História Fuck me, my daddy - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Visualizações 48
Palavras 1.139
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Ficção Adolescente
Avisos: Heterossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Para quem estava ansioso ou querendo ligo que a continuação, peço desculpas!
Caso tiver algum erro, novamente, peço lhes perdão! ^^

Capítulo 3 - Verdadeira personalidade


Fanfic / Fanfiction Fuck me, my daddy - Capítulo 3 - Verdadeira personalidade

Logo Seokjin para o beijo e rasga minha roupa, me deixando apenas de sutiã e calcinha, logo em seguida tirou os meus sapatos. Seokjin sobe em cima de mim e começa a falar coisas obscenas para mim como: 

 - Eu estou cansado de brincar sozinho pensando em você! Você me deixa louco e agora, irei te foder até você não aguentar mais! -diz me masturbando por cima do pano da calcinha. 

Apenas com aquele beijo e suas palavras já era o suficiente para me deixar totalmente molhada e querer ele dentro de mim. 

Seokjin continuava à falar em meu ouvido e massageando minha intimidade, até que o mesmo parou e disse:

 - Agora irei deixar sua buceta mais molhada do que já está. 

S/N: Apenas faça! 

*Seokjin tira minha calcinha e meu sutiã, logo em seguida começa à chupar minha intimidade* 

S/N: Ooooooh, is-so é ótimo, o-ppa! 

S/K: O seu gosto é meu delícia! 

*Seokjin introduz dois dedos em minha intimidade me fazendo gemer alto até demais* 

S/N: Aaaaaaah, que de-lícia!

S/K: Você gosta disso, não é? 

S/N: Eu a-do-ro. -digo com um pouco de dificuldades, pois o prazer que estava sentindo era enorme. 

*Seokjin retira seus dedos e então dou um suspiro de reprovação* 

S/K: Calma, você irá gozar, mas só irá gozar quando meu pau estiver dentro de você! -diz tirando o cinto de sua calça.  -Agora, faça o que acha que tem que fazer para que o seu Daddy fique mais louco ainda por você! -diz ficando em pé. 

S/N: Farei com o maior prazer! -digo dando um sorriso malicioso e deitando o mesmo na cama. 

S/K: O que irá fazer? -diz com uma certa dúvida.

S/N: Apenas irei deixar você com mais vontade de me foder, Daddy! -digo ficando em posição de "cavalinho" e rebolando em cima de Seokjin. 

S/K: Ooooooh, que vadia! -diz apertando minha bunda e dando um forte tapa. 

S/N: Aaaaah! -dou um gritinho meio fino. 

S/K: Quem diria que aquela mulher tão séria e tímida, seria essa vadia que está aqui me deixando louco. Que gostosa! 

S/N: Agora, fique de pé! -digo rasgando sua camisa. -Que gostoso você, Daddy! -digo dando beijos, mordidas e chupões em seu abdômen. 

*Seokjin fica de pé, então retiro suas roupas restantes e deixando o mesmo nu. Logo em seguida começo à masturba-lo, depois coloco seu membro em minha boca e começo à fazer um 'boquete'.* 

S/K: Que boca gostosa! Aaaaah!

*Seokjin faz uma expressão (foto da capa) tão sedutora que me deixava louca.* 

S/K: Irei foder sua boca agora, BabyGirl! 

*Alguns minutos depois Seokjin goza em minha boca. Como uma ótima BabyGirl, engoli todo o seu líquido.*

S/K: É assim que eu gosto! -diz me colocando na cama.

*Seokjin começa à deslizar seu membro em minha intimidade.*

S/N: Pare de me torturar e me foda com força! 

S/K: Calada! As regras sou eu quem faço! -diz penetrando seu membro de uma só vez e fazendo com que eu soltasse um gritinho novamente. 

S/N: Aaaaaaah, que ótimo sentir isso!

S/K: Oooooh, tão apertada! Quero te foder tanto! 

S/N: Você terá tempo o suficiente para isso! 

S/K: Como você pode ser tão gostosa assim? -me pergunta deixando vários chupões e mordidas em meu pescoço e seios.  -De quatro e isso não é um pedido!

*Fico de quatro, deixando minha bunda empinada para o mesmo.* 

*Seokjin dá um tapa em minha bunda e puxa meu cabelo, fazendo com que eu levantasse um pouco da minha cabeça ( fiquei com a cabeça um pouco para trás ). 

S/K: Amanhã você não anda. -diz enfiando seu membro em mim. 

Eu gemia feito louca, aquilo, aquele homem me deixava completamente louca. Eu gozei e com mais algumas estocadas, Seokjin goza. 

S/K: Eu ainda não estou satisfeito. -diz se setando para que eu pudesse sentar em seu membro e ficar de frente para ele.

*Faço o que ele quer, encaixando seu membro em minha intimidade. Enquanto vou encaixando, vou fechando os olhos e abrindo a boca de uma forma sexy.* 

S/K: Olha como é realmente uma vadia! Tão gostosa! -diz me dando um beijo. 

*Paro o beijo e termino de encaixar seu membro, pois estava fazendo bem devagarinho para provoca-lo.*

S/N: Viu como minha buceta engoliu o seu pau? -digo rebolando em seu membro fazendo uma expressão sexy. 

S/K Tão gulosa! -diz colocando dois dedos em minha boca. 

S/N: Vamos fazer 69, Daddy?

S/K: Claro, BabyGirl! 

*Começamos à fazer o 69* 

Seokjin realmente sabia como me deixar louca como ninguém. Ele sabia qual era o meu " ponto G ". 

*Gozo na boca de Seokjin e o mesmo engole o meu líquido e mesmo assim contínua à lamber minha intimidade.* 

*Seokjin goza em minha boca e claro, para provoca-lo, contínuo à chupar seu membro.* 

S/K: Você não presta! -diz dando um tapa em minha bunda. 

S/N: Você muito menos. 

*Seokjin dá um sorriso e me coloca por debaixo dele* 

S/K: Se masturbe! Quero vê-la fazendo movimentos em sua própria buceta!

*Começo à me masturbar.*

S/K: Que lindo te ver fazendo isso! 

S/N: D-addy! Aaaaaaah

 S/K: Continue! Estou adorando ver isso ao vivo. 

S/N: E-eu v-vou goz-ar! 

*Seokjin retira meus dedos de minha intimidade e introduz seu membro na mesma.*

S/K: Já disse que você irá gozar só se for no meu pau.

S/N: Com todo prazer! -digo mordendo o lábio inferior e dando um sorriso logo em seguida, um sorriso safado. 

S/K: Olhando para você agora, você só tem a cara de vadia! -diz apertando minha cintura, pois estava quase gozando.

S/N: Uma vadia que é apenas sua! -digo gemendo, pois gozei.

S/K: Com toda certeza! -retira seu membro e goza em minha barriga. 

*Passo dois dedos em seu líquido e coloco na boca.* 

S/K: Tão safada! -diz se deitando ao meu lado. 

S/N: Você ama isso! -digo olhando para o mesmo. 

S/K: Amo mesmo, assim como amo você! -diz me dando um beijo, mas dessa vez era diferente. Era um beijo de paixão, de conforto, de amor. 

S/N: Oi? Eu ouvi direito? -digo com vergonha.

S/K: Nem parece que é a mesma que acabou de fazer o que fez comigo ainda pouco. -diz sorrindo. 

S/N: B-bem, eu não quero que  pense que sou uma qualquer por ter transado com você logo de primeira ou algo do tipo. 

S/K: Não há problemas em transar com alguém que ama! -diz me olhando meio sarcástico. 

S/N: A-an? Como assim? Eu nunca falei nada. -digo com muita vergonha. 

S/K: Eu sempre estive observando você. Sempre saia quando alguma mulher chegava perto de mim. Eu sei que me ama! 

*Apenas fico olhando para ele. Provavelmente estava com o rosto totalmente vermelho.* 

S/K: Tudo o que sente por mim, é recíproco. Eu amo você! Você, S/N, aceita namorar comigo? 

S/N: Sim! Eu te amo! -digo deitando em seu peito. 

S/K: Amanhã não precisa ir ao trabalho. Aliás, não iremos! Vamos ficar juntinhos amanhã! -diz me dando um beijo na testa e logo em seguida adormecemos. 


Notas Finais


Enfim, cheguei ao final. Espero que gostem. Obrigada à quem leu, quem favoritou ou curtiu! ❤
Se tiver algum erro ( não recusei muito bem ) me desculpem!
Na próxima querem com qual membro? ( será +18 ).


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...