1. Spirit Fanfics >
  2. Fuck It, I love you. - Thorki >
  3. 07

História Fuck It, I love you. - Thorki - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


Olá xuxus, espero que vocês estejam bem e que tenham uma boa leitura.

Gente eu tava procurando umas fotos do Tom Hiddleston jovem pra usar aqui, porém ele jovem não se encaixa em nada com o meu loki 😣... Mas em meio a minhas buscas acabei vendo uma foto do Timothée Chalamet com as roupas asgardianas do Loki e fiquei em choque pq ele literalmente era o Loki jovem que eu imaginava, então se vcs quiserem imaginar o lokinho jovem com a aparência do Timothée sintam-se a vontade.

Aviso: Sempre confiram a playlist da fic pq quase todo dia eu coloco uma música nova lá. O link sempre vai estar nas notas finais de cada capítulo.

All The Love, A. 💖

Capítulo 8 - 07


Fanfic / Fanfiction Fuck It, I love you. - Thorki - Capítulo 8 - 07

“Você o que?” 

Ele pergunta em um tom quebrado e me olha dos pés a cabeça, parando em um lugar específico.

 Eu buscava forças para dizer alguma coisa, por que tinha que doer tanto? Eu não menti quando falei que estava me apaixonando por Jackson, mas embora esse sentimento esteja surgindo, o meu amor por Thor continua enraizado em meu coração.

É como se o amor que eu sinto por ele fosse a raiz de uma bela rosa que cresce ao redor do meu coração. Mas essa raiz tem espinhos que me cortam e me fazem sangrar. 

Eu não consigo me livrar da rosa 

“Eu te quis por tanto tempo, e-eu esperei tanto por você Thor... Tanto.” - Falo embargado pela vontade de chorar que toma meu corpo com força.

Thor desliza seus dedos grossos pela pálida carne do meu pescoço e isso me faz lembrar das várias marcas que estão lá. Como eu pude esquecer delas? 

Ele suspira baixo e me olha com nojo.

“Você é só uma putinha qualquer. Estava doido para dar e como eu não te quis, você foi e deu pro primeiro que encontrou.” - Thor fala transtornado e me empurra com certa força. Eu acabo perdendo o equilíbrio e vou parar no chão.

“Você enlouqueceu? Retire agora essas palavras ou então eu volto atrás no que disse e nunca mais olho na sua cara! Eu sempre amei você e te queria mais que tudo! Você nunca se importou. Eu estava tentando esquecer você, afinal não foi você mesmo que disse que não tinhamos um futuro juntos?” - Minha visão embaçou e lágrimas grossas escorriam por meus olhos.

Thor parecia obscuro naquele momento, ele não disse nenhuma palavra, só ficou me olhando. 

“VOCÊ NÃO VAI FALAR NADA?” - Pergunto com raiva.

Mas ele não se deu ao trabalho de me responder.

“Você é tão injusto.” - Falo com a voz oscilante mostrando toda a minha angústia e raiva. Me levanto com dificuldade e o olho uma última vez antes de deixar seu quarto.

°•°•°

“Quando vocês vão voltar?” 

Pergunto para a mamãe enquanto ajudo ela a levar a última mala para o táxi.

“Não sei meu filho, provavelmente próxima semana estaremos de volta. Estamos trabalhando duro para concluirmos nossas pesquisas, quando acabarmos esse relatório vamos ficar mais em casa com vocês. Até lá, por favor cuide do seu irmão, eu e você sabemos que ele é cabeça dura como o seu pai.” - Mamãe termina sua fala e deixa um doce beijo em minha bochecha esquerda.

Mamãe não fazia ideia de como as coisas estavam horríveis entre nós.

“Frigga vamos logo ou iremos perder o vôo.” - Papai passa por mim e da dois tapinhas em minhas costas.

“Tchau meu amor, sempre se lembre que eu amo vocês.” - Mamãe fala e entra no táxi.

Espero o automóvel sumir da minha visão para voltar para casa e quando me viro vejo que Thor estava observando tudo da janela. Ignoro o olhar que ele me lança e entro em casa.

Pego meu celular e vejo mais de 100 ligações do jackson. Ele havia me ligado ontem a noite, mas eu não estava em boas condições para ter uma conversa com ele, então rejeitei todas as suas tentativas de comunicação.

Vida doce vida, você poderia ser menos complicada.

Passo o resto do dia confinado no meu quarto. Os pensamentos parecem não ter fim e me sufocam. 

Escuto o barulho de alguma coisa quebrando, mas não dou muita atenção, até que novamente outro barulho surgiu, só que dessa vez mais alto e isso me faz pular da cama assutado. Saio do meu quarto e vou seguindo o som alto de coisas quebrando, isso me faz chegar a porta do Thor. Fico parado ali por uns segundos pensando se eu deveria entrar ou se era melhor ignorar e voltar para o meu próprio quarto.

Outro barulho forte saiu de lá. Definitivamente eu tinha que ver o que aquele idiota estava fazendo. Movido pelo medo e a curiosidade eu acabo abrindo a porta e me deparo com uma cena que jamais imaginei ver.

Thor havia destruído seu quarto completamente. Seu computador estava quebrado no chão junto com os itens de super-heróis e suas xícaras de colecionador que antes estavam em suas prateleiras de vidro. As roupas que antes estavam guardadas em seu guarda-roupas, agora se encontravam no chão completamente bagunçadas e Thor estava no meio daquele caos sentado em prantos enquanto carregava em suas mãos uma garrafa de vodka vazia.

Quando o loiro percebe minha presença ele se levanta e vem cambaleante em minha direção.

“Desculpa loki, desculpa, desculpa, desculpa... Eu sou tão tolo.” - Ele estava  em uma situação desprezível e falava tudo de forma arrastada.

“Por que você fez isso?” - Pergunto baixinho observando a situação dele.

“Porque, porque eu sou um grande idiota. Eu não deveria ter falado aquelas coisas para você! V-você não é uma puta, longe disso, você é a pessoa mais importante que eu tive o prazer de ter na minha vida. Eu fiquei chateado com tudo, fiquei chateado comigo mesmo por ser idiota e descontei em você falando aquelas merdas, quando na verdade eu deveria estar correndo atrás do seu amor e do seu perdão.” - Thor proferiu enquanto buscava apóio em mim para não cair.

Eu não digo nada, só o seguro e sinto o cheiro forte de bebida e maconha que vem dele. Droga ele estava fumando essa merda também? 

“Segura nos meus ombros e vem comigo.” - Tento o melhor que posso levar ele na direção do banheiro, mas ele é pesado e não estava fazendo muito esforço para andar e isso nós faz cair no chão.

“Thor seu idiota do caralho, me ajude a te ajudar e se apoie direito em mim!” 

Levantamos do chão novamente e Thor parece estar na quinta dimensão de tão chapado e bêbado que está.

Com muito esforço conseguimos chegar ao banheiro e eu o deixo sentado na tampa do sanitário enquanto preparo a banheira. Quando tudo está pronto eu viro para ele e peço gentilmente que ele tire a roupa, mas ele me ignora.

“Tire a roupa.” - Dessa vez peço sério e ele me olha corado.

“A-acho que não é uma boa ideia. Eu não vou conseguir.”

“É claro que vai! Você está chapado não aleijado. Tira logo a roupa ou então eu te deixo sozinho aqui.” - A pessoa responsável que habita em mim saiu com força total. Eu só queria que ele ficasse bem. Eu esqueceria nossa briga pelo menos por aquele momento e ficaria do lado dele.

Ele não diz mais nada e começa a retirar a blusa mostrando seu corpo muito desenvolvido para um jovem da idade dele. Ele olha para mim e seus olhos azuis estão mais escuros que o normal. Ele levanta do sanitário e desce seu short lentamente, expondo sua box preta e a sua evidente ereção.

Havia luxúria no modo que Thor me olhava e eu não precisava de um espelho para saber que as minha pupilas estavam dilatadas com toda a tenção que se instalava entre nós.

Com um sorriso malicioso Thor começa a retirar sua box e seu membro pula para fora em liberdade. Eu tento não encarar muito a sua intimidade, mas falho miserávelmente e quando me dou conta percebo que estou ficando duro também. 

“Entre na b-banheira.” - Falo de um vez e Thor me obedece.

Me viro e solto um longo suspiro, pego o sabonete e volto para perto dele. Me ajoelho ao lado de sua banheira e começo a ensaboar seu corpo, a medida que eu passo o sabonete por seus mamilos, ele arfa e morde os lábios vermelhos.

Minha deusa eu vou enlouquecer, eu deveria estar focado em cuidar do idiota bêbado e não deveria estar pensando em coisas impuras. 

Isso Loki, se lembre das vezes que ele te magoou, lembre das vezes que ele disse e fez coisas cruéis com você. Pensando nessas coisas fica mais suportável banhar ele. Mas como sempre eu penso de mais e não observo meus atos, quando me dou por mim,  escuto um gemido alto deixar os lábios de Thor e noto que estou pressionando o sabonete em seu membro que ainda continuava totalmente duro.

“Droga Loki!” - Thor fala e põe as mãos em meus cabelos me trazendo para perto dele.

Nossos rostos estão a centímetros um do outro, sinto a respiração quente dele batendo em meu rosto e quando ele resolve acabar com a nossa distância, escutamos alguém bater na porta. Thor se afasta mas continua me encarando e suas mãos permanecem em meus cabelos.

“Me beija!”





Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...