História From night to day - Yoonmin - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Blackpink, Exo, Hyuna, Ikon, Jay Park, Loona, Namhope, Pentagon, Red Velvet, Stray Kids, Taekook, Twice, Yoonmin
Visualizações 25
Palavras 1.369
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura meus Anjos sensatos,rs

Capítulo 2 - "I hate loving you"


Fanfic / Fanfiction From night to day - Yoonmin - Capítulo 2 - "I hate loving you"

"Você ainda está aqui?"

"Eu estou. Eu sempre vou estar!"

"Então cadê você,e por que não te vejo?"

Min Yoongi on

Vi Jimin entrar por aquela porta junto a Jeon, minhas mãos estavam trêmulas e meu coração batia de forma rápida,era se como tudo aquilo que eu sonhei tenha se transformado em um pesadelo,um pesadelo contendo o meu pior medo, Vi Jeon sorrir, um sorriso sincero mostrando toda sua felicade, e é claro no rosto do Jimin tendo o mesmo sorriso. Se isso me destruiu? Sim,isso acabou comigo. Senti meus olhos ficarem marejados e me levantei as pressas, sai de casa tendo o impacto do meu ombro com o de Jimin, corri para longe dalí ,eu só queria estar sozinho, pelo menos por enquanto.

Me sentei em uma calçada um pouco longe de casa, a rua estava deserta, não passava carros por alí ,muito menos pessoas, as casas daquela rua eram poucas e todas estavam com as luzes apagadas- suspirei pesado deixando que toda aquelas lágrimas que estivessem presas fossem escorrendo sobre o meu rosto- chorava alto,apenas a luz de um poste me iluminava,eu estava me sentindo um idiota! Um perfeito,e completo. E agora eu terei que deixar de Amar o Jimin, porquê ele namora o meu irmão, alías o que eu fiz de errado para o mundo?- Fungava baixinho enquanto abraçava o meu própio corpo, me balaçando,ouço a porta da casa que estava atrás de mim ser aberta,e a encaro rápidamente,de lá saia um homem que aparentava ser velho,ele caminhava até mim,arregalei meus olhos quando vi ele apoiar sua mão sobre meu ombro,e se abaixar ficando da minha altura.

-Garoto... Você não tem o que fazer não?

-Ah,sim... Me desculpa,não queria atrapalhar.

Me levantei e arrumei minha roupa, se eu iria voltar? Não. Apenas continuei andando para frente,na verdade nunca tinha vindo por aqui, coloquei minhas mãos no bolso e andava de forma lenta para que eu demorasse, estava sem rumo mesmo. Agora eu parei para pensar, Então, o Jimin traiu o Jungkook? Eu deveria falar? Ele disse que foi sem querer, o que eu tenho haver com isso? Exato! Nada, eles que se resolvam não é um problema meu.

Observei uma boate que estava do outro  lado da rua, a encarei por minutos e atravessei a rua. Por que não,certo? -Engoli seco e adentrei à mesma, observando a minha volta, pessoas dançando,se pegando,bebendo. Acho que talvez eu possa esquentar minha cabeça aqui ,estava lotado! O lugar era grande.

Recebi algúns olhares e sorrisos, retrebui algúns mesmo eles sendo fracos, foram sorrisos. Caminhei até uma mesa e me sentei ,vi uma mulher passar ,acho que era com ela que eu pedia algúma bebida, assobiei e levantei minhas mãos chamando sua atenção, ela caminha até mim com um sorriso encantador ,estava usando uma roupa justa sobre seu corpo, vulgar até, ela era linda,e parecia ser jovem ,tinha um cracha em seu vestido,indicando seu nome, Rosé era o nome dela.

-Sim? -Ela pergunta de forma calma, enrolando seus dedos no cabelo, mordendo seu lábio inferior ,enquanto encarava meu rosto.

-Você pode me trazer um Whisky? -Falei simplicio, jogando meu cabelo para trás, enquanto passava minhas mãos por minhas coxas.

-Claro, já trago! Um momento,ok.

Assenti e observei ela ir embora, trocava palavras com algúmas pessoas, lerda um pouco, além dela tinham outras pessoas passando por alí. Foquei na entrada assim que um menino Jovem alto, com seus cabelos castanhos entrou por alí, ele parecia decepcionado e vestia uma roupa social ,como se tivesse acabado de sair de uma reunião importante, Vi ele procurar uma mesa, ele por vez focou em mim, como disse o lugar estava cheio,com suas mesas ocupadas. Ele caminhou até mim,e ouvi suspirar derrotado, bagunçando seus cabelos.

-Posso me sentar ? -Ele perguntou meio sem jeito, isso fazendo ele parecer fofo, ele arrumou seus óculos e seu terno, batendo seu pé sobre o chão.

-Pode sim... -Falei baixo, vendo ele agradecer e se sentar ao meu lado, Vi Rosé se aproximar com o que eu tinha pedido ela deixa a bebida sobre a mesa,e para , para encarar o menino que tinha chamado sua atenção, ele pediu que ela troussesse Vodka para o mesmo,e ela assentiu saindo da nossa vista.

-Eae, o que aconteceu? -Perguntei o encarando com minha sobrancelha erguida.

-Fui demetido, cara, eu me esforçei tanto para isso, me dediquei a minha faculdade, larguei da minha cidade para vim trabalhar aqui, e eu fui d e m i t i d o- Ele soletrou a últoma palavra.

-Você está muito tenso, como é seu nome?

-Taehyung. Kim Taehyung -ele sorri de canto- E o seu?

-Min Yoongi! Bom também estou passando por um momento difícil! Vou te ajudar.

Me levantei ,e fui para trás do mesmo, começando a massagiar suas costas, acho isso ótimo para ajudar a acalmar , ele jogou seu pescoço para o lado, fechando seus olhos, suspirando aliviado.

-Você faz isso bem, Yoongi! -Ele diz ainda com seus olhos fechados, o mesmo abre seus olhos e retira seu terno, ficando com uma blusa xadrez, também social -Continua, por favor?

Assenti e soltei um sorriso pequeno para o mesmo, incrivél, a forma de como eu tenho soluções para os problemas dos outros,e para os meus não.

Ficamos naquela por um tempo, até Rosé se aproximar com sua bebida, voltei a me sentar ,também voltando a beber ,agora acompanhado por ele.

-Está melhor? -Perguntei tirando o moletom que cobria meu corpo,o lugar era quente.

-Sim, Obrigado! -Ele sorri, um lindo sorriso com uma linda forma quadrada, único e perfeito, talvez não como o do... Não,eu não posso continuar me prendendo a ele.

-Bom, agora me diga, o que aconteceu com você? Por que está mal ? -Ele pergunta acariciando minha mão,bebendo sua Vodka de forma rápida,logo pedindo para que trousessem mais, ele também pediu para mim.

-Decepções amorosas, acontece. Eu queria dizer para ele "Me toque,me toque até o amanhecer" ou um simplés "Eu te amo",mas a única coisa que eu fiz foi chorar ao saber que meu irmão namora o meu @...

-Uau. Triste hum? Mas vida que segue, você é lindo,se ninguém quiser eu quero! -Ele solta uma risada e eu o acompanho.

-Taehyung ,você se importaria de trabalhar em um lugar qualquer ? Por exemplo, uma cafeteria,hu?

-Não! Claro que não. Por quê?

-Bom,onde eu estou trabalhando estamos precisando de pessoas, o que você acha de ir lá comigo?

-Sim, sim Yoongi eu quero!!

Sorrio e vejo o mesmo se aproximar beijando o canto da minha boca, me arrepiei e retrebui seu sorriso.

Quebra de tempo.

.

.

.

Eu e Taehyung estavamos indo para minha casa, combinamos que ele iria dormir lá ,até porquê ele estava sem condições de ficar sozinho! Sim,ele bebeu demais, estava fedido, e falando besteiras, mereço. E sim,nós ficamos, eu estava necessitado,e ele também,mas nada que tenha se passado de beijos sem compromisso, por mais que eu queira,não irei esquece-lo tão rápido! Sei que não.

Chegamos em casa, as luzes estavam acesas,só davam para ouvir barulho vindo do quarto do Jungkook, a mesa estava bagunçada,um nojo, eles nem se importaram comigo! Ótimo saber.

Levei Taehyung para meu quarto e fechei a porta, dei um banho rápido na água quente no mesmo, ajudei ele a limpar seus dentes, e emprestei uma das minhas roupas a ele, fumos para minha cama,e alí durmimos.

[•••]

Já estavamos no trabalho,eu estava derrotado! Com olheras enfeitando meu rosto,e meu cabelo bagunçado, fora a dor que eu estava sentindo em minhas costas. Estava esperando o Taehyung sair da sala do Jin, estava na parte de baixo, escorado no balcão, pessoas tomando café aqui e alí, olharei para o lado de fora da cafeteria,e me arrependi amargamente. O Jimin estava se beijando com o... o Baekhyun? Não evitei de sair as pressas dalí ,indo para onde o mesmo estava, afastei o Baekhyun dele e o olhei furioso, fazendo ele arregar seus olhos.

-O QUE VOCÊ PENSA QUE ESTÁ FAZENDO JIMIN? VOCÊ TEM A NOÇÃO DE COMO O JEON TE AMA? E VOCÊ ESTÁ BRINCANDO COM ELE!

O mesmoa abaixou a cabeça,e eu pude ouvir Baek debochar de minhas falas,me virei de forma rápida deixando um soco em seu rosto, puxei Jimin pelo pulso o levando para dentro do café, indo até o banheiro com ele, assim escorando ele na porta do banheiro, encarando seus olhos.

-Jimin ! Me explica, e me de um bom motivo, para eu não contar a o Jungkook?!

-Yoongi por favor calma! É que o Baekhyun ele...



Notas Finais


Desculpas pelos erros,acontece!...
Só continuo se vocês quiseres,rs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...