História Friendship! Or.... love? - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Namjin
Visualizações 25
Palavras 1.083
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpas o atraso meu povo, mas aqui está o capítulo eu escrevi em algumas horas, já que escrevi dentro da sala de aula.

Recomendo que leiam o capítulo escutando a música "We don't talk anymore".

Enfim espero que gostem, Boa leitura.
Capítulo editado!
😘😘

Capítulo 10 - Forgotten


Apesar de estar sofrendo por estar perto de Namjoon,  Seokjin sofreu três vezes mais por deixar aquela casa e junto com ela seu primeiro amor, Namjoon.

Ele já estava morando a um mês no condomínio que Ji-woo indicará, apesar de se sentir bem por não sofrer ele estava triste por não ter Namjoon por perto para lhe acalmar, quando tinha pesadelos.

Na verdade em todos os pesadelos Namjoon  estava lá, Namjoon  era um personagens principais de seus pesadelos. E muitas vezes Jin acordava sozinho e sem ninguém para lhe acalmar, todos os dias de manhã o sr Ji-woo ia até a casa de Jin e tentava acalma-lo, porém ele nunca se acalmava.

Todos os dias ele estava pior não ia a faculdade, apenas comia quando Ji-woo está por perto, nunca sorria e havia voltado a se cortar.

Logo Ji-woo notou que o rapaz estava em depressão, uma depressão extremamente profunda. Muitas vezes ele tentou levar Seokjin para o psicólogo, mas a pedido do garoto ele não o levou.

Em um certo dia que Jin, estava se despedindo de Ji-woo, logo ele ja estava entrando em sua casa, quando um de seus vizinhos que ele não conhecia se aproximou e apresentou-se como Park Jimin, também apareceram mais três  rapazes que se apresentar como Jung Hoseok, que já conhecia, Kim Taehyung e Jeon Jungkook. 

Park Jimin, era um rapaz baixinho de pernas grossas e bunda grande, apesar disso ele era uma pessoa fofinha de cabelos laranja. Kim Taehyung, tinha um sorriso quadrado e perfeito, ele parecia ter a mentalidade de uma criança, à se julgar pelo fato de estar em uma brincadeira boba com Jeon. Jeon Jungkook, aparentava ser uma pessoa inocente, um pouco arteiro e conversador. Apesar de já conhecer Jung  Hoseok, Jin pode perceber mais algumas características no rapaz por exemplo: seu sorriso em formato de coração, uma alegria que era excessiva aos olhos de Seokjin e ele parecia assim como seu apelido "J-hope" trazer esperança .

Depois de um tempo com os rapaz conversando do lado de fora Jin os chamou para entrar, porém Hoseok recebeu uma ligação e disse que não poderia ficar já que teria um encontro com seu namorado.

Os outros três entraram na casa, conversaram e se conheceram mais a fundo, em final chegou um horário que os rapaz tiveram que ir embora, eles despediram-se e foram.

Os rapazes viraram amigos, Jimin meses depois lembrou que conheceu Jin quando mais novo e a partir daí sua amizade cresceu mais e mais. Aos poucos Seokjin se esquecia de Namjoon, esquecia de como havia sofrido, esquecia de simplesmente tudo. Até que chegou o dia que o nome "Kim Namjoon" não existia mais em usa mente.

Já haviam se passado 5 anos. 

Seokjin estava continuava com seus amigos Hobi, Chimchim, kook e Taetae. Ele ainda falava com Ji-woo que sentia-se mal por Namjoon e seokjin que nunca ficaram juntos. 

Os rapazes haviam ajudado Jin a esquecer de Namjoon e junto com isso criaram ódio pelo homem que nunca haviam conhecido.

Jin estava a procura de um trabalho e Ji-woo sabia quem teria um trabalho para lhe oferecer, um trabalho de assistente pessoal.

        ~~~~~☆~~~~~♡~~~~~☆~~~~~

Havia se passado apenas um mês desde que Seokjin tina ido embora, Namjoon não estava bem. Em todos os momentos ele pensava em Seokjin, fosse no banho, enquanto comia, enquanto andava, enfim em sua cabeça não tinha outra pessoa além de Jin.

Ele sabia que o que tinha feito havia provocado tudo aquilo, sabia que não tinha mais volta e por isso sofria.

Os anos foram se passando até que chegou um dia que ele teve que assumir a imprensa de seu pai, ele trabalhava arduamente tentando esquecer Seokjin, mas ele nunca conseguia, não importava se estivesse namorando ou ficando com alguém, fosse homem ou mulher, ele nunca esquecia Seokjin. Ele havia até mesmo transado algumas vezes com sua segretaria, que por um acaso era Kiyomi.

Logo ele estava tão cheio de trabalho e problemas pessoais que precisava se organizar mais, então decidiu ter um assistente pessoal.

Um de seus sócios Min Yoongi, um rapaz extremamente pálido, tão pálido que poderia ser comparado a açúcar, cabelos negros, ele tinha muita paciência, porém quando o irritavam o rapaz poderia matar apenas com suas palavras.

Yoongi havia se tornado um grande amigo de Namjoon, que havia contado tudo o que havia acontecido, ele queria dar um jeito de fazer àquilo parar,  especialmente nas besteiras que Namjoon fazia. Mas como iria encontrar Seokjin? 

~~~~~♡~~~~~☆~~~~~♡~~~~~

Aquele era uma dia especial para Jin, já que iria finalmente começar seu trabalho como assistente pessoal. Jimin, Kook e Taetae o desejaram boa sorte dizendo "Fight Omma Jin!".

Jin se despediu dos meninos e foi para seu trabalho, ao chegar na frente da imprensa foi recebido por Ji-woo que o esperava com um sorriso no rosto que foi retribuindo pelo mais novo.

Eles entraram no prédio e subiram de elevador até o último andar, que era aonde ficava o escritório pra quem Jin iria trabalhar. Logo que chegaram Kiyomi reconheceu Seokjin que estava um pouco diferente, já que seus cabelos estavam pintados em um rosa claro, que contrastava com sua pele branca, deixando-o ainda mais parecido com uma boneca de porcelana.

Eles entraram na sala de Namjoon, que assim que viu Seokjin ficou sem reação, como em 5 anos o rapaz pode mudar tanto? Ele estava mais bonito, seus cabelos rosa que o chamavam tanto a atenção, sua calça jeans preta que era um tanto colada fazia as pernas de Jin ficarem ainda mais marcadas e sua bunda parecer ainda maior.

Namjoon se aproximou de Seokjin e o abraçou. Ji-woo já não estava mais na sala, ele queria deixar os rapazes à sós para que pudessem conversar.

Seokjin não entendia o que seu patrão estava fazendo o abraçando e chorando, mas retribuiu o abraçou. Logo, Kiyomi entrou na sala olhando com desgosto para Seokjin, que estava mais perdido que macumbeiro em igreja. Ela disse à Namjoon  que ele teria uma reunião 16 horas na quinta-feira, após isso ela saiu do local dando uma piscadela para Namjoon. Que apenas ignorou a ação da moça.

Logo Namjoon explicou a Seokjin o que ele deveria fazer e concluiu dizendo que Seokjin basicamente iria cuidar dele, cuidar de seus horários e uma parte de sua vida pessoal. 

No final do espediente, Namjoon tinha uma coisa em sua mente. 

"Seokjin não lembra-se de mim!"

Quando seu pai o contou, Namjoon simplesmente não queria aceitar aquilo. Mas logo aceitou, e para aliviar essa dor que sentia passou a transar com qualquer pessoa que lhe aparecia.

Mas agora que Seokjin estava ali, ele só tinha um objetivo.

Reconquistar Seokjin!




Notas Finais


Espero que tenham gostado, obrigado por lerem.
Fiquem com God of Destruction, meu pai.
E até o próximo capítulo, que eu prometo tentar não atrasar. ❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...