wells, Dra. Caitlin Snow (Nevasca / Killer Frost), Iris West, Personagens Originais, Wally West (Kid Flash)
Tags Barry^^, Caitlin, Flashsnow, Snowallen, Snowbarry
Visualizações 87
Palavras 2.096
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Obrigada pelos comentários ❤️ vocês me deixam felizes ❤️

Capítulo 2 - 2.0 - Happy Birthday, Cait!


Fanfic / Fanfiction Friends won't love me like you - Capítulo 2 - 2.0 - Happy Birthday, Cait!

Se tinha uma coisa que Barry Allen conhecia muito bem, eram os sinais de Caitlin Snow. Não precisava fazer esforço algum para saber o que se passava em sua mente.

Mesmo Caitlin parecendo tão inalcançável, fechada e um pouquinho teimosa - ele sabia ler cada um de seus gestos, expressões e até sorrisos. Ele tinha uma lista mental decorada e em ordem alfabética que ele secretamente apelidou de " Anatomia da Drª Snow " - que o ajudava a identificar cada pequeno detalhe sobre ela.

E ele soube que tinha algo errado no momento em que entrou no córtex. Como sempre, sua falta de jeito, fez com que ele chegasse fazendo com que os cabelos castanhos morango voassem junto com uma pilha de folhas que estavam em cima da mesa.

- Definitivamente eu preciso comprar pesos. - ela resmungou ajeitando os cabelos. 

- Desculpa, velhos hábitos custam em partir. - coçou a nuca, logo usou a velocidade para juntar todos os papéis e ajeitá-los de forma organizada antes de lhe entregar. - Aqui estão, todos em ordem. De A a Z.

Ela abriu um pequeno sorriso. O cantineiro. Sorriso do qual ela movia apenas um lado da boca para mostrar o quão satisfeita e orgulhosa estava.

- Não deveria estar na CCPD? - perguntou ela pegando uma pasta e colocando os papéis em ordem nas divisórias. 

- É, mas eu tive um tempo.. - coçou a nuca. - Quis checar se está tudo bem por aqui. Nenhuma ameaça ou algo assim. - deu de ombros.

- Está tudo bem, nada demais. Um dia completamente normal, nada de novo.

Seu tom de voz e o jeito nervoso como atropelou as palavras, fez com que ele a encarasse e então a viu mordendo o lábio inferior lhe dando um claro sinal de que algo estava a incomodando.

- Ei. - chamou sua atenção. - Tudo bem?

- Eu pareço mal? - retrucou, não em um tom rude, estava mais para um tom perdido.

- Não, mas sinto que algo está te incomodando. - respondeu mantendo seu olhar sobre ela.

- Não é nada. - disse rapidamente.

- Olha, eu conheço os seus nadas e quase sempre significam alguma coisa. - ergueu uma sobrancelha.

- Cisco esqueceu meu aniversário!  - despejou de uma vez fazendo Barry levemente arregalar os olhos com a rapidez com que ela cedeu. - Na verdade, Harry e Jesse, todo mundo.

Ela cruzou os braços o encarando e fez um beicinho digno de uma criança não satisfeita e birrenta. Barry teve que se controlar para não rir.

A verdade era que tudo aquilo fazia parte do pequeno plano entre ele e Cisco. O objetivo era basicamente todos - exceto Barry - fingirem terem esquecido o aniversário de Caitlin. Era a única forma dela não estragar a surpresa que iriam fazer.

Cisco a evitaria o dia todo e Barry fingiria não fazer a menor ideia do motivo do amigo ter se esquecido da data. E no fim do dia, eles a surpreenderiam. Não tinha como dar errado, não daquela vez.

- Achei que não quisesse comemorar. - o velocista relembrou as palavras da médica.

- E não quero mas.. - descruzou os braços e suspirou. - Não quer dizer que não queria que ele se lembrasse. - bufou. - Além disso, ele tem me evitado desde que chegou.  Ele não saiu da oficina e agora, ele e Harry estão trancados lá.

Barry não conseguiu controlar o pequeno riso que escapou de seus lábios.

- Não tem graça, Barry! - resmungou irritadiça.

- Olha, se você prestar um pouco de atenção, tecnicamente isso é meio que culpa sua. - tentou explicar. - Você frustrou todas as nossas tentativas de te fazer uma festa.

- Mas.. - tentou mas não tinha um argumento para isso.

- Relaxa, Cait. - sorriu. - O dia só está começando, tenho certeza que não esqueceram, só não tiveram tempo ainda.

- Talvez. - disse um tanto incerta.

Barry sentiu o celular vibrar no bolso da frente de sua calça e pegou visualizando uma mensagem de Joe.

- Eu tenho que voltar. - avisou e ela assentiu. - Feliz aniversário. - se aproximou dando um beijo em sua bochecha e saiu rapidamente.

 Não sem antes presenciar a mesma crispar os lábios e desviar o olhar mostrando que o gesto a deixou corada.

Barry sorriu antes de finalmente partir.

...

- Íris? - Barry perguntou confuso assim que entrou no seu laboratório e encontrou a morena conversando com Joe. 

- Oi. - ela abriu um sorriso doce ao vê-lo.

 Barry até tentou não sentir nada, mas parte dele ainda se sentia balançado com a presença dela. E ele se sentia estúpido por isso.

- O que está fazendo aqui? - perguntou se aproximando e lhe dando um rápido abraço. - Achei que você e Eddie estavam viajando.

- Estávamos,  mas recebemos a ligação de última hora do juiz de paz,  e ele disse que finalmente temos uma data para o casamento. - ela abriu um grande sorriso feliz e empolgado.

Barry sorriu fraco. 

Já fazia um tempo que Eddie e Íris moravam juntos e com todos os eventos com Zoom e até mesmo a morte de Henry fez com que eles tivessem que adiar a data por várias vezes, o que inutilmente dava esperanças a Barry de que o destino realmente fosse a seu favor. Mas não era, estava começando a se tornar tão pessimista quanto Oliver Queen.

O fato era que ele deveria estar feliz por ela. Ela realmente amava Eddie, via isso em seus olhos e sorriso, e ele também era um cara legal, já tinha se mostrado um grande homem , até mesmo quando tentou arriscar a própria vida tentando salvar Barry do Flash Reverso. Ele quase morreu naquele dia.

- Que bom. - disse sincero. - Fico feliz por vocês.

- Eu vou deixar vocês dois conversando - Joe anunciou. - Preciso voltar para o meu caso, não se esqueça de me procurar antes de ir embora, Baby Girl. - beijou a testa da filha. - Barr, te vejo no almoço. - deu dois tapas no ombro do filho adotivo e saiu.

- Íris Thawne? - Barry abriu um sorriso de canto.

- Íris West-Thawne. - corrigiu o velocista e ele riu. - Ainda estou tentando me acostumar. Mesmo que já tenhamos planejado isso por quase dois anos.

- Você parece feliz. - ele disse e ela sorriu.

- E estou. - disse e ele podia ver sinceridade em suas palavras.  - E esse casamento vai iniciar um novo capítulo da minha vida. E eu realmente quero que comece bem. - sorriu. - Por isso quero te fazer um convite.

Barry sentiu seu corpo congelar e coração acelerar. Ele já sabia o que estava por vir.

- Você é meu melhor amigo e eu amo você, não posso imaginar o melhor dia da minha vida, sem você me dando apoio, então.. - colocou uma mecha de cabelo para trás da orelha e lhe abriu um sorriso iluminado. - Bartholomew Henry Allen... aceita ser meu padrinho de casamento?

As palavras simplesmente não conseguiram sair de sua boca. Ele abriu a mesma várias vezes em busca do que dizer, mas nada saia.

- Eu sei que as coisas entre nós ficaram estranhas, tá legal? - disse rapidamente. - Você sendo o Flash, toda aquela história do futuro e a Terra-2; também teve o Zoom, a Patty e também teve a morte do Henry e foram muitas coisas para você processar. 

Ele assentiu ainda tentando assimilar tudo.

- E não precisa me responder agora. - sorriu. - Mas eu realmente queria que pudéssemos seguir em frente. 

- Eu.. - coçou a nuca. - Eu amo você, Íris. - disse a fazendo encará-lo. - E estou feliz por você. Mas são muitas coisas e eu.. - suspirou e depois sorriu de canto. - Eu vou pensar. Eu prometo.

- Obrigada! - ela o abraçou forte e o mesmo retribuiu. - Você merece ser feliz, Barry Allen, e vai ser, eu sei disso.

- Você também. - sorriu e então se afastaram.

Barry sentiu novamente seu celular vibrar e abriu um sorriso involuntario ao ver a mensagem de Caitlin.

- O que foi? - Íris perguntou notando a mudança de humor do irmão.

- Caitlin. - sorriu. - Ela acha que todo mundo esqueceu o aniversário dela e está surtando com isso.

- É aniversário dela? - ele assentiu ainda sorrindo. - E vocês esqueceram? 

- Não, mas estamos fazendo ela acreditar que sim. - riu. - Estamos preparando uma surpresa. E por falar nisso, por que não aparece no apartamento dela hoje com o Eddie? 

- Claro. - sorriu. - Acho que já tenho uma idéia de presente, ela vai adorar. - se animou mais. - Eu tenho que ir. - beijou a bochecha de Barry. - Pensa bem, okay?

Ele assentiu e viu a morena sair radiante do laboratório o fazendo soltar um grande suspiro que ele nem sabia que estava prendendo.

Ele estava confuso. Seu coração estava. Ele sabia que o mesmo tinha ganhado um novo nome pelo qual batia mais forte, e no mesmo ritmo toda vez que o mencionava e esse nome era o de Caitlin. Sabia que seus sentimentos por ela, embora novos, eram reais. Mas por outro lado tinha Íris. Ele havia sido apaixonado por esse mulher por quase 12 anos. Era difícil fechar aquele capítulo de sua vida. Mesmo sabendo que quase o fez com Patty, mas ainda assim não foi o suficiente. Parecia que nada era capaz de apagar Íris completamente de sua vida. E de certa forma, não era nem de longe o que ele realmente queria.

E por isso tinha medo. Não queria estragar a amizade com Caitlin. Era tão bom estar perto dela, se viu precisando dela mais do que tudo na vida e faria o impossível se fosse necessário para mantê-la por perto. Estragar tudo não era uma opção.

Sacudiu a cabeça. Precisava pensar em outra coisa.

Trabalhar era o melhor remédio para um nerd esquecer seus problemas amorosos.

...

Caitlin estava irritada, com um péssimo humor. O dia havia se passado em Flash e mesmo assim ninguém pareceu ter se importado com ela, ou sobre o dia de hoje. Nem mesmo Barry voltou a aparecer no Star Labs e isso só piorou seu humor.

Estava concentrada em seu computador, jogando um algo bobo, até finalmente ver Cisco aparecer.

- Ei, garota. - ela o encarou sorrindo, com um pingo de esperança. - Eu já estou indo. Pode fechar os laboratórios pra mim?

Ela bufou.

- Isso é sério? - perguntou e ele a encarou com falsa confusão, da qual ela desconhecia. - É só isso o que tem pra me dizer?

- O que foi? - perguntou.

- Não notou nada diferente, não tem mais nada pra me dizer? - perguntou quase eufórica.

- Oh! - ele abriu a boca surpreso e ela finalmente pensou ter feito ele se lembrar. - Você mudou o cabelo? Está mais ruivo. - pareceu pensativo. - Castanho morango? 

- Eu não.. - suspirou. - Quer saber? Esquece. Pode deixar, eu fecho tudo por aqui.

- Você é a melhor. - beijou sua bochecha e saiu.

Caitlin fez um muxoxo com a boca e deixou um estalo escapar por ela. 

Aquele definitivamente era o pior dia da história, nem mesmo sua mãe se lembrou de lhe enviar um mísero cartão. 

Então sem muita escolha ela se levantou da cadeira pegando suas coisas e rumou até a saída depois de fechar tudo. Iria para o seu apartamento naquela noite, não sabia se conseguiria dormir, mas precisava tentar. Talvez alguns remédios ajudassem.

O caminho até seu apartamento foi tranquilo, ouvindo músicas antigas da rádio, isso até que diminuiu um pouco toda a tensão. Passou pelo porteiro lhe desejando " Boa noite" e subiu pelas escadas, evitando o elevador - música irritante que tocava nele a enlouquecia.

Quando finalmente chegou em seu apartamento, teve que parar uns minutos na porta e vasculhar em sua bolsa a procura do molho de chaves. E quando finalmente o achou, abriu a porta e entrou no apartamento escuro.

- Não acredito que finalmente cheguei em..

Às luzes se acenderam e ela deu um pequeno salto para trás com o susto.

- Surpresa!

Ela encarou todos seus amigos em sua sala de estar com chapéus bobos de aniversário e o local cercado por balões e um bolo em cima da mesa cercado e alguns doces e bebidas.

- Ai meu Deus.. - disse em um fio de voz.

- Feliz aniversário, Cait!




Notas Finais


😂😂😂😂
Morta com esse final de capítulo kkkkk

Barry todo confuso 🤨🤷🏻‍♂️ Cait toda chateada 😂🤔😡❤️ coitada, achou que iria escapar !

No próximo temos uma surpresa inesperada e talvez algumas revelações. E não pensei que a fic só vai ser esses momentos fofos não viu? Nem se acostumem 🤣🤣🤣🤣


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...