História From zero - Capítulo 13


Escrita por: e XXXERRY

Postado
Categorias Monsta X
Personagens Hyung Won, I'M, Joo Heon, Ki Hyun, Min Hyuk, Personagens Originais, Show Nu, Won Ho
Tags 2won, Hyungwon, Monsta, Wonho
Visualizações 116
Palavras 1.059
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Lemon, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


* Não betada
*Boa leitura

Capítulo 13 - Mande eles embora


Fanfic / Fanfiction From zero - Capítulo 13 - Mande eles embora

Hoseok: Hyungwon você tinha mesmo que ter chamado todo mundo pra ficar aqui hoje?

Você: Não chamei


Hoseok:Mande eles embora

Você: para de me mandar mensagem eu tô do seu lado, idiota.


-Ok, queria ficar mais junto de você- disse fazendo biquinho e olhando manhoso para o maior.

-Eu não vou mandar eles embora, mas podemos subir.

-Tudo bem, eu aceito- disse puxando a mão do mais velho em direção a escada.

-Aonde vocês pensam que vão?- Kihyun pergunta enquanto caminha até nós dois.

- Não é óbvio? Vamos lá em cima.

- Óbvio que não vão, vamos ver filme.- Kihyun disse puxando a mão dos dois.

Sabiamos que se tentassemos contrariar o que o menor tinha dito provavelmente depois acabariam cedendo e só demoraria mais para ficarmos sozinhos, nos posicionamos pra ver o filme, era um de terror, todos sabiam que eu era medroso então acho que isso foi uma trolagem com a minha pessoa. Eu estava com hyungwon do meu lado no sofá, enquanto o outro casal estava deitados no chão em cima de um colchão inflável.


- Hyungwon, você e seu namorado podem pegar mais pipocas e suco?- Minhyuk disse dando ênfase em "namorado"

-Nós não namoramos, mas eu posso fazer isso sozinho. - Hyungwon disse se levantando e indo até a cozinha, Hoseok foi logo atrás.

- Não precisa carregar peso sozinho.

-Já sabem que você e Hyuna terminaram né?

-A escola toda sabe por causa daquele jornal idiota.

-Por isso todas essas mensagens que você não para de responder, né?- Hyungwon disse com um tom meio triste.

-Você tá com....ciúmes?- Hoseok disse animadinho batendo palminhas.

- Não seja idiota. - Bufou.

- Hyungwon, eu não quero ninguém além de você. - disse se aproximando de Hyungwon.

- Tanto faz- o afastou. -Toma, leva as pipocas.

Hyungwon estava com ciúmes, mas não queria admitir tal coisa, eles nem tinham voltado a se falar direito ele não tinha tal direito, mas o mesmo estava muito sensível, faltava mais de uma semana para seu cio e o mesmo não sabe se queria o passar com Hoseok, eles não tinham nada, Hyungwon estava confuso com a situação deles, talvez perguntasse depois ao mais velho, saiu de seu pensamentos e foi para a sala com uma jarra de suco em uma mão e latas de pepsi na outra, deixou tudo em cima da mesa de centro e se sentou no colo de Hoseok.

- Precisamos conversar, Hoseok.

-Agora?- Ele estava assustado e olhava nos olhos do mais alto que assentiu com a cabeça.

-Vem, vamos subir.

Os outros estavam tão tão concentrados no filme que não viram quando subimos, ainda bem, não queria Kihyun interrogando nós dois.

-Então?

-Senta- disse fechando a porta do quarto, quando o vi sentado até esqueci do que queria tratar, na verdade, eu perdi a coragem, então só andei até sua direção e parei na sua frente.

-Quer terminar o que estávamos fazendo mais cedo?- disse com um sorriso malicioso.

- Bom, na verdade, aahh. Fodase.

Me sentei no colo de Hoseok e comecei a beija-lo com uma certa presa, não era isso que vim fazer aqui mas eu não tinha como cobrar muita coisa então desisti.

Comecei a rebolar em cima do membro de Hoseok já duro, sentir aquilo com certeza tirou qualquer sanidade que eu mantinha até ali, comecei a depositar beijos e mordidas pelo pescoço alheio escutando gemidos manhosos de Hoseok, comecei a desbotoar os botões de sua camisa mas não a tirei, mas seu corpo estava bem exposto, ele terminou de tirar a camisa e agarrou minha cintura me ajudando com os movimentos em cima de seu membro.

Me levantei do colo dele escutando um gemido frustrado de hoseok, não consegui deixar de rir, me abaixei na sua frente depositando chupões por todo seu abdômen, me ajoelhei na frente de Hoseok e encarei seu membro na sua calça jeans, levei minha mão para desbotar o botão da calça o encarando.

- Você fica tão lindo assim, ajoelhado para mim.

Não deixei de sorrir, tirei sua calça junto com sua box, encarei o membro de Hoseok que saltou pra fora, passei a língua nos lábios sem perder o contato com Hoseok que gemeu com o ato.

Levei minha mão até a glande já inchada de Hoseok e a contornei com meus dedos, arrancando gemidos sofridos de Hoseok.

- W-wonnie, por favor.

- O que?

- Me chupa, por favor.

Troquei meus dedos pela minha língua, passando por toda sua glande e depois por todo o seu membro. Hoseok gemia manhoso pedindo para que eu o tivesse dentro da minha boca logo, e assim eu fiz.

Comecei a chupar seu membro e masturbando o que eu não conseguia com a boca, Hoseok segurou meu cabelo pedindo que eu faço mais rápido, tirei minha mão de seu membro e olhei em seus olhos o dando permissão para que ele estocasse na minha boca. E assim se passaram o tempo até Hoseok gozar na minha boca, o que eu engoli como se fosse o doce mais gostoso do mundo.


- meu deus, Hyungwon, eu amo sua boca.

Não hesitei em sorrir, me levantei e beijei Hoseok, estava tudo ficando quente de novo, quando escutamos um grito vindo do andar de baixo.

- Que merda é essa?- Perguntei encarando Hoseok.

- Deve ser os meninos vendo o filme, só ignora.- Hoseok disse me puxando pra ele novamente.

" HYUNGWONN, HOSEOK"


E um barulho logo depois dos gritos, como se fosse alguém tentando forçar a porta.

- Hoseok, vem! - Puxei Hoseok até o ver sem calça. - Ok, veste a roupa e desce.

Desci as escadas vendo Shownu com uma faca no ombro.

- O que tá acontecendo aqui? - disse irritado e preocupado

- Eu pensei que era um bicho tentando abrir a porta então enfiei a faca nele, mas era o Shownu.- Kihyun disse chorando.

-O que acontece... meu deus o que..- Hoseok estava claramente confuso.

- Kihyun esfaqueou o Shownu. - Minhyuk disse contendo o riso.

- Gente, eu tô bem, mas preciso de um médico sabe? Pra tirar isso daqui.

- Eu te levo- Jooheon disse. - Kihyun vai comigo.

- Todos vamos- Hoseok disse

- Melhor não, e nem tem lugar no carro.

- Deixa o Kihyun aqui, leva o Minhyuk.- Chang disse enquanto acalmava Kihyun.

- Tudo bem, vamos.

Notas Finais


Gente, desculpa a demora, a fic tá chegando no final, é isto.
Sobre as cenas mais quentes: não tenho costume em escrever, desculpa.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...