História Frozen in a Photo (Yoonmin - Short) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Bangtan Boys, Bts, Drama, Romance, Short Fic, Tragedia, Yaoi, Yoonmin
Visualizações 46
Palavras 868
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hi Brigadeirossss!
Short Fic daquelas para vocês. Espero que gostem 🤗

ATENÇÃO: Não me responsabilizo por lágrimas e corações partidos depois de ler esse capítulo.

IMPORTANTE: Leia ouvindo a música Photographer - Ed Sheeran (se quiser). Deixarei o link da música nas notas finais.



Desculpem qualquer erro. Boa Leitura!❤️✌️😉

(Capítulo Revisado)

Capítulo 1 - -Te Amo Yoongi-


Fanfic / Fanfiction Frozen in a Photo (Yoonmin - Short) - Capítulo 1 - -Te Amo Yoongi-

Amar pode doer

Amar pode doer às vezes

Mas é a única coisa que eu sei Quando fica difícil

Você sabe que pode ficar difícil às vezes

É a única coisa que nos mantém vivos



- Obrigado por entrar em minha vida. Obrigado por me amar - uma lágrima cheia de dor e gratidão rolou por minha face.

Joguei uma rosa vermelha por cima do caixão, antes do mesmo ser coberto pela terra.

A chuva se fez presente naquela manhã melancólica. Se despedir de seu amor é uma tarefa difícil.

Aos poucos as pessoas iam se despedindo. Algumas chorosas, outras com pena. Eu podia ouvir a frase clichê "meus pêsames", "sinto muito", direcionados à mim ea familia Min.

Foi 5 anos de casados, 7 anos de amizade, para no fim, eu ser salvo novamente por Min Yoongi.




- Me deixe lhe ajudar. Deixe-me lhe curar - Yoongi pedia com seu rosto molhado pelas lágrimas.

Fui envolvido em seus braços acolhedor, me permitindo chorar em seu peito, colocando toda a tristeza e mágoa de ser rejeitado por um amor ilusório para fora, assim acalmando um pouco o coração ferido.




- Obrigado por me curar. Obrigado por me mostrar o que é amor - sussurrei.

Deixei o cemitério à passos lentos, sentindo as gotas de água correrem por todo meu corpo, molhando todo o meu terno preto escolhido para a ocasião.



Amar pode curar

Amar pode remendar sua alma

E é a única coisa que eu sei

Eu juro que fica mais fácil

Lembre-se disso em cada pedaço seu 

E é a única coisa que levamos conosco quando morremos



Cheguei em nosso apartamento e me direcionei ao quarto, pegando roupas confortáveis para tomar banho e mofar em casa.

Calça moletom marrom, cueca box branca e camisa da mesma cor, tudo em mãos, me dirigindo ao banheiro, para relaxar um pouco.

Após tomar o banho e relaxar um pouquinho, sendo invadido de pensamentos, me joguei na cama suspirando. Fiquei de lado, me acomodando com a cabeça confortávelmente no travesseiro, e estiquei minha mão direita embaixo da cama, puxando uma caixa onde eu guardava lembranças.




- Te amo Jimin - me beijou ali mesmo no parque, sem se importar com quem estava em volta.

Agarrei seu pescoço e aprofundei o beijo. Suas mãos passeava por minhas curvas delicadamente, me trazendo mais perto de si. Explosões de sentimentos poderiam ser sentindos na simples troca de saliva, na junção de duas bocas, de corpos que anseiam pelo outro.




Abri a caixa e tirei duas fotografias de nós dois em um dos vários acontecimentos importantes e marcantes de nossa vida juntos.

O parque com belas árvores, belas flores, estava sendo iluminado pela luz da lua cheia e suas estrelas no céu, deixando o passeio Romântico e tranquilizador.




- Preciso te falar uma coisa Jimin - ele parou e ficou em minha frente, segurando minhas mãos - Nunca duvide de amor por você. Obrigado por existir, obrigado por me permitir curar sua feriada com meu amor, obrigado por me amar - uma lágrima involuntária rolou pela sua bochecha, que foi enxugada por mim sem demora.

Meu coração estava palpitando como nunca, cheio de espectativas.

- Por isso, quero eternizar isso que temos. Preciso lhe fazer um pedido e você deve responder sim ou não.

- O que você está fazendo Yoongi? - o fitei ajoelhado em minha frente agora, já desabando em lágrimas pelas palavras bonitas proferidas por ele.

- Park Jimin - levou a mão esquerda até o bolso de sua calça e tirou uma caixinha vermelha de veludo - Aceita casar comigo?



Trocamos nossas alianças depois dos votos trocados perante o juiz, com o peito saltitante de felicidade.

- Podem se beijar - anúnciou o homem que estava fazendo a cerimônia.

Sorrimos um para o outro e acabos com a distância, ouvindo as pessoas presentes aplaudirem e gritarem.

- Te amo - sussurrou em meus lábios, voltando a me beijar.

- Também te amo - sussurrei, deixando um celinho em seus lábios, antes de quebrarmos o contato.




O dia do pedido de casamento eo grande dia onde nossas almas foram unidas.

Sentei na cama com as fotografias em mãos e me permiti chorar, molhando as mesmas com minha dor.



Nós mantemos este amor numa fotografia

Nós fizemos estas memórias para nós mesmos

Onde nossos olhos nunca fecham 

Nossos corações nunca estiveram partidos

E o tempo está congelado para sempre



- Por que-e-e teve que aca-a-abar assim -im? - perguntei entrecortado para quem pudesse responder.




Assim que coloquei meu pé na estrada para atravessar para o outro lado da rua já escura por causa da noite, vi uma luz forte vindo rapidamente em minha direção. Apartir dalí, tudo ocorreu em câmera lenta.

Era o meu fim.

Senti algo me empurrar para longe do carro em alta velocidade, me tirando da frente do automóvel desgovernado.

Um baque alto pode ser ouvido.

Corri em choque para frente do carro agora parado. Avistei um corpo ensanguentado estirado no chão. Quando me toquei de quem se tratava, fiquei sem chão.

Minha vida desmoronou.




- Prometo que seguirei em frente. Juro por esse amor congelado no tempo...congelado em uma fotografia - funguei, fazendo uma promessa - Te amo Yoongi. Nos entraremos algum dia do outro lado.



Quando eu estiver longe

Me lembrarei de como você me beijava

Embaixo do poste de luz da 6ª rua 

Ouvindo você sussurrar pelo telefone

 Espere por minha volta para casa


Notas Finais


Música: https://youtu.be/tIA_vrBDC1g




Link do grupo: 👇👇👇
https://chat.whatsapp.com/LaD4EPifFVbDx7UJph91fM

Tchau 😘😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...