1. Spirit Fanfics >
  2. Fruto Proibido - Imagine Sn >
  3. Capítulo 3 - No céu?

História Fruto Proibido - Imagine Sn - Capítulo 3


Escrita por:


Capítulo 3 - Capítulo 3 - No céu?


Jeon Jungkook 

《Após Jennie sair》

- Vamos?

Sn: a sim,vamos - coloco minha mão em seu ombro e ela logo gene de dor. - Aí cacete! 

- Não sabia que xingava gatinha

Sn: Doeu viu? - seu estômago canta - Quando aconteceu o acidente eu estava indo comprar algo para comer.

Ela ri timidamente e eu retribuo o gesto com um sorriso. 

- Vamos comer então gatinha.

《》

Sn: Isso é oque?

- Hambúrguer sn - reviro os olhos - nunca comeu um?

Sn: na verdade não,nunca tive amigos então meio que não saio de casa para comer bobagens

- já comeu pizza?

Sn: Já,claro que sim!

Não a respondo apenas pego meu lanche dando uma boa mordida nele. Encaro ela,estava sem jeito encarando aquele pecado em sua frente,um x-burger completo.

- Não vai comer? - mastigo e bebo um gole de refrigerante.

Sn: não precisa de talheres?

- Não..

Sn: guardanapo?

- Pegue ele assim - pego o meu novamente - e morda assim - faço vendo ela pegar o lanche desajeitada mordiscando um pequeno pedaço.

- e então...

Sn: é bom,mas prefiro comer de talheres.

Ela pega um garfo e uma faca e corta o lanche em vários pedaços,reviro os olhos novamente e vou comendo o meu.

Sn: me desculpa 

- por que? - pego o galão de refrigerante e coloco mais para mim e para ela.

Sn: deve ser estranho comer comigo 

- Não é não gatinha,a culpa não é sua,não se preocupe. - mordo mais um pedaço do meu vendo ela abaixar a cabeça e passar a mão nas bochechas,levantando a mesma novamente com a ponta do nariz avermelhada. Sorrindo boba.

Sn: Eu perdi minha mãe com dez anos,não sei como me portar em ambientes assim. Passo dia e noite na livraria e quase nunca saio de casa.

A encaro parando de mastigar,deve ser horrível não ter pais presentes. Eu ainda tenho ambos dos meus parentes de primeiro grau então não sei oque ela passa. Mas sem família,amigos ou parentes. Deve ser deprimente.

- vamos comer gatinha.

Sn: huhum. 

《》

- bem,chegamos.

Digo parando na frente da casa dela,encaro o casarão,era enorme. Ela para em minha frente,o pijama,os machucados e o sorriso. Isso era tão fofo.

Sn: obrigada,de verdade.

Jennie: Oii 

- Oque faz aqui tão tarde Jennie? - pergunto vendo ela se aproximar atrás da menor,passando um de seus braços pela sua cintura.

Jennie: vim ver a minha garota atropelada 

Sn arregala os olhos e eu passo meus olhos pela Jennie,roupas escuras e coladas,o típico dela. Cabelo com franja lateral e o batom vermelho. Um verdadeiro pecado. 

- Ela está bem,está tarde,acho que devíamos ir embora.

Sn: não querem ficar? Está tarde!

Jennie: por mim-

- Não,não queremos.

Sn: desculpa se fui intrusa - ela me encara fofa e eu mordisco minha língua - vou entrar,tudo bem? - ela faz menção de entrar mas Jennie a impede 

Jennie: vi demônios perversos rondando sua casa,oque anda fazendo sn?

Sn: Oque são demônios perversos? - ela volta para o meio de nós dois. 

- São demônios que gostam de pecar,e principalmente gostam de fazer as pessoas pecar. São atraídos por pessoas puras ou pessoas sujas. Como não sabe nem comer um hambúrguer,provavelmente você é pura.

Jennie: Já transou?

Sn: Oque?

Jennie: sim,é pura. Pior para você,Jungkook quer que vamos embora. Vamos?

A morena sorri para mim e eu já reviro os olhos. Esses demônios controlam mentalmente as pessoas,e logo a gatinha teria que ir para o inferno,um lugar imundo. 

- vamos ficar,só por hoje.

Jennie: Tudo bem...

《》

Eu estava deitado no sofá,duro como uma pedra e as duas estavam na cama no andar de cima. Uma cama enorme,cabe ao menos cinco pessoas lá. E eu nesse sofá minúsculo,mordisco a língua e caminho até o andar de cima,me deparando com as duas de máscara facial. Jennie encostada no batente da cama mexendo no celular e sn arrumando uma maleta cheia de cosméticos.

Jennie: Oque tá fazendo aqui panaca?

- aquele sofá é duro,vou dormir com vocês 

Jennie: ama estragar meus planos não é Jeon? - ela dobra suas pernas e ainda mexia no celular,me sento.

- amo. 

Sn: Já que está aqui,pode passar máscara também - ela pega uma máscara e vem engatinhando em minha direção 

- eu não ficou maluca gatinha?

Jennie: faz oque ela está pedindo Jungkook ou terá problemas comigo. - ela diz sem tirar o olho do celular

- aish,pode colocar - ela sorri e coloca a máscara em mim,passando os dedos delicadamente pelo meu rosto. Seus toques eram fofos e me deixavam cativado.

Sn: prontinho!!

Jennie: você é fofa e tentadora,um pecado.

《》

Após tirarmos as máscaras,eu e Jennie seguimos mechendo no celular. Eu estava na ponta direita,Jennie na esquerda e sn no meio da cama. Ela se vira encosta a cabeça no meu ombro e adormece. Ouço seu ronquinho fino e baixo e sorrio bobo a vendo dormir.

- por que teriam demônios rodiando a casa da gatinha? - Aliso seus cabelos a vendo resmungar.

Jennie: ela é mestiça,deve ser seu outro lado.. - ela coloca o celular para carregar e continua mexendo nele

- ou Lúcifer quer falar com ela.

Jennie: Quer levar ela amanhã no inferno?

- aquele lugar é imundo Jennie,você sabe disso. E outra,só entra lá quem já pecou.

Jennie: ela aparenta ser aquelas pessoas raras que nunca mentiram na vida.

- Ela disse que a mãe foi embora quando ela tinha dez anos,não tinha amigos. Não tinha para quem mentir.

Jennie: uma infância horrível,mas ela superou e parece ter vindo de uma  família  rica e acolhedora. Ela esconde bem oque passa.

- Sim - suspiro me virando abraçando um travesseiro. - Boa noite - bocejo e já  fecho os olhos.

Jennie: Boa noite.

《》

De madrugada¤

____________ on

Me levanto com sede,penso diversas vezes se posso ou deveria  mesmo levantar mas estava com sede. Uma coisa que detesto é ficar sem beber água, me levanto delicadamente e caminho na ponta dos pés até a cozinha,ligando a luz e abrindo a geladeira.

- vamos ver... - me abaixo indo ao freezer pegando uma garrafa de água recém congelada. Coloco ela debaixo da água corrente e espero o gelo dar uma quebrada,do jeito que eu gosto. Enquanto espero a  garrafa descongelar ouço barulhos fora da casa. 

Logo ouço passos,me assusto e já  imagino a merda que eu fiz ao levantar daquela cama. A janela se abre bruscamente e um vento rápido corre pela cozinha,a luz se apaga. Me abaixo tremendo e com falta de ar,quando criança, isso aconteceu para que minha mãe fosse para o céu. Oque  me deixou traumatizada obviamente.

O vento se acalma e meu coração continua palpitando mais e mais. Lágrimas descem do meu rosto e minhas mãos trêmulas. Fecho os olhos,me culpando por ter saído do lado de Jennie e Jungkook. Não conheço eles a dois dias mas me sinto confortável o suficiente,eles são o tipo de pessoa que na primeira troca de olhares passam a vibe engraçada do grupo.

Jungkook: _________? Está aqui?

Faço mensão de falar algo mas minha voz sai fina,como um grito baixo. A luz se acende e ele me vê escorada no chão,corre ao meu encontro e me encara assustado.

Jungkook: OQUE ACONTECEU?!

Jennie: tá tudo bem?

- as janelas - choro. 

Jennie: Oque houve com a sua mão? Está tudo bem _______?

Olho minha mão desnorteada,estava sangrando. 

Jungkook: o símbolo do pentagrama...

Jennie: disse sobre as janelas?

- saiu vento delas,era muito forte. - engulo vendo Jennie e Jungkook se aproximarem mais - Oque está acontecendo? Eu vou morrer?

Jungkook: talvez - Jennie soca seu braço -ei!

Jennie: o pentagrama simboliza os quatro elementos. Água,terra,fogo e ar. Oque você presenciou foi o ar,isso significa que vai presenciar os outros elementos.

- até mesmo o fogo?

Jennie: sim,mas isso significa que Lúcifer quer te encontrar gatinha.

Jungkook: Até os apelidos você rouba,tenho que dar um jeito em você Kim. 

Sn: Tenho que ir pro inferno?

Jennie: sim mas precisa ter pecado ao menos uma vez 

Sn: Tudo bem,que dia vamos,amanhã?

Jungkook: Já mentiu? Quando?

- quando você perguntou se já havia comido pizza,nunca comi na verdade,tem um cheiro horrível.

Jungkook: nossamm

Jennie: vamos voltar a dormir.

《》

Jungkook: Lúcifer,trouxe alguém de especial.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...