História Frienemies - Capítulo 43


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys (BTS), Colegial, High School, Jeon Jungkook, Kim Taehyung, Taekook, Vkook, Yaoi
Visualizações 110
Palavras 1.169
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Fluffy, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


olá
eu sinto muito demorar tanto e descumprir promessas.
bom o meu maior obstaculo é eu mesma... a minha condição mental essas últimas semanas tem me afetado muito. eu estou desanimada e sem forças pra fazer absolutamente nada. eu realmente sinto muito.
mas vou tentar me esforçar, pra postar mais! não posso prometer, mas irei me esforçar.
obrigada a quem tem lido :)

Capítulo 43 - Capítulo 43.


[kookie]

taehyung.

aquele garoto está me seguindo pela escola

[taehy]

onde você está?

[kookie]

eu vim pra secretaria

ele fica me encarando e eu não sei se ele está em uma condição boa

[taehy]

fica ai, não sai desse sala eu vou te buscar agora

[kookie]

obrigado

eu estou com medo

[taehy]

calma, não vai te acontecer nada

se eu ver esse fodido eu vou quebrar a cara dele

[kookie]

não vai, por favor, não quero repetir aquele dia

[taehy]

ok

estou entrando no carro

eu chego em menos de 10 minutos

[kookie]

ok taehy

obrigado por isso!

Na mesma hora seu telefone vibrou e abriu a outra mensagem com as mãos um tanto quanto trêmulas, era pra ser um dia normal. Mas aquele garoto lhe olhava estranho e tinha um rosto com uma expressão indecifrável, Jungkook só queria ficar o mais longe possível dele e correr para fora dali poderia ser pior, pois ele iria sozinho. Então era melhor esperar ali que pelo menos haviam pessoas.

[hobi]

o que foi?

[kookie]

aquele garoto estranho estava me seguindo

[hobi]

o que tem a arma?

[kookie]

 sim

eu vim pra secretaria, o taehyung está vindo me buscar

[hobi]

eu vou ai contigo

[kookie]

eu estou muito nervoso

vem por favor

[hobi]

você falou pra alguém?

[kookie]

não, eu só me sentei aqui perto da secretária

mas ela nem se importou tanto, sorriu pra mim e estou esperando o taehyung

[hobi]

estou guardando meus livros

[kookie]

ele entrou aqui

[hobi]

estou correndo

[kookie]

ele é muito estranho, ele está muito estranho

[hobi]

calma

[kookie]

não vem!

não vem

hoseok para por favor

ele está com uma arma!

Jungkook realmente não podia acreditar no que estava vendo, seu corpo parecia se desfazer e apenas tentou controlar a respiração para ninguém perceber o seu desespero.

{...}

Taehyung correu pelo estacionamento e entrou pela porta da frente correndo até a secretaria olhando para os lados observando se o garoto não estava por lá. Chegou na porta da secretaria a abrindo vendo Jungkook falando com Hoseok, no canto da sala, os dois estavam bem assustados.

— O que aconteceu? — perguntou e os meninos suspiraram aliviados em vê-lo.

— Vamos embora, agora. — Hoseok se levantou e puxou os dois que o seguiram. Foram rápido ao carro de Taehyung e quando entraram lá Jungkook quase gritou passando a mão trêmula no rosto.

— Hoseok, eu disse pra você ficar fora da sala! — olhou o amigo com um tom nervoso.

— Eu fiquei com medo e entrei, e foi por isso que ele saiu de lá. — respondeu.

— O garoto entrou na secretaria? — Taehyung perguntou dirigindo o carro.

— Ele entrou e ele estava com uma arma na cintura, ele levantou uma pouco a camisa e eu consegui ver, ninguém mais viu, e ele ficou andando por lá até o Hoseok entrar e ele saiu de lá muito rápido. — Jeon dizia com a respiração rápida e passou a mão na testa.

— ELE TINHA UMA ARMA? — Taehyung parou o carro. — a gente precisa dizer isso pra alguém. — olhou os outros e Jungkook estava encolhido no banco do carro enquanto roía sua unha num ato de puro nervosismo.

— Mas como que a gente vai dizer isso? Eles vão querer provas, nós não temos nenhuma. — Jungkook suspirou. — eu nunca deveria ter ajudado ele naquele parque, ele deve ter me marcado, sei lá. — sentiu a mão de Taehyung no seu ombro e um pouco do peso em si foi retirado.

— O pior é que as aulas já acabam semana que vem, ninguém da escola vai dar importância pra isso agora. — Hoseok disse. — eles estão cheios de coisa pra fazer, e o garoto pode se fingir de vítima. — suspirou.

— Vai tudo dar certo, ok? Você não vai mais pra escola sozinho, nem em outro lugar até a gente ver como faz. — Taehyung disse e Jungkook concordou.

— Eu estou fazendo vários testes, não é como se eu quisesse ir, mas é a minha única oportunidade na faculdade daqui já que próximo semestre eu não vou estar aqui. — olhou o Kim que concordou.

— O tio do Yoongi é policial não é? — perguntou a Taehyung que concordou. — vou falar com o Yoongi, explicar a situação.

— É, e ai ele fala com o tio, é melhor do que chegarmos numa delegacia, infelizmente eles vão deixar isso pra lá. — Jungkook disse e segurou a mão de Taehyung que estava na sua coxa, Jeon estava gelado. — ele não parecia que ia fazer algo, ele parecia muito confuso. — explicou. — mexia os dedos constantemente e parecia muito vidrado.

— Ele poderia estar drogado. — Taehyung proferiu. — ainda mais se ele tem alguma ligação com o Mino, o ruim disso é que ele pode entrar em algum surto, caralho alguém da escola tem que fazer algo.

— Eu posso falar com o meu pai. — Jungkook falou. — talvez ele indo lá e explicando a situação deem mais ouvidos do que pra nós.

— Vou com você. — o Kim disse.

— Obrigado, e obrigado por nos tirar de lá.

— Eu quase bati o carro umas três vezes até chegar, eu estou com ódio. — soltou.

— Ódio não serve pra nada Taehyung, está tudo bem. — Jungkook não queria ele estressado, não queria que ele fumasse ou algo do tipo.

— O Yoongi vai falar com o tio dele. — Hoseok que ficou caldo bastante tempo se pronunciou depois de trocar várias mensagens com o namorado. — por que estamos aqui? — olhou para o mini shopping do lado de fora.

— Eu nem sei, eu fiquei nervoso ai preferi parar. — Taehyung disse e eles concordaram. — vou te deixar em casa. — olhou Hoseok. — e ai vamos na sua casa. — falou para Jungkook que assentiu.

O caminho foi em puro silêncio, todos os três refletiam sobre o que havia acontecido e tentavam buscar respostas, mas não conseguiam. Hoseok ficou na frente de sua casa e viu os dois garotos partirem. Taehyung parou na frente da casa de Jungkook minutos após. Olhou Jungkook e o abraçou quase o esmagando no meio de seus braços. Sua respiração era pesada, a sensação de estar longe dele enquanto o mesmo precisava de ajuda foi uma das piores coisas que havia sentido.

— Sabe o que me deixa pior? — Taehyung perguntou com o rosto de Jungkook nas mãos que o encarava. — quando você estiver do outro lado do mundo e precisar de ajuda eu não vou poder simplesmente pegar o meu carro e ir te ajudar, isso me mata por dentro. — eles estavam tentando evitar aquele assunto, mas o mesmo sempre voltava. — mas eu vou te ajudar, nem que eu tenha que ficar 24 horas num voo pra isso. — Jungkook sorriu.

— Eu também farei isso. — Jungkook agradecia pelo sentimento de cuidado entre eles ser tão genuíno. O beijou e saíram de lá minutos depois. Foram até a casa de Jungkook, entraram logo procurando pelo pai do mais novo, tinha o bilhete do mesmo na geladeira dizendo que ele havia ido no supermercado e logo voltaria. Eles sentaram no sofá da sala e ficaram tentando pensar em como explicariam tudo aqui para o pai de Jeon quando o mesmo voltasse.


Notas Finais


:)))


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...