História Fronteira - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 1
Palavras 285
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Ficção Científica, LGBT

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


oieeeee, gente, eu tinha essa ideia faz alguns anos, mas nunca tinha escrito antes; pretendo escrever mais, e caso achem interessante vou postando mais capítulos. Deixem nos comentários o que acharam. Espero que gostem ;)

Capítulo 1 - A Fronteira


Passaram-se mais de cinco mil dias desde que a Terra parou de girar. Sabia disso muito bem, pois foi quando completei vinte e dois anos que recebi a notícia de uma possível colonização bem-sucedida na região pela qual dividíamos o planeta.

Ao longo dos últimos cinco anos, os boatos sobre a possibilidade de moradia – no que chamávamos de fronteira  - era apenas um sonho distante entre os cientistas ao redor do mundo. O resto de nós jamais delirou com a chance de sair daqui, já que apesar de todas as dificuldades e provações, era seguro – e isto, era essencial.

Eu vivia na região oeste da Terra, a parte quente. Desde a última catástrofe, as estações do ano haviam sumido, dando lugar à divisão planetária que conhecemos atualmente: seis meses de calor infernal e seis meses de um inverno doloroso. Porém, o lado oeste tinha se tornado permanentemente glacial, por razões desconhecidas ainda hoje. Os recursos que possuíamos eram extremamente escassos, já que a destruição de prédios levou consigo a maior parte das bibliotecas. A internet, é claro, não mais existia, assim como qualquer outro tipo de tecnologia. Os poucos intelectuais que sobraram faziam o máximo com o que tinham, mas não era o suficiente. O conhecimento existente não foi esquecido, pelo contrário, a humanidade tinha como prioridade o saber por fins sociais. Tudo que era sabido ou aprendido era repassado a todos os membros das comunidades; nada era escondido.

De qualquer maneira, a fronteira permanecia um mistério a ser desvendado, e foi por isso que a notícia que recebi naquele dia explicava o alvoroço entre a população. Quando cheguei à Colheita, onde trabalhava, o falatório revelava que as informações eram verdadeiras: a colonização era real.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...