História Friendship or Love? - Imagine Moonbin - Capítulo 25


Escrita por:

Postado
Categorias ASTRO, Black Pink, TWICE
Personagens Eunwoo, Jennie, Jihyo, Jinjin, Lisa, Mina, MJ, Momo, Moonbin, Nayeon, Personagens Originais, Rocky, Sana, Sanha, Tzuyu
Visualizações 202
Palavras 751
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OIIEE NAUM ME MATEM, EU AMO VOXÊS S2
O capitulo demorou e ainda por cima está curto, mas foi o que pude fazer. Meus professores nesses últimos dias andam passando trabalho atrás de trabalho escolar. É horrivel. minhas mãos doem muito rsrs

Tentei deixar o capitulo bom, mesmo estando tão curto, mas creio que eu não tenho essa capacidade toda kkk enfim, espero mesmo que me perdoem pelo atraso e se preparem, vai vir bomba atrás de bomba! Decidi alongar mais a fanfic já que alguns gostam muito dela (sinceramente não sei porquê) kskkaksnkkksjkd

AAAA BOA LEITURA!

Capítulo 25 - ,,O26


Moonbin abriu lentamente seus olhos enquanto eu apenas permanecia imóvel. Ele olhava para mim como seu eu fosse a única pessoa naquele lugar.

--S-S/n? –ele falou com dificuldade.

De longe pudemos ouvir os soluços de So Hyun, que já estava se desfazendo em lágrimas. A maior se aproximou da cama, com ajuda de Sanha, que a segurava como se a garota fosse desmaiar a qualquer hora. Eles eram tão fofos juntos, mas infelizmente ela já era de Moonbin...

-- M-Moon, v-você está se sentindo bem? –ela perguntou com a voz arrastada por conta de todos aqueles soluços.

--Estou bem So Hyun... –ele disse sorrindo fraco.

 

[***]

 

Depois de um bom tempo, médicos foram ver como estava a situação de Moonbin, que por sorte estava instável, mas ele ficaria um tempo sem poder dançar.

--E agora hyung? Temos shows marcados! –Sanha disse com os olhos arregalados, olhando para Binnie deitado na cama. --Não quero ir sem você, não será o mesmo.

-- O show vai continuar mesmo sem mim –ele  respondeu calmamente, com uma aparência triste.

Por enquanto, eu e Moonbin não havíamos trocado sequer uma palavra ou olhar.

-- Bom, temos que voltar para a empresa Sanha. –disse Mj para o mais novo, que olhou de relance para So Hyun e logo depois para mim.

--Vocês vem também? –perguntou.

--Ah, não sei... –ela respondeu.

--Por favor! –implorou o mais novo, fazendo bico.

A garota olhou de relance para Moonbin, que sorria tranquilamente.

-- Alguém precisa ficar com você. –falou a garota, segurando na mão de Moonbin, o que me fez sentir um certo ciúme.

-- Não vou ficar sozinho, a S/n vai ficar aqui comigo –disse e finalmente olhou para mim.

-- Mas eu quero que ela vá comigo também...—disse Sanha, o que por resposta, acabou levando um tapinha de Mj em sua nuca.

-- Deixe-os, eles tem muito o que conversar.  –o mais velho falou, puxando ambos para fora do lugar, deixando apenas eu e Moonbin.

O silêncio reinou, fazendo o clima ficar tenso e vergonhoso.

Assim que a porta foi fechada, Binnie se remexeu na cama, tentando sentar de frente para mim. Mesmo com dificuldade, ele sorriu fraco para mim, o que fez seus olhos ficarem marejados.

--E-Está sentindo dor?! –perguntei a ele ao vê-lo naquele estado.

O maior negou com a cabeça, logo abaixando seu olhar.

--Desculpe por tudo, S/n...—disse por fim.

-- Não há pelo quê se desculpar.

-- Há sim, e você sabe disso.

--Só...me diz uma coisa....—falei me rendendo a tudo aquilo. -- Por que não foi se despedir de mim no aeroporto?.. –lágrimas ameaçaram a cair, mas tentei segurá-las com toda a força que ainda havia em mim.

-- Eu estava em uma reunião e acabei me atrasando. Quando cheguei no aeroporto, já era tarde de mais, desculpa.

Quando abri a boca para respondê-lo, ouvimos gritos desesperados vindos do corredor, fora do cômodo que estávamos. A mulher gritava algo que parecia ser o nome de Moonbin, que olhava para mim sem entender a situação. A voz não era de So Hyun, pois era um tom mais afinado do que estava a ser escutado naquele momento.

--VOCÊS DISSERAM, NÃO, PROMETERAM CUIDAR BEM DE MOONBIN! FALARAM QUE NADA ACONTECERIA A ELE!! – a mulher gritava com a fúria em sua voz.

Aquela voz era conhecida por mim e pude sentir que também era para Binnie, pois senti sua mão segurar a minha e me puxar um pouco para onde ele estava. Ele aparentava estar com certo medo.

--Você também reconhece essa voz? –perguntei sussurrando.

O maior, por sua vez, concordou com a cabeça, apertando minha mão com uma certa força. Apertei sua mão também. Eu estava com medo.

A porta foi aberta rapidamente, ecoando o alto som dela batendo na parede branca ao lado. Provavelmente ficaria a marca da maçaneta.

Uma mulher de madeixas curtas, lisas e escuras feito carvão olhava para Moonbin com água em seus olhos. Ela queria muito chorar e deixava isso evidente. Sua fisionomia me lembrava alguém que não conseguia decifrar quem era, apenas sabia que a conhecia de algum lugar.

A mais velha levou a mão a boca, deixando finalmente as lágrimas a dominarem, deixando-nos confusos com aquela situação.

Moonbin ajeitou-se na cama, fazendo uma expressão de dor que provavelmente vinha de sua cabeça. Ele fitou a mulher com certa dúvida e a mesma retribuia o olhar enquanto soluçava.

--Mãe? –perguntou baixo como se aquilo não fosse real.

Fiquei pasma. Era sim a mãe dele. Eu lembrava de seu sorriso, sua voz...


Notas Finais


HIHIHI
NAUM ME MATEM POR ACABAR UM CAPÍTULO ASSIM...POR FAVOR RSRS


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...